10h30 - 13h00      Conservas Portuguesas na Ementa
 
15h00 - 17h30      Doçaria Tradicional Portuguesa
Inscrições limitadas   work@sott.pt   91 700 1802 espaço WORK IT

quarta-feira, 31 de Agosto de 2011

Figos frescos e o meu primeiro gelado


Faço anos no mês de Agosto. No dia dos meus anos para comemorar cá em casa fiz um gelado de figo. O meu primeiro gelado tinha que ser com figos! Eu adoro figos, especialmente frescos. Não resisto e acabo por comer sempre mais do que dois, três ou quatro todos seguidinhos.

Este ano a produção de figos, no quintal dos meus pais, não foi das melhores e não tive a abundância natural de outros anos, com grande pena minha. Cá por casa, os figos frescos são usados em saladas, sandes, bolos e compotas. Frescos, grelhados e até panados, ficam sempre uma maravilha.

O ano passado recebi de presente dos meus sogros uma máquina de fazer gelados que queria muito. O tempo passou, a mudança de casa, as arrumações, outras prioridades e nunca mais coloquei o meu desejo de fazer gelados em prática.


Ingredientes:
16 a 18 figos frescos pingo de mel
125g de açúcar
125ml de água
raspa de 1 limão pequeno
600ml de natas
4 colheres de sopa de sumo de limão


1. Tirar os pezinhos aos figos e cortá-los aos pedaços.

2. Colocar os figos num tacho juntamente com o açúcar, a água e a raspa de limão. Levar ao lume durante aproximadamente 20 minutos, mexendo de vez em quando, até os figos quebrarem e a água reduzir. Deixar arrefecer.

3. Colocar no liquidificador os figos, as natas e o sumo de limão. Triturar.

4. Colocar o preparado na máquina de fazer gelados seguindo as instruções do fabricante.


A receita deste gelado de figo é de Gordon Ramsay e encontra-se publicada no The Times. As natas que usei tinham apenas 35% de gordura quando o aconselhado na receita original era de 48%, aquilo a que os ingleses chamam double cream. Não sei se foi por isso, mas estava à espera que o gelado ficasse mais cremoso. Acho que vim mal habituada de Itália, onde os gelados eram mesmo fabulosos. Mas mesmo assim, não sobrou nada.

[ Published in English as Fresh figs and my first ice cream ]

18 comentários:

  1. Também sou figolic :-).
    Contudo gosto tanto deles frescos que não me atrevo a tirar a sua frescura e cozinhá-los! Prefiro comê-los directamente da figueira sempre que posso e nem o seu alto valor calórico me faz parar!!!
    Relativamente ao gelado - apesar de ser caloira nisto dos gelados - sugiro que bata as natas (quase em "ponto" de chantilly). Pelo menos é assim que tenho feito sempre faço gelado...
    Quem não tem cão... caça com gato!!! ;-)

    ResponderEliminar
  2. Laranjinha,
    Ficou muito bom, o sabor deve ser delicioso! Nunca tinha visto gelado de figo...mas gostei muito da ideia e para 1ª vez acho que correu mesmo 5*! Os de Itália são mais cremosos...mas será que fazem de figo?...hmmmm duvido lol
    Beijinho!

    ResponderEliminar
  3. Bem, pela primeira vez saíste-te muito bem, nem se podia esperar outra coisa! Até fiquei parva, não acreditava que ainda não tinhas feito gelados, como não tinhas ainda no teu blog, pensei que simplesmente não gostavas. Tens de tudo, por isso a minha admiração! Desculpa.
    Gelado de figos para mim também é novidade e deve ser uma delicia. O gelado para ficar bem cremoso tem que ser com natas gordas, mas não deixo de fazer por isso. Só tem que se retirar do congelador alguns minutos antes de servir e fica ótimo.
    Parabéns.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Para uma primeira vez está lindo! Nada mal :) Eu também adoro figos, e por acaso fiz um gelado de figo com iogurte. É maravilhoso.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  5. Laranjinha querida,

    Um figo é sempre uma perfeição. Não estou a ver melhor escolha para o primeiro gelado e ainda por cima para celebrar um aniversário! Eu costumo recorrer às receitas do David Lebovitz quando se trata de gelados e nunca me arrependo. Hei-de espreitar a receita de figo dele. ;)

    beijoca*

    ResponderEliminar
  6. Também tenho uma paixão enorme por este fruto. Em gelado, nunca provei. Mas ando com vontade. Este ano já fiz pizza, flognarde, já os usei em salada e hoje vou experimentar colocá-los num assado. Vamos a ver como me saio. Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Eu gosto muito de gelado de figo é dos preferidos cá de casa. O teu ficou muito bem.
    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Olá

