Próximos Eventos
Porto 9 de Dezembro de 2018
Sábado:
10h30 - 13h30      Workshop Receitas com Bacalhau para Festas
 
 
15h30 - 18h30      Workshop Bolos, Biscoitos e Bolachas Natalícias

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Pescada no forno com tomate e presunto


Adoro peixe. Cá em casa, tentamos incluir peixe em várias das nossas refeições. Um dos peixes, que para mim entra na lista dos indispensáveis a ter no congelador, é a pescada. Cozida, não é assim tão apreciada, cá em casa. A verdade, é que é um peixe muito versátil e pode entrar em muitas outras receitas.

Agora que os dias estão a ficar mais frios, com sabor a Outono, começam também a saber melhor os pratos de forno. Pratos que nos reconfortam o corpo e a alma. Por isso, quando a Pescanova me desafiou a preparar uma receita com as suas postas de pescada, a escolha recaiu num prato de forno, cheio de sabor. Pescada no forno com tomate e presunto, são servidos?

terça-feira, 30 de outubro de 2018

Bolonhesa de frango


Organizar as refeições da semana é uma forma de rentabilizarmos as nossas compras e o nosso tempo. É uma forma de conseguirmos colocar na mesa, para família, refeições com qualidade, mesmo naqueles dias em que chegamos cansados e com pouca motivação para estar na cozinha.

Uma das coisas que costumo fazer, para depois ir incluindo nas refeições da semana, é carne à bolonhesa. Esta é uma pré-preparação muito versátil. Pode-se fazer em quantidade e congelar, em doses, para se ir usando. Com uma carne à bolonhesa podemos fazer empadão, lasanha, pizas, chili, entre muitas outras receitas.

Na última vez que fiz carne à bolonhesa, optei por carne de frango e o resultado, cá em casa, foi muito apreciado!

segunda-feira, 29 de outubro de 2018

Workshop Vamos Fazer Pão, em Lisboa


Dia 10 de Novembro de 2018, das 15h às 19h, irá ter lugar o workshop Vamos Fazer Pão? na escola de cake design IstoFaz-se, em Lisboa.

Neste workshop vamos aprender técnicas para fazer bom pão, em casa. Entre os pães a confeccionar, destacam-se o pão de trigo, o pão de mistura com figos e nozes, os famosos pães tigre, e o pão de abóbora assada, que fica com uma cor linda, que quase parece uma broa. Iremos também fazer pão doce como uns tentadores Pães de Deus e uns irresistíveis rolos de canela.

O workshop tem uma componente prática, onde toda a gente amassa, enrola os diferentes pães e acompanha o processo de cozedura no forno. Para além disso, são dadas também indicações teóricas sobre a fórmula básica para fazer pão, sobre os diferentes fermentos e pré-fermentos que podemos usar, sobre a água, sobre o sal e outros elementos que podemos incluir nas nossas amassaduras, como gorduras, especiarias, legumes e sementes. Todos os participantes, no final, ficarão aptos a fazer bom pão, em casa!

Aceitam o desafio? Vamos Fazer Pão?

No final do workshop, degustamos todos os pães que forem preparados num delicioso lanche entre muitas conversas e boa disposição.

Fazem-me companhia?

EUR 50 Inscrições e mais informações:
escola@istofaz-se.pt   218 078 640   IstoFaz-se
( Realização do workshop sujeito a nº mínimo de participantes )

Workshop Entradas e Aperitivos para Dias de Festa, em Lisboa


No próximo dia 10 de Novembro de 2018, sábado, quem quer vir cozinhar entradas e petiscos deliciosos para dias de festa? Das 10h às 13h, na escola de cake design IstoFaz-se, em Lisboa, terá lugar o workshop Workshop Entradas e Aperitivos para Dias de Festa. Este é um workshop a pensar nos dias de festa que se avizinham, em que juntamos a família e os amigos à volta da mesa. Nestes momentos, se forem como eu, todas as sugestões são bem-vindas de modo a colocarmos na mesa entradas diferentes e saborosas.

Entre outras coisas, iremos fazer croquetes de alheira com diferentes coberturas e servidos com uma tentadora maionese. Vamos fazer palmiers salgados, um creme de espargos com uma cobertura de amêndoa crocante e linguiça que vai surpreender, fatias de pão grelhado com fatias de queijo e cebola caramelizada com vinho do Porto. Nesta manhã de workshop vamos encher uma mesa de muitas coisas boas para servirem como entradas nos dias de festa.

No final do workshop, reunimo-nos à volta da mesa, e degustamos tudo o que foi preparado. Será servido um vinho para brindarmos aos momentos bons da vida.

Fazem-me companhia?

