Próximos Eventos
Sintra 3 e 4 de Junho de 2017
Sábado e Domingo:
10h00 - 17h30      Workshops Pãezinhos com Legumes
( alunos e enc. educação do 1º ciclo da rede pública do concelho de Sintra )
 
 
Entrada Gratuita Quinta da Ribafria
Lisboa 18 de Junho de 2017
Domingo:
10h30 - 13h30      Receitas Frescas para o Verão
Inscrições: escola@istofaz-se.pt   218 078 640 IstoFaz-se

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

25 pratos de carne e de peixe para receber o novo ano em grande


2014 chega ao fim. É tempo de fazer balanços e olhar para o novo ano com esperança. 2015, traz-nos 365 dias para novos projectos, novas amizades, novas oportunidades, para muitos encontros com as pessoas que preenchem a nossa vida. São 365 dias para fazermos aquilo que realmente gostamos, para acreditarmos mais nas nossas capacidades e apostarmos no que queremos. São 365 dias para olharmos para a vida de forma positiva e fazermos a diferença.

2015, traz-nos 365 dias para colocar em prática os nossos sonhos e para sonhar ainda mais. São 365 dias para fazermos felizes aqueles de quem gostamos, para muitos abraços, para muitos encontros à volta da mesa e para muitas gargalhadas de alegria.

O ano novo traz-nos 365 dias para voltar a acreditar, para apostar, aprender e investir. Espero que 2015 nos traga a todos muitos motivos para sorrir.

E para receber o novo ano em grande, deixo-vos 25 deliciosas sugestões:
Entradas:
- Almôndegas de salmão com molho de maionese e iogurte;
- Cascas de batata com maionese picante;
- Cataplana de amêijoas;
- Croquetes de alheira com maionese de marmelada;
- Lollipops de polvo;
- Mexilhões no tacho;
- Queijo Brie panado com compota de frutos vermelhos.

Carne:
- Aba da costela de vaca no tacho;
- Carne de vaca assada com puré de cherovias e azeite trufado;
- Chili de carne com chocolate;
- Frango assado no forno com mostarda em grão;
- Frango com laranja, vinagre balsâmico e puré de feijão branco;
- Peitos de frango recheados com espinafres e queijo;
- Peitos de pato com redução de vinho do Porto e puré de aipo;
- Perna de borrego assada com azeitonas, tomilho e tomate seco;
- Pernas de peru assadas no forno com vinho do Porto;
- Risoto de farinheira e agrião.

Peixe:
- Arroz de berbigão com coentros;
- Bacalhau com puré de grão e sálvia;
- Bacalhau confitado com migas de broa e grelo;
- Bacalhau confitado com puré de batata e curgete salteada;
- Filetes de peixe gato riscado em papelote;
- Polvo assado com batata-doce;
- Risoto de camarão com vieiras e pesto de coentros;
- Suflé de bacalhau.

Feliz Ano Novo!

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

25 sobremesas para a passagem de ano


Dezembro está quase a chegar ao fim. Para mim, é tempo de começar a pensar nos balanços do que foi o ano de 2014, que objectivos cumpri e quais quero realizar para o novo ano que está quase a chegar. Mas enquanto, não começo os meus balanços, deixo-vos hoje várias sugestões de sobremesas para a mesa da festa de final de ano, para entrarem em 2015 de forma doce e feliz.

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Feliz Natal


Queridos leitores,
a todos, votos de um Feliz e Santo Natal na companhia dos que vos são mais queridos. Deixo-vos, hoje, estas lindas etiquetas de Natal feitas pelos primos Tété e Gino.
Um beijinho.

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Bolachas de amêndoa com chocolate para oferecer no Natal


O Natal traz-nos o aconchego de uma casa cheia à volta da mesa. A lareira acesa. O cheiro bom dos sonhos de abóbora polvilhados com canela, das azevias, do arroz-doce, da aletria, dos bolos com frutas cristalizadas. O Natal é, oficialmente, a época mais doce do ano. Se o bacalhau e as couves têm tradição na consoada, ou o peru não pode faltar em muitas casas no dia de 25 de Dezembro, o que é certo, é que não há Natal sem coisas doces e boas em cima da mesa. Os doces na minha família têm tanta importância como os pratos principais servidos nestes dias.

