quinta-feira, 23 de Janeiro de 2014

Vinho quente com especiarias para os dias frios de Janeiro


A primeira vez que bebi vinho quente foi numa passagem de ano. A minha amiga Sandra tinha feito, na altura, uma viagem à Alemanha e trouxe para bebermos uma garrafa de vinho com especiarias, glühwein, que servimos quente pela noite dentro desse novo ano.

Quando a revista Saber Viver me propôs a realização de um artigo com bebidas quentes para a sua edição de Janeiro de 2014, lembrei-me de fazer um vinho com especiarias e citrinos, muito à semelhança do que é servido em vários países do Centro e Norte da Europa.

O vinho quente, na minha opinião, sabe bem em dias bastante frios. Cá por casa, eu sou a única apreciadora e por isso, faz-se apenas assim em alturas mesmo muito especiais.


Ingredientes:
7,5 dl de vinho tinto
1 pau de canela
1 estrela de anis
2 cravinhos
2 cardamomos
4 bagas de pimenta-da-Jamaica
3 bagas de zimbro
1/2 limão
2 tangerinas
1 laranja
80 g de açúcar amarelo


1. Numa panela, colocar o vinho, as especiarias e os citrinos cortados às rodelas.

2. Adicionar o açúcar e levar ao lume brando.

3. Deixar ferver durante 4 a 5 minutos e servir.

4 comentários:

  1. Eu gosto muito de vinho quente com especiarias e gosto de chocolate quente também feito com uma base de vinho e especiarias. Fica delicioso e aquece até os dedos mais enregelados. Nestes dias de frio sabe bem. Aliás, os países do norte da europa sabem-no melhor do que ninguém :p

    ResponderEliminar
  2. É verdade, é a bebida de eleição na época dos tradicionais mercados de Natal na Alemanha, embora não só, creio que se beba durante todo o Inverno. Tanto quanto sei é quase sempre combinado com qualquer actividade ao ar livre (seja uma visita aos mercados que referi, pistas de ski, etc) e como faz um frio de rachar sabe bem :)
    Nem todos gostam... eu acho que é preciso habituarmo-nos ao sabor e bebê-lo, como disseste, em dias muito frios.
    Gostei da receita!

    ResponderEliminar
  3. Vinho quente é algo que não aprecio muito mas cá estarei á espera de amis erceitas quentinhas para o inverno ;)

    http://prontaevestida.com/

    ResponderEliminar
  4. Deve mesmo aquecer a alma nos dias frios. Eu sempre gostei da versão fria, em jeito de sangria, mas quente deve de ser bem mais reconfortante com todo o aroma envolvente das especiarias.
    Um abraço para os dois.
    Patrícia

    ResponderEliminar