terça-feira, 22 de Abril de 2014

2 workshops no espaço WORK IT no Porto


No sábado, dia 3 de Maio de 2014, regresso ao Porto para dois workshops no espaço WORK IT. Um de manhã, dedicado a Receitas Económicas para Lanches e Piqueniques onde iremos preparar mais de uma dezena de receitas práticas e muito saborosas de comida pronta a levar para uma refeição ao ar livre.


No workshop da tarde iremos confeccionar Entradas e Aperitivos para Dias Felizes, repleto de receitas originais para festas ou outros momentos felizes. Muito práticas mas que irão surpreender. Em ambos as sessões irei dar dicas úteis para quem gosta de cozinhar. No final de cada workshop, haverá degustação de todos os pratos realizados.

Escolham o vosso preferido e inscrevam-se!


Para mais informações:
workit@sott.pt / 91 700 1802

segunda-feira, 21 de Abril de 2014

Panquecas de batata com ovo escalfado e espargos grelhados


Gosto de batatas. Em casa dos meus pais, ainda hoje, não podem faltar batatas. Ora se faz sopa, ou se assam no forno, ora vão para o tacho com carne ou bacalhau, e fritas, são simplesmente viciantes. Na apanha da batata, acompanhei muitas vezes os meus pais ou o Avelino - um antigo empregado da casa, que nos adoptou e hoje tem um lugar na família. Quando falo com a minha mãe por telefone, para além de perguntar pelos avós que ainda me restam, gosto também de saber como vai o Avelino. O Avelino que sempre que vou a Santarém me escolhe os ovos frescos e nunca se esquece de me apanhar um raminho de hortelã, que sabe que eu adoro. É ele que quando chegam as batatas novas da terra, as lava e as deixa a secar para eu escolher as que quero trazer. Pequenos mimos impagáveis!

Hoje deixo-vos uma receita, que desenvolvi para a rubrica Batatas com Sabor. Esta sugestão tanto pode ser para uma refeição ligeira ou para um pequeno-almoço tardio.

Panquecas de batata com ovo escalfado e espargos grelhados

Ingredientes para 4 pessoas:
650 g de batatas para puré
1 ovo grande
125 g de farinha com fermento
30 ml de leite
10 g de salsa picada
300 g de espargos
1 a 2 ovos por pessoa para escalfar
6 colheres de sopa de maionese
2 colheres de sopa de mostarda em grão à antiga
1 dl de óleo de amendoim
Sal e pimenta-preta q.b.
Farinha para polvilhar q.b.


1. Descascar e cortar as batatas em pedaços. Levar ao lume num tacho com água.

2. Depois das batatas cozidas, escorrer e com a ajuda de um passe-vite reduzir a puré. Reservar.

3. Numa taça colocar, a farinha, o ovo, o leite e a salsa picada.

4. Adicionar o puré e envolver muito bem.

5. Com um pouco de farinha nas mãos, moldar pequenas bolinhas com a massa. De seguida espalmar as bolas com as palmas das mãos. Repetir a operação até terminar a massa.

6. Levar 0,5dl de óleo numa frigideira ao lume. Quando estiver quente, adicionar as panquecas e deixar fritar de ambos os lados.

7. Quando necessário, adicionar o restante óleo.

8. À medida que se retiram as panquecas da frigideira, colocá-las num recipiente com papel absorvente, para ficarem bem secas.

9. Arranjar e grelhar os espargos.

10. Levar uma panela com água ao lume. Quando ferver, adicionar uma colher de sopa de vinagre de vinho branco. Com a ajuda de uma colher, fazer um vórtice na água. Baixar o lume para o mínimo, e adicionar os ovos um a um, previamente partidos. Assim, que a gema estiver com a consistência desejada, retirar os ovos com uma escumadeira.

11. Numa taça misturar 6 colheres de sopa de maionese com duas colheres de sopa de mostarda.

12. Servir as panquecas com o ovo escalfado, os espargos grelhados e o molho de maionese e mostarda.

Pão doce enrolado com canela


A Páscoa, tal como o Natal, é uma época de juntar a família à volta da mesa. O borrego, o cabrito são carnes muito consumidas nesta altura do ano. Quanto aos doces, variam de região para região, destacando-se os folares e os pães doces. Este ano, preparei um destes pães doces para oferecer a uma parte da família, e outro para o almoço de Páscoa com os meus pais, em Santarém.

Pão doce enrolado
(receita adaptada da revista Saberes & Sabores nº 211)

Ingredientes:
400 g de farinha de trigo
120 g de açúcar demerara
1 colher de chá de sal
1 colher de sopa de canela em pó
6 g de fermento seco de padeiro
2 dl de leite
85 g de manteiga sem sal
70 g de amêndoa granulada ou nozes picadas


1. Misturar a farinha com o sal, 50g de açúcar demerara, a canela e o fermento de padeiro.

2. Aquecer o leite sem deixar ferver. Adicionar 50g de manteiga.

3. Abrir uma cavidade no meio da farinha. Deitar aí o leite morno com a manteiga. Amassar muito bem.

4. Formar uma bola com a massa e polvilhar com um pouco de farinha. Tapar o recipiente e deixar levedar durante 2 horas.

5. Estender a massa numa superfície polvilhada com farinha de modo a obter um rectângulo.

6. Pincelar a massa com a restante manteiga previamente derretida.

7. Polvilhar com 70g de açúcar demerara e a amêndoa granulada.

8. Enrolar como se fosse uma torta e colocar num tabuleiro forrado com papel vegetal.

9. Tapar com um pano e deixar a levedar durante mais 2 horas.

10. Pincelar a superfície do pão com leite e polvilhar com um pouco de açúcar demerara.

11. Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC durante 30 minutos.