Próximos workshops
Porto 22 e 23 de Novembro de 2014
Sábado:
10h30 - 13h00      Entradas e Aperitivos para Festas
 
 
15h30 - 18h00      Doces de Natal
 
Domingo:
10h30 - 13h00      Receitas para Ofertas de Natal
Inscrições limitadas 25  work@sott.pt   91 700 1802 espaço WORK IT
Lisboa 29 de Novembro de 2014
Sábado:
10h30 - 13h00      Entradas e Aperitivos para Festas
 
 
14h30 - 17h00      Doces de Natal
Inscrições limitadas 30  formacao@acpp.pt   21 362 2705 ACPP

segunda-feira, 31 de Dezembro de 2007

Diz que até não é um mau blog ...

A Fa nomeou o Cinco Quartos de Laranja com este prémio. Fa muito obrigada, é com muito orgulho que recebo esta nomeação.


«O premiado deve nomear 7 blogs, com base nos seguintes critérios: i) serem escritos em português ou por autores portugueses, ii) visualmente agradáveis, iii) gastronomicamente estimulantes, iv) e, principalmente, por serem espaços onde impera a simpatia e o bom humor.»

Dedico este prémio a todos os foodblogs que visito e a todos os visitantes deste blog. Um grande bem-haja!

domingo, 30 de Dezembro de 2007

Hoje o meu almoço foi ...


... Bacalhau com Broa. A receita fi-la a partir desta. No entanto, diminui a quantidade de broa para duas postas de bacalhau. Acompanhei com batata assada juntamente com o bacalhau e legumes cozidos.


Bacalhau com Broa

Ingredientes:
2 boas postas de bacalhau do lombo demolhadas
2 dl de azeite
2 colheres de (sopa) de banha
1 colher de (sobremesa) de colorau
400 g de miolo de broa
2 dentes de alho picados
2 cebolas médias picadas
1 folha de louro
Pimenta q.b.
1 copo e meio de vinho branco


1. Coloque as postas de bacalhau demolhado num tabuleiro, regue com meio copo de vinho, junte junte um pouco de azeite +- 4 colheres de (sopa), a folha de louro e tempere com pimenta.
2. Leve ao forno quente até alourar.
3. Amasse o miolo de broa com o restante vinho, os alhos picados, a banha, a cebola picada, o restante azeite, e o colorau.
4. Tempere com pimenta e sal caso seja necessário e espalhe sobre o bacalhau, fazendo-o aderir com as costas de uma colher, ou com as mãos.
5. Leve novamente ao forno até alourar bem a crosta regando várias vezes com o molho. Tempo de alourar é de +- 40 minutos.
6. Sirva quente e acompanhe com batatas salteadas ou batatas cozidas e salada.

in Portugal Roteiro Gastronómico

sábado, 29 de Dezembro de 2007

Pêras com amêndoas picadas e canela e molho de chocolate


1. Cortei duas pêras e dispus num prato.

2. Polvilhei as pêras com amêndoa picada com um pouco de canela (que me tinha sobrado desta receita) .

3. Derreti chocolate em barra com um pouco de leite. Depois do chocolate derretido juntei-lhe um pouco de Bols - licor de creme de cacau. Mexi bem e coloquei por cima das pêras.

Uma verdadeira tentação!

sexta-feira, 28 de Dezembro de 2007

Sandes de peru assado

Hoje para o jantar não cozinhei. Tinha no frigorífico umas sobras do peru assado do dia de Natal. Olhei para as fatias do peito e pensei em fazer uma sandes. Ora assim fiz.


Coloquei na torradeira um pãozinho d´Avó aberto ao meio. Tirei uma fatia de peito de peru assado e coloquei num prato. Por cima, dispus 1 fatia e meia de queijo Havarti. Levei o prato ao microondas para o queijo derreter e aquecer o peru.

Coloquei o peru no pão e dispus rodelas fininhas de cenoura em pickles. Simples, mas uma delícia. É pena o pão ter acabado!

Ainda a propósito de Natal ....


O Natal é a festa da família, dos excessos, dos prazeres da mesa e do copo. Eu, costumo passar o dia 24 com uma parte da família na minha aldeia, no concelho de Santarém.

O jantar começou com uma salada de polvo, a que se seguiu camarão frito em alho e piripiri. Por volta das 23h30 serviu-se, então, o tradicional bacalhau cozido com couve e outros legumes. O vinho escolhido foi Dona Ermelinda tinto. Este vinho foi uma forma de homenagear a minha avó, de quem muitas vezes me lembro.

Eu fico sempre responsável pelos doces. Este ano fiz um pudim de ananás, um bolo de mel, sonhos de abóbora e um bolo de frutas, receita que encontrei na revista Vaqueiro de Dezembro de 1999. Gostei deste bolo. Intenso. Aqui fica a receita:

Bolo de Frutas Real

Ingredientes:
150 g de açúcar
100 g de margarina
6 ovos
200 g de geleia de marmelo
1 dl de azeite
1 dl de leite
0,5 dl de vinho do Porto
400 g de farinha com fermento
1 colher de sopa de fermento em pó
1 colher de chá de canela
1 colher de chá de erva doce
1 pitada de cravinho em pó
100 g de miolo de noz
100 g de ameixas secas (sem caroço)
100 g de alperces secos
Açúcar em pó para polvilhar

1. Bater o açúcar com a margarina até obter um creme.

2. Juntar os ovos, um a um. Bater muito bem entre cada ovo.

3. Adicionar a geleia, o azeite, o leite e o vinho do Porto. Bater muito bem à medida que se vai colocando os ingredientes.

4. Juntar a farinha peneirada com o fermento em pó, a canela, a erva doce e o cravinho. Bater muito bem.

5. Juntar as nozes picadas grosseiramente, as ameixas e os alperces aos bocadinhos. Misturar muito bem com a massa.

6. Levar ao forno, em forma de buraco untada com margarina e polvilhada com farinha, durante cerca de 1 hora a 180º C. Antes de retirar do forno verificar se o bolo está cozido.

7. Deixar arrefecer. Desenformar e decorar com o açúcar em pó.

quinta-feira, 27 de Dezembro de 2007

Presentes gastronómicos



Mais umas quantas páginas para eu me inspirar em 2008!

segunda-feira, 24 de Dezembro de 2007

Feliz Natal 2007 ...

Um Feliz Natal 2007 ...

terça-feira, 11 de Dezembro de 2007

Queques de abóbora

Ingredientes:
150 g de abóbora limpa
300 g de açúcar
70 g de margarina
2,5 dl de leite
100 g de pão ralado
200 g de farinha
1 colher de sobremesa de fermento em pó
4 ovos
meias nozes

1. Ralar ou picar a abóbora.

2. Misturar a abóbora com o açúcar, a margarina e o leite. Levar ao lume e deixar ferver em lume brando durante 5 minutos.

3. Retirar do lume e deixar arrefecer.

4. Adicionar o pão ralado, a farinha peneirada com o fermento e os ovos.

5. Bater muito bem.

6. Distribuir a massa pelas formas de queque previamente untadas com margarina.

7. Cozer em forno moderado 200ºC durante 10 minutos. Enterrar ligeiramente meia noz por queque e deixar acabar de cozer.A minha colega Sandra B. enviou-me, por email, um destes dias um livro de receitas da Vaqueiro. Estes queques chamaram-me a atenção e, como tinha os ingredientes à mão, não perdi tempo e experimentei logo. São uma delícia.