10h30 - 13h00      Conservas Portuguesas na Ementa
 
15h00 - 17h30      Doçaria Tradicional Portuguesa
Inscrições limitadas   work@sott.pt   91 700 1802 espaço WORK IT

domingo, 31 de Agosto de 2008

Ontem houve festa ...

Ontem, eu e a minha cunhada Cristina festejámos os nossos aniversários. Não que façamos anos no mesmo dia, mas este ano devido à marcação das férias decidimos festejar, pela primeira vez, o nosso aniversário juntas. E como sempre, foi mais um pretexto para reunir a família à volta da mesa.

Do menu constou uma pequena entrada de sushi. Frequentei este ano o curso da Vaqueiro sobre Sabores do Japão e resolvi pôr em prática o que aprendi, em frente à família. O mais difícil para mim é enrolar os rolos. Mas lá me safei.

Tive como ajuda preciosa em todo o processo o meu cunhado Hugo, que também teve a oportunidade de dar asas à imaginação fazendo um sushi de banana e acrescentando, como ingrediente para um dos rolos, pepinos em conserva.

Para entrada também tivemos rolinhos de massa folhada com linguiça, pela mão da sogra Eduarda e burritos com queijo cheddar e coentros receita de Jamie Oliver, mas confeccionados pelo Paulo.

O prato principal foi arroz de tamboril. A escolha do vinho foi do sogro Joaquim. Escolheu um vinho do produtor Monte Seis Reis, o Boa Memória tinto de 2006.

Para sobremesa tivemos um bolo de cenoura com cobertura de chocolate que recebeu as velas de aniversário, um bolo de figos, doce das camadas e uma bavaroise de pêssego.

Depois do almoço, seguiu-se um passeio tranquilo pelo Parque das Nações. Terminámos a tarde numa esplanada à beira-rio. Foi um dia muito bem passado.

sexta-feira, 29 de Agosto de 2008

Rentrée culinária ...

Esta semana também tem sido de férias. Continuo a tentar acertar os sonos, os ritmos e a preparar-me para a semana que vem. Tem sido uma semana de pequenas coisas vividas com a calma de estar de férias. Mas apesar disso, sinto que está a passar rápido demais. Há coisas que ainda gostaria de fazer nestas férias, por exemplo acabar de ler o livro de viagens da Clara Pinto Correia e começar a ler Nos passos de Magalhães do Gonçalo Cadilhe, colocar a leitura de alguns blogs em dia, ver em DVD alguns filmes que passaram no cinema e que na altura não consegui arranjar tempo para ir assistir. Ainda é muita coisa para os poucos dias de férias que restam. Mas, vamos ver até onde consigo ir.

Ontem, voltei a consultar as receitas que já tinha seleccionado das revistas de culinária que compro e que gostaria de confeccionar. Escolhi para o almoço uma salada de lulas grelhadas com batata. Adaptei as quantidades para apenas uma pessoa, mas deixo-vos a receita como aparece na revista pois não fiz alterações. Na decoração apenas acrescentei um tomate em gomos.

Ingredientes:
1 kg de lulas limpas
1 kg de batatas
sal q.b.
1 colher de sopa de salsa picada
azeite & vinagre q.b.
1 dente de alho picadinho
folhas de alface
1 pimento morrone
azeitonas

1. Grelhar as lulas temperadas com sal. Depois de assadas, cortar as lulas às rodelas.

2. Cozer as batatas com casca em água temperada com sal. Depois das batatas cozidas, escorrê-las. Retirar a pele das batatas e cortá-las ao meio.

3. Descascar e picar a cebola.

4. Misturar as lulas com as batatas, a cebola, o alho e a salsa. Temperar com azeite e vinagre, a gosto. (Temperei também com pimenta preta.)

5. Colocar o preparado numa saladeira e decorar com alface, pimento morrone e azeitonas.

Esta salada ficou muito saborosa. Come-se muito bem nestes dias de Verão.

P.S. Receita da revista Teleculinária nº 1095 de 27-02-2000.

sexta-feira, 15 de Agosto de 2008

É com certeza uma casa portuguesa ...

No passado dia 12 de Agosto fomos visitar, em Montreal, o Parque La Fontaine e depois seguimos para o Mont Royal.


