terça-feira, 29 de Janeiro de 2008

Bifes grelhados com alecrim

Hoje para o jantar fiz estes bifes grelhados. É mais uma daquelas receitas que segue as indicações da inspiração do momento.

Temperei os bifes com umas pedrinhas de sal, um pouco de pimenta preta (adoro!) e alecrim seco. Deixei-a repousar no tempero sensivelmente uma hora.


De seguida, coloquei a chapa no fogão e quando estava bem quente coloquei os bifes a grelhar.


Acompanhei com arroz selvagem e salada.

Vaidade ...

Uma receita do Cinco Quartos de Laranja foi recomendada no Panelinha


Fiquei muito vaidosa! :)

Obrigada, um beijinho à Rita Lobo e à equipa do Panelinha.

segunda-feira, 28 de Janeiro de 2008

Laranjas ...

Laranjas do quintal dos meus pais, fotografadas ontem à tarde.

terça-feira, 22 de Janeiro de 2008

Bacalhau no forno com presunto e pimentos morrones

Hoje, quando cheguei a casa depois do trabalho, não sabia muito bem o que fazer para o jantar. Ontem fiz carne. Hoje não poderia ser carne novamente. Abri as gavetas do congelador e vi uma embalagem com 3 postas de bacalhau. É isso mesmo, pensei, hoje para jantar vou fazer bacalhau. Mas como?

Procurei no Pantagruel alguma receita que me agradasse, mas nada. As receitas que vi ou não me abriam o apetite ou faltava-me algum dos ingredientes para as puder confeccionar. Ou era a salsa ou o alho porro ou, até mesmo, os coentros que costumo ter sempre no frigorífico. Resolvi "inventar" e pôr mãos à obra.

Num pirex coloquei 3 cebolas grandes cortadas às rodelas. Acrescentei 10 dentes de alho esborrachados.

De seguida, tirei a pele às postas de bacalhau e cortei-as ao meio.

No frigorífico tinha uma embalagem de presunto serrano fatiado. Envolvi as postas de bacalhau em uma ou duas fatias de presunto. Dispus o bacalhau envolvido no presunto em cima da cebola.

Adicionei umas seis batatas médias cortadas em meias luas ao preparado.

Abri uma lata de pimentos morrones ao natural (2 pimentos). Cortei-os em tiras e dispus por cima de todo o preparado.

Temperei com duas colheres de chá de colorau, pimenta branca a gosto, uma colher de chá de pimenta cayenne e uma pitadinha de sal, mas muito pouco. Quando confecciono pratos com bacalhau demolhado às vezes nem coloco sal, porque o sal do próprio bacalhau, para mim, é suficiente.

Reguei o preparado com 2 dl de vinho branco D. Ermelinda e generosamente de azeite. Levei ao forno a assar.

Acompanhei com tomate cereja e umas folhas de rúcula.


Este bacalhau revelou-se uma verdadeira surpresa. O molho fica muito delicioso. Vou voltar a repetir.

segunda-feira, 21 de Janeiro de 2008

Brigadeiro



Ingredientes para o bolo

250 g de açúcar amarelo
175 g de farinha com fermento
7 ovos
80 g de chocolate em pó
1 dl de leite morno
1 dl de óleo

1. Bater as gemas com 125 g de açúcar amarelo.

2. Juntar a farinha peneirada com o chocolate em pó, alternando com o leite morno e o óleo.

3. Bater as claras em castelo com o restante açúcar amarelo (125 g).

4. Envolver as claras em castelo com a massa.

5. Deitar o preparado numa forma redonda untada com margarina e polvilhada com farinha.

6. Levar ao forno a 170ºC durante 35 minutos.

Recheio e cobertura

2 latas de leite condensado
50 g de chocolate em pó
50 g de manteiga ou margarina
150 g de pepitas de chocolate para decorar

1. Levar o leite condensado ao lume mexendo sempre. Adicionar o chocolate e a margarina e deixar cozer até obter ponto estrada.

2. Cortar o bolo ao meio e rechear com metade do preparado.

3. Cobrir o bolo com o restante creme, barrando bem.

4. Polvilhe com as pepitas de cholocate. Se gostar decore com framboesas.

Este foi um dos bolos que fiz para o aniversário do meu pai. A receita encontrei-a na revista "Doces Momentos" da Sidul dedicada ao Natal.

sábado, 19 de Janeiro de 2008

Borrego assado com pimento vermelho e salsa



A carne de borrego é uma das carnes de que mais gosto. Mas obviamente falo do borrego nacional, criado em pastagens, especialmente da zona do Ribatejo ou Alentejo. A carne torna-se suculenta, deliciosa.

