Próximos Workshops
Lisboa 10 de Dezembro de 2016
Sábado:
10h30 - 13h30      Receitas para a Mesa de Natal
 
 
14h30 - 17h30      Presentes de Natal
Inscrições: formacao@acpp.pt   21 362 2705 ACPP
Lisboa 11 de Dezembro de 2016
Domingo:
10h30 - 11h30      Pequeno-almoço no dia de Natal na loja Maria Granel
Lisboa 18 de Dezembro de 2016
Domingo:
10h30 - 12h00      Presentes de Natal na mercearia Morteiro & Santos

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Pernas de coelho assadas no forno com tomilho-limão e salvia


No domingo, depois de uma parte da manhã no quintal a preparar lenha para os grelhados de verão e a fazer guerra às urtigas, fiz para o almoço estas pernas de coelho assadas no forno.


Ingredientes:
2 pernas de coelho
sal e pimenta
2 colheres de sobremesa de tomilho-limão seco
3 dentes de alho esmagados
1 cebola cortada às rodelas
100 g de tiras de bacon fumado
2 a 3 folhas de salvia

1. Temperar as pernas de coelho com sal, pimenta e tomilho-limão.

2. Num recipiente de forno colocar a cebola cortada às rodelas, tiras de bacon e os alhos. Em cima dos alhos colocar as pernas de coelho. Dispor as restantes tiras de bacon em cima das pernas de coelho. Regar com um fio de azeite e levar ao forno pré-aquecido durante 20 minutos.

3. Virar as pernas de coelho e mexer a cebola. Colocar em cima da carne as folhas de salvia. Regar as folhas com azeite ou embebê-las previamente em azeite. Deixar acabar de cozinhar em forno moderado.

Acompanhei este prato com legumes cozidos.

A carne fica muito saborosa e a mistura de cebola e bacon fica ligeiramente caramelizada, fazendo contraste de sabores com a carne. A receita foi inspirada nesta do site da inglesa Delia Smith.

O tomilho-limão que usei nesta receita foi uma oferta de Natal, juntamente com outras ervas aromáticas da marca Ervas da Zoé, da minha amiga Isabel.


11 comentários :

  1. Ontem ao fim do dia fui ao quintal espreitar "as culturas" e reparei que o bicho já me começou a atacar a salvia. O arbusto está enorme e este fim-de-semana se não chover vou ter que o podar, catar os malvados e eliminar as folhas mordidas. De resto também se atiraram a uma das couves e acabaram-me com o manjericão. Este perdeu-se por completo. : (
    Essas pernas de coelho estão divinais e vou reproduzi-las em casa conceteza mas em versão reduzida porque o marido dispensa. : )
    beijinho

    ResponderEliminar
  2. Humm... está qq coisa de fantástico este coelhinho! ;D
    Adorei!
    Beijinhos doces**

    ResponderEliminar
  3. estao com um aspecto optimo!!! amei!! beijo

    ResponderEliminar
  4. Seus pratos são qualquer coisa de fóra de série!!!
    Esse Coelho está com um aspecto muito lindo... pena que não pude prová-lo... aquele robalo alí embaixo está de matar!!
    Tudo aqui é realmente muiro bom.

    bj
    João Mario

    ResponderEliminar
  5. Também tenho que ver se trato das minhas plantinhas... Mas tem chovido, a terra esta molhada, e as plantinhas parecem não querer lá muito que as mude agora...
    Tenho tomilho-limão, pelo que vou ter mesmo que fazer esta maravilha de receita! Está um espectáculo, com um aspecto estupendo!

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  6. Que receita deliciosa. :)
    Gosto muito de coelho e preparado no forno com todos estes aromas, deve ter fica uma maravilha.

    Beijinhos. :)

    ResponderEliminar
  7. Oi
    HUMMM
    SUPER BOM UMA
    DELíCIA.
    Beijos...
    Lúcia.

    ResponderEliminar
  8. Parabéns por esse teu dom!

    Em luta pelo direito de acompanharmos as nossas crianças, o nosso futuro!!!
    A começar por esta petição. Um outra se seguirá, pedindo apoio ao Governo Português para acompanharmos os primeiros anos dos nossos filhos.
    Tivesse eu mãos assim tão prendadas!!!

    Mas o meu assunto é outro. Trata-se de saber a quem cabe a guarda dos filhos, em caso de separação: se à mãe (que é, regra geral, a sua figura primária ou de referência, por ser aquela que lhes presta praticamente todos os cuidados diários), se ao pai (que, regra geral, pode ser o que reúne melhores condições), ou se a ambos (estejam ou não de acordo, e independentemente de terem ou não uma boa relação).

    Palavras sábias de um pai que ganhou, em tribunal, a custódia dos filhos: A tutela dos filhos é um empreendimento para a vida; não pode ser gerido por dois sócios que não se entendem. As pessoas não conseguem deixar de usar o seu poder para anular decisões e exercer pressões. É preferível que só um dos pais tenha a tutela, por muito que isso custe ao outro. A educação de uma criança não é passível de falhas.'

    Ponhamos a mão na consciência: se a lei não permite que se separe as crianças de junto dos seus pais, mesmo que estes vivam em fracas condições, porque razão há-de um juíz atribuir a guarda ao progenitor que ofereça melhores condições? É este o superior interesse da criança?!

    Urge reabilitar a maternidade, fazer com que as mães possam acompanhar mais de perto o desenvolvimento dos filhos!!!!

    http://www.peticaopublica.com/?pi=P2009N575

    ResponderEliminar
  9. Não sou grande fã de coelho mas esta receita está com muito bom aspecto. Aposto que também sabe muito bem ;) beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Sou muito básica, coelho só faço à Caçador. Como não sou grande apreciadora desta carne não me aventuro noutras receitas.

    Mas como sempre, neste blog, as fotos são FANTÁSTICAS! Até fico com vontade de provar o teu coelho.

    Beijinhos...

    ResponderEliminar
  11. ai as ervas aromatixcas naos e estoa a dar bem la no quinta:-(
    este coelho esta delicioso
    o meu namorado ia adorar
    beijinhos

    ResponderEliminar