segunda-feira, 6 de Junho de 2011

Focaccia de alecrim com cogumelos Porcini e alperces


Já há algum tempo que queria fazer uma focaccia. Mas ora passa hoje, ora passa amanhã e nunca mais fiz a focaccia. Até que sexta-feira chegou!

A minha amiga Ana Assis ofereceu-me dois sacos de alperces fresquinhos e carnudos, como faz sempre todos os anos. Com tantos alperces resolvi espreitar alguns dos meus livros de cozinha à procura de receitas deliciosas e dignas de serem feitas com tão preciosa fruta. Ao procurar na A Enciclopédia da Culinária de Patrik Jaros e Gunter Beer eis que encontro uma focaccia. E o que me salta à vista na foto? Alperces! Naquele momento, saí do sofá em direção à cozinha a pensar: - a receita está escolhida. Parece-me excelente!

Depois de colocar o livro aberto na mesa da cozinha, li com atenção as instruções e não é que me enganei?! A receita levava alperces mas eram secos! Oh, santa cabeça desatenta! :( Mesmo assim, não desisti e resolvi fazer a focaccia. Não ia deixar escapar esta oportunidade.


Ingredientes:
500g de farinha
20g de fermento de padeiro
250ml de água
1 pitada de sal
50ml de azeite
1 ovo
40g de cogumelos porcini secos
1 colher de sopa de óleo vegetal
200g de alperces secos
2 colheres de sopa de vinagre de sidra de maçã
1 pezinho de alecrim fresco
7 a 10 folhas de louro
1 colher de chá de sal grosso
3 colheres de sopa de mel


1. Peneirar a farinha para uma tigela larga. Fazer um sulco no centro e adicionar 50ml de água e o sal, de seguida o fermento desfeito e mexer até formar a base de uma massa. Misturar essa base com farinha suficiente para obter uma massa macia. Tapar e deixar levedar durante 15 minutos.

2. Deixar de molho os cogumelos.

3. Escorra e pique grosseiramente os cogumelos. Adicioná-los à massa juntamente com o ovo e o azeite. Em seguida ir acrescentando a restante água e ir amassando, até a massa ficar elástica.

4. Formar uma bola com a massa, polvilhar com farinha e tapar. Deixar a levedar até triplicar de volume, aproximadamente 1h30.

5. Colocar os alperces numa tigela e deitar o vinagre por cima. Tapar e deixar macerar.

6. Depois da massa lêveda, colocá-la num tabuleiro untado com óleo vegetal. Esticá-la até aos rebordos com as duas mãos.

7. Polvilhar a massa com as agulhas de alecrim. Pressionar ligeiramente os alperces marinados e as folhas de louro na massa. Polvilhar com sal marinho grosso. Por fim, regar com o mel.

8. Pré-aquecer o forno a 180ºC. Deixar a massa levedar durante mais 15 minutos. Cozer durante 35 minutos. Retirar e deixar arrefecer no tabuleiro. Servir cortado.


Fiz apenas uma alteração na massa. Na receita original está indicado que se deve bater a massa sensivelmente a meio do processo de levedura, mas eu não o fiz.

O resultado final surpreendeu. A focaccia ficou muito saborosa. Assim que saiu do forno, deixámos arrefecer um bocadinho e veio para a mesa ainda quentinha. Foi o complemento a uma sopa que fiz para o jantar nesse dia.

Nesta focaccia, a cada dentada dão-se pequenas explosões de sabor. Ora por um lado, sentimos o perfume do alecrim e do louro (eu retirei as folhas na altura em que parti a focaccia), ora o adocicado dos alperces e de vez em quando, toda esta festa de sabor é surpreendida por uma pedrinha de sal, que dá imensa piada. É como se fosse o fogo de artifício de uma festa de Verão.

Boa Semana!

10 comentários:

  1. Amei essa focaccia!! Fechei os olhos e imaginei toda essa explosão de sabores!!

    Maravilhoso!

    Bjs

    ResponderEliminar
  2. EU SÓ DE LER O FINAL FIQUEI COM ÁGUA NA BOCA.
    E AS FOTOS? UMAS VERDADEIRA DELICIA COM CERTEZA.
    ADOREI...
    BOA SEMANA
    BJS

    ResponderEliminar
  3. olá

    Gostei da sua receita e do comentário final..bjs.

    http://pimentinhasnacozinha.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  4. Adorei a receita!
    Também ando há tempos para experimentar fazer uma focaccia mas vou deixando passar. Esta tua está magnífica. Deste o empurrãozinho que faltava;)
    Bjs.

    ResponderEliminar
  5. Tenho a sensação que se fizer isto com as nêsperas do meu Pai a coisa vai ficar também gostosa, especialmente para a minha filhota que as adora.

    Fantástico!
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  6. Uma coisa que nunca fiz, focaccia, mas ao olhar para esta e imaginar a mistura de sabores parece-me que não vai demorar muito.
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  7. Ficou linda! Adorei a combinação! Muito bom mesmo!
    bj*

    ResponderEliminar
  8. Laranjinha, deves saber muito bem, que as grandes descobertas acontecem por acaso, ou resultam de erros, por isso a tua focaccia, deve ter ficado muito boa, apesar da troca dos alperces secos pelos frescos. :))

    ResponderEliminar
  9. Ando como tu, faço não faço... não me deu ainda para fazer, e tenho algumas receitas de focaccia para testar. Ainda por cima fica muito bonita :)

    ResponderEliminar
  10. Fica linda. Eu ainda não fiz. Não que não tivesse já muitas razões. Eis mais uma. Um beijinho

    ResponderEliminar