segunda-feira, 12 de Janeiro de 2009

Licor de romã

A romã é um fruto que acho muito bonito, especialmente quando se abre e revela cheio de bagos de vermelho vivo.Até há bem pouco tempo quando pensava em romã, associava-a à dificuldade de tirar a casca e considerava-a um fruto com pouco proveito. Lembro-me que quando era miúda na minha casa comiam-se os bagos de romã ao natural ou então fazia-se uma espécie de salada de romã e vinho do Porto. Esta salada consistia basicamente em bagos de romã, açúcar e um pouco de vinho do Porto.

Ultimamente tenho procurado potencializar o uso da romã. Usei-a em saladas, misturada com arroz e aprendi truques para a descascar sem deixar as mãos manchadas. Deixei-me levar pelo aroma da sopa de romã de Marjan, no fictício Café Babilónia e, agora resolvi fazer um licor.

A receita do licor encontrei-a aqui. Já coloquei os bagos de romã em açúcar e raspa de limão. Domingo coloco a aguardente e depois espero pacientemente durante três meses para provar o resultado desta mistura Estou com algumas expectativas.

16 comentários:

  1. O meu licor já tem 2 meses. Fiz outra receita que encontrei numa revista. Mais um mês e vejo como ficou :)
    No meu blog já expliquei uma técnica mais simples para retirar as sementes da romã. É a que uso sempre agora :)

    ResponderEliminar
  2. O licor não sei, mas a fotografia está linda :)

    beijinhos

    ResponderEliminar
  3. que foto linda, tenho romã aos montes em casa e nunca sei o q fazer, vou tentar o licor
    bjosss

    ResponderEliminar
  4. É de facto um fruto bonito. E em saladas, porque os olhos também comem :) fica muito bem também. Depois dá notícias sobre esse licor! Beijinhos.

    ResponderEliminar
  5. Aposto que vai ficar óptimo. Fico aguardar a imagem do licor :)

    Um bom ano para si!

    ResponderEliminar
  6. É realmente um fruto muito bonito. O licor deve ficar lindo e bom. Depois dá noticias. Bj

    ResponderEliminar
  7. Hey!!! e que tal partilhares conosco os truques para descascar as romãs?

    ResponderEliminar
  8. Os bagos vermelhos são mesmo lindos...
    Ainda estou na fase de achar que dá uma trabalheira danada tirar aquela casca que parece colada. às vezes, lá arranjo 1 escravo para ma descascar, lol!
    O meu papagaio perde-se por romã, mas sabe tirar a casca...
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  9. Eu adoro romãs e esta ideia do licor até que me deixou muito interessada...

    ResponderEliminar
  10. Faço minhas as palavras da Risonha: Como se devem descascar as Romãs?...
    Bjs. Bombom

    ResponderEliminar
  11. Olá, por acaso também tenho um licor de romã em fase de maceração. Estou ansiosa para ver se fica bom e bonito. Bjs ;)

    ResponderEliminar
  12. É um fruto espantoso que eu só como bago a bago ou em Granadine, nalgum cocktail.

    Lembro, no entanto o post de antologia, sobre romã, que a Marizé publicou o ano passado no Tachos de Ensaio:

    http://tachosdensaio.blogspot.com/2008/02/anardana-melao-de-rom-e-grenadine.html

    Vale a pena ir até lá.

    ResponderEliminar
  13. Estou fazendo uma campanha de doações para criar uma minibiblioteca comunitaria na minha comunidade carente aqui no Rio de Janeiro,preciso da ajuda de todos.Doações no Banco do Brasil agencia 3082-1 conta 9.799-3 que Deus abençõe todos nos.Meu e-mail asilvareis10@gmail.com

    ResponderEliminar
  14. Boa-tarde,

    Aproveitando a estação do ano em que nos encontramos, coloquei no blogue da Joanne Harris (http://joanneharris.blogs.sapo.pt uma receita ideal para um dia de Inverno, retirada do livro Do Mercado para a sua Mesa.

    ResponderEliminar
  15. acho que estou curiosa como tu... ;-) beijocas

    ResponderEliminar
  16. Amigos Aprecio licores. Por gentileza me enviem receitas de licores exoticos como de rabanete, cenoura, beterraba, seriguela entre outros. graato luiz . e.mail : lantoniofacioli@superig.com.br

    ResponderEliminar