segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Workshop Vamos Petiscar, em Lisboa


Vamos Petiscar? No próximo dia 12 de Março de 2017, vamos ter na escola de cake design IstoFaz-se, em Lisboa, das 10h às 13h, um workshop dedicado a petiscos. Iremos preparar muitas coisas boas para partilhar à mesa com a família e os amigos, em dias de festa e não só. Iremos confeccionar croquetes de alheira com maionese de marmelada, húmus de pimento vermelho com chips de tortilha, ceviche de bacalhau, asinhas de frango assadas, camarão picante ao alhinho no forno, pão recheado com queijo e linguiça  e uma fantástica sangria de vinho rosé com frutos vermelhos.

Vai ser uma manhã cheia de sabor. Quem me faz companhia?

EUR 40 Inscrições e mais informações:
escola@istofaz-se.pt   218 078 640   IstoFaz-se
( Realização do workshop sujeito a nº mínimo de participantes )

Workshop Receitas para Brunch, em Lisboa


No próximo dia 11 de Março de 2017 vamos ter um workshop de Receitas para Brunch, na escola de cake design IstoFaz-se, em Lisboa, das 10h às 13h. O brunch é uma refeição que junta o pequeno-almoço e o almoço. É uma forma deliciosa de começar o dia em família ou apenas a dois.

Neste workshop iremos preparar panquecas com sementes de papoila com maçã caramelizada, waffles de cenoura com fruta fresca e compota, cestinhos de pão recheados com ovo, ovos escoceses, um bolo salgado de queijo feta com ervas secas, os famosos croque monsieur e croque madame, e um sumo de frutas frescas.

Vai ser uma manhã cheia de sabor. Quem quer vir?

EUR 40 Inscrições e mais informações:
escola@istofaz-se.pt   218 078 640   IstoFaz-se
( Realização do workshop sujeito a nº mínimo de participantes )

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Vamos fazer pão: Pão enrolado com cenoura e queijo


Nada é mais memorável que um cheiro. E há cheiros que nos conquistam, que nos fazem salivar só de os sentir no ar. Entre esses deliciosos cheiros lembro-me dos aromas de um café acabado de tirar. Os meus dias começam sempre com café. Faz parte da rotina do pequeno-almoço, sempre!

No Outono, Lisboa ganha outro encanto com a chegada dos assadores de castanhas. Que cheirinho bom que invade as ruas da cidade e nos conforta o espírito e a alma até à chegada da Primavera. Nos dias frios que bem que sabe segurar um cartucho de castanhas nas mãos enquanto se vai ou vem do trabalho. Os assadores de castanhas dão um enquanto maior às cidades.

Outro dos cheiros que tão boas recordações me traz é do pão acabado de fazer. É um cheiro doce, perfumado, a fazer lembrar a côdea do pão estaladiça, crocante. Adoro o cheiro do pão. Acho que nada substitui os aromas de pão. As lembranças que nos ocorrem logo assim que sentimos os aromas do pão fresco são mágicas. Não me imagino sem poder ter pão na mesa. Pão fresco sabe sempre bem. Vamos fazer pão?

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Mão de borrego assada no forno com legumes


Adoro pratos de forno. Acho que são tão práticos. Não dão muito trabalho a preparar, é só colocar tudo num recipiente e levar ao forno. E depois fica tudo tão saboroso. A carne, os legumes, o peixe, com sabores fantásticos.

Um dos pratos que faço muitas vezes no forno é borrego assado. Gosto de assar as pernas de borrego inteiras, bem temperadas. Ou então, fatias da perna ou da mão assadas com legumes. Prato que cá em casa merece sempre aplausos assim que chega à mesa. Adoramos!

