Próximos Eventos
Porto 28 de Outubro de 2017
Sábado:
15h30 - 19h00      Workshop Vamos Fazer Pão?
Lisboa 4 de Novembro de 2017
Sábado:
10h00 - 13h00      Workshop Vamos Fazer Risoto?
Inscrições: escola@istofaz-se.pt   218 078 640 IstoFaz-se

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Il Mercato, o novo projecto do chef Tanka Sapkota


Depois do restaurante Come Prima com pizas e massas na zona de Santos, e da pizaria Forno D'Oro com produtos italianos e portugueses na Artillharia 1, em Lisboa, eis que o chef Tanka Sapkota abre um novo espaço, Il Mercato no Páteo Bagatela, também em Lisboa. O chef Tanka, nascido no Nepal, estudou na Alemanha e em Itália, é um apaixonado pela comida italiana e traz para os seus restaurantes os melhores produtos italianos com o intuito de oferecer a quem o visita a autenticidade da cozinha do país das massas, da mozzarella e do parmesão.

O restaurante Il Mercato abriu ao público no início do mês de Janeiro deste ano e tive a possibilidade de ir jantar no dia da inauguração à imprensa. Assim que entrei no restaurante deparei-me com o espaço de mercearia, com sacos de diferentes tipos de arroz para risoto, polenta, milho, azeites, presuntos e outros enchidos pendurados, massas frescas feitas com ovos biológicos, azeitonas em jarros, queijos, legumes frescos entre muitos outros produtos, colocados como se de um autêntico mercado italiano se tratasse.


A apresentação do espaço começou com uma prova de mozzarella de búfala fresca que o restaurante recebe duas vezes por semana, às terças e quintas-feiras, vinda de Salerno por avião. Esta mozzarella é a autêntica e o chef cortou-a à nossa frente para vermos o seu interior ligeiramente esponjoso. Quando se coloca na boca dá-se uma explosão de sabor ao leite fresco. Serve-se mesmo assim, sem mais temperos. Aqui é também possível degustar o Parmigiano Reggiano Vacche Rosse, entre outros famosos queijos. Na secção de charcutaria, destaca-se o Culatello di Zibello DOP, a bresaola, a mortadela de Bolonha IGP com pistácios, o prosciutto cotto affumicato, o lardo, entre tantas outras iguarias que nos fazem crescer água na boca. Agora é possível ir a um restaurante e comprar muitos dos bons produtos italianos para degustar em casa.

O Il Mercato possui uma garrafeira com mais de cinquenta referências de vinhos italianos. Além da grappa, prosecco e licores. A decoração do espaço esteve a cargo de Cristina Santos Silva e entre os elementos que se destacam estão uma grande mesa comunitária e um candeeiro elegante, grandioso, a que não resistimos contemplar. Foi nesta mesa que tive o privilégio de jantar.


O jantar começou com um saquinho de focaccia para molhar no azeite. Tão bom. De seguida foram servidos espargos verdes com presunto San Daniele e ravioli de abóbora com trufa preta. Que maravilha estes ravioli. A simplicidade esconde o sabor magnífico, inesquecível deste prato.


Curve rigate al ragu foi o prato que se seguiu. Suculento. Delicioso!


Carne de vitela com gnocchi alla romana. A carne tenra, suculenta transforma este prato numa verdadeira guloseima.


E por fim, a sobremesa servida foi tiramsù. Fresco, húmido. Adoro. Que boa forma de terminar um jantar delicioso que nos transportou para um dos primeiros países que visitei.

Para quem gosta dos verdadeiros sabores da cozinha italiana, Il Mercato é um restaurante a visitar.

4 comentários :