quinta-feira, 27 de janeiro de 2022

As minhas 10 receitas preferidas de 2021

As receitas que partilho no Cinco Quartos de Laranja reflectem o que se come em minha casa, os meus gostos, as minhas opções. Procuro variar o que vamos comendo e procuro incluir muitos legumes no meus pratos. Ao longos dos anos, tenho partilhado muitas receitas. Há, sempre, umas que gostamos mais por um ou outro motivo. Como Janeiro, ainda é um mês de balanço, deixo-vos uma selecção das receitas que mais gostei publicadas no ano que passou.

As minhas 10 receitas preferidas de 2021 são:
- Frango com manjericão à tailandesa - Um dos meus objectivos do ano que passou era aprender e confeccionar pratos de outras cozinhas. Felizmente, consegui realizar este objectivo. 2021 foi o ano em que tive a possibilidade de aprender um pouco sobre a cultura e cozinha tailandesas. Fiz uma viagem por vários restaurantes tailandeses em Lisboa e tive a possibilidade de ser recebida na residência oficial da senhora embaixadora da Tailândia, em Portugal. Entre os vários pratos que experimentei e tive a oportunidade de aprender, destaco o frango com manjericão. Um prato delicioso. Uma mistura de sabores incrível.

- Pão rápido de iogurte - De há uns anos para cá, que faço e partilho muitas receitas de pão. Mas a verdade, é que, no dia-a-dia, nem sempre temos tempo para amassar, deixar a massa a levedar e cozer o pão. Nestas alturas, queremos uma receita de pão rápida, que nos facilite a vida e que nos permita partilhar com a família um pão saboroso e fácil. Para quem procura esta opção, recomendo-vos fazer o pão rápido de iogurte. Cá em casa, é servido muitas vezes nos pequenos-almoços de Domingo, mas também é perfeito para servir com hamburgueres ou para fazer sandes. Foi uma receita que fiz pela primeira vez o ano passado.

- Perna de borrego assada no forno com alho e alecrim - Há ingredientes que me fazem lembrar momentos em família. Um desses ingredientes é a carne de borrego. Durante muitos anos o borrego assado no forno foi o prato escolhido para servir no Domingo de Páscoa, ou em muitas outras ocasiões de festa. No Verão havia borrego na grelha. No Outono, borrego guisado. A Páscoa do ano passado foi diferente. Mas na mesa, houve borrego. No final, o que conta são os momentos bons à mesa e a comida é também uma forma de lembrar aqueles que já partiram.

- Granola na frigideira - A granola faz parte dos meus pequenos-almoços e de muitos dos meus lanches. É daqueles ingredientes que procuro ter em casa. Costumo fazer no forno, mas esta receita na frigideira fica muito boa. Aconselho-vos a experimentar. Podem ver também a preparação desta receita na rubrica Em Directo da Minha Cozinha.

- Gaspacho com granola e queijo feta - Durante anos não apreciei gaspacho. Não sei, talvez porque adoro o conforto de uma sopa quente. Mas, lembro-me de há uns anos ter feito uma viagem por Cordova e Sevilha. Nos menus, havia muitas vezes gaspacho e como o calor era tanto, que decidi pedir. Hoje, quando vejo gaspacho nos menus dos restaurantes, peço logo e, claro, passei a fazer em casa. No Verão, há sempre uma receita de gaspacho.

- Geleia de marmelo - Esta, é, uma daquelas receitas que faço, quase, todos os anos. Para aproveitar os marmelos do quintal em Santarém, costumo fazer marmelada. Adoro marmelada! Faço para mim e para oferecer à família, aos amigos, aos vizinhos. Com as cascas e os caroços, também costumo fazer geleia. Finalmente, partilhei convosco a receita. Aproveito para vos dizer que por vezes, congelo as cascas e os caroços e depois faço a geleia, mais próximo da altura em que a quero oferecer, como por exemplo no Natal.

- Roupa velha de bacalhau - Mais um clássico que faz parte das receitas, cá de casa. Roupa velha, adoro! O ano passado, finalmente, consegui partilhar a receita convosco. Esta é daquelas receitas que faço sempre que tenho legumes e bacalhau. Não é só uma receita de aproveitamento das sobras da Consoada.

- Pudim de leite de coco - Uma sobremesa tão simples e tão boa. Faz-se num instante. Um dos doces que adorei fazer no ano que passou.