EUR 45 Inscrições e mais informações:
escola@istofaz-se.pt   218 078 640   IstoFaz-se
( Realização do workshop sujeito a nº mínimo de participantes )

sexta-feira, 26 de outubro de 2018

Vamos fazer pão: Pão de alfarroba no tacho


Fazer pão é uma verdadeira paixão. Quando começamos a fazer pão, quando começamos a compreender as massas, há como que uma revelação, um entusiasmo quase infantil que nos motiva a querer continuar. O prazer de fazer um pão com as nossas mãos é algo mesmo muito especial!

Faço, pelo menos, um pão por semana. Como procuro variar a minha alimentação, gosto de ir fazendo pães diferentes. Adoro misturar farinhas. Uso sempre o trigo, mas por vezes, gosto de lhe acrescentar farinhas de outros cereais, ou de sementes. Um dos últimos que fiz, foi com farinha de alfarroba e ficou um pão delicioso e com um miolo cheio de alvéolos. Cá em casa, adoramos este tipo de pão.

A receita que partilho, hoje, foi desenvolvida a convite da Fermipan. Fermipan é um fermento biológico feito à base de leveduras e não tem glúten. É ideal para todo o tipo de massas lêvedas à base de farinha, ou seja, massas que têm de passar pelo processo de fermentação antes de serem cozidas. Vamos fazer pão?

quinta-feira, 25 de outubro de 2018

Arroz de goraz à pescador


Adoro pratos de arroz. Nós portugueses somos os maiores consumidores de arroz da Europa. Penso que no nosso receituário as receitas de arroz devem ser superiores às de bacalhau. O arroz vai bem com tudo. Pode ser prato principal ou acompanhamento. Pode ser usado como ingrediente em diferentes preparações, sejam elas doces ou salgadas. Arroz é daqueles ingredientes que fazem sempre parte dos indispensáveis da minha despensa. Uso arroz nacional de produtor. 

Um destes dias para dar destino a um goraz, oferta do meu pai que vai muitas vezes à pesca e me presenteia com um peixe de mar maravilhoso, decidi fazer um arroz a que juntei marisco. Ficou malandrinho, cheio de sabor.

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Bolo de leite de coco


Há prazeres que nunca se esquecem e que de uma forma, ou de outra, os procuramos manter. Quando era miúda, era hábito fazermos, na minha casa, um bolo ao domingo. Um bolo para colocar na mesa para alguma eventual visita, ou simplesmente para termos o prazer de o saborear com um chá, ou café, a meio da tarde. Fazer um bolo ao domingo, um ritual tão simples e ao mesmo tempo tão especial.

No passado domingo, voltei à cozinha. Escolhi a forma. Abri o frigorífico e tirei os ovos e a manteiga. Da despensa trouxe os restantes ingredientes. Na memória tinha o cheiro doce, quente, de um perfumado bolo polvilhado com coco ralado, partilhado tantas vezes em família. Meti as mãos à obra e o resultado agradou a todos os que o provaram. Quem sabe se também ajudei alguém a construir memórias à volta de um bolo feito ao domingo?

A preparação deste delicioso bolo de leite de coco, que me fez viajar até à minha infância, e que partilho, hoje, convosco, foi feita a convite da Ayam. O leite de coco é um ingrediente muito versátil e resulta bem em sobremesas e pratos salgados. Não tem glúten, é isento de lactose e não possui conservantes.

terça-feira, 23 de outubro de 2018

Asinhas de frango panadas


O Outono traz dias mais frescos. Traz a vontade de começar a assar castanhas, marmelos, batata-doce. Traz o prazer de acender a lareira, de colocar na mesa pratos de conforto, como sopas quentes de abóbora com feijão seco e uma mão cheia de couve lombardo cortada em tiras, guisados demorados com batatas, cenouras e cogumelos, pão acabado de fazer ou uma chávena de chá com uma fatia de bolo, saboreada a ver o vento passar pelas folhas douradas das árvores.

E para petiscar? O que apetece nesta época do ano? Saladas, tábuas de queijos e enchidos, e petiscos de conforto, como umas asinhas de frango fritas, ligeiramente picantes e comidas enquanto estão mornas com um molho de maionese e alho. Delicioso! Partilho, hoje, a receita das asinhas, convosco. Espero que gostem.

segunda-feira, 22 de outubro de 2018

Master class Pão Artesanal com Massas-mãe, no Porto


Vamos fazer pão? Vamos fazer pão com pré-fermentos e massas-mãe? No dia 3 de Novembro de 2018, sábado, irá ter lugar o workshop master class Pão Artesanal com Massas-mãe que irá decorrer das 10h30 às 18h30, no WORK espaço criativo. Esta master class é dirigida a quem quer começar a fazer pão em casa ou para quem já faz e quer melhorar algumas técnicas usando pré-fermentos e fermento natural.