O borrego quando não é de muito boa qualidade, na minha opinião, acaba por ter um sabor muito intenso ao bodum.

Do borrego adoro comer as suas costeletas grelhadas na brasa, apenas com umas pedrinhas de sal.

A semana passada assei no forno um pedaço fatiado de perna de borrego. Não fui à procura de nenhuma receita que ainda não tivesse experimentado. Fi-la apenas com o que tinha cá em casa.


Num tabuleiro dispus uma boa camada de cebola cortada às rodelas. A seguir coloquei as fatias da perna de borrego. Temperei com dentes de alho esborrachados, sal, pimenta, colorau, pimento vermelho cortado aos bocadinhos e salsa picada. Reguei com azeite e vinho branco. Levei ao forno a assar. Sensivelmente, a meio da cozedura voltei a carne.

quarta-feira, 16 de Janeiro de 2008

Marmelada, outra receita ...

Com os marmelos que estão nesta foto, fiz marmelada e geleia. Deram pouco mais de um quilo. Como não gosto de repetir receitas, procurei nos livros de culinária que tenho cá em casa outras alternativas. Encontrei no livro de Lubélia Medeiros, Doces de Colher e, ainda, Compotas e Licores, uma receita que me agradou. Aqui fica o resultado.


Ingredientes:
Marmelos
Açúcar (usei açúcar amarelo)
Água
Aguardente

1. Lavar, descascar e retirar as sementes dos marmelos. (Eu guardei as cascas e as sementes para fazer geleia).

2. Colocar os marmelos num tacho com água. Levar ao lume até os marmelos estarem bem cozidos.

3. Escorrer os marmelos e pesá-los.

4. Pesar o mesmo peso dos marmelos de açúcar.

5. Com a ajuda da varinha mágica triturar muito bem os marmelos.

6. Levar os marmelos já triturados ao lume com o açúcar. Deixar ferver durante mais ou menos 15 minutos, mexendo sempre.

7. Colocar a marmelada em tacinhas. Cobrir as tacinhas com rodelas de papel vegetal embebido em aguardente para ajudar a conservar a marmelada.


Esta marmelada fica muito cremosa. Uma delícia. Tacinha para aqui, tacinha para ali, já quase que não há. Pois quando se começa a comer é difícil parar.

sexta-feira, 11 de Janeiro de 2008

Polvo Assado no forno com batata-doce

Receita encontrada no www.receitasemenus.net. O polvo fica muito tenrinho e o molho é uma delícia.

Ingredientes:
1,5 kg de polvo
sal e pimenta q.b.
1,5 kg de batata-doce
1 cebola grande
2 dentes de alho
600 g de tomates
1 folha de louro
2 dl de vinho branco
1 dl de azeite
1 ramo de salsa
colorau q.b.


Lave o polvo, retire-lhe a cabeça e separe-lhe os tentáculos. Tempere com sal e pimenta. Coloque o polvo num tabuleiro, junte-lhes as batatas-doces, previamente lavadas e cortadas às rodelas, a cebola, os alhos e o tomate picados, a folha de louro, colorau, o vinho branco e, por fim, regue com o azeite e polvilhe de salsa picada. Leve a assar em forno a 170ºC pelo menos uma hora. Sirva de imediato.


segunda-feira, 7 de Janeiro de 2008

Simplesmente, marmelos ...

quinta-feira, 3 de Janeiro de 2008

Gostei de ...

... descobrir The Cake Lab. Um blogue super delicioso, com bolos e bolinhos decorados de forma muito artística. Lindo! Vejam ...

quarta-feira, 2 de Janeiro de 2008

Cappuccino


O meu cunhado ofereceu-nos um copo eléctrico para fazer cappuccino. O resultado da nossa primeira experiência não ficou nada mal.

terça-feira, 1 de Janeiro de 2008

Bolo de Frutas Real revisitado ...

Não contente em ter confeccionado o Bolo de Frutas Real no Natal, resolvi - com muita insistência da família, é certo! - voltar a fazê-lo para sobremesa do jantar da passagem de ano com uma nova decoração. Bagos de romã em vez de groselha. Eis o resultado:




Gostam?

Um grande bem haja para 2008 ...

Boas entradas para 2008 ...