quinta-feira, 30 de Junho de 2011

Goraz assado no forno com laranja e tomilho


O meu pai é pescador. Pescador não de profissão, mas por hobbie. De há uns anos para cá, adora ir pescar e quando combina com os amigos, deixa tudo para trás, como se costuma dizer. Costuma pescar ao largo da zona da Nazaré e em Peniche. Pelo que me explicou, o tipo de peixe que se pesca num lado é diferente do outro. E quem vai à pesca nem sempre apanha, e quando apanha, nem sempre é o peixe que mais se aprecia. Mas quem corre por gosto, como se costuma dizer, não cansa.

Não sei que bicho morde nos pescadores ou que ares respiram no meio do mar alto, o que é certo é que o meu pai prefere oferecer o peixe que pesca do que servi-lo à sua mesa. O que dá, por vezes, algumas dores de cabeça à minha mãe! No início estranhei esta atitude, mas até consigo compreender. O que lhe dá prazer é todo o processo de pescar, de partilhar e o convívio com os colegas. Nós, a família chegada, acabamos por apreciar e valorizar materialmente muito mais o que ele pesca. Eu valorizo! Saber que cozinho um peixe apanhado pelo meu pai, é uma honra que não tem nome. Tudo é diferente e sabe muito melhor. A refeição transforma-se numa pequena festa!


Ingredientes:
1 goraz
1 laranja cortada às rodelas
3 batatas
1,5dl de vinho branco
1,5dl de azeite
40g de tomate seco em azeite
1 ramo de tomilho
cebolinho
sal e pimenta q.b.


1. Descascar e cortas as batatas às rodelas finas.

2. Regar com um fio de azeite a base de um pirex e colocar as batatas. Juntar o tomate seco cortado em pedaçinhos. Temperar com sal e pimenta a gosto.

3. Temperar o peixe com sal e pimenta a gosto.

4. Na barriga do peixe, colocar do duas rodelas de laranja, tomilho e cebolinho.

5. Colocar duas rodelas de laranja no pirex onde já estão as batatas e dispor o peixe por cima.

6. Em cima do peixe colocar tomilho e cebolinho e duas rodelas de laranja.

7. Regar com o vinho branco e o azeite.

8. Levar ao forno pré-aquecido a 190ºC a assar durante 40 minutos.


Este peixe ficou delicioso. A laranja e as ervas deram-lhe um toque especial.


Outra receita de peixe com laranja:
- Dourada no forno com laranja e tomilho.

11 comentários:

  1. Ficou tão bonito seu peixe, tenho certeza que foi um sucesso.
    bjos

    ResponderEliminar
  2. Que sorte ter peixinho fresco ... e depois preparada com tanto gosto. lindo e saboroso de certeza

    ResponderEliminar
  3. Como eu te compreendo, o meu pai tinha o mesmo hobby, e eu desde muito pequenina que ia sempre com ele para a pesca, até cheguei a ter a minha própria cana e tudo. O maior prazer que tinhamos era chegar a casa com o balde cheio de peixe, e a minha mãe cozinhá-lo acabadinho de chegar do mar. Mas nem sempre o balde ia cheio, às vezes ia mais vazio que cheio, mas valia pelo prazer da pesca.
    Goraz é um peixe que gosto imenso, sempre que encontro no mercado trago comigo.
    Um beijinho e bons pratos de peixe

    ResponderEliminar
  4. Pois ...Lá está uma das coisas que se faz quando se está no MAR!!Pescar! :))
    Tens mais sorte que eu. Quando os meus rapazes vão à pesca, as canas ficam por lá...presas nos galhos!! Nem uma "bota"...Nada.Mas isto é nas barragens...
    Gostei da ideia da laranja !!
    Ahahaha! Gosto da boca desses peixes!
    Um beijinho

    Under A Fig Tree

    ResponderEliminar
  5. Faz anos que o meu pai não pesca, mas lembro-me bem do entusiasmo que era ver chegar à mesa os troféus da pescaria. :))
    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Olha olha tb tenho um goraz para postar, só que não é com laranja (este tem um aspecto.............. que bom
    Mané
    http://obolodatiarosa.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  7. O meu pai também tem como hobby, alias é federado em pesca desportiva também deixa tudo para trás ao sabádo quase não falha, mas pesca mais nestes rios aqui no Minho, é cada truta salmonada mais deliciosa :)
    O teu goraz tem um aspecto muito bom, ficou muito bem apresentado.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  8. São sem dúvida uns passatempos maravilhosos...
    Eu gostava de ter paciência para isso... ;)
    Esta sugestão agrada-me e muito...
    Para experimentar nas férias... claro...
    Obrigado por partilhares...
    Beijinhos e bom fim de semana...

    ResponderEliminar
  9. Diana e Sabor a Casa,
    muito obrigada. Peixinho fresco faz sempre a diferença! ;)

    Gisela,
    que giro acompanhares o teu pai nas pescarias. O prazer de apanhar alguma coisa por nós, seja um peixe, uma fruta, transforma logo o sabor das coisas!

    Under a Fig Tree,
    os teus rapazes um destes dias têm que experimentar ir pescar ao Mar! :)

    Gasparzinha,
    o entusiasmo e o orgulho com que mostram o que conseguiram é muito giro. E as histórias que contam! Vale a pena.

    Mané,
    um destes dias experimentar assar peixe com laranja. Fica muito agradável.

    Moni e Famíia Antunes,
    a pesca cria um entusiasmo enorme em que gosta. Viciante, até. Mas é um passatempo curioso.

    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  10. o meu ficou assim
    http://obolodatiarosa.blogspot.com/2011/07/pargo-com-laranja-e-tomilho.html
    Bjs

    ResponderEliminar
  11. Mané,
    já fui espreitar. Também ficou super delicioso.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar