10h30 - 13h00      Conservas Portuguesas na Ementa
 
15h00 - 17h30      Doçaria Tradicional Portuguesa
Inscrições limitadas   work@sott.pt   91 700 1802 espaço WORK IT

terça-feira, 6 de Janeiro de 2009

Tigelada da Beira

É curioso perceber como a comida nos marca. Se bem me lembro a primeira vez que experimentei tigelada da zona da Beira foi em Coja, uma localidade a poucos quilómetros de Arganil, em Dezembro de 1997, no casamento de uns amigos. Na altura adorei e, se bem me conheço, devo ter repetido.

Passados alguns anos, voltei a Arganil em trabalho e de lá trouxe uma receita e o recipiente de barro para a tigelada.


Ingredientes
8 ovos
400 g de açúcar
1 l de leite
1 colher de sopa de farinha Maizena
canela
raspa de um limão pequeno (facultativo)

1. Bater os ovos com o açúcar.

2. Juntar a farinha, a canela, a raspa de limão e por fim o leite. Bater muito bem com a ajuda da batedeira.

3. Levar ao forno a cozer num recipiente de barro previamente passado por água e que se deixa a escorrer (não se limpa com pano).

Como o meu forno é do tempo em que não existia regulador de temperatura, costumo verificar se a tigelada está cozida usando um palito, que deverá sair "seco".

Depois de ter arrefecido, a tigelada deverá ir para o frigorífico e ser servida fria. Também deve ser servida no recipiente onde foi cozinhada e é normal formar uma espécie de água no fundo.

À receita original apenas acrescentei a raspa de limão.

14 comentários:

  1. a sua tigelad tem um optimo aspecto. era um doce que adorava experimentr fazer mas ainda me falta o recipiente proprio.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  2. É realmente muito boa. Eu também já a tenho feito, não sei se é mesmo igual, mas anda por lá. Bj

    ResponderEliminar
  3. Eu adoro tigelada...a tua ficou linda...beijinho

    ResponderEliminar
  4. Adoro tigelada mas só conhecia as "fininhas" mais cá do sul. Nunca perdôo as típicas de Ponte de Sôr: a qualquer hora que lá passe, marcha tigelada(s)!

    Esta receita de tigelada-bolo deixou-me muito curioso.

    ResponderEliminar
  5. O teu e o meu forno devem ter andado juntos na escola :)
    Só comi tigelada quando fui para Coimbra e é uma delícia!

    ResponderEliminar
  6. A Tigelada é mesmo uma sobremesa típica da Beira. A confecção faz lembrar um pudim Flan, mas o resultado final é bem diferente.O LPontes deve estar a referir-se às Tigeladas de Abrantes , feitas em pequenas forminhas de barro (individuais), ser? As da Beira são diferentes.O segredo é que antes de começar, deve aquecer o forno e as caçoilas (tachos) de barro vidrado no forno. Na minha aldeia (Paiágua)na Beira Baixa não se põe limão, mas sim 1 colher de café de erva doce (sementinhas, como lá dizem) e polvilha-se com canela em pó. Depois, com muito cuidado, verte-se o líquido para a caçoila quente e leva-se ao forno cerca de meia hora.A outra diferença é que é feita com farinha de trigo. A Maizena não dá o mesmo sabor à Tigelada (nem ao verdadeiro Leite-Creme).Bjs. Bombom

    ResponderEliminar
  7. O que eu gosto de tigelada e não como há décadas! A bem da verdade julgo que desta nunca comi... enfim, tenho de resolver esta questão!

    Bj grande e um ano novo memorável para 2009!

    ResponderEliminar
  8. Agora babei....sou doida por tigeladas de todo o tipo e a cor dessa deixou-me de água na boca...adorei. Tenho pena de~não ter o recipiente :(

    beijinhos

    ResponderEliminar
  9. parece muito boa mesmo!!! infelizmente nunca experimentei e nao tenho essa tigela de barro para fazer.

    ResponderEliminar
  10. é realmente uma maravilha...
    eu gosto muito de tigeladas, e essa tua, assim tostadinha, deixou-me com água na boca.

    ResponderEliminar
  11. Tigeladas - o meu doce preferido durante anos e anos. Na zona de Leiria é fácil de encontrar em pastelarias. Simples e saborosa!

    ResponderEliminar
  12. Boas
    Eu tentei fazer tigelada da Beira, usei o recipiente certo e tudo. Mas na verdade aquilo não saiu exactamente igual. A agua que se costuma ver no fundo do recipiente eu não obtive e a tigelada ficou mais consistente do que devia. Será que cozeu demais?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carlos,
      não formou água, soro, é estranho. Costuma fazer, mesmo cozendo demais. Se cozeu demais, em vez de uma consistência lisa, fica com olhinhos, bolhas. Bateu os ingredientes com a batedeira?

      Eliminar