Próximos Workshops
Lisboa 4 de Dezembro de 2016
Domingo:
10h00 - 13h00      Doces Tradicionais de Natal
Inscrições: escola@istofaz-se.pt   218 078 640 IstoFaz-se
Lisboa 10 de Dezembro de 2016
Sábado:
10h30 - 13h30      Receitas para a Mesa de Natal
 
 
14h30 - 17h30      Presentes de Natal
Inscrições: formacao@acpp.pt   21 362 2705 ACPP

sexta-feira, 3 de abril de 2009

4 por 6: Medalhões de pescada com paprica e arroz de ervilhas

Nesta minha segunda contribuição para o 4 por 6, um projecto em que estou a adorar participar, apresento para prato principal Medalhões de pescada com paprica e arroz de ervilhas, para sobremesa irei servir Abacaxi com queijo São Jorge. - Senhoras e senhores, podem-se sentar. A refeição vai ser servida ...


Medalhões de pescada com paprica

Ingredientes:
480 g de medalhões de pescada (5 medalhões descongelados)
1 iogurte natural
1 cebola
sumo de 1 limão
2 colheres de chá mal cheias de paprica
1 colher de café de cominhos
pimenta preta q.b.
sal q.b.
margarina para untar


1. Preparar a marinada: misturar o iogurte com o sumo de limão, a cebola picada ou ralada, os cominhos, a paprica, a pimenta e o sal.

2. Colocar os medalhões num tabuleiro de forno bem untado com margarina. Regar os medalhões com metade da marinada. Virar os medalhões e regar com a marinada restante. Deixar a tomar sabor durante uma hora.

3. Levar os medalhões a assar no forno.

4. Servir os medalhões com arroz de ervilhas.

Fiz um arroz branco solto com ervilhas. Cozi em água temperada de sal 170 g de arroz e 170 g de ervilhas. Depois do arroz cozido escorri.

Servi os medalhões com o arroz de ervilhas e tomate cereja. Salpiquei com cebolinho picado que tinha no frigorifíco. O cebolinho pode ser substituído por outra erva aromática a gosto.

Este ano decidi plantar as minhas ervas aromáticas, pois acredito que fique muito mais barato, especialmente para pessoas como eu que gostam de usar ervas aromáticas frescas. O que me levou a ter as minhas ervas aromáticas não foi só pensar que ficam mais baratas, foi também a facilidade de as obter e, principalmente de as poder usar assim que são colhidas.

Uma embalagem de coentros ou de salsa, os aromas mais procurados, no supermercado não custa menos de EUR 0,75. Quando compro algum ramo ou embalagem acontece que por vezes não a uso toda, guardo-a no frigorífico e se me esqueço passado pouco tempo vai para o lixo. Para mim não há nada melhor do que as ervas apanhadas e servidas no momento, embora tenha consciência que nem sempre é possível, nem fácil.

Sugiro que cultivem em pequenos vasos numa zona iluminada da casa ou na varanda algumas ervas aromáticas. Este ano já semeei manjericão e o tomilho já está a despontar. Tenho já bem crescida e verdinha hortelã e, o pé de alecrim está um pouco tímido, mas lá se tem aguentado. Com o estragão a experiência tem sido mais difícil, mas não desisto.

Já me aconteceu precisar de manjericão fresco, por exemplo, e procurar nos supermercados aqui perto da minha casa e não encontrar, como foi o caso de ontem. Nessas alturas penso sempre que é algo que posso ter em casa e nem dá assim tanto trabalho.


Para sobremesa voltei a escolher fruta.


Abacaxi com queijo São Jorge

Ingredientes:
320 g de abacaxi
120 g de queijo de São Jorge
pimenta preta de moinho q.b.
açúcar em pó
duas a três folhas de hortelã

1. Cortar o abacaxi e o queijo São Jorge em fatias muito fininhas.

2. Intercalar as fatias de abacaxi com o queijo.

3. Polvilhar com pimenta preta e hortelã picada.

4. Decorar com açúcar em pó.


Na receita original a erva aromática usada é a erva cidreira e não a hortelã, como não tinha usei o que havia cá em casa e não ficou nada mal.

O queijo e o abacaxi combinam muito bem. O truque desta sobremesa é cortar as fatias bem finas.


Vamos então às contas:

A receita dos medalhões encontrei-a na revista Saúde à Mesa nº 6, Setembro de 2006 e a da sobremesa foi num folheto promocional do Pingo Doce.

