segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Bolo coroa de Natal


A árvore de Natal, na sala, já tem as luzes a piscar e muitos presentes com fitas coloridas em redor. Do presépio, guardo apenas memórias vagas, em que ia apanhar musgo com as minhas primas, mas em minha casa esta nunca foi uma tradição. Nesta altura do ano, enfeita-se a casa, compram-se e embrulham-se os presentes, escrevem-se postais, telefona-se a quem nos traz boas recordações, mas o principal acaba por ser o convívio à volta da mesa.

Da cozinha, vem o cheiro ao bacalhau cozido e às gargalhadas de quem está feliz por ter a casa cheia com a família. A Tia Dulce, compõe nas travessas as couves, os brócolos, os ovos, como só ela sabe apresentar, e que é a tradição na noite de consoada. O galheteiro com o azeite e o vinagre já estão prontos. A pimenta-preta não pode faltar. Na sala, ouve-se o riso das crianças da família encantadas com os presentes que brilham à volta do pinheiro de Natal. Sente-se uma alegria e uma excitação no ar que estes dias de festas permitem, a que eu chamo construir memórias. O peru descansa tapado e bem recheado, com uma receita que passa de geração em geração na família e que toda a gente adora. No dia de Natal, é só aquecer e seguir, imponente, para a mesa.

Junto à mesa de jantar posta a preceito para a ocasião, coloca-se também uma mesa para os doces. E assim que alguém chega, a primeira coisa que faz é espreitar as doces iguarias que ali são colocadas para nos abrir o apetite para tanta coisa boa que estes dias de festa nos trazem. Até à altura do jantar, costumo passar a véspera de Natal na cozinha. Ora se prepara arroz-doce, aletria com amêndoa, rabanadas e este ano quero colocar uma coroa especial na mesa. Uma coroa com sabores de Natal, cheia de frutas cristalizadas e frutos secos. Este ano, a mesa de Natal, vai ficar ainda mais bonita.

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Presentes de Natal



Dar e receber presentes é típico desta quadra do ano. Mas nem sempre encontramos os presentes certos ou ideiais para as pessoas de quem gostamos. E por que não, nesta altura, fazer presentes em casa para oferecer?

Na passada terça-feira, no Telejornal da RTP1, apresentei algumas sugestões de presentes muito práticos que podem ser feitos em casa e oferecidos a quem faz parte da nossa vida de maneira especial. Espero que gostem!

Ideias para presentes de Natal:
- Biscoitos de azeite;
- Bolachas de gengibre;
- Bolo de chocolate no frasco;
- Livro Cozinha para Dias Felizes;
- Livro Delicioso Piquenique.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Sonhos de abóbora


Há tradições que se mantêm ao longos dos anos que não podem faltar na mesa nesta quadra festiva. O Natal não teria o mesmo sabor sem o bolo-rei, sem as rabanadas regadas com uma calda de limão e um pouco de rum, as azevias com recheio de grão, a aletria ou o arroz-doce polvilhados com o aroma quente da canela. Um dos meus doces de Natal preferidos desta altura do ano são os sonhos. Adoro. Principalmente, os sonhos que são fofos e ficam ocos por dentro.

No dia em que fiz estes sonhos recebi a visita dos meus sogros. Preparei um café e coloquei um prato de sonhos na mesa. Uns dias depois, quando os visitei, diz-me a minha sogra: "Isabel, tenho um pedido a fazer." E eu fiquei logo em sentido. Um pedido das nossas sogras, é coisa de respeito. Diz-me ela, "Quero que faça os sonhos de abóbora para o Natal. São tão bons!" Fiquei mesmo contente. É um bom elogio, não é?

Adaptei esta receita tradicional para a rubrica Cuisine Companion, o robot de cozinha da Moulinex.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Salada de abóbora e beterraba assadas com cuscuz


Antes do final do ano costumo sempre marcar alguns almoços e jantares com amigos. É uma pequena tradição, que procura renovar a amizade e o carinho que temos para com as pessoas de quem gostamos e que fazem parte da nossa vida. No fundo, não queremos acabar o ano sem nos juntarmos à mesa, conversarmos e brindarmos a muitos encontros no próximo ano.

Estes encontros já começaram a semana passada, renovam-se esta semana e para a próxima, também já estão agendados. São estas pequenas coisas que nos dão alegria e sentido à vida. Eu adoro! Mas entre os almoços e jantares demorados típicos desta altura do ano, sabe bem fazer umas refeições mais leves, como a que hoje vos trago e que desenvolvi para a revista Comer de Setembro/Outubro de 2014.

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Papos de Anjo com claras


Papos de Anjo podem ser envolvidos em folha de hóstia ou assim, cozidos no forno e mergulhados numa calda. A receita que hoje vos trago é de Papos de Anjo com claras e menos gemas do que esta outra receita que publiquei recentemente. Diga-se que é uma versão mais light para quem não quer perder os prazeres desta época do ano.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Bolachas de gengibre com melaço de cana


O Natal traz a vontade de cozinhar. Não que essa vontade não esteja presente ao longo do ano, mas nesta altura adoro ir para a cozinha, ligar e forno e fazer bolachas. Deve ser a quadra do ano em que penso em fazer mais doces, principalmente para oferecer. Deixo-vos, hoje, mais uma sugestão, bolachas de gengibre com melaço de cana, para colocarem na mesa de Natal ou embrulhadas em papel bonito, resultam num presente de Natal bem docinho.

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Doce de abóbora com pêra rocha


Estes últimos dias têm sido de preparação de presentes de Natal. A par da azáfama da minha cozinha, fui a uma prova de sumos da Compal. Entre os vários sabores apresentados, o que eu mais gostei, não sei se por me chamarem de Laranjinha, foi o da laranja do Algarve.

Esta semana fiquei muito contente ao ver o meu livro, Delicioso Piquenique, recomendado para presente de Natal pelo Boa Cama Boa Mesa.

O fim-de-semana vai ter muitos cozinhados. E para quem quem como eu anda à volta dos presentes de Natal feitos em casa, deixo-vos hoje mais uma sugestão, doce de abóbora com pêra rocha, que desenvolvi para a revista Comer de Setembro/Outubro de 2014.