Próximos Workshops
Porto 30 de Setembro de 2017
Sábado:
10h30 - 13h30      Receitas Rápidas para o Jantar
 
 
15h30 - 19h00      Vamos Fazer Pão?
Inscrições work@sott.pt  
Lisboa 7 e 8 de Outubro de 2017
Sábado e Domingo:  
10h00 - 18h30      Curso Bases de Cozinha (15h)
Inscrições: escola@istofaz-se.pt   218 078 640

quinta-feira, 30 de março de 2017

Pargo assado no forno com bacon


« A felicidade é um segredo paciente. » Todos os dias procuro ser feliz. E a felicidade que procuro está nas pequenas coisas, nos sorrisos que vejo nos rostos dos outros, na possibilidade de ajudar uma amiga. Está na alegria de poder contemplar o céu azul ou uma árvore cheia de flores num dia de Primavera. Está num presente que envio a amigos que estão longe ou num telefonema a quem não vejo, há algum tempo. Está na alegria e entusiasmo com que preparo os sacos ou as etiquetas para as lembranças de Páscoa. Está no carinho com que cozinho uma refeição para a família ou um almoço a dois.

Quando fazemos os outros felizes, somos nós, também, muito mais felizes. A nossa felicidade depende das relações, dos laços que fazemos com os outros. O modo como cultivamos as nossas amizades determina os nossos níveis de felicidade. Quantas vezes não ficámos muito mais bem dispostos depois de uma conversa com uma amiga que encontramos por acaso num café ou numa viagem de Metro? Ou quando conhecemos uma pessoa nova, que nos abre horizontes e nos ajuda a crescer? Falar com os outros é tão bom!

O primeiro passo, para sermos todos mais felizes, é aprendermos a valorizar, a guardar no coração as coisas boas. As coisas boas que cada dia nos oferece têm que se sobrepor àquelas que são menos boas. O segredo para sermos felizes é valorizarmos os acontecimentos bons do nosso dia-a-dia. É darmos graças pelas coisas boas que nos acontecem, por mais pequenas que sejam. Agradecer.

Quando agradecemos, reconhecemos que a nossa vida é boa. Que temos sorte. Que coisas boas também nos acontecem, a nós, todos os dias. Uma das coisas que agradeço, todos os dias, é ter uns pais que me ajudam, que olham por mim, que tentam mimar-me com pequenas coisas. Isto é tão precioso para mim! O pargo da receita de hoje foi pescado pelo meu pai.


Pargo assado no forno com bacon

Ingredientes para 3 pessoas:
1 pargo (aprox. 900 g)
6 fatias de bacon
180 ml de azeite
2 cebolas
3 dentes de alho
1 pimento vermelho assado
300 g de batatas primor cozidas com a pele
300 g de tomate cereja
Sal e pimenta-preta q.b.
Salsa picada para polvilhar


1. Fazer três cortes, na diagonal, em cada um dos lados do peixe. Temperar com sal e pimenta a gosto. Colocar nos cortes as fatias de bacon. Reservar.

2. Levar uma frigideira ao lume com os 150 ml de azeite, as cebolas cortadas em meias luas e os dentes de alho picados. Deixar refogar até a cebola estar macia, mas sem deixar ganhar cor. Retirar do lume e adicionar o pimento vermelho cortado em tiras. Mexer.

3. Colocar a cebolada numa travessa de forno. Dispor o pargo ao meio e em volta as batatas e o tomate cereja.

4. Polvilhar com salsa picada e regar com o restante azeite.

5. Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC durante aproximadamente 30 a 35 minutos. Antes de retirar verificar se o peixe está assado.

5 comentários :

  1. Belo peixe. Adoro peixe mas já à muito tempo que não cozinho um...

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2017/03/bolo-de-aniversario-cenoura-chantilly-e.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Clarinha.
      Adoro peixe assado assim no forno. Faz uma refeição tão boa.
      Um beijinho.

      Eliminar
  2. Respostas
    1. As Coisas Dela,
      obrigada. :)
      Um beijinho.

      Eliminar
  3. Olá,

    Há muito que sigo o seu blog, mas nunca comentei...
    Quanto à receita, já experimentei com alguns peixes, como dourada, peixe vermelho (que adoro), mas com pargo ainda não!! tenho algum receio em experimentar alguns tipos de peixes, fico quase sempre pelos mesmos!!
    Um beijinho,
    Carla

    ResponderEliminar