quinta-feira, 29 de setembro de 2016

A cozinhar na inauguração do espaço Merenda 6000


Cozinhar em público para mim é sempre motivo de alegria, de partilha. Por isso aceitei de bom grado o convite para realizar um showcooking no Centro Comercial Alegro Castelo Branco no âmbito da inauguração do espaço de restauração Merenda 6000.

O espaço foi renovado e agora apresenta-se moderno, acolhedor, a fazer lembrar um mercado com diferentes lojas que apostam na gastronomia local e nos produtos regionais. Ao centro, um espaço com mesas e cadeiras para os clientes se sentarem. Ao entrar a decoração do espaço fez-me lembrar o renovado Mercado da Ribeira, aqui em Lisboa. Por curiosidade, 6000 é o código postal de Castelo Branco, daí integrar o nome da zona de restauração.


No âmbito da inauguração, que teve lugar no dia 23 de Setembro de 2016, decorreram vários eventos. Os showcookings, de domingo, tiveram lugar a meio da tarde. A Sílvia Martins do blogue Bocadinhos de Açúcar foi quem começou. Preparou uma deliciosa entrada com um enchido da região. Preparou vol-au-vents recheados com farinheira e maçã, e a acompanhar, uma salada de rúcula com vinagrete de vinagre balsâmico. A Maria João do blogue Ponto de Rebuçado deixou a audiência com água na boca ao confeccionar umas papas de carolo com maçã caramelizada e crumble.


Coube-me a mim, a preparação do prato principal. A gastronomia da região é rica. Um dos pratos emblemáticos é o maranho, bucho reacheado com arroz e carne. É cozido e servido cortado em fatias. O borrego e o cabrito fazem parte de vários pratos tradicionais da zona. Lembrei-me que na região decorre um festival dedicado aos míscaros. Por outro lado, Castelo Branco é terra de bom queijo. Ao reunir os vários elementos decidi confeccionar um risoto de cogumelos desidratados com queijos da Beira Baixa e costeletas de borrego na frigideira com alho e alecrim. Um prato quente, com sabores fortes, a pensar nos dias frios de Outono.

Gostei do carinho com que fui recebida em Castelo Branco. Soube tão bem ter lá leitoras do Cinco Quartos de Laranja. Os lugares reservados para a audiência foram todos ocupados. Muitas famílias, algumas com crianças. No final, houve tempo para trocar opiniões, esclarecer dúvidas ou até mesmo tirar fotos.

Espero que o espaço Merenda 6000 seja um sucesso.

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Ravioli com molho de cogumelos e espinafres


No dia-a-dia, nem sempre há tempo para preparar uma refeição demorada. Ou há reuniões que se prolongam, ou apanhamos trânsito no regresso a casa, ou tivemos que ir a uma consulta que se atrasou, ou queremos despachar-nos rapidamente para vermos sentados no sofá uma das nossas séries favoritas. São tantos os motivos que muitas vezes nos levam a querer preparar uma refeição rápida mas que seja saborosa e que nos deixe satisfeitos. Pelo menos cá em casa é assim.

Quando aceitei o convite da Parmalat para criar uma receita com as suas natas com cogumelos pensei logo numa refeição rápida. Imaginei um prato prático, que não exigisse muito tempo na cozinha e fosse muito saboroso. Que fosse ideal para quem tem família ou para quem vive sozinho. O resultado foi um prato de massa com um delicioso molho. Espero que gostem!

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Caril de pescada


Cá em casa adoramos peixe. Penso que, nos últimos tempos, até fazemos mais refeições de peixe do que de carne. Gostamos de peixe grelhado, estufado, assado no forno, escalfado e frito. Quando se fala em fazer peixe cozido com legumes, por exemplo, as opiniões dividem-se. Eu gosto. Mas há quem cá em casa torça logo o nariz assim que se fala em peixe cozido.

Em relação à comida procuro ser consensual e as refeições são um momento de partilha, devem-nos proporcionar prazer e alegria. Por isso, muitas vezes, tento encontrar alternativas ao peixe cozido. E foi isso que fiz quando a Pescanova me desafiou a preparar uma receita com as postas de pescada do Cabo. O resultado foi um delicioso caril de peixe.

