Próximos Eventos
Lisboa 25 de Novembro de 2017
Sábado:
10h00 - 13h00      Workshop Doces e Receitas para a Mesa de Natal
Inscrições: escola@istofaz-se.pt   218 078 640 IstoFaz-se
Porto 2 de Dezembro de 2017
Sábado:
10h30 - 13h30      Workshop Doces de Natal
 
 
15h30 - 18h30      Workshop Receitas para Ofertas Natalícias

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Manteiga de amendoim


Nesta altura do ano, uma das coisas que me gosto de ocupar é dos presentes de Natal. Ir aos poucos e poucos enchendo a árvore cheia de luzinhas a piscar e bolas coloridas que tenho a alegrar a sala, dá-me imenso prazer. Comecei com apenas um pequeno saco, e à medida que os dias vão passando, vou colocando mais lembranças com laçarotes bonitos para oferecer à família e amigos. Para além das lembranças compradas, gosto sempre de fazer presentes em casa e oferecer. Arranjo uns cabazes, que muitas vezes não são os tradicionais que estamos habituados a ver nesta altura do ano, são, por exemplo, caixas bonitas, cestos de plástico colorido, entre outras opções que vou encontrando. As ideias para presentes feitos em casa são várias, desde bolachas, broas, azeites aromatizados e o bolo de chocolate no frasco. Hoje, deixo-vos uma outra sugestão.

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Bolachinhas de gengibre


Já se sente a chegada do Natal. Cá por casa já comecei a organizar a lista de presentes. Hoje já falei com a minha mãe sobre os pormenores do almoço de Natal. Na minha casa nunca se come peru. As opções passam normalmente pelo galo ou polvo. Nestes almoços, eu faço sempre os doces.

Um dos doces que servi o ano passado para acompanhar o café no final das refeições nesta época do ano foram umas bolachinhas de gengibre, que preparei para a edição de Dezembro de 2013 da revista Saber Viver.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Os workshops no Porto foram assim ...


No passado fim-de-semana rumei para o Porto para os workshops do mês de Novembro no espaço WORK IT. Este ano tem sido marcado pela realização destas oficinas de cozinha em que me encontro sempre com pessoas que adoro conhecer, ou outras que já fazem questão de estar presentes. Estes momentos em que partilhamos ideias, rimos e nos divertimos à volta da cozinha, sabem sempre muito bem!


A partilha de experiências enquanto preparamos as receitas é sempre muito gratificante. Se ensino, o certo é que também aprendo muito com todas as pessoas que fazem questão de se inscrever. A troca de ideias é sempre preciosa.


Nos workshops vive-se um ambiente muito positivo. As receitas são sempre pontos de partida, não há quem faça mal ou quem faça bem. Todos contribuímos para o resultado final. E quando, por acaso há enganos, esses momentos ficam para contar a história. Como alguém me dizia, "quando aqui nos enganamos, em casa fazemos logo bem". A verdade é que todos conseguem fazer e quando colocamos a mesa com as receitas preparadas, sente-se um orgulho muito especial no trabalho realizado.


Sinto-me sempre muito orgulhosa quando vejo as receitas a ganharem forma. Ando de grupo em grupo, a ajudar, a tirar dúvidas, a dar sugestões, a exemplificar. Fico ainda mais satisfeita, quando no final os participantes provam e adoram as receitas. Se me tirassem uma foto nessa altura, acho que conseguiriam ver o tamanho do meu sorriso e o bater de um coração cheio de alegria.


Quando durante mais de duas horas nos concentramos nas coisas boas que estamos a preparar, quando se cria um ambiente de felicidade à volta da mesa, para mim, estes são dos melhores momentos dos workshops. No domingo, vim do Porto para Lisboa com um sorriso de felicidade no rosto. Obrigada a todos os que fazem de cada workshop um momento especial.

No dia 29 de Novembro, já neste sábado, vou realizar pela primeira vez workshops em Lisboa. O local escolhido foi a ACPP - Associação de Cozinheiros Profissionais de Portugal. O primeiro workshop, de manhã, será dedicado a Entradas e Aperitivos a pensar nos dias de festa que se avizinham. À tarde, iremos preparar Doces de Natal, por isso, vai ser por certo uma tarde bem doce e feliz. Podem fazer a vossa inscrição através do email: formacao@acpp.pt.


