quinta-feira, 30 de Novembro de 2006

Bolo de maçã e coco ralado


Ingredientes:
4 chávenas de chá de farinha de trigo com fermento
3 chávenas de chá de maçã reineta cortada aos pedaços
3 chávenas de chá de açúcar
1 chávena de chá de coco ralado
1 chávena de chá de leite
1 chávena de chá de óleo
6 ovos


1. Num recipiente, juntar a farinha com o açúcar, o óleo, os ovos, o leite e o coco. Adicionar as maçãs descascadas e cortadas aos cubos. Envolver bem.

2. Levar ao forno em tabuleiro untado com margarina e polvilhado com farinha.

3. Quando o bolo estiver cozido retirar e polvilhar abundantemente com coco ralado. Deixar arrefecer e depois cortar aos pedaços.

Para a próxima vez vou colocar um pouco mais de maçã, acho que o bolo a aguenta. É um bolinho óptimo para um lanchinho. Acompanhar com chá ou café.

P.S.: Receita retirada da embalagem de coco.

terça-feira, 28 de Novembro de 2006

Sopa de Castanhas

Ingredientes
300g de castanhas piladas
1 cebola
150g de presunto
150g de chouriço
200g de massa de cotovelos
1 lata de feijão encarnado das pequenas
Sal & Azeite
2 L de água para a sopa

Colocar as castanhas de molho de um dia para o outro.

No dia seguinte, retirar-lhes as peles.

Levar 2 L de água ao lume numa panela. Quando ferver coloque as castanhas e o feijão. Deixar cozer.

Cortar o presunto aos pedaçinhos e o chouriço às rodelas. Picar a cebola e juntar à sopa. Deixar cozinhar e mexer de vez em quando. Temperar com sal e azeite a gosto.

Assim que os enchidos e a cebola estejam cozidos juntar a massa e mexer de vez em quando.

Quando a massa estiver cozida servir imediatamente sem triturar nada.

Está sopa é uma verdadeira refeição! Não experimentei, mas acho que se colocarmos um raminho de hortelã não deve ficar mal. Fica para a próxima.

Fruta da época

segunda-feira, 27 de Novembro de 2006

Sericá ou Sericaia?

Ingredientes
5 dl de Leite
5 Ovos
250 gr. de açúcar
8 colheres de sopa de farinha

Desfazer a farinha em leite frio, juntar o açúcar e levar ao lume com os 5 dl de leite a engrossar. Mexer sempre. (Se por acaso formar grumos, passar a varinha mágica para uniformizar a massa.)

Quando arrefecer, deitar as gemas e mexer bem. Vai ao lume para aquecer sem ferver.

Incorporar as claras batidas em castelo ( misturar sem bater).

Colocar o preparado num pirex ou recipiente de barro e polvilhar a superfície com canela. Levar ao forno. Vai crescer bastante. Assim que crescer e abrir fendas confirmar se está cozido.

Em Portalagre comi Sericá ou Sericaia acompanhada com ameixas de Elvas em calda. Uma delícia.

domingo, 26 de Novembro de 2006

Lulas no tacho com tomate e pimentos


Ingredientes
1 kg de lulas inteiras já limpas
3 tomates maduros sem pele
1 pimento vermelho
1 pimento verde
4 dentes de alho
8 colheres de sopa de azeite
1 a 2 piripiris
Sal & pimenta

Colocar num tacho o azeite e os alhos esmagados. Levar ao lume. Deixar frigir um pouco os alhos.

De seguida, juntar o tomate sem pele e cortado em pedaços, os pimentos cortados em tiras longitudinais e o piripiri a gosto. Deixar cozinhar um pouco. Mexer de vez em quando.

Juntar as lulas. Temperar com sal e pimenta. Deixar cozinhar em lume brando.

Acompanhar com arroz branco e/ou vegetais cozidos.

Esta receita é da minha amiga Paula Borralho que, nestas férias de verão, a partilhou comigo. Estava com um pouco de receio por causa da quantidade de pimento, pois poderia tornar-se um pouco indegesto, mas foi coisa que não aconteceu. Ainda bem que experimentei, gostei bastante.

quinta-feira, 23 de Novembro de 2006

A cozinha e a arte

Pequeno-almoço, 1887
Hanna Pauli (1864 - 1940)

terça-feira, 21 de Novembro de 2006

Medalhões de pescada no tacho com coentros


Ingredientes:
1 kg de medalhões de pescada
Sumo de 1 limão
8 colheres de sopa de azeite
7 a 8 dentes de alho picadinhos
Sal e pimenta a gosto
Ramo de coentros

Temperar os medalhões com sal, pimenta e sumo de limão.

Num tacho colocar o azeite e o alho. Levar ao lume e deixar frigir um pouco o alho.

Adicionar os medalhões de pescada e o molho. Tapar o tacho e deixar cozinhar em lume brando.

