Próximos workshops
Lisboa 29 de Novembro de 2014
Sábado:
10h30 - 13h00      Entradas e Aperitivos para Festas
 
 
14h30 - 17h00      Doces de Natal
Inscrições limitadas 30  formacao@acpp.pt   21 362 2705 ACPP

sexta-feira, 9 de Janeiro de 2009

Pá de porco em cama de legumes


Nos últimos dias tem feito muito frio. Chego a casa e só me apetece enroscar no sofá, beber chá quente e estar com o aquecedor ligado. Seguindo a ideia de que a melhor opção para dias frios é comidas quentes, então, aqui, fica uma sugestão.


Ingredientes:
2 fatias de pá de porco com osso (aprox. 1, 600 g)
2 cebolas
2 cenouras
250 g de abóbora
sal
pimenta de moinho
4 dentes de alho
5 bagas de zimbro
paprika
azeite
3 hastes de alecrim
1,5 dl de vinho branco
6 batatas doces médias


1. Temperar a carne com sal, pimenta, os dentes de alho esmagados, as bagas de zimbro esmagadas e paprika a gosto.

2. Num tabuleiro dispor as cebolas cortadas em gomos finos, as cenouras descascadas e cortadas em palitos e a abóbora em fatias finas.

3. Colocar a carne sobre os legumes. Regar com 1 dl de azeite. Dispor o alecrim no tabuleiro. Regar com o vinho branco e com mais um pouco de azeite.

4. Levar ao forno a assar.

5. Lavar as batatas doces. Picá-las com um garfo. Cortar quadrados de papel de alumínio. Colocar as batatas no papel de alumínio, polvilhar com um pouco de sal e um fio de azeite. Fechar o papelote e levar ao forno.


A carne fica muito saborosa e combina muito bem com a cama de legumes e a batata-doce.

P.S. receita da revista Saberes & Sabores nº 179 de Janeiro de 2009, com algumas alterações.

10 comentários:

  1. Ficou uma delícia de cor e de aromas (imagino eu...). Quase nunca compro pá de porco, por causa do osso, estas fatias surpreenderam-me...
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Calculo que tenha ficado delicioso! E esta comidinha bem quentinha parece-me muito bem. Mas os olhos também comem, e eu estou com vontade de comer este pratinho. :)

    ResponderEliminar
  3. Costumo usar a abóbora nas sopas mas em assados nunca experimentei.Como tenho uma que me ofereceram,vou aproveitar esta sua sugestão que me parece bem apetitosa! Bjs. Bombom

    ResponderEliminar
  4. este prato tem imenso bom aspecto...

    e agora sabe mesmo bem este tipo de comidinhas.

    beijoca*

    ResponderEliminar
  5. Que bom aspecto. Tens razão com este frio, sabe mesmo bem é comida bem quente. Eu uso muito mais o forno nesta época. Bjc

    ResponderEliminar
  6. para mim pode ser sem batata doce? é que é coisa que não aprecio na comida... se tiver de ser até como, mas se tiver alternativa melhor... eh eh eh!
    por cá também está muito frio.

    ResponderEliminar
  7. Desafio no meu blog. Passa por lá. Bjc

    ResponderEliminar
  8. É evidente que é um grande prato e, para mim, as evidências não requerem comentários.

    Há, no entanto, um reparo que gostava de fazer: Quando se indica "alecrim ou rosmaninho" devia estar apenas "alecrim". Isto é um erro de palmatória muito comum nas traduções descuidadas que as revistas (e não só) fazem de receitas estrangeiras. Deve-se a que o alecrim tem o nome científico de Rosmarinus, em francês é Romarin, etc. e a tradução claro que cai logo para "rosmaninho" o qual é uma lavanda com nenhum préstimo culinário pois perde por completo o aroma na secagem.

    ResponderEliminar
  9. Bem...

    Mas que bela receita...

    Nunca experimentei fazer pá de porco, mas com o resultado que apresentas aqui no blog, enche muito o olho!

    Deve ser muito boa!

    ResponderEliminar
  10. LPontes,
    tem toda a razão. Correcção feita!

    ResponderEliminar