segunda-feira, 28 de novembro de 2022

Menu semanal #139

Para vos ajudar a planear e a organizar as refeições da semana, deixo-vos, hoje, mais um delicioso menu. Espero que gostem e que se inspirem!


Ver também menu semanal #138.

sexta-feira, 25 de novembro de 2022

Bolinhas de queijo de cabra com arandos e nozes


Vamos preparar o Natal?

Uma das primeiras coisas que faço, nesta altura do ano, é montar a árvore de Natal e decorar a casa. Para mim, esta é uma das épocas mais bonitas do ano. Adoro toda a azáfama associada ao Natal, as decorações, o convívio com a família, as lembranças, as ruas enfeitadas, as luzes a piscar.

Depois das decorações, vem a lista de presentes. Normalmente, escrevo o nome de cada uma das pessoas a quem quero dar uma lembrança. E, com algum tempo, vou decidindo o que comprar e o que fazer em casa para oferecer. Normalmente, faço lembranças mistas, com presentes comprados e com coisas de comer, feitas por mim. Para as crianças, de há uns anos para cá, que damos presentes de família. Para cada criança, um presente de todos.

Depois das decorações da casa e dos presentes, começo a pensar nas comidas. Costumo passar a véspera de Natal em Lisboa e, o dia de Natal, em Santarém. Para cada um destes dias, costumo fazer entradas ou sobremesas, porque o bacalhau com todos é feito pela minha sogra e, o almoço do dia de Natal, chega à mesa pela mão da minha mãe.

Na nossa festa de Natal, costumamos ter uma mesa com queijos e entradinhas para irmos petiscando enquanto a família vai chegando para o jantar da consoada ou para o almoço de dia 25 de Dezembro. E a pensar nisso, decidi preparar umas bolinhas de queijo de cabra com arandos e nozes, que para além de muito apelativas, resultam muito bem para esta quadra festiva. Espero que gostem e que se inspirem!

quarta-feira, 23 de novembro de 2022

Coxas de frango assadas no forno com massa de pimentão

Quando falamos em poupança e organização das refeições da semana, uma das recomendações que vos dou, muitas vezes, é cozinharmos em quantidade, de maneira a, que de uma só vez, consigamos ter várias refeições. Poupamos tempo, energia e ficamos com menos loiça para lavar!

De uma maneira geral, a comida aguenta-se cerca de 4 a 5 dias no frigorífico, no entanto, cá em casa, o congelador é um dos meus grandes aliados no momento de organizar as refeições da semana. Cozinho em quantidade, divido em doses, uma parte guardo no frigorífico e, as outras, congelo. Assim, consigo de uma só vez, preparar mais do que uma refeição.

Uma das receitas que gostamos e, que faço com regularidade, cá em casa, é coxas ou pernas de frango assadas no forno com massa de pimentão. A massa de pimentão é excelente para temperarmos carne. Na maioria das vezes, uso-a para temperar carne de porco, mas no frango também resulta de forma deliciosa. Espero que gostem e que se inspirem!

segunda-feira, 21 de novembro de 2022

Menu semanal #138

Para vos ajudar a organizar as refeições da semana, deixo-vos, hoje, mais um menu cheio de sugestões práticas e deliciosas para toda a família. Espero que gostem e que se inspirem!


Ver também menu semanal #137.

sexta-feira, 18 de novembro de 2022

Bifes de frango com alho e paprica na frigideira

Um destes dias cozi frango, nas minhas pré-preparações para as refeições da semana. Depois de cozido, desfia-se, divide-se em doses e congela-se. Assim, quando precisar, já tenho frango cozido, pronto a usar, em várias receitas. Mas desta vez, decidi retirar os peitos do frango e cozinhá-los, logo, para o almoço. A inspiração veio desta receita. Espero que gostem e que se inspirem também!

quinta-feira, 17 de novembro de 2022

Arroz de couve-flor no forno

Arroz de couve-flor, em inglês cauliflower rice, é uma receita que ganhou muita popularidade, inicialmente, entre os adeptos de dietas paleo, low-carb, vegana e vegetariana. A receita original, Cauliflower Couscous, foi criada pelo chef americano Ben Ford, em 1998, no extinto restaurante Chadwick e publicada no seu livro Taming the Feast. Em 2010, o chef Eric Ripert ajudou a popularizar a receita, apresentando-a no seu programa de televisão, Avec Eric.