- Entrecosto assado no forno com massa de pimentão - Cá em casa, esta é daquelas receitas clássicas. Adoramos. Costumo até assar o entrecosto no tabuleiro do forno, em fez de ser numa travessa, quando faço mais quantidade. Por vezes, em vez da cerveja uso o vinho branco. É sempre um sucesso.

- Tábua de picanha com legumes grelhados - Já há muito que queria fazer picanha, cá em casa. O ano passado experimentámos e ficamos fãs. Vale a pena, para partilhar com a família, numa refeição descontraída. Para além disso, o ano passado foi também um ano que partilhei, convosco, muitas tábuas de queijos e enchidos. Tornam-se tão práticas!

quarta-feira, 26 de janeiro de 2022

Feijoada de lulas

O mês de Janeiro, é, para mim, um mês de transição. É uma mistura de balanço, de revisão do que fiz com o desafio de pensar em novos objectivos, novas metas.

Aproveito os primeiros dias deste mês para desacelerar um pouco. Procuro arrumar algumas coisas e algumas ideias. Aproveito para definir objectivos, escolher livros que gostaria de ler, fazer as consultas médicas anuais. É um mês em que gosto de começar o novo ano devagar!

Entre alguns dos meus objectivos, este ano, aqui no Cinco Quartos de Laranja quero voltar aos sabores portugueses e partilhar mais receitas que de uma maneira, ou de outra, fazem parte da minha vida ou, dos momentos vividos em família. Partilho, hoje, convosco a receita de feijoada de lulas. É sempre um sucesso. Espero que gostem!

domingo, 23 de janeiro de 2022

Menu semanal #97

Uma semana organizada, significa tarefas planeadas, menos stress no momento de preparar as refeições para a família e, mais tempo, para nós.

Pensarmos e pré-prepararmos as refeições da semana, facilita-nos, imenso, a vida. Para vos ajudar, partilho convosco mais um menu semanal. Espero que estas sugestões vos inspirem!


Ver também menu semanal #96.

sexta-feira, 21 de janeiro de 2022

Caldo-verde

Este ano, um dos meus objectivos para 2022, é partilhar mais receitas tradicionais, aqui, no Cinco Quartos de Laranja.

Há tantas receitas que fazem parte de momentos em família, de dias de festa. Há pratos tradicionais que nos acompanham, desde sempre, e que por um motivo, ou por outro, não os fui partilhando.

Uma das receitas que adoramos é o caldo-verde. É sopa do dia-a-dia. É sopa para dias especiaias. É sopa para as festas dos Santos Populares, a acompanhar a sardinha assada no pão e as bifanas. É sopa para servir na passagem de ano. O caldo-verde está entre as rainhas das sopas portuguesas, a par da sopa da pedra de Almeirim, a canja, as sopas de peixe e as conhecidas sopas de feijão-encarnado com hortaliças. Comer sopa é cuidarmos da nossa saúde.

Para fazerem, nestes dias frios de Inverno, deixo-vos, hoje, um reconfortante caldo-verde.

quinta-feira, 20 de janeiro de 2022

O workshop Receitas com Parmalat, no Porto, foi assim

Cozinhar num workshop onde se partilham ideias e dicas é sempre tão gratificante. E foi assim, no workshop Receitas com Parmalat que decorreu no Porto, em Dezembro de 2021.

Foi um dia em que rimos, conversámos e preparámos receitas deliciosas, todas elas com pelo menos um produto Parmalat.

As receitas que preparámos foram receitas que podem ser facilmente reproduzidas, em casa, para toda a família. Preparámos pratos de carne, de peixe e sobremesas.

Nos pratos de carne preparámos uns bifinhos de porco na frigideira com um saboroso molho de café preparados com a Nata com Café Parmalat - estes bifes fazem sempre sucesso - e, bifes de peru, recheados com queijo e enrolados com bacon. Os rolinhos de peru foram servidos com um molho de espinafres feito com a Nata com 3 Pimentas Parmalat. Os bifes de peru quando saem do forno com o queijo derretido, fazem a alegria de todos.

Os pratos de peixe incluiram um bacalhau gratinado com legumes e grão-de-bico usando o molho Béchamel Clássico Parmalat. Este prato de bacalhau rende, é excelente para fazer para toda a família. Confeccionámos, também, umas deliciosas almôndegas de peixe com a perfumada Nata com Caril Parmalat.
As sobremesas foram duas. Preparámos uma musse de chocolate servida com avelã torrada. E confeccionámos, também, uma delícia de nata com bolacha e doce de ovos. Esta delícia é finalizada com amêndoa torrada com açúcar, o que torna esta sobremesa irresistível. Para as sobremesas usámos a Nata para Bater Zero% Lactose e a Nata para Culinária Zero% Lactose da Parmalat.
Depois de cozinhar, provámos todos os pratos confeccionados, em jeito de festa. Os workshops são momentos tão gratificantes, onde se constroem memórias e onde todos aprendemos.

Obrigada à Parmalat pela oportunidade e a todos os que participaram nestes workshops. Foi um prazer cozinhar convosco!

terça-feira, 18 de janeiro de 2022

Arroz de tamboril com tomate e coentros

Ano novo, vida nova, como se costuma dizer! Todos os anos no início de um novo ano gosto de traçar objectivos, metas que me ajudam a crescer, a sentir que aproveito o meu tempo e a minha vida. Os objectivos são orientações que me ajudam a focar. Não tomo estes objectivos como imposições ou metas que tenho que obrigatoriamente cumprir. A vida muda. As circustancias alteram-se. Há coisas que não dependem de nós, por isso, tomo sempre os meus objectivos como pontos de partida.

Para 2022, gostava de:
1. Ler mais sobre cozinha. Já fiz uma selecção de livros que quero ler e que penso que me irão ajudar a cozinhar melhor.

2. Fazer mais pratos da cozinha portuguesa. Há tantas receitas que adoro, que fazem parte da minha vida, das festas em família, de momentos de celebração e que por um motivo ou outro, acabo por não as publicar aqui no Cinco Quartos de Laranja.

3. A actividade física é desde há uns anos para cá uma preocupação. Espero continuar a fazer pelo menos uma caminhada por dia de 15 a 20 minutos.

4. Voltar ao ginásio. Faz-me tanta falta. Penso que é uma actividade que faz bem ao corpo e à alma e, ajuda imenso, em termos de flexibilidade.

5. Estar mais com a família. Almoços. Passeios. Férias. Aquilo que fica no fim, são as memórias, os momentos bons que passamos uns com os outros.

6. Voltar a visitar com frequência restaurantes. Tenho saudades dos jantares com amigos. Dos almoços ou jantares para ir conhecer um restaurante ou espaço novo.

7. Ir ver o mar. Todos os anos, no primeiro dia de Janeiro, gosto de ir ver o mar. Este ano, por motivos alheios à minha vontade, não foi possível, mas espero realizar este ano, este meu objectivo, muitas vezes. Como diz Sophia Melo Breyner:

« Mar, metade da minha alma é feita de maresia
Pois é pela mesma inquietação e nostalgia,
Que há no vasto clamor da maré cheia,
Que nunca nenhum bem me satisfez.
E é porque as tuas ondas desfeitas pela areia
Mais fortes se levantam outra vez,
Que após cada queda caminho para a vida,
(...)
»

8. Passear mais por Lisboa. Tenho saudades dos tempos em que aos fins-de-semana ia da Graça à Baixa. Sabe bem sentir a cidade. Ver o Tejo. Ir aos museus aos Domingos de manhã.

9. Comemorar os 16 anos do Cinco Quartos de Laranja. Este projecto é como um filho que mudou a minha vida.

10. Planear e organizar-me mais. Faz toda a diferença. Ganhamos tempo.

11. Criar um pequeno jardim com a minha mãe, com flores e ervas aromáticas.

12. Destralhar a casa. Todos os anos escolho áreas que quero destralhar, mas este ano quero tirar tudo aquilo que já não uso há anos, desde o closet até à cozinha!

E para colocar, em prática, uma das minhas resoluções para 2022, deixo-vos um delicioso arroz de tamboril. Um prato de sabores portugueses que faz sempre sucesso, cá em casa. Espero que gostem!

segunda-feira, 17 de janeiro de 2022

Menu semanal #96

Para vos ajudar a organizar e a planear as refeições da semana, deixo-vos mais um menu cheio de sugestões práticas e saborosas, a pensar em toda a família. Espero que gostem!


Ver também menu semanal #95.