Neste workshop iremos fazer vários tipos de pão - pão de trigo, pão de mistura, pão com legumes, entre outros, mas o foco principal estará nas técnicas usadas para fazermos um bom pão artesanal em casa. Iremos falar de pré-fermentos, de como podemos fazer e alimentar um fermento natural ou isco, de fermentações longas, de como podemos controlar a fermentação das nossas massas, entre outros aspectos fundamentais para quem quer começar a fazer pão usando massas-mãe.

No final, reunimo-nos à volta da mesa e saboreamos tudo o que preparámos. Vamos fazer pão?

Inscrições e mais informações:
work@sott.pt   WORK espaço criativo
( Realização do workshop sujeito a nº mínimo de participantes )

sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Moamba de galinha com batata-doce


Há pratos, de outras cozinhas, de que ouvimos falar e que por um motivo, ou por outro, vamos adiando a sua preparação. Quando a Guinea's me convidou a preparar um prato com a sua moamba, confesso que pensei logo em preparar uma moamba de galinha. Uma moamba idêntica a uma que provei, há uns anos atrás, feita pelas mãos de uma cozinheira angolana, com uma história incrível de vida, e que adorei.

Pelo que sei, há várias maneiras de fazer moamba. É importante usarmos uma carne feita, e depois acrescentarmos legumes. Mas a moamba não é um prato exclusivamente feito com carne, podemos fazê-la também com peixe.

A moamba Guinea's, é um preparado ou melhor, um molho base muito usado na cozinha africana. Para quem nunca experimentou moamba, digo-vos que é muito fácil de fazer, é um prato que agrada, por certo, a toda a família. Ter já o molho pronto a usar é mesmo muito prático. Não há desculpa para não fazermos em casa.

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Salada de fruta com vinho do Porto e hortelã


Salada de fruta é uma daquelas sobremesas que faz, quase sempre, parte da mesa da família em dias de festa. Toda a gente adora. Mesmo que não tenhamos outras sobremesas, a salada de fruta, faz sempre sucesso!

Há uns tempos atrás, decidi fazer uma salada com as frutas que tinha, cá em casa, e juntei um pouco de vinho do Porto, como antigamente se fazia na casa dos meus pais. O resultado foi uma taça colorida, deliciosa e que fresquinha soube mesmo bem. Adoro salada de fruta. E vocês?

quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Bruschettas de queijo de cabra com figos


Adoro queijo! Sempre que há um almoço ou encontro com a família e amigos, uma das primeiras coisas que penso em colocar na mesa, para irmos picando, é queijo. Queijo, pão, azeitonas e vinho, são daqueles ingredientes que procuro ter sempre, para estes momentos de convívio.

Para dar destino a alguns dos figos que tinha, cá em casa, decidi fazer umas bruschettas com queijo de cabra para servir como entrada num almoço de domingo. O resultado foi um verdadeiro sucesso. O sabor intenso do queijo combinou de forma gulosa com o doce dos figos e com a textura crocante do pão. Tão bom!

terça-feira, 16 de outubro de 2018

Vamos fazer pão: Pão de espelta com sultanas, nozes e arandos


O pão é dos alimentos mais populares no mundo e um dos mais antigos. Versátil, porque para além de ter presença à mesa, é também ingrediente para muitas receitas, tanto salgadas como doces. Comemora-se, hoje, o Dia Mundial do Pão, data instituída em 2000, em Nova York, pela União Internacional de Padeiros e Afins.

O pão fermentado surgiu com os egípcios e o seu consumo foi difundido, na Europa pelos Romanos. Continua, hoje em dia, a ser um alimento presente em muitas casas portuguesas. Cresci a ver a minha mãe a fazer pão, para a família, o que me serviu de inspiração para tentar, hoje em dia, fazer pão em casa. Um hábito que se foi perdendo nos últimos anos devido à facilidade com que se encontra à venda. Mas se o pão de compra, de uma maneira geral, é bom, o feito em casa, pelas nossas mãos, é sem dúvida único e muito especial. Fazer pão em casa é um hábito que, aos poucos e poucos, se vai retomando.

E é esse o desafio que vos deixo. Para comemorar o Dia Mundial do Pão, vamos colocar as mãos na massa? Penso que é uma das melhores formas de homenagear esta data. A receita que partilho, hoje, foi desenvolvida a convite da Fermipan, um pão com mistura de farinhas, enriquecido com nozes e frutas secas. Fermipan é um fermento biológico feito à base de leveduras e não tem glúten. Vamos fazer pão?