    Eu ainda não foi este ano que comprei a máquina de gelados, cada vez que vejo estas maravilhas lá fico a babar. Ficou de certeza uma delícia.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Ainda hoje comi ao almoço a última dose que tinha do que fiz este ano. A ver se ainda consigo matéria prima para mais uma rodada! :))
    Se quiseres espreitar, tenho 2 receitas no blgue de gelado de figo: http://nosoup-foryou.blogspot.com/2009/08/chama-lhe-um-figo-um-gelado-para-quando.html e esta: http://nosoup-foryou.blogspot.com/2010/09/gelado-de-figo-e-iogurte.html
    Os gelados mais cremosos são os que levam natas gordas e gemas de ovos, mas no caso do gelado de figo, como é uma fruta muito particular, tal como a banana, ficam sempre gelados bem cremosos. Precisam é de ser retirados algum tempo antes do congelador.
    :)
    Bjs

    ResponderEliminar
  10. Que luxo... Gelado de figo! Nunca tenho acesso a figos suficientes para comer de outra forma que não seja ao natural... Quanto Às comparações com os gelados de Roma: simplesmente não se comparam ;)
    Babette

    ResponderEliminar
  11. A semana passada fiz gelado de figos mas deitei-o fora. Levava leite de soja porque diz que ficava mais cremoso e eu odiei o sabor :) Com natas parece-me bem mais seguro.

    ResponderEliminar
  12. Que bom aspecto!
    Costumo fazer gelados em casa e a minha filha adora!

    ResponderEliminar
  13. desde já os meus parabéns pelos anos e pelo maravilhoso gelado, está com um aspecto maravilhoso e delicioso...

    jinhos

    ResponderEliminar
  14. Ana Paula,
    muito obrigada pela sugestão. Da próxima vez experimento. Os figos são uma fruta tão boa. Mas cá por casa quando tenho em abundância não hesito em cozinhá-los. E são tão bons na mesma! ;)

    Lunka e Sofia
    muito obrigada.

    Susana,
    eu adoro gelados, mas nunca me desafiei a fazê-los. Agora começou uma nova fase. Acho que a meloa madura que tenho no frigorífico vai dar um excelente gelado! :)

    Ginja,
    figo e iogurte devem combinar na perfeição. A experimentar.

    Suzana,
    o livro do David Lebovitz já está na lista de livros a pedir este ano ao pai Natal cá de casa! ;)

    Ilídia,
    eu vi a tua pizza e adorei. Ficou linda e super apetitosa. O figo em gelado fica uma delícia. Acho que vais gostar.

    Conceição,
    muito obrigada.

    Ana,
    a máquina vale a pena. Pense nisso!

    Gasparzinha,
    muito obrigada pelas tuas dicas e sugestões. Como foi o primeiro gelado quis seguir as indicações da receita original para não falhar. Retirei do congelador mais ou menos 10 a 15 minutos antes de servir, senão congelado como estava nem o conseguia servir! :)

    Babette,
    é verdade. Não há comparação possível! Até agora, os melhores gelados que comi foram sempre em Itália.

    Ameixinha,
    que pena não ter resultado. Tens que experimentar novamente. Eu gosto do gelado de figo. Em Itália comi pelo menos em duas gelatarias diferentes, claro que os artesanais são sempre melhores.

    3bruxinhas,
    eu também adoro gelados e para aproveitar frutas parece-me uma excelente alternativa.

    Susana,
    muito obrigada. O gelado de figo vale a pena.

    Um beijinho e muito obrigada pela vossa visita.

    ResponderEliminar
  15. O gelado tem tão bom aspecto. Deve ter ficado uma delicia :)

    ResponderEliminar
  16. Tal como a Susana disse, os gelados ficam mais cremosos se levarem natas mesmo gordas ou então gemas... mas há ainda um truque que eu utilizo, que se chama acúcuar invertido, que ao ser utilizado, numa percentagem em susbtituição do acúcar normal, torna os gelados mui cremosos ;)

    ResponderEliminar
  17. Juliana,
    muito obrigada.

    Ana,
    onde encontras o açúcar invertido? Sei que é usado na indústria alimentar, mas nunca vi à venda.

    Um beijinho e votos de bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar