Próximos Workshops
Lisboa 4 de Dezembro de 2016
Domingo:
10h00 - 13h00      Doces Tradicionais de Natal
Inscrições: escola@istofaz-se.pt   218 078 640 IstoFaz-se
Lisboa 10 de Dezembro de 2016
Sábado:
10h30 - 13h30      Receitas para a Mesa de Natal
 
 
14h30 - 17h30      Presentes de Natal
Inscrições: formacao@acpp.pt   21 362 2705 ACPP

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Passeio por Alfama e jantar no Sinal Vermelho

Na sexta-feira passada andei por Alfama. O dia estava quente, céu azul, mesmo convidativo a um passeio. O percurso começou na Praça D. Pedro IV (Rossio), e seguiu pela , miradouro de Santa Luzia, miradouro das Portas do Sol e depois pelas ruas estreitas de Alfama. Adoro contemplar Lisboa, o rio Tejo nestes dias cheios de luz.

A meio do passeio, a minha colega Cristina convidou-me a tomar uma bebida fresca, o local escolhido foi o Pois, Café, um café austríaco muito simpático. Assim que entrámos, apercebi-me que mesmo a meio da tarde, grande parte das mesas estava ocupada. Havia pessoas, muitos estrangeiros, a lanchar ou a tomar uma refeição mais leve.

O espaço está decorado com mesas, cada mesa tem um nome, e cadeiras diferentes, sofás, quadros, postais e livros. Ali é possível trocar livros (bookcrossing) e deixar mensagens, num placard mesmo à entrada.

A oferta de bolos é variada (bolo de limão, de courgette, de banana, etc), eu escolhi strudel de requeijão com frutos silvestres e para beber uma limonada austríaca com flor de sabugueiro, limão e hortelã.

A tarde terminou com um passeio por algumas lojas de produtos tradicionais e outras de artesanato urbano.

Que engraçada coincidência. Na sexta-feira passei pelo Pois, Café e na terça-feira fui convidada para um lanche austríaco, organizado por um colega, Thomas, oriundo de Villach (Carinthia, Áustria). No lanche provei uns pastéis recheados com batata, requeijão e hortelã servidos com manteiga derretida (kasnudel), strudel de maçã e uma bebida tipo aguardente de pêra e maçã (schnaps).

Na sexta-feira jantei no restaurante Sinal Vermelho, no Bairro Alto, sugestão também da minha colega Cristina. Sexta-feira à noite, como acontece na grande maioria dos bons restaurantes, O sinal Vermelho estava cheio, com lista de espera à porta.

O espaço divide-se em duas salas e está decorado com azulejos até a meio da parede, quadros, a presença do vermelho faz-se notar nos candeeiros e nos cortinados da sala. Começámos a nossa refeição com queijo fresco, peixinhos da horta, com fritura e fritura certa (estaladiços) e um prato com mistura de enchidos. Para prato principal escolhemos Carne à Alentejana e Magusto de Bacalhau com migas de broa e couve portuguesa. Que saudades de umas boas migas. Estas encheram-me as medidas.

Para além da comida ser óptima, as doses vêm muito bem servidas. Em termos de vinhos, a escolha recaiu numa garrafa de vinho verde Muralhas de 2006, a pedido dos colegas italianos com quem jantei. Foi curioso saber que os italianos não misturam no mesmo prato peixe e carne. Ao saborearem a carne de porco à Alentejana foi o quebrar de um tabu! :)

A sobremesa escolhida foi sericaia com ameixa de Elvas, que estava excelente.

Sexta-feira à noite, casa cheia, o serviço estava muito atarefado mas não deixou de ser amável e atencioso. Sinal Vermelho é um restaurante de cozinha portuguesa onde é obrigatório parar.

A seguir ao jantar, a noite terminou com um passeio no miradouro de S. Pedro de Alcântara que depois de ter sido remodelado, transformou-se num lugar muito agradável, cheio de vida e de onde gosto ver Lisboa à noite.

12 comentários :

  1. Gosto muito de jantar no Bairro Alto e já guardei este restaurante para uma próxima ida. Gostei muito do repasto. Nem sei bem qual escolhia.. O que vejo numa das fotos são peixinhos da horta?
    beijoca

    ResponderEliminar
  2. Olá Laranjinha,
    Que belo passeio. As zonas visitadas são mesmo de excelência e as comidinhas têm um aspecto dos Deuses. O bacalhau então..., até estou a salivar...
    bom, vou andando...
    Beijinhos e bom fim de semana,
    Lia.

    ResponderEliminar
  3. Margarida,

    sim, são peixinhos da horta. Estavam óptimos.

    Beijinhos,

    ResponderEliminar
  4. Levaste-nos mais uma vez a passear por sítios e espaços surpreendentes!...
    Tb anotei a referência ao restaurante!...
    babette

    ResponderEliminar
  5. Amiga, tanta coisa boa!
    Adorei o post, parece um artigo 5 estrelas da time out! :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Gasparzinha,
    que querida! Obrigada.
    Um beijinho muito grande

    ResponderEliminar
  7. Babette,

    recomendo vivamente o restaurante. Na sexta-feira estava muito cheio, mas a comida é óptima.

    Um beijinho,

    ResponderEliminar
  8. Salsa Verde,

    obrigada pela visita e comentário.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Nunca comi no Bairro Alto, nem em Alfama nem em nenhum bairro típico de Lisboa. Espero que isso aconteça muito em breve, acho que vou adorar o ambiente e a comida :)

    ResponderEliminar
  10. ola.é impressionante a quantidade de coisas boas que existem neste blog. é delicioso... vale sempre a pena visitar. tb tenho a minha modesta cozinha se gostar de visitar espero-a em http://ensaiosculinarios.blogspot.com/. beijocas

    ResponderEliminar
  11. que engaçado... no 25 de Abril dei mais ou menos a mesma volta e encontrei-me no miradouro de s. pedro de alcântara com uma amiga e depois ter saboreado um bom vinho no miradouro, passamos para o Artis Winebar, para um jantar de petiscos ao estílo Português

    Lisboa pode ser tão linda e cheia de luz com sol, quanto um bocado triste nos dias cinzentos... parecem duas cidades diferentes!

    Obrigada pelo post, muito lindo!

    ResponderEliminar
  12. Adorei as fotos pois senti como se estivesse passeando tambem.

    ResponderEliminar