Inspirada na receita original, há uns tempos, fiz um cuscuz de couve-flor com queijo feta e amêndoa, que ficou maravilhoso. Como sabem, tento incluir muitos legumes na minha alimentação e, uma forma de aumentar o consumo de couve-flor, cá em casa, foi usando este método engenhoso de ralar a couve.

Podemos ralar a couve-flor num processador, no entanto, não triturem demais, para não passar do ponto. A couve-flor ralada deve ficar solta, como se fosse cuscuz ou arroz. Para ralar a couve podem usar também um ralador comum. Independentemente da forma de ralar que escolham, não deixem de experimentar esta forma deliciosa de preparar a couve-flor.

quarta-feira, 16 de novembro de 2022

Sandes de picanha com cebola caramelizada

Quando organizamos e planeamos as refeições da semana, um dos objectivos, é que não sobre comida. Por isso, nas minhas conversas e directos, quando falo sobre o tema, aconselho-vos a verem as necessidades da família, a terem um calendário partilhado com as actividades e compromissos, para que, por exemplo, não sejam apanhados de surpresa e num dia em que pensavam ter quatro pessoas ao jantar, afinal será só uma. Se o planeamento nos ajuda a evitar ter sobras, a verdade é que há dias, eventos famíliares, épocas festivas, em que sobra sempre alguma coisa.

Contei-vos, que há uns tempos atrás, assei no forno um pedaço de picanha. No dia em que a fiz, soube muito bem, mas sobrou. Em vez de voltarmos a comer a picanha assada, como na primeira vez, decidi transformar a carne que tinha, em novos pratos. Fiz uma salada, fajitas e uma sandes.

Comemos o mesmo, mas sempre de maneira diferente. Esta é a magia! Assim, não nos cansámos de ter picanha, na mesma semana, em mais do que uma refeição! Podem adaptar esta ideia a outras sobras de carne. Espero que gostem e que se inspirem!

segunda-feira, 14 de novembro de 2022

Menu semanal #137

Ter comida feita, liberta-nos da preocupação de estar, sempre, a pensar no que fazer para o almoço ou, para o jantar. Ajuda-nos a viver a gestão das refeições da família com menos stress ou ansiedade. Para vos ajudar, a organizar as refeições da semana, deixo-vos, hoje, mais um menu cheio de sugestões práticas e cheias de sabor. Espero que gostem e que se inspirem!


Ver também menu semanal #136.

sexta-feira, 11 de novembro de 2022

Lulas com esparguete, açafrão e coentros

Para o dia-a-dia, procuro fazer receitas práticas, cheias de sabor e que surpreendam. Receitas que se façam de forma rápida e, que, quando chegam à mesa, façam sucesso. Um destes dias, fiz, para um almoço, lulas com esparguete cozido com açafrão, que ficou maravilhoso. O toque do açafrão-da-Índia transforma esta receita. Experimentem!

Lulas com esparguete, açafrão e coentros

Ingredientes para 4 pessoas:
800 g de lulas
Sumo de ½ limão
4 dentes de alho
1 folha de louro
3 colheres de sopa de azeite
300 g de esparguete
1 colher de chá de açafrão-da-Índia
Sal e pimenta-branca q.b.
1 ramo de coentros picados


1. Temperar as lulas com sal, pimenta e sumo de meio limão.

2. Cozer a massa em água temperada com sal e açafrão-da-Índia, de acordo com as indicações da embalagem.

3. Levar uma figideira ao lume com o azeite e a folha de louro. Assim que estiver quente adicionar os dentes de alho picados e mexer.

