sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Vamos fazer pão: Pão com farinha de trigo integral


O pão é um alimento feito com uma simplicidade incrível. Farinha amassada com água, fermento e sal. Depois de levedar, molda-se e vai a cozer no forno. E toda esta aparente simplicidade envolve engenho, arte e sensibilidade para compreender os desígnios das massas. É um alimento com mais de 6000 anos de história, inventado pelos egípcios e que nunca mais nos deixou de acompanhar.

São tantas as formas e variedades de pão. Temos pão claro e pão escuro. Pão redondo ou oval. Pão perfumado com ervas, sementes ou legumes. Pão branco. Pão de mistura. Pão achatado. Pão com muita crosta. Há pão para todos os gostos. A mistura de farinhas, o corte, o enrolar, a forma como é cozido dão origem a uma imensa variedade de pães.

Eu não me imagino a ficar sem pão. O pão faz parte da minha alimentação. E por gostar tanto de pão, decidi começar a fazê-lo em casa. E podemos fazer pão de duas formas. Usando um método directo. Misturar todos os ingredientes, amassar, levedar e vai ao forno. Ou então, podemos fazer pão como as nossas avós, um pão mais saboroso, mais perfumado, com fatias consistentes. Para isso, uso muitas vezes os chamados pré-fermentos. Até agora falei-vos da biga e do poolish, que são dois pré-fermentos em o que muda é a quantidade de água usada. O poolish é uma massa mais líquida do que a biga. Os pré-fermentos dependem da quantidade de fermento usado e podem levedar em 3 ou 4 horas ou de um dia para o outro. As fermentações mais longas ajudam a apurar o sabor final do pão.

Fazer pão em casa, só custa começar. Vamos fazer pão?


Poolish de iogurte (pré-fermento)
( receita adaptada do livro Pan de Xavier Barriga )

Ingredientes:
100 g de farinha de trigo T65
100 g de iogurte natural
1/8 de colher de chá (1 g) de fermento seco de padeiro
65 g de água à temperatura ambiente


1. Colocar todos os ingredientes numa taça e mexer muito bem até obter uma massa lisa.

2. Tapar a taça com película aderente e deixar a descansar de um dia para o outro. Como estamos no Inverno, deixo o poolish à temperatura ambiente. No Verão, podem colocar no frigorífico.


Pão com farinha de trigo integral

Ingredientes:
300 g de farinha de trigo T65
100 g de farinha de trigo integral
Poolish de iogurte (todo)
15 g de fermento de padeiro fresco
225 ml de água morna
10 g de sal
5 ml de azeite


1. Dissolver o fermento em 150 ml de água morna.

2. Colocar as farinhas num taça com o poolish e o sal. Regar com água que tem o fermento e mexer.

3. Adicionar mais um pouco de água e começar a amassar. Amassar durante 10 minutos. Ir acrescentando a restante água à medida que se amassa.

4. Formar uma bola com a massa. Regar com o azeite. Tapar a taça e deixar descansar 10 minutos.

5. Puxar as pontas massa de fora para dentro, mantendo a forma de bola da massa. Fazer esta operação duas vezes.

6. Tapar a taça e deixar levedar durante 1 hora.

7. Moldar um pão redondo, numa superfície polvilhada com farinha. Colocar o pão num cesto. Tapar e deixar levedar, em local abrigado, durante 30 minutos.

8. Entretanto, pré-aquecer o forno a 230ºC com um tacho de ferro fundido lá dentro.

9. Colocar o pão no tacho, com cuidado pois está mesmo muito quente. Fazer um corte em forma de cuz na superfície da massa. Tapar e levar ao forno durante 30 minutos.

10. Retirar a tampa ao tacho e deixar o pão no forno mais 15 a 20 minutos para ganhar cor.


Podem fazer este pão usando apenas farinha de trigo T65. A farinha de trigo integral que usei é com alto teor em fibra. Sirvam este pão, quente, com manteiga! Quanta simplicidade e ao mesmo tempo quanto é o prazer que nos pode dar uma fatia de pão acabado de fazer. Maravilhosamente bom!

13 comentários :

  1. Eu só queria que o meu pão ficasse tão bonito como este. ;)
    Tem um aspeto divinal.

    Rs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rs,
      é só fazer como está na receita. Fica tão bom!

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Fátima,
      é uma massa feita previamente e que depois torna o pão mais saboroso. Também ajuda a levedar.

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Manuel,
      é um pré-fermento. Uma massa que depois ajuda a tornar o pão mais saboroso.

      Eliminar
  4. Belo pão. Adoro pão caseiro.

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2017/01/ovos-mexidos-com-alheira-vegetariana.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Clara,
      cá em casa estamos fãs destes pães caseiros feitos no tacho.
      Um beijinho.

      Eliminar
  5. Que maravilha! :-) Sim, é na simplicidade que estão os melhores prazeres.
    É sempre um prazer visitar este cantinho.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Horta Sopa,
      muito obrigada. :)
      Um beijinho.

      Eliminar
  6. Tem coisa melhor que fazer o proprio pão? Sair do forno, o perfume que embada a casa. Uma manteiga derretida....
    O meu blogFanPageInstagramTwitterCanal no Youtube

    ResponderEliminar
  7. Que lindo!!!
    Se quiser posso usar outro tipo de farinhas fazendo o mesmo processo? Centeio, trigo serraceno por exemplo. Se possível sera no poolisch e na massa?
    Um abraço e obrigada pela partilha.
    Luísa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Luisa,
      pode fazer o poolish com trigo e depois juntar outras farinhas. Mas veja aqui outros pães que fiz nesta rubrica para ter uma ideia.
      Espero que goste.
      Um beijinho.

      Eliminar