Que temas gostavam que eu abordasse nos meus próximos workshops? Deixem as vossas sugestões no formulário. Obrigada.


segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Cataplana de amêijoas


O Outono tem um encanto especial. Apesar dos dias frios, esta estação do ano traz-nos uns raios de sol que entre tantos dias de chuva nos deixam felizes. Hoje, soube-me bem sair de casa e ver o sol a espreitar por entre as árvores. Senti-me com muito mais energia. Lembrei-me dos dias solarengos de verão em que nos apetece juntar os amigos à volta da mesa, petiscar e conversar, muito. Para estes dias mais bonitos de Outono, deixo-vos um delicioso petisco.

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Almôndegas de salmão com molho de maionese e iogurte


Já cheira a Natal. As ruas enfeitadas, as montras coloridas, as luzes dos pinheirinhos das janelas a piscar ajudam a criar o espírito desta época do ano. O Natal é das alturas do ano de que mais gosto, o pelo menos a que mais me entusiasma.

Gosto de toda a azáfama de decorar a casa, de pensar nos presentes para os que me são mais queridos, de fazer bolos e outros doces e ficar com a casa a cheirar a canela, limão e gengibre.

O Natal é uma festa da mesa. De juntar a família e os amigos. Deixo-vos, hoje, uma sugestão para, quem sabe, uma entrada ou amuse-bouche num destes dias de festa que se avizinham, que desenvolvi para a rubrica Cuisine Companion, o robot de cozinha da Moulinex.

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Salada de choquinhos grelhados com arroz e agrião


O Natal está quase a chegar e por cá já se começou a pensar nos presentes para oferecer à família e amigos. Nos últimos anos tenho oferecido cabazes com produtos feitos em casa, desde compotas, azeites aromatizados, bolachas e bolinhos. Este ano, vou realizar um workshop no Porto dedicado a presentes de Natal e algumas das ideias colocadas em prática irão integrar os presentes deste ano.

Não sei se vos acontece, mas às vezes temos pessoas para quem é difícil encontrar uma prenda. Hoje deixo-vos algumas sugestões, a pensar nessas situações. Para quem gosta de comida ou de cozinhar, a assinatura da revista Comer pode ser uma boa opção. Ou então, um voucher para um workshop no espaço WORK IT, no Porto. Defendendo a prata da casa, podem oferecer exemplares autografados dos meus livros Delicioso Piquenique e Cozinha para Dias Felizes. Basta fazer a encomenda através do eMail: livros@cincoquartosdelaranja.com. Um cabaz com produtos portugueses para um piquenique, pode ser também uma solução.

Uma das coisas que não me pode faltar antes de começar um novo ano é uma agenda. Já conhecem a Agenda da Boa Vida do Lifecooler? Adorei a ideia das semanas temáticas e as indicações de actividades e festas em todo o país. Esta agenda pode ser também um bom presente.

E enquanto vamos fazendo os preparativos para o Natal, hoje deixo-vos uma saborosa salada que desenvolvi para a revista Comer de Julho/Agosto de 2014.

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Workshop Doces de Natal em Lisboa


O segundo workshop em Lisboa irá realizar-se no sábado, dia 29 de Novembro de 2014 das 14h30 às 17h00 e será dedicado aos Doces de Natal. Iremos confeccionar mais de uma dezena de receitas tradicionais que irão alegrar a mesa de Natal. Será certamente uma tarde bem docinha e divertida. No final, degustaremos todos as sobremesas realizadas.

O workshop vai ter lugar na ACPP - Associação de Cozinheiros Profissionais de Portugal, perto do Jardim da Estrela.

Conto com a vossa participação. Inscrevam-se!

Inscrições e mais informações:
formacao@acpp.pt   21 362 2705   ACPP


Que temas gostavam que eu abordasse nos meus próximos workshops? Deixem as vossas sugestões no formulário. Obrigada.


segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Pá de porco assada no forno


Este fim-de-semana a minha sogra festejou o seu aniversário e a família decidiu organizar uma pequena festa. Como costumamos fazer nestas ocasiões, dividimos as tarefas e há sempre alguém que fica responsável ou pelas entradas, pelo prato principal ou pelas sobremesas. Eu desta vez ofereci-me para preparar o prato principal. Um dos meus cunhados, o Paulo, por diversas vezes já me tinha perguntado como assar carne de porco no forno mas que fique tenra, quase a desfazer-se com o toque do garfo. Desta vez, e em virtude de a festa se realizar na sua casa, decidi preparar uma pá de porco assada lentamente e durante várias horas no forno. Tantas horas, que este prato me obrigou a sair da cama por volta das seis e meia da manhã de um domingo. Quando é para a família, fazemos sempre tudo!