E de doces também se fazem muitos presentes para oferecer. Para quem precisar de uma lembrança de última hora para oferecer a amigos ou a familiares, hoje, deixo-vos umas bolachas feitas com carinho para aqueles de quem gostamos.

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Bolo coroa de Natal


A árvore de Natal, na sala, já tem as luzes a piscar e muitos presentes com fitas coloridas em redor. Do presépio, guardo apenas memórias vagas, em que ia apanhar musgo com as minhas primas, mas em minha casa esta nunca foi uma tradição. Nesta altura do ano, enfeita-se a casa, compram-se e embrulham-se os presentes, escrevem-se postais, telefona-se a quem nos traz boas recordações, mas o principal acaba por ser o convívio à volta da mesa.

Da cozinha, vem o cheiro ao bacalhau cozido e às gargalhadas de quem está feliz por ter a casa cheia com a família. A Tia Dulce, compõe nas travessas as couves, os brócolos, os ovos, como só ela sabe apresentar, e que é a tradição na noite de consoada. O galheteiro com o azeite e o vinagre já estão prontos. A pimenta-preta não pode faltar. Na sala, ouve-se o riso das crianças da família encantadas com os presentes que brilham à volta do pinheiro de Natal. Sente-se uma alegria e uma excitação no ar que estes dias de festas permitem, a que eu chamo construir memórias. O peru descansa tapado e bem recheado, com uma receita que passa de geração em geração na família e que toda a gente adora. No dia de Natal, é só aquecer e seguir, imponente, para a mesa.

Junto à mesa de jantar posta a preceito para a ocasião, coloca-se também uma mesa para os doces. E assim que alguém chega, a primeira coisa que faz é espreitar as doces iguarias que ali são colocadas para nos abrir o apetite para tanta coisa boa que estes dias de festa nos trazem. Até à altura do jantar, costumo passar a véspera de Natal na cozinha. Ora se prepara arroz-doce, aletria com amêndoa, rabanadas e este ano quero colocar uma coroa especial na mesa. Uma coroa com sabores de Natal, cheia de frutas cristalizadas e frutos secos. Este ano, a mesa de Natal, vai ficar ainda mais bonita.

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Presentes de Natal



Dar e receber presentes é típico desta quadra do ano. Mas nem sempre encontramos os presentes certos ou ideiais para as pessoas de quem gostamos. E por que não, nesta altura, fazer presentes em casa para oferecer?

Na passada terça-feira, no Telejornal da RTP1, apresentei algumas sugestões de presentes muito práticos que podem ser feitos em casa e oferecidos a quem faz parte da nossa vida de maneira especial. Espero que gostem!

Ideias para presentes de Natal:
- Biscoitos de azeite;
- Bolachas de gengibre;
- Bolo de chocolate no frasco;
- Livro Cozinha para Dias Felizes;
- Livro Delicioso Piquenique.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Sonhos de abóbora


Há tradições que se mantêm ao longos dos anos que não podem faltar na mesa nesta quadra festiva. O Natal não teria o mesmo sabor sem o bolo-rei, sem as rabanadas regadas com uma calda de limão e um pouco de rum, as azevias com recheio de grão, a aletria ou o arroz-doce polvilhados com o aroma quente da canela. Um dos meus doces de Natal preferidos desta altura do ano são os sonhos. Adoro. Principalmente, os sonhos que são fofos e ficam ocos por dentro.

No dia em que fiz estes sonhos recebi a visita dos meus sogros. Preparei um café e coloquei um prato de sonhos na mesa. Uns dias depois, quando os visitei, diz-me a minha sogra: "Isabel, tenho um pedido a fazer." E eu fiquei logo em sentido. Um pedido das nossas sogras, é coisa de respeito. Diz-me ela, "Quero que faça os sonhos de abóbora para o Natal. São tão bons!" Fiquei mesmo contente. É um bom elogio, não é?