4. Juntar as lulas e deixar cozinhar durante cerca de um a dois minutos.

5. Juntar o esparguete cozido e previamente escorrido. Envolver e deixar cozinhar durante cerca de um minuto. Se for necessário, juntar um pouco da água da cozedura da massa.

6. Polvilhar com coentros picados. Mexer e servir.

quinta-feira, 10 de novembro de 2022

Frango salteado com brócolos e arroz

As pré-preparações que faço para as refeições da semana, em vez de pratos fechados, são com ingredientes confeccionados ou bases alimentares, pois permite-me mais flexibilade no momento de colocar uma refeição na mesa e incentivam-me a usar a criatividade. Quando partilho as minhas pré-preparações, recebo muitas perguntas sobre que destino depois dou àquilo que preparo, que receitas faço ou como conjugo os ingredientes e as bases alimentares.

Arroz integral cozido e frango desfiado são pré-preparações que faço muitas vezes. Cozo cerca de um quilo de arroz. Cozo um frango do campo e desfio. Normalmente divido em porções e congelo em recipeientes próprios para o efeito. Esta prática permite-me preparar uma refeição em menos de 20 minutos.

Partilho convosco uma receita que fiz um destes dias para o almoço usando estas duas pré-preparações. Espero que gostem e que se inspirem!

quarta-feira, 9 de novembro de 2022

Fajitas de picanha com guacamole

Quem cozinha em casa, é, por norma, um mestre da reinvenção. A partir de uma refeição ou, de um ingrediente que sobrou, conseguem fazer pratos novos, deliciosos, equilibrados, para toda a família. Conseguem com pouco, fazer muito. Esta capacidade de transformar, de reinventar, faz parte de todas as famílias, que viram as suas avós ou mães, a cozinhar. Concordam?

Um destes dias, assei, no forno, uma peça de picanha. Fez as delícias de um almoço de domingo, mas sobrou. O que fazer com sobras de picanha?

Com as sobras, preparei uma salada com abacate e romã e, hoje, deixo-vos mais uma sugestão de aproveitamento, fajitas de picanha com guacamole. Fica maravilhoso. Experimentem!

segunda-feira, 7 de novembro de 2022

Menu semanal #136

O Outono traz a vontade de colocar na mesa pratos reconfortantes, que aqueçam o corpo e que mimem a alma. Para vos a ajudar a preparar as refeições da semana, deixo-vos, hoje, mais um menu cheio de sugestões práticas e deliciosas. Espero que gostem e que se inspirem!


Ver também menu semanal #135.

sexta-feira, 4 de novembro de 2022

Broas de café com noz e amêndoa

Para festejar o Dia de Todos os Santos, na aldeia onde cresci, a tradição, em quase todas as famílias, era fazer broas. Broas para partilhar com a família, broas para oferecer aos amigos e vizinhos, broas para dar às crianças que vinham pedir o Pão por Deus. Nos sacos de Pão por Deus, na altura quando eu era miúda, as pessoas ofereciam broas que faziam em casa, nozes e, muitas vezes, figos secos.

Este ano, para manter a tradição fiz broas fervidas de café e broas de café com noz e amêndoa. Estas broas são tradicionais de algumas zonas do nosso país, confeccionam-se de maneira idêntica, fazem parte da mesa do Dia de Todos os Santos e são comuns, também, no Natal. Espero que gostem!

quarta-feira, 2 de novembro de 2022

Salada de picanha com abacate e romã

Um dos almoços de fim-de-semana foi picanha assada no forno. Como o meu forno tem a opção SteakMaster é muito fácil grelhar carne no forno. Assei uma peça de picanha maravilhosa e sobrou.

Parte do que sobrou, congelei e, o restante, deixei no frigorífico, para durante a semana, fazer mais uma ou duas refeições com as sobras. A primeira receita que fiz, foi uma deliciosa salada. As saladas são sempre bem-vindas, mesmo nestes dias de Outono em que a chuva se faz anunciar. Espero que gostem da salada de picanha com abacate e romã. Podem adaptar esta receita e fazer com sobras de outras carnes grelhadas. Sobrou, aproveitou!