terça-feira, 10 de Maio de 2011

Bacalhau assado no forno com puré de favas


Eu adoro favas. Este ano, ao contrário de outros, fiz poucos cozinhados com elas. Conto, uma salada que repeti e a receita de hoje. Mais nada! Não houve direito a favas guisadas com coelho, frango ou com enchidos e entrecosto, que adoro, nem a arroz, nem a uma sopinha farta e reconfortante.

A receita de hoje foi adaptada do site Mar da Noruega. A receita original sugeria puré de ervilhas, mas eu decidi fazer de favas. As últimas favas frescas da temporada.


Ingredientes:
2 postas de bacalhau
2 batatas cortadas em rodelas fininhas com a casca
2 colheres de sopa de azeite
400g de favas
2dl de natas
1,25dl + 1,5dl de leite
1 dente de alho
sal e pimenta q.b.

1. Colocar as batatas no fundo de um tabuleiro de forno e em cima, as postas de bacalhau.

2. Bater 1,25 dl de leite com 1 dl de natas. Regar o bacalhau com esta mistura. Antes de ir para o forno, pré-aquecido a 220ºC, distribuir 2 colheres de sopa de azeite pelo bacalhau. Deixar no forno aproximadamente 20 minutos, antes de retirar verificar se as batatas estão cozidas.

3. Cozer as favas num tacho com o alho, 1,5dl de leite e 1 dl de natas. Depois de cozidas colocá-las no liquidificador. Temperar com sal e pimenta a gosto. Triturar até ficar homogéneo.

4. Servir o bacalhau com o puré de favas.


Ao fazer o puré não retirei a pele das favas, porque achei que como eram tenrinhas não valia a pena, no entanto, sem a pele o puré deve ficar mais homogéneo, mais cremoso.

As adaptações têm sempre riscos, mas se assim não fosse, não tinha piada, não acham? O resultado final do meu puré foi bom, mas não foi excelente, ou seja, achei que ficou um seco demais, se tivesse ficado mais solto, ficaria melhor. Na altura quis logo servi-lo, nem pensei. Poderia, ter acrescentado mais um pouco de leite, por exemplo, ou de natas. Mas diga-se em abono da verdade, que ninguém se queixou e não sobraram quaisquer vestígios para contar a história. ;)

11 comentários:

  1. Eu gostei!
    Um prato magnífico.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Infelismente eu não gosto de favas... Mas dá para uma grande variedade de pratos.

    Este pratinha esta lindissimo :)

    Bjinhos

    http://culinariadalii.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Bacalhau acompanhado de qualquer coisa é bacalhau. E ponto final!
    Adoro!
    Bj e vê se aparece, viu?

    ResponderEliminar
  4. Ficou com uma apresentação irrepreensível!
    Lindo!
    babette

    ResponderEliminar
  5. Eu este ano tirei bom proveito delas, apesar de não ter experimentado muita coisa nova. Fiquei-me pelos clássicos e não faltaram duas rodadas de favas guisadas. :)
    Este puré parece-me muito bem!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. acho que a sua troca de ervilhas por favas foi muito bem feita. Lembro-me de um famoso chef português sar puré de favas com bacalhau, agora qual é que não recordo. Agora que se aproxima a hora de jantar fiquei com vontade a bacalhau =)

    ResponderEliminar
  7. Gostei da ideia do puré de favas. Uma óptima sugestão, para acompanhar esse delicioso bacalhau.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Este ano também não aproveitei bem as favas, mas ainda se encontram, e este puré tentou-me
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Puré de favas é uma ideia genial. Eu tenho tantas favas cá em casa. Mas vouter que alterar a receita por que natas e leite não entram na dieta.

    ResponderEliminar
  10. euy ca adorei o aspecto final :-)

    ResponderEliminar