16 comentários :

  1. Gostei muito desta sugestão, principalmente da combinação do abacaxi com o queijo.

    :)

    ResponderEliminar
  2. Linda,

    Eu já estou sentada à mesa, a aguar... O tempero dos medalhões é mesmo ao meu estilo e quanto ao ananás com queijo S. Jorge, a minha costela açoriana está em transe...

    Parabéns!

    bjs

    ResponderEliminar
  3. Sugerir uma refeição de peixe dentro do orçamento não é nada fácil. Mas parece que é possível! Parabéns! Tem um aspecto delicioso e é super equilibrada.
    Já o ananás com hortelã é das minhas combinações favoritas. Adoro! E é super refrescante.

    Beijo grande *
    Mariana

    ResponderEliminar
  4. Que bela sugestão! Fico à espera da minha dose :D

    ResponderEliminar
  5. estou adorando esse projeto!
    as receitas estão divinas!
    parabéns!

    ResponderEliminar
  6. Gostei muito desses medalhões e ficou muito económico!
    Bjos

    ResponderEliminar
  7. Bela refeição e não há mesmo nada como apanhar as ervas aromáticas fresquinhas. A minha salsa insiste em não crescer, os coentros também não os vejo. O manjericão foi comido o ano passado pelas lagartas mas ainda colhi para secar e guardar. Este ano voltei a plantar. O alecrim, o tomilho, a cidreira e a hortelã são os que melhor se aguentam. Boa sorte para as tuas ervinhas :)

    ResponderEliminar
  8. Procurei redimir-me do desconhecimento relativamente ao cincoquartosdelaranja e.... fiquei banzada! É de facto um projecto muito giro e diferente. Gostei das sugestões e adorei a filosofia por detrás. Gostei tb de saber que tens plantadas umas ervas. Sonho com a possibilidade de ter tb umas aqui no parapeito da janela.Não desistas. E a lúcia-lima tb é óptima para aromatizar as saladas.
    Vi que usas o estragão. Como tempero , a cru? Ou no cozinhado?

    Parabéns pelo blog e pela iniciativa.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Miúda ficou 5 estrelas.Um beijinho...

    ResponderEliminar
  10. Adorei a refeição, mesmo ao meu gosto.

    Quanto as ervinhas também adoptei semear em vasinhos, e tenho 2 qualidades de hortelã, salsa, salva, piri-piri, estes deram-se muito bem, o mangericão estava muito bonito, mas foi devorado por lagartas, quando ao cebolinho não consigo que nasça.
    Neste momento tenho tomilho a nascer e coentros, vamos ver no que vai dar.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Eu pensava q a paprica era uma invenção do Herman José no Cozinho para o povo :D

    ResponderEliminar
  12. mas que belas ideias que aqui tem, estes medalhoes estao o maximo. e a omelete em baixo.? e emsmo boa para uma afliçao do dia a dia.
    beijinhos e vbom fim de semana

    ResponderEliminar
  13. Uau...está tudo absolutamente maravilhoso...tenho de ver que projecto é esse :)

    ResponderEliminar
  14. Minha querida Laranjinha, fiquei de olho na sobremesa e não consigo "desgrudar"!! Deve ser perfeito e bem ao meu jeito. Perfeito como o resto, claro. :)

    Parabéns por mais uma brilhante sugestão!

    Bj grande

    ResponderEliminar
  15. Parabéns por teres conseguido mais uma óptima refeição por pouco dinheiro!Foi uma bela ideia que tiveram.A maior surpresa foi a sobremesa de abacaxi e queijo de S. Jorge, ou da Ilha.Gosto muito de cada elemento de per si, mas juntos, nunca tinha visto. Vou experimentar em breve. Em relação às ervas aromáticas, concordo contigo: são muito caras e estragam-se mais depressa do que as trago da aldeia.É uma boa solução essa, de plantar em vasos na varanda. Se puderes põe salva e malaguetas.
    Estas abrem-se, separam-se as sementes num tabuleiro e secam-se ao sol. Ao fim de oito dias, põem-se na picadora 123, e picam-se. Juntam-se então as sementes e metem-se num frasco bem rolhado. Fica uma "paprica" óptima! Bjs. Bombom

    ResponderEliminar
  16. Adorei as sugestões.
    Excelentes. Esse abacaxi deve sre o máximo. :D Já estou com água na boca.
    Beijinhos.
    Susana B.

    ResponderEliminar