Próximos Workshops
Lisboa 8 de Dezembro de 2016
5a-feira:
17h00 - 18h00      Entradas e Petiscos para a Ceia de Natal na loja Maria Granel
Lisboa 10 de Dezembro de 2016
Sábado:
10h30 - 13h30      Receitas para a Mesa de Natal
 
 
14h30 - 17h30      Presentes de Natal
Inscrições: formacao@acpp.pt   21 362 2705 ACPP
Lisboa 11 de Dezembro de 2016
Domingo:
10h30 - 11h30      Pequeno-almoço no dia de Natal na loja Maria Granel

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Lisboa Restaurant Week II edição - restaurantes Clara-Jardim e Sofisticato


A minha ida ao restaurante Clara-Jardim, no âmbito da iniciativa Lisboa Restaurant Week, foi numa segunda-feira ao jantar, numa destas noites quentes de princípio de Outono, mas a lembrar o Verão. Assim que entrei no restaurante, lembrei-me logo da Casa da Comida, pelo requinte, pela decoração e pelo jardim.

Depois de nos sentarmos à mesa foi-nos servido um vinho rosé, fresco, leve, Defesa, da Herdade do Esporão que nos acompanhou no couvert. Para entrada, o Ricardo, a Sandra e o Nuno, escolheram Papaia recheada com gambas e eu, para ser diferente, optei pelos cogumelos salteados com alho e coentros, que souberam muito bem. Para prato principal veio para a mesa Polvo à lagareiro e Pato assado com redução de laranja e grelos salteados. A comida estava bem servida, nota-se que a linha do restaurante é a comida portuguesa bem confeccionada, acompanhada de um serviço a que já não estamos habituados. O vinho escolhido foi um alentejano do Alqueva, Mestre Franco, sugerido pelo Sr. Paiva, responsável pela carta de vinhos.

As sobremesas foram escolhidas de um carrinho com várias opções: torta de laranja, bolo de chocolate, tarde de maçã, bolo de bolacha, entre outras. Adorei o bolo de bolacha, que não se compara em nada aos que encontramos por aí.

Clara-Jardim é um restaurante clássico, com um excelente serviço e com comida tradicional muito bem confeccionada, sem pretenções de sofisticação ao nível da combinação de sabores. É um restaurante onde se come bem.


Na quarta-feira, o restaurante escolhido para jantar foi o italiano Sofisticato, com cozinha do chef Alessio Carrer. Assim que chegámos, fomos conduzidos até à nossa mesa ao fundo do restaurante num pátio com telhado de vidro. A decoração é jovem, moderna, com bom gosto e que procura criar um ambiente sofisticado, elegante. O restaurante estava cheio.

Começámos a petiscar quadrados de foccacia servidos com azeite e vinagre balsâmico. A refeição comecou com duas entradas, que entre os quatro tivemos oportunidade de provar: Lasanha de beringela com fino molho de tomate, lascas de ovo e queijo parmesão, que estava muito boa e Figo fresco salteado em manteiga, envolto em prosciutto di Parma, servido com queijo dello Chef.

Para prato principal as escolhas do Ricardo, Sandra e Nuno recairam no Contra-fillet de Angus da Argentina braseado, acompanhado de Risotto all Barolo e eu optei pelo Robalo Al Forno em azeite Cristal, servido num delicado molho de Tomate, Alcaparras, azeitonas e salsa, servido com polenta frita. Na minha opinião, o prato de robalo estava mais bem conseguido, especialmente pelo molho.

O vinho escolhido foi um tinto da região da Toscana, Tosco de 2006, que se revelou bastante agradável.

A escolha da sobremesa foi consensual: Soufflé de chocolate Valrhona, que estava muito bom. Depois do café, foi-nos oferecido um Tango Italiano, que é uma bebida feita com limoncello e Tia Maria, muito agradável.

Fazendo um balanço da visita ao Sofisticato, considero que o serviço foi excessivamente demorado, apesar do esforço notório de alguns empregados. A falta de espaço disponível na mesa onde jantámos também não ajudou.

1 comentário :

  1. Oi
    você sempre nos convida à
    participar de seu roteiro de
    gastronomia.
    É muito bom ver você escrevendo,
    sobre o que você gosto o que não
    gostou.
    Beijos...
    Lúcia.

    ResponderEliminar