Workshop de Entradas e Aperitivos em Lisboa


Depois de muitas solicitações por parte dos leitores, os workshops em Lisboa vão, finalmente, começar e já têm data marcada. O primeiro realiza-se no dia 29 de Novembro de 2014, sábado, às 10h30 e será dedicado a Entradas e Petiscos para Festas ou outras ocasiões especiais. Iremos confeccionar várias receitas práticas, mas principalmente vai ser uma manhã muito especial e divertida. No final do workshop, degustaremos todas as receitas realizadas.

O workshop vai ter lugar na ACPP - Associação de Cozinheiros Profissionais de Portugal, perto do Jardim da Estrela.

Conto com a vossa participação. Inscrevam-se!

Inscrições e mais informações:
formacao@acpp.pt   21 362 2705   ACPP


Que temas gostavam que eu abordasse nos meus próximos workshops? Deixem as vossas sugestões no formulário. Obrigada.


sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Broas de milho e trigo


Na zona de Santarém é tradição no dia de Todos-os-Santos as famílias terem broas para oferecem às crianças que pedem o pão por Deus ou para colocar na mesa para receber a família. Em minha casa, sempre se fizeram broas e eu adorava todo o ritual de amassar, tender, colocar as broas em tabuleiros, serem pinceladas com ovo batido e seguirem para o forno. O cheirinho das broas acabadas de cozer é divinal.

Este ano, por altura do dia de Todos-os-Santos, numa das minhas idas a Santarém, uma das vizinhas dos meus pais, a Maria Alice, deixou-me umas broas para eu provar. Gostei tanto que lhe pedi a receita e resolvi fazer cá em casa para partilhar com a família e amigos de Lisboa. Hoje, deixo-vos a receita.

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Risoto de farinheira e agrião


Assim que o Outono nos bate à porta, chega também a vontade de pratos reconfortantes. Que nos ajudem a superar os dias cinzentos, com chuva que nos fazem chegar a casa com os pés molhados e algumas varetas do guarda-chuva partidas. Pratos que nos façam sorrir de satisfação e esquecer que, em dias de chuva, não se passeia por Lisboa.

Hoje deixo-vos o conforto apaladado de um risoto que desenvolvi para a revista Comer de Julho/Agosto de 2014.

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

O que comer no Outono? - 25 sugestões ...


Uma das coisas boas de se visitar mercados é perceber as mudanças das estações pelas frutas e legumes que encontramos nas bancas. Hoje em dia, encontramos alguns legumes ao longo do ano, mas chegam-nos em abundância e qualidade sobretudo na sua estação e a preços mais acessíveis. Isso reflecte-se nas bancas dos mercados em cada época do ano. O Outono, é uma estação de transição entre o Verão, com dias quentes e longos, e o Inverno. Chegam-nos o frio e a vontade de pratos quentes e reconfortantes. E o que comer, de legumes, nesta época do ano?
 
Nestes dias de Outono, temos em fartura, as abóboras, as beterrabas, os brócolos, os cogumelos, as couves, os grelos e as nabiças entre outros. Para aproveitar alguns destes produtos, deixo-vos, hoje, vinte e cinco sugestões:
Abóbora:
- Bolo de abóbora com especiarias;
- Sopa de abóbora assada com tomilho e bacon;
- Sopa de abóbora com espinafres e feijão.

Beterraba:
- Bolo de chocolate e beterraba;
- Brownie de chocolate e beterraba;
- Risotto de beterraba com ovo escalfado;
- Sopa de beterraba com cominhos e queijo feta.

Brócolos:
- Arroz de bacalhau com brócolos;
- Batata com brócolos e atum;
- Orecchiette com brócolos e camarão.

Cogumelos:
- Arroz de cogumelos com bacon e orégãos;
- Cogumelos recheados com cobertura de queijo Brie;
- Tartelettes de farinha de grão com alho-francês e cogumelos.

Couves:
- Bacalhau no forno com couve-flor;
- Creme de couve lombarda;
- Feijoada de salsichas;
- Salada de couve-flor e salmão;

Grelos:
- Arroz de grelos com camarão e feijão encarnado;
- Arroz de grelos com farinheira;
- Bacalhau salteado com grelos;
- Sopa de bacalhau com grelos e ovo;
- Sopa de feijão frade com grelos.