Adaptei esta receita tradicional para a rubrica Cuisine Companion, o robot de cozinha da Moulinex.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Salada de abóbora e beterraba assadas com cuscuz


Antes do final do ano costumo sempre marcar alguns almoços e jantares com amigos. É uma pequena tradição, que procura renovar a amizade e o carinho que temos para com as pessoas de quem gostamos e que fazem parte da nossa vida. No fundo, não queremos acabar o ano sem nos juntarmos à mesa, conversarmos e brindarmos a muitos encontros no próximo ano.

Estes encontros já começaram a semana passada, renovam-se esta semana e para a próxima, também já estão agendados. São estas pequenas coisas que nos dão alegria e sentido à vida. Eu adoro! Mas entre os almoços e jantares demorados típicos desta altura do ano, sabe bem fazer umas refeições mais leves, como a que hoje vos trago e que desenvolvi para a revista Comer de Setembro/Outubro de 2014.

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Papos de Anjo com claras


Papos de Anjo podem ser envolvidos em folha de hóstia ou assim, cozidos no forno e mergulhados numa calda. A receita que hoje vos trago é de Papos de Anjo com claras e menos gemas do que esta outra receita que publiquei recentemente. Diga-se que é uma versão mais light para quem não quer perder os prazeres desta época do ano.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Bolachas de gengibre com melaço de cana


O Natal traz a vontade de cozinhar. Não que essa vontade não esteja presente ao longo do ano, mas nesta altura adoro ir para a cozinha, ligar e forno e fazer bolachas. Deve ser a quadra do ano em que penso em fazer mais doces, principalmente para oferecer. Deixo-vos, hoje, mais uma sugestão, bolachas de gengibre com melaço de cana, para colocarem na mesa de Natal ou embrulhadas em papel bonito, resultam num presente de Natal bem docinho.

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Doce de abóbora com pêra rocha


Estes últimos dias têm sido de preparação de presentes de Natal. A par da azáfama da minha cozinha, fui a uma prova de sumos da Compal. Entre os vários sabores apresentados, o que eu mais gostei, não sei se por me chamarem de Laranjinha, foi o da laranja do Algarve.

Esta semana fiquei muito contente ao ver o meu livro, Delicioso Piquenique, recomendado para presente de Natal pelo Boa Cama Boa Mesa.

O fim-de-semana vai ter muitos cozinhados. E para quem quem como eu anda à volta dos presentes de Natal feitos em casa, deixo-vos hoje mais uma sugestão, doce de abóbora com pêra rocha, que desenvolvi para a revista Comer de Setembro/Outubro de 2014.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Pasta de azeitona preta


Depois de escolher os cestos para os cabazes de Natal deste ano - encontrei uns de cor laranja ou melhor laranjinha, que achei o máximo! - comecei esta semana a tratar de preparar as pequenas lembranças que os irão rechear. A cozinha não tem parado e já preparei várias fornadas de bolachas que espero que façam muitos sorrisos de satisfação a quem as receber. Para além de coisas doces, este ano vou colocar também alguns salgados. Uma das receitas que decidi incluir é esta de pasta de azeitona preta.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Salada de massa cuscus com abóbora assada e queijo


Nos últimos tempos a minha casa cheira a Natal. Esta semana já preparei bolachas com gengibre e melaço de cana, sonhos de abóbora e muitas outras coisas boas, com os cheiros quentes das especiarias e o aroma fresco do limão. No meio da azáfama e de uma cozinha com sabores de Natal, sabe bem preparar algumas refeições ditas mais leves. Esta salada foi o meu almoço um destes dias depois de manhã intensa na cozinha a preparar doces de Natal. Soube tão bem!

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Batata-doce assada com salada de coentros


O fim-de-semana prolongado que passou teve um cheirinho a férias. Apesar de não ter partido em viagem, aproveitei para estar com a família. Uma ida a Santarém e uma tarde à volta da mesa. A minha mãe preparou um tacho de coelho bravo guisado, que estava tenro e muito saboroso. Na minha família sempre me lembro do meu pai e do meu avô Júlio irem à caça. Assim que pôde, o meu irmão herdou o mesmo gosto e paixão.