Quando os medalhões estiverem cozinhados juntar um raminho de coentros picados.

Servir com arroz branco.

Tenho o hábito de fazer os medalhões em papelote mas, esta receita também é muito boa, para além de ser rápida e fácil de confeccionar.


P.S. Um beijinho à Dina Potes por esta óptima sugestão.

segunda-feira, 20 de Novembro de 2006

Sabe sempre bem quando ....

Somos reconhecidos. Aqui.
Obrigada!

Massa chinesa com vegetais

Ingredientes:
1 pacote de massa chinesa
7 colheres de sopa de óleo de amendoim
1 embalagem de cogumelos laminados frescos
1 embalagem de rebentos de soja frescos
3 cenouras
Alho francês
2 cebolas picadas
Molho de soja
Molho de ostra
Açúcar (aprox. 8 a 9 gr)
Sal

Escaldar a massa chinesa em água a ferver durante 4 minutos. Escorrer e reservar.

Descascar as cenouras e cortá-las em pequenas tiras. Cortar o alho francês às rodelas.

Numa frigideira funda ou num wok aquecer o óleo de amendoim. Saltear primeiro um pouco as cenouras e de seguida juntar os restantes legumes. Mexer de vez em quando. Temperar com o açúcar e o sal.

Juntar a massa e molho de soja. Retirar do lume. Adicionar molho de ostra a gosto e está pronto a servir.

Bom Apetite!

quinta-feira, 16 de Novembro de 2006

Bolo rápido de chocolate II

Ingredientes:
1 copo de açúcar
2 ovos
1/2 copo de óleo
1 copo de farinha
1 copo de leite
50g de chocolate em pó
1 pitada de bicabornato de sódio
1 pitada de canela em pó

1. Bater muito bem os ovos inteiros com o açúcar, juntar o óleo e continuar a mexer.

2. Aquecer o leite com o chocolate e juntar ao preparado.

3. Juntar a farinha, o bicabornato e a canela. Bater muito bem.

4. Cozer em forno brando previamente aquecido.

5. Decorar a gosto.

Como não estive para grandes decorações acabei por fazer um molho de chocolate com que cobri o bolo. Coloquei num recipiente chocolate em barra, um pouco de leite e manteiga que levei ao microondas para que o chocolate derrete-se. Depois do chocolate derretido, juntei uma colher de sopa de caramelo e voltei a mexer.

Ainda não provei, mas pelo cheirinho deve ser uma delícia, especialmente para apreciadores de bolos de chocolate. Este tem mais uma vantagem, é muito rápido de confeccionar.

P.S. Este bolo deve ser batido com uma vara de arames. O copo que usei leva aproximadamente 3 dl.

terça-feira, 14 de Novembro de 2006

Arroz de Pato

Ingredientes:
1 pato
Bacon
2 chouriços médios
2 cebolas
2 ramos de salsa
2 tomates grandes maduros
3 dentes de alho
500g de arroz
Couve lombarda
1 cenoura cortada às rodelas
1 ramo de hortelã
Sal
Água

1. Cozer o pato com água, sal, um pedaço de bacon, os chouriços, a salsa e uma cebola.

2. Depois das carnes cozidas, retirá-las e desfiar o pato, retirando a pele, e cortar o bacon e um dos chouriços.

3. Coar o caldo e reservar no frigorífico.

4. No dia seguinte, retirar a camada de gordura do caldo e colocar numa panela, juntamente com uma cebola picada, os alhos, os tomates sem pele e um ramo de salsa. Levar ao lume e deixar refogar um pouco. Depois triturar com a ajuda da varinha mágica.

5. A este preparado juntar o caldo do pato. Quando levantar fervura adicionar 500g de arroz, a couve lombarda cortada grosseiramente e a cenoura às rodelas. Deixar cozer e verificar o sal.

6. Depois do arroz cozido, retirar do lume e adicionar um ramo de hortelã.

7. Num recipiente que possa ir ao forno colocar uma camada de arroz com cenoura e lombarda (retirar da panela com uma escumadeira para perder o excesso de caldo), de seguida, uma camada com as carnes e por fim, terminar com uma camada de arroz.

8. Decorar a gosto com rodelas de chouriço ou com rodelas de chouriço e pedaços de bacon.

9. Levar ao forno até ficar douradinho.

Neste arroz de pato a couve lombarda faz a diferença. Muito bom!

P.S. Receita da Luísa Gingado que amavelmente me ensina e partilha muitas das suas receitas.

domingo, 12 de Novembro de 2006

Frango assado no forno

Colocar um frango partido aos pedaços num tabuleiro que possa ir ao forno. Temperar com sal, pimenta, colorau, 3 dentes de alho esmagados,2 a 3 folhas de louro, piripiri a gosto, um fio de azeite, vinho branco, salsa e coentros picados.

Levar ao forno. A meio da cozedura virar os pedaços de frango.