A caminho encontrámos esta padaria, churrasqueira e talho de portugueses. Com pão de milho, pastéis de nata, sumos da Sumol, água Luso, cachecóis do Benfica, galos de Barcelos, etc. Muitas das coisas que nos fazem lembrar Portugal.
Foi aqui que almoçámos. Frango assado no churrasco com molho picante, acompanhado de batatas fritas e salada. Bem à portuguesa. Soube muito bem.

Fomos muito bem servidos. Para além do prato de frango ainda tivemos direito a uma bolinha de pão e a um Bombocado. Terá sido por ter feito o pedido em português?

quarta-feira, 13 de Agosto de 2008

St. Lawrence Market

Gosto de visitar mercados. Gosto das bancadas coloridas cheias de frutas e legumes. Quando viajo procuro conhecer os mercados das cidades onde estou. Gosto de ver como estão dispostos os produtos, de apreciar a sua diversidade e de procurar produtos diferentes daqueles que encontramos nos nossos mercados ou, até encontrar alguns que desconhecia totalmente. Em Toronto visitei o St. Lawrence Market.

O St. Lawrence Market está dividido em dois pavilhões. Num tem o comércio dito normal e, no outro, aos sábados funciona o mercado dos agricultores locais. Para não falar da quantidade de pequenos vendedores de produtos artesanais e de Maple Syrup que se instalam no exterior junto ao mercado.



Comida confeccionada à venda no mercado. Há lojas de pão, bolos, de sumos de fruta ou de legumes, etc.

Estas batatas foram uma verdadeira surpresa para mim. Desconhecia por completo. Será que existem também em Portugal?Achei piada a estas embalagens para os pêssegos e outras frutas da região do Ontario.

Mini-melancias.

Encontrei à venda massa e arroz ao peso.

Estas groselhas brancas quase precem pérolas.

Quando vi na área dos agricultores locais uma bancada com doces de fruta caseiros, lembrei-me logo da ASAE. Se fosse em Portugal, de certeza que estes doces caseiros não seguiam as regras impostas pela UE e que esta entidade teria que intervir de modo a ver cumpridas essas leis para bem da nossa saúde e alimentação.

Couve-flor roxa.

Bagels. Muito usuais nos EUA e por aqui.

Os produtos que nos fazem lembrar o nosso país. Havia à venda sardinhas frescas e bacalhau salgado.

Fico sempre maravilhada com os mercados. Visitei St. Lawrence a um sábado de manhã e estava cheio de gente, às vezes até tinha alguma dificuldade em circular lá dentro. Muitas das frutas que se encontram à venda são da zona da Califórnia (exemplo: pêssegos, nectarinas, ameixas).

domingo, 10 de Agosto de 2008

Restaurante 360 na CN Tower

Tem chovido em Toronto. Ontem e hoje a chuva tem dominado em termos atmosféricos. Para nós que estamos habituados a um mês de Agosto cheio de sol e a temperaturas altas, chega-se aqui e estranha-se um pouco, especialmente para quem gosta de conhecer as cidades andando a pé.

Hoje fui conhecer, ao almoço, o restaurante 360 na CN Tower. O restaurante permite uma vista panorâmica de 360º sobre Toronto e arredores. O chão do restaurante vai rodando e demora 72 minutos a dar uma volta completa, o que nos permite saborear uma interessante vista.


Eis o meu almoço:


Três tipos de bruschetta.

Vinho de uva Riesling.

Salmão do Atlântico grelhado com espargos e arroz.

Panna Cotta de baunilha com frutas e gelado.

A vista é um dos pontos fortes do restaurante. Os pratos são criativos e estão bem apresentados.

sexta-feira, 8 de Agosto de 2008

Ainda de Férias ...

Continuo em viagem. Deixei S. Jorge, passei umas horas pela ilha Terceira, atravessei o Atlântico e estou em Toronto, Canadá. Irei passar por Montreal e Cidade do Quebec. Termino a minha viagem no estado Massachusetts, EUA.

sexta-feira, 1 de Agosto de 2008

Quase em férias ...

Estou quase a entrar de férias. Parto no domingo. Este ano vou visitar a ilha de S. Jorge e passo umas horas pela ilha Terceira.

Aceitam-se sugestões, dicas, restaurantes, sítios imperdíveis ...

Feijão de debulhar




Outra qualidade de feijão de debulhar. Eu não sei como se chama, alguém sabe?