quarta-feira, 8 de Junho de 2011

Bolo de alperces frescos


Alperces. Carnudos, suculentos e com um perfume agradável, que nos despertam a vontade de comer. Gosto de comer alperces. É uma fruta sensível, preciosa, dourada. Quando penso em alperces, penso no quintal dos meus pais há muitos, muitos anos atrás. Naquela altura, as férias de Verão eram mesmo férias de Verão. Lembro-me que houve anos em que as férias iam de Junho/Julho a Outubro. Quando regressava à escola já tinha saudades. No quintal, os meus pais tinham uma ameixoeira e dois damasqueiros. A ameixoeira carregava todos os anos, às vezes até os troncos partiam de tão carregados que estavam. Agora os damasqueiros, enchiam-se de folhas e poucos eram os anos em que davam frutos. Em anos que percebíamos que tinham damascos, eu e o meu irmão, não nos tirávamos de volta das árvores para ver se já estavam maduros. E quando chegávamos lá e tinham caído? Ou quando os pássaros os descobriam primeiro do que nós? Oh! Desilusão. :) Eram poucos mas valiam a pena. Tão saborosos!

A minha amiga Ana Assis todos os anos por esta altura oferece-me alperces. Já se tornou uma pequena tradição entre nós.

E todos os anos eu faço uma receita de alperces em sua homenagem. Este ano a receita escolhida foi esta de Bill Granger.


Ingredientes:

Base de caramelo
100g de margarina sem sal
12 alperces cortados ao meio e sem caroço
sumo e raspa de 1 limão
200g de açúcar
1 colher de chá de essência de baunilha

Bolo
100g de manteiga sem sal
200g de açúcar
1 colher de chá de essência de baunilha
300g de farinha com fermento
4 ovos separados


1. Colocar a manteiga, o açúcar, o sumo e raspa de limão numa forma redonda sem buraco. Levar ao lume e deixar derreter. Mexer de vez até formar caramelo.

2. Retirar a forma do lume e colocar os alperces com a parte cortada para baixo.

3. Aquecer o forno a 180ºC.

4. Numa taça, bater a manteiga e o açúcar. Adicionar as gemas, uma a uma, batendo sempre.

5. Juntar a baunilha. Mexer.

6. Adicionar, misturando, a farinha alternadamente com as claras batidas em castelo.

7. Colocar a massa por cima dos alperces. Levar ao forno durante aproximadamente 45 minutos.

8. Depois de retirar do forno deixar arrefecer durante 5 minutos e depois desenformar, virando a forma para um prato de bolos.

O bolo fica uma delícia, a parte da fruta com o caramelo, ligeiramente ácida e simultaneamente doce, combina na perfeição com a parte do bolo. Os alperces frescos em bolos demonstram em pleno a sua acidez. Para quem não for apreciador deste travo característico do alperce deverá aumentar a quantidade de açúcar.


Outras receitas com alperces frescos:
- Alperces grelhados com gelado de baunilha;
- Batido de alperce;
- Tarte Tatin de alperce;
- Bolo de alperces;
- Doce de alperce;
- Tarte de requeijão com alperces.

15 comentários:

  1. Que aspecto suculento, deve ser mesmo uma delicia, com caramelo, nham, nham. Já ía. :))

    ResponderEliminar
  2. só de olhar para as fotos quase consigo imaginar o aroma delicioso do bolo. Nham nham!!!

    ResponderEliminar
  3. I need to learn to cook by weight so I can try your recipes!!

    ResponderEliminar
  4. Que aspecto fantastico deve ser uma delicia!!!

    ResponderEliminar
  5. alperce, gosto tanto................

    ResponderEliminar
  6. Eu também gosto muito de alperces.
    Essa fatia está mesmo apetitosa.

    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Adoro! Ohhh.. Com a tua descriação, por uns momentos consegui sentir o aroma dessa fruta tão maravilhosa... Tenho tantas saudades de Portugal... Adorei a tua tarte! Sou super fã destas tartes tatin, ui e então com alperces!!
    Bem haja pela partilha! Bj*

    ResponderEliminar
  8. A cor e o aspecto do bolo estão um mimo.
    Bjs

    ResponderEliminar
  9. Esses alperces caramelizados parecem-me uma autentica perdição. Vou testar
    Um beijinho e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  10. Já fiz ontem à noite. Muito agradável. E super fácil de fazer. :-))

    ResponderEliminar
  11. Tentei fazer este bolo neste fim de semana e correu-me mesmo muito mal, ficou muito azedo, extremamente acido, segui a receita à risca, o que poderá ter corrido mal? será o ponto do caramelo? podem me ajudar? o limão até tinha pouco sumo.
    Fatima

    ResponderEliminar
  12. Fátima,
    não sei o que possa ter corrido mal. O bolo, como referi fica ácido por causa dos alperces, que se transformam quando colocados em sobremesas. Foi a primeira vez que fez uma sobremesa com alperces frescos? Talvez, depois de retirar do forno regar com um pouco de mel, para aumentar o doce. O caramelo não ficou demasiado escuro pois não?
    Lamento, mesmo. Espero que para a próxima corra melhor.
    Um beijinho

    ResponderEliminar