Nabiças:
- Arroz de pimentos com nabiças;
- Peitos de frango recheados com farinheira, nabiças e nozes;
- Sopa de nabiças com feijão.

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Frittata de curgete com queijo cottage


Hoje falo sobre o quê com os meus leitores? Ter um blogue onde se escreve todos os dias, sobre a vida, gostos, desejos, leituras, viagens, é como encontrar pessoas na rua e parar para conversar um pouco.

Se hoje nos encontrássemos, diria-vos que ando a planear os próximos workshops no Porto. Que comecei em Setembro a fazer workshops privados, em Lisboa, para um número mínimo de sete pessoas. Que finalmente consegui ver o filme A Lancheira. Adorei as alusões à comida! O filme mostra-nos como se conquista o coração pelo carinho que se coloca no que se cozinha. Uma história muito bonita.

Este mês chegaram cá a casa novos livros, Receitas Fáceis para Todos os Dias de Luísa Ginoulhiac e Top with Cinnamon de Izy Hossack. É muito interessante ver que há cada vez mais bloggers a chegarem ao mundo do papel.

Diria-vos que os cozinhados cá por casa têm sido muitos. Nos últimos tempos tenho aproveitado para colocar em prática algumas receitas que gostaria de fazer e que por um motivo ou outro foram sendo adiadas. Uma dessas receitas é a frittata de curgete que hoje vos trago. O queijo cottage foi uma deliciosa surpresa.

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Pão-de-ló de Alfeizerão


O pão-de-ló húmido é uma das muitas receitas de origem conventual que marcam a nossa doçaria. Existem várias receitas. A primeira que conheci foi a do pão-de-ló de Rio Maior, que deve diferir da de Alfeizeirão, localidade perto de Alcobaça, apenas pelo nome.

Segundo Virgílio Nogueiro Gomes o pão-de-ló de Alfeizerão nasceu em Cós, no Mosteiro Cisterciense de Santa Maria de Cós, mas sem a certeza de ser confeccionado como hoje o conhecemos. O que hoje conhecemos "(...) vem dos finais do século XIX, com o mosteiro definitivamente fechado [as ordens religiosas foram extintas em 1834]. O rei D. Carlos visitava com alguma frequência o seu amigo fidalgo Vitorino Froes, «passando temporadas entre a quinta de Alfeizerão e uma casa em São Martinho do Porto». Foi pois numa dessas ocasiões que, com uma retirada antecipada do forno, ou por falta de prática, que o pão-de-ló ficou mal cozido. Eis senão que se prova, e a resposta foi de excelente aprovação. O próprio rei elogiou tanto aquela preparação que, a partir desse momento, parece que as poucas que saberiam fazer a receita começaram a retirá-los antecipadamente do forno, pela satisfação que davam. E assim se instala uma tradição que perdura." in Doces da Nossa Vida, p. 127.

Esta pequena história foi mesmo um doce engano para nosso deleite. Cá em casa adoramos este pão-de-ló.

Em Novembro, 3 workshops no Porto


Este mês de Novembro volto ao Porto para mais três workshops no espaço WORK IT. Para mim este é o mês em que começamos a pensar no Natal e por isso, os workshops de Novembro trazem coisas boas para esta época do ano.

No sábado, dia 22, às 10h30 teremos um workshop dedicado a Entradas e Aperitivos para Festas. Iremos preparar receitas práticas e saborosas para as festas de Natal que se avizinham.

À tarde o tema é Doces de Natal, neste workshop iremos confeccionar várias receitas para colocar na mesa de Natal. Vai ser uma tarde doce e bem saborosa.


No domingo, dia 23 de Novembro, às 10h30, iremos preparar presentes para oferecer no Natal. Sugestões de Presentes de Natal feitos em casa, desde azeites aromatizados, a bolachinhas, entre muitas mais sugestões. Vai ser uma manhã com cheirinho a Natal e cheia de ideias para encherem a vossa casa ou a de amigos e familiares de deliciosos presentes.


Conto com a vossa participação. Inscrevam-se!

Para mais informações:
work@sott.pt   91 700 1802   espaço WORK IT


Que temas gostavam que eu abordasse nos meus próximos workshops? Deixem as vossas sugestões no formulário. Obrigada.


quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Arroz de berbigão com coentros



Quando era miúda, nos meses das férias de Verão, era muito comum ir até à praia da Foz de Arelho. E uma das coisas que guardo na memória, não sei se hoje ainda é possível, era a apanha de berbigão pelos veraneantes. Havia imenso berbigão! Em casa, os meus pais chegaram a fazer vários petiscos e inclusive um arroz de berbigão, que ficava tão bom. Hoje, trago-vos um arroz inspirado na nossa cozinha tradicional, mas adaptado aos tempos modernos.