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Workshop Tartes, Massas e Pizas


Os workshops estão de regresso a Lisboa. No sábado, dia 8 de Outubro de 2016, vamos ter um workshop intitulado Tartes, Massas e Pizas, na ACPP - Associação de Cozinheiros Profissionais de Portugal.

Das 14h30 às 17h00, vamos preparar receitas com diferentes tipos de massas. Iremos fazer tartes e tartelettes com massas doces e salgadas usando diferentes recheios. Iremos fazer massa fresca para um prato de tagliatele com molho de cogumelos. Vamos preparar a massa de piza e o molho de tomate com manjericão e depois a partir de uma selecção de ingredientes preparamos diferentes pizas. Vamos fazer Tartes, Massas e Pizas numa tarde divertida? Aceitam o desafio?

De manhã, das 10h30 às 13h00, teremos também o workshop Tapas e Petiscos. Quem se inscrever nos dois workshops terá 10% de desconto.

Conto convosco?

Inscrições e mais informações:
formacao@acpp.pt   21 362 2705   ACPP
( Realização do workshop sujeito a nº mínimo de participantes )

Workshop Tapas e Petiscos em Lisboa


Os workshops do Cinco Quartos de Laranja estão de volta. Começamos com Tapas e Petiscos, já no próximo dia 8 de Outubro de 2016, na ACPP - Associação de Cozinheiros Profissionais de Portugal, aqui em Lisboa.

Das 10h30 às 13h00, iremos confeccionar várias receitas muito práticas para petiscar ou tapear com a família e os amigos. Vai ser uma manhã muito bem passada e cheia de sabor! Iremos preparar polvo à Galega, pão recheado com queijo, ceviche de bacalhau, tiras de pota à moda de Setúbal com maionese de ervas, tostinhas de queijo Brie com cebola roxa caramelizada, entre muitas outros petiscos de fazer crescer água na boca. Para além dos salgados, vamos preparar também sobremesas. Iremos ter musse de leite condensado, panna cotta e um tentador brownie de chocolate. Vamos petiscar?

À tarde, das 14h30 às 17h00, teremos o workshop Tartes, Massas e Pizzas. Quem se inscrever nos dois workshops terá 10% de desconto.

Conto convosco?

Inscrições e mais informações:
formacao@acpp.pt   21 362 2705   ACPP
( Realização do workshop sujeito a nº mínimo de participantes )

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Vamos fazer Pão: Pão Tigre


Um dos pães que encontramos facilmente à venda é o chamado Pão Tigre. É um pão com uma cobertura crocante de farinha de arroz, que quando vai ao forno racha, fazendo um padrão que faz lembrar a pele de ... um leopardo ou girafa. Mas o nome pelo qual este pão é mundialmente conhecido é como Pão Tigre. Em Inglaterra, a cadeia de supermercados Sainsbury's em resposta à carta de uma cliente de três anos, Lily Robinson, decidiu rebatizá-lo como Pão Girafa. Independente do nome, o que é certo é que é um pão que muita gente aprecia pela sua irresistível e tentadora cobertura.

Pode-se fazer um pão ou pequenos pães Tigre. Eu prefiro fazer em bolinhas. Depois de cozer o pão e deixá-lo arrefecer, congelo-o e durante a semana é mais fácil ir fazendo a gestão dos pequenos-almoços e lanches. É tão bom ter sempre pão fresco em casa. E feito por nós tem um valor tão especial. Vamos fazer pão? O desafio desta semana é Pão Tigre. Quem quer experimentar?

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

10 receitas de polvo que vão querer experimentar


O polvo é um ingrediente muito apreciado cá em casa. Gosto de o usar em arroz, saladas, guisados mas muitas vezes acaba assado no forno com batata branca ou com batata-doce. Nos últimos anos, para o almoço em família, no dia de Natal, o prato escolhido leva polvo. Adoramos!

Para quem gosta de polvo, deixo-vos, hoje, 10 receitas que vão querer experimentar:


Destas dez, qual a vossa receita preferida de polvo?