No domingo, rumei para casa dos meus cunhados Cristina e Paulo para mais uma festa com muitas iguarias em cima da mesa. Entre os almoços e as tardes de conversa, que sabem sempre tão bem, ainda tive tempo de passar pelo mercado. Uma das coisas que trouxe foi batata-doce, que adoro. Ontem, para o almoço, preparei para o Ricardo e para mim esta entrada.

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Papos de Anjo


Não sei quem deu o nome, Papos de Anjo, a esta sobremesa tradicional portuguesa, mas quem o fez, por certo, era conhecedor das delícias e dos prazeres do céu. É suave, delicada, e cada colherada deixa-nos muito boas recordações.

Adaptei esta receita tradicional para a rubrica Cuisine Companion, o robot de cozinha da Moulinex.

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Bolo de dióspiro com especiarias e frutos secos


O Natal está à porta e nesta altura no ano, gosto de usar nos meus bolos, para além das especiarias e dos tradicionais frutos secos, algumas das frutas da estação. E por isso, para este bolo com cheirinho a Natal, decidi usar dióspiro.

Este bolo acompanha muito bem um chá ou café a meio da tarde. Embrulhado num papel bonito, transforma-se num presente doce para esta altura do ano.

Preparei este bolo para a rubrica Sidul, sempre presente nos doces momentos.

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Biscoitos de azeite para presentes de Natal


Há pessoas que passam na nossa vida e sabemos que não é por acaso. Por mais voltas ou menos voltas que a vida dê, o que é certo é que quando chega a altura, essas pessoas chegam à nossa vida. E sabemos quem elas são, porque parece que as conhecemos desde sempre. Quando falamos, quando trocamos ideias, apercebemo-nos que pensamos da mesma forma, olhamos para vida com um olhar de confiança, mesmo que estejamos em fase de mudança.

Uma das coisas que gosto nestas pessoas que chegam à minha vida e parece que sempre fomos amigas, é a camaradagem. É darmos as mãos, sentirmos o apoio, nem que seja num olhar, num gesto, a presença num momento que nos é querido. Num mundo cada vez mais competitivo, em que andamos todos apressados para tudo e para nada, sabe muito bem encontrar pessoas em que podemos contar.

E nesta altura do ano, não nos podemos esquecer de todos os que marcaram a nossa vida de forma positiva. Enviar um postal de boas festas, telefonar a todos aqueles de quem temos saudades e que já não falamos há meses ou anos, ou, quem sabe, oferecer um miminho especial feito em casa, como estes biscoitos de azeite.

Aprendi esta receita com a minha amiga Isabel, que chegou à minha vida como se a conhecesse desde sempre. Numa das nossas conversas sobre receitas, contei-lhe que no ano passado, a Oliveira da Serra, na apresentação do azeite primeira colheita, ofereceu uns biscoitos de azeite feitos pelo chef Vítor Sobral, que adorei, e que gostava de fazer para oferecer no Natal. Passado uns minutos de termos a conversa, diz-me tens aqui. É a receita que a minha mãe nos deixou no seu caderno de receitas.

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Farófias no forno e histórias com sabor a Natal ...


Dezembro chegou com dias frios e o cheiro doce do Natal no ar. Um destes dias dei por mim a pensar o quanto adoro histórias que evoquem o espírito desta época do ano. Quando era miúda, umas das histórias que me deliciou, e que ainda hoje adoro, foi Um Conto de Natal de Charles Dickens onde através de vários fantasmas vamos visitando o Natal do Passado, do Presente e do Futuro do Sr. Scrooge. Uma história, adaptada ao cinema, que nunca me canso de ver nesta altura do ano.

Mas uma das histórias para mim mais bonitas e que expressa o sentimento de caridade, de fazer bem aos outros, de acarinhar os que nos rodeiam que o Natal nos tenta trazer, é a que Paul Auster contou no filme Smoke pela voz de Auggie Wren e que podem ver, ou então, ler. É linda. Quem me dera saber contar histórias assim!



E como Dezembro é o mês do Natal, deixo-vos uma deliciosa sugestão para colocarem na vossa mesa nesta altura do ano.