Desenvolvi este delicioso arroz de berbigão com coentros para a rubrica Cuisine Companion, o robot de cozinha da Moulinex.

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Bolo-podre


Quando fiz o levantamento das receitas para o workshop de receitas tradicionais portuguesas que realizei no passado mês de Outubro, no Porto, uma das primeiras receitas que escolhi foi o bolo-podre. Não sei porque se chama assim, mas sei que é um bolo que fica rico, perfumado. Excelente para partilhar com a família ou os amigos numa festa ou num lanche de domingo.

terça-feira, 4 de novembro de 2014

Sopa de batata com bacon crocante


Já andava um pouco cansada dos dias quentes a lembrarem o Verão, por isso soube bem a chegada da chuva. Gosto do que cada estação do ano tem para oferecer. Gosto da mudança e do que isso nos traz. Gosto de mudar o guarda-roupa. De trocar os chinelos e os sapatos abertos, pelas botas e pelas meias quentinhas. Gosto de usar os casacos de lã. De escolher os cachecóis coloridos para quando saio logo cedo de casa. Gosto de me sentar em frente à lareira sempre que visito os meus pais. De ouvir o crepitar da lenha ao sentir o calor do fogo. Gosto de comida quente. De assados no forno ou então de um prato de sopa a fumegar. Gosto dos dias de Outono. Da nostalgia e do conforto dado pela comida. Para estes dias frescos e de chuva, trago-vos uma sopa que começa no forno.

Desenvolvi esta receita para a edição de Março/Abril de 2014 da revista Comer, inserida num artigo sobre a batata.

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Aba da costela de vaca no tacho com cenoura e cogumelos


Desde que comecei o Cinco Quartos de Laranja que dou por mim a desejar ter vários apetrechos e gadgets para a minha cozinha. Uns por capricho, outros porque me ajudam nas minhas tarefas quando cozinho e são realmente úteis para algumas receitas que gosto ou que pretendo experimentar. Costumo fazer todos os anos uma pequena lista e deixar em local bem visível, para o Pai Natal cá de casa, assim sem pedir muito, dar uma olhadela. E quem sabe, me surpreenda na véspera de Natal!

Às vezes dou por mim, a querer ter um sifão, para o chantilly e espumas, é perfeito. Na minha lista coloco também um banneton para fazer alguns pães. Acho os cestos bonitos e o pão, fica muito apetecível. Preciso também de reciclar o meu rolo da massa, para um mais eficiente.

Uma das coisas que gostaria muito de ter, que já tinha incluído numa outra lista, e que estou a adorar é um tacho de ferro fundido. Estes tachos, são bastante pesados, espero não o deixar cair pois presumo que ou o chão ou tacho não iriam ficar de boa saúde, mas a comida feita neles, fica muito saborosa. A receita que hoje vos trago, é feita num tacho de ferro fundido.

A cozinhar com o Delicioso Piquenique em Torres Vedras


Novembro chegou com sol e dias bonitos. No sábado à tarde estive em Torres Vedras, onde tenho amigas, a Alexandra e a Carla, desde o tempo de faculdade e que me deram a conhecer os famosos pastéis de feijão, ex libris desta cidade, e com quem passei alguns fins-de-semana na região e que já não via há anos. Soube tão bem reencontrá-las.

Desta vez voltei a Torres Vedras, ou melhor ao Arena Shopping para dois showcookings com receitas do meu livro Delicioso Piquenique. Para estas demonstrações escolhi um saboroso arroz de tomate com alheira, um prato cheio de sabores portugueses e uns biscoitos de aveia e chocolate, muito fáceis de preparar, práticos e que para além de agradarem a todos os que assistiram, foi uma forma de festejar o dia de Todos os Santos.


O público que assistiu foi muito simpático e foi com um sorriso feliz que soube que tinha vários leitores e leitoras na região. Estes momentos são sempre muito especiais para mim. Vivo-os com uma alegria enorme.

No seguimento de várias sessões de autógrafos e pedidos, deixo uma sugestão para uma prenda de Natal, um exemplar do Delicioso Piquenique ou Cozinha para Dias Felizes. Quem quiser receber exemplares autografados dos meus livros, por correio, poderá fazê-lo enviando um eMail para: nospam_please@hotmail.com