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Perninhas de frango assadas no forno


Há pratos que faço vezes sem conta cá em casa. Um dos principais motivos é que toda a gente gosta e depois são muito, muito práticos de confeccionar. Um desses pratos, é perninhas de frango assadas no forno. Adoro! Faço muitas vezes para petiscar com amigos. Coloca-se na mesa umas batatas-fritas, umas cervejas frescas, fatias de pão e rapidamente temos uma mesa composta. Quando faço para os almoços ou jantares, cá de casa, preparo também uma salada, ou legumes assados no forno que tanto adoramos, um arroz e já está. Uma refeição prática mas que sabe tão bem! Partilho, hoje, convosco mais uma receita de perninhas de frango assadas no forno.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Batido de frutos vermelhos


A felicidade é um tema a que recorro muitas vezes aqui no Cinco Quartos de Laranja. Em 2009 falei-vos de alguns alimentos que me fazem feliz, e em 2011 escrevi sobre como podemos ser mais felizes através da prática de metas e resoluções. Todos os dias procuro ser feliz. Acredito que a chave para a felicidade está em nós, no modo como olhamos para o mundo, como nos relacionamos com os outros. Citando Ralph Waldo Emersen, « por cada minuto que estamos zangados perdemos 60 segundos de felicidade ».

Para sermos felizes temos que estar disponíveis e tentar perceber no dia-a-dia quais são as pequenas coisas que nos fazem sorrir. Quais são as pequenas coisas que nos fazem bater o coração de forma mais forte e emotiva. Partilho, hoje, convosco, 11 pequenas coisas que me deixam feliz:

- O cheiro de um café acabado de tirar. É uma viagem complexa que nos desperta o corpo e alma. Não imagino os meus dias sem o prazer de tomar um café.

- Fazer pão. Amassar. Tender. É pura magia!

- Ter flores em casa, em vasos ou nas jarras. As flores são sorrisos, dão-me força e energia.

- Preparar um bolo ao domingo, pela manhã, para partilhar com a família ou com os amigos. Cozinhar para aqueles de quem gostamos é algo precioso. É uma forma de cuidar.

- Andar pela horta dos meus pais. O regresso à terra é sempre tão gratificante.

- Brincar com os cães ao ar livre. Correr. Rir. Andar com eles traz-me uma sensação de liberdade enorme.

- Livros. Muitos livros à minha volta. Os livros são uma forma de aprender e de sonhar ...

- Olhar para o céu num dia sem nuvens. Apesar de todos os dias gostar de olhar para o céu.

- Comer um quadrado de chocolate e ver a chuva a cair da janela da sala num dia cinzento de inverno.

- Ver uma das minhas séries de televisão preferidas sentada no sofá e a beber um chá, como se nada mais importasse.

- Ter tempo aos domingos para os pequenos-almoços demorados, a dois, com ovos, pão fresco ou torradas, compotas, uma taça com fruta fresca, uma fatia de bolo, sumos ou um fantástico batido que nos mima o corpo e a alma.

E vocês? Quais as pequenas coisas que vos ajudam a ser felizes?

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Chips de couve kale


A semana passada quando fui às compras ao supermercado encontrei couve kale à venda. Esta couve assemelha-se muito à nossa couve galega, a que usamos no tradicional caldo-verde, só que as folhas são muito mais frisadas. Esta couve é também conhecida como couve crespa. Lembro-me, de há uns anos, ver usarem muito esta couve nos chamados sumos/batidos detox. Na altura suscitou-me alguma curiosidade tendo em conta os seus benefícios nutricionais. Agora que a vi à venda, não resisti e trouxe um saco de folhas kale para casa. Com ela fiz uma sopa mas ainda sobrou.

Quando partilhei uma foto das folhas da kale no Instagram e na minha página de Facebook, o meu amigo Nuno Santos sugeriu-me fazer uns chips de couve. À receita que partilhou apenas acrescentei o alho em pó.

Fazer chips de couve parece estranho. Mas quando se prova já não se quer parar. Ficam crocantes. Verdadeiramente bons. Para terem uma ideia, fiz esta receita na sexta-feira para servir como aperitivo antes do jantar e voltei a fazê-la no sábado, para petiscarmos à tarde. Será que também funciona com a nossa couve galega? Cheia de vontade em experimentar!