terça-feira, 23 de Junho de 2009

Berbigão à moda do meu pai

Tenho andado numa correria e com alguns trabalhos com data de fecho que coincidem com o final desta semana, o que me tem deixado pouco tempo para cozinhar. Sábado fui pela primeira vez à praia, este ano, para ver se apanho um pouco de sol e me vejo livre desta cor de branquela. À noite participei na corrida na marginal. 8 km desde a Praia de Santo Amaro até à curva do Mónaco e voltar. Há quem diga que falo mais do que corro. :)

O domingo fui passá-lo com os meus pais. A rotina de sempre. Uma ida ao café, visitar as hortas e durante a tarde quente, muito quente, espreguiçar um pouco no sofá pois, nestes dias é de doidos andar ao sol. Mas neste domingo o meu pai, ao final da tarde, convidou-nos, ao Ricardo e a mim, para um petisco que ele iria confeccionar. Era surpresa. "Vamos, vê lá se adivinhas o que será?" - pergunta-me o meu pai. Reconhecendo que seria difícil adivinhar sem qualquer pista, tive que me render às evidências e dizer que não sabia. Mas assim que entrei na cozinha e senti o cheiro a mar, percebi imediatamente que o nosso petisco seria berbigão.

Encontrei um alguidar enorme cheio de pequenas conchas com a sua forma inconfundível dentro de água. Segundo o meu pai, o berbigão ia ser arranjado de uma maneira muito fácil. Fiquei logo com as antenas da curiosidade ligadas. Lembro-me que quando era miúda os meus pais chegaram a apanhar quilos de berbigão na Foz do Arelho. Tenho uma ideia que os arranjavam numa espécie de refogado com cebola, mas é mesmo isso, uma ideia muito vaga. No entanto, guardo na memória o prazer que na altura sentia quando nos deliciávamos com tão bom petisco.

Depois de provar e de ouvir a receita, tenho que concordar que é muito fácil. Basta colocar numa panela alguns dentes de alho esborrachados, dois cubos de caldo tipo Knorr (para 3 kg), uma malagueta, o berbigão e um bom ramo de coentros. Levar ao lume e ir "sacudindo" a panela para que todo o berbigão apanhe calor e abra. Não é preciso colocar sal nem azeite. É só mesmo assim. Rápido e muito simples.

O berbigão foi servido com pão para ensopar no molhinho e umas cervejinhas bem frescas. Que bela tarde de domingo!

11 comentários:

  1. Adoro estes petiscos vindos do mar :)

    ResponderEliminar
  2. Estes berbigões estão uma tentação...
    quase dá para sentir o cheirinho a mar!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. Isto é uma verdadeira tentação. Parabéns ao pai. Devem ter ficado deliciosos.

    ResponderEliminar
  4. Já há muito tempo que tenho vindo a seguir o seu blog, mas hoje com a receita do berbigão, não pude deixar de comentar, porque me levou até á minha infância, nos dias de verão em que estavamos de férias a minha mãe fazia muitas vezes este belo petisco.
    Acredita que já lá vão alguns anos que não como berbigão.Tenho que pedir a receita á minha mãe, e experimentar a sua.

    Obrigada por me fazer recordar belos momentos.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. E eu que pensava que era difícil....
    Assim que puder vou experimentar...
    Um abraço...

    ResponderEliminar
  6. um beijo enorme para o teu pai, que já me deixou a salivar!!

    ResponderEliminar
  7. Adoro petiscos e fiquei com imensas saudades de um belo berbigão. Que maravilha de tarde.
    Bjs
    Moira

    ResponderEliminar
  8. Este berbigão até faz água na boca, é pena é que agora tão depressa não posso comer nada disto... (o médico proibiu-me por causa da gravidez pois não sou imune à toxoplasmose...)
    Se entretanto quaiseres espreitar o meu blog de culinária podes espreitar em http://porentretachosepanelas.blogspot.com/

    Jokas
    Sandra C.

    ResponderEliminar
  9. Laranja, como mais gosto de berbigão, ameijoa ou outro tipo de marisco é exactamente assim cozinhado de forama simples, para que o seu sabor a mar esteja realçado. Fez-me recordar grandes petiscadas com amigos :) Bons tempos

    ResponderEliminar
  10. Que saudades de berbigão!

    Sempre uma excelente opção!!!

    ResponderEliminar
  11. Deixe o Knorr de lado..... Ficarão melhores

    ResponderEliminar