Bom apetite!

sexta-feira, 10 de Novembro de 2006

A cozinha e a arte

A cozinheira, 1715
Willem van Mieris (1662 - 1747)

quarta-feira, 8 de Novembro de 2006

Arroz com lentinhas, cenoura e couve lombarda

Ontem, para o jantar, como acompanhamento, fiz este arroz, que achei delicioso. Cozi duas chávenas de chá de arroz vaporizado em água e um pouco de sal. Depois de cozido, escorrer o arroz.

Levei uma frigideira funda ao lume com um pouco de azeite, onde salteei 2 cenouras raladas, lentilhas previamente cozidas e couve lombarda cortada. Temperei com um pouco de sal e pimenta a gosto. Por fim, adicionei o arroz e mexi tudo muito bem.

P.S. Sandra Marques um grande beijinho pela sugestão deste arroz delicioso. Vou fazer mais vezes!

terça-feira, 7 de Novembro de 2006

Bolo rápido de chocolate



Ingredientes:
200g de chocolate em barra
200g de farinha sem fermento
200g de açúcar
200g de manteiga derretida
4 ovos inteiros


1. Derrete-se o chocolate e adiciona-se a todos os outros ingredientes já, previamente, misturados.

2. Leva-se a cozer, numa forma de bolo inglês forrada com papel vegetal, em forno pré-aquecido a 200º durante 15 a 20 minutos. Eu como ainda tenho um forno a gás, normalmente, tenho algumas dificuldades em controlar a temperatura.

segunda-feira, 6 de Novembro de 2006

Lombos de salmão com presunto em papelote

Ingredientes:
1 embalagem de lombos de salmão (400g)
1 embalagem de cogumelos frescos já cortados
folhas de espinafres frescas
Fatias de presunto finas
Sal & Pimenta
Azeite e óregãos

Dispor em cada papelote, folhas de espinafre e cogumelos. Enrolar uma fatia de presunto em cada lombo de salmão e colocar um lombo por papelote, em cima da cama de espinafres e cogumelos. Temperar com um pouco de sal, pimenta, um fio de azeite e óregãos. Fechar os papelotes e levar ao forno para cozinhar.

Os papelotes devem ser tantos quantos os lombos de salmão. Eu costumo, para fazer os papelotes, dispor um pedaço de papel de alumínio e por cima colocar papel vegetal. O papel vegetal ajuda a manter o suco libertado pelo peixe e vegetais.

Esta é uma receita rápida e muito saborosa. Acompanhar com arroz branco e salada mista.

sexta-feira, 3 de Novembro de 2006

Broas


Ingredientes:
750g de farinha de trigo
400g de farinha de milho
500g de açúcar
Raspa de limão
3 colheres de sopa de erva doce
Pimenta, sal e bicarbonato de sódio
Água para amassar


1. Num recipiente coloca-se 300g de margarina, 1 pau de canela, casca de limão e água (aprox. 2 dl). Leva-se ao lume até levantar fervura.

2. Colocam-se todos os ingredientes num recipiente e amassam-se com a água. A água deve ir sendo colocada aos poucos. A massa está boa, assim que se consiga moldar as broas sem que a massa pegue às mãos.

3. Moldar as broas e decorar a gosto. Podem ser pinceladas com gema de ovo, ou neste caso optei por colocar uma amêndoa. Levar ao forno em tabuleiro com a base forrada com papel vegetal. É conveniente deixar algum espaço entre as broas para que durante a cozedura não peguem. À saída do forno polvilhei com açúcar.

Estas broas são óptimas nos lanchinhos de Inverno para acompanhar chá ou café.

quarta-feira, 1 de Novembro de 2006

Sopa de Cozido

Gosto imenso de sopas e tenho postado algumas delas. E, também gosto da sopa que se faz a partir do caldo do Cozido. Antigamente, na maior parte das nossas aldeias o dia da matança do porco e o dia a seguir eram, normalmente, dias de festa. Era uma forma de juntar a família e alguns amigos. Um dos pratos que se costumava fazer era o Cozido à Portuguesa e a respectiva sopa. A sopa era feita com o caldo de cozedura das carnes e, posteriormente, dos legumes, com massa esparguete e um ramo de hortelã.

Com a minha sogra aprendi a fazer uma sopa de cozido mais rica. Ao contrário do que antigamente se fazia, não se cozinha e, consequentemente, não se come no dia em que se faz o cozido. É feita depois e é uma forma de aproveitar as sobras.

Aproveita-se, na mesma, o caldo da cozedura e junta-se os legumes e a carne que sobrou tudo cortado em pedaços. Leva-se ao lume, quando levantar fervura adiciona-se massa esparguete (ou outra) partida em pedaços. Quando a massa estiver quase cozida junta-se alguns enchidos cortados às rodelas e deixa-se acabar de cozinhar. Rectificar o sal. Antes de servir, adicionar um ramo de hortelã.