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Perna de peru assada no forno com batatas


O Outono, a pouco e a pouco, faz sentir a sua presença. As manhãs e as noites começam a ficar mais frias e a chuva já chegou. Dos armários e gavetas tiramos os casacos e as roupas mais quentes. As botas e o guarda-chuva estão prontos a usar.

Na cozinha, começam a apetecer pratos de conforto, cozinhados no tacho ou no forno. Adoro pratos de forno! Um dos últimos que fiz foi uma perna de peru assada com batatas, de um dos perus que criámos no quintal em Santarém. Um prato simples, mas sempre que chega à mesa, toda a gente adora.

sexta-feira, 12 de outubro de 2018

Chutney de figos com vinho do Porto


A época dos figos está a chegar ao fim. Os figos são uma fruta que adoro. Assim que chegam os primeiros figos, nas figueiras que temos no quintal em Santarém, cá em casa, começo logo a dar-lhes destino. Uso-os em saladas, em sobremesas, em doces e compotas e de há uns anos para cá, comecei a fazer chutney.

O chutney é um molho ou condimento agridoce que também pode ser picante. O mais conhecido, penso que seja o de manga. Mas pode-se fazer chutney de várias frutas e legumes. A receita que partilho, hoje, é com figo.

quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Abacaxi grelhado com creme de mascarpone


A pouco e pouco, já se nota a diferença nos dias. As manhãs e as noites chegam mais frias. Há dias, em que a chuva começa a dar um ar de sua graça, mesmo que nos outros, o calor a fazer lembrar as férias, seja uma presença constante.

Quero tanto que os dias de Outono se instalem, de uma vez por todas. Adoro o tempo quente e todas as coisas boas que associo sempre ao Verão. Mas, assim que o Outono chega, vem também a vontade de mudar o guarda-roupa, de procurar fazer refeições de tacho, com sabor a conforto. Também vos acontece?

Partilho, hoje, convosco uma das últimas sobremesas que fiz para um almoço, cá em casa. O dia estava quente e por isso a decisão de fazer uma sobremesa passou pelo calor da grelha. Abacaxi grelhado com creme de mascarpone é simplesmente divinal. Sabe a um dia quente de Verão mas com os aromas reconfortantes de uma tarde de Outono, em frente à lareira. Espero que gostem.

quarta-feira, 10 de outubro de 2018

Workshop Receitas Rápidas para o Jantar, em Lisboa


Dia 21 de Outubro de 2018, domingo, das 15h00 às 18h00, irá ter lugar o workshop Receitas Rápidas para o Jantar, na escola de cake design IstoFaz-se, em Lisboa. O objectivo deste workshop é ajudar todos aqueles que procuram ideias práticas e acessíveis para as refeições da semana, em família. Iremos confeccionar várias receitas que irão surpreender, umas pela conjugação de ingredientes, outras pela rapidez com que as iremos preparar. Pois quando se chega a casa, depois de um dia de trabalho, ou de uma viagem, o que queremos é colocar a comida na mesa para a família o mais rapidamente possível. Comida, de preferência saborosa, feita com ingredientes frescos.

Para além das receitas confeccionadas, iremos falar sobre o planeamento semanal das refeições, com dicas sobre o tipo de pré-preparações que podem realizar para ser muito mais fácil fazerem o jantar, nos dias em que se chega a casa com o tempo contado para se estar na cozinha. Iremos também falar de como podem tentar aumentar o consumo de legumes às refeições.

No final do workshop, reunimo-nos à volta da mesa e degustamos tudo o que foi preparado. Será servido um vinho para brindarmos aos momentos bons da vida.

Fazem-me companhia?

EUR 45 Inscrições e mais informações:
escola@istofaz-se.pt   218 078 640   IstoFaz-se
( Realização do workshop sujeito a nº mínimo de participantes )

terça-feira, 9 de outubro de 2018

Workshop Vamos fazer Risotto?, em Lisboa


No próximo dia 21 de Outubro de 2018, domingo, quem quer vir fazer risotos? Das 10h às 13h, na escola de cake design IstoFaz-se, em Lisboa, terá lugar o workshop Vamos fazer Risotto?. Este é um workshop para quem quer aprender ou melhorar a técnica de fazer risoto.

O risoto é uma técnica de confeccionar pratos de arroz e neste workshop vamos aprender a fazer diferentes tipos de risoto. Vamos também falar de técnicas, de caldos que nos irão ajudar a tornar o sabor deste prato inesquecível. Vamos falar também de ervas aromáticas, de queijos, de especiarias que se podem usar, e dos diferentes tipos de arroz indicados para fazer este tão apreciado prato italiano. Para vos abrir o apetite posso dizer-vos que vamos fazer 6 pratos de risotto diferentes.

No final, juntamo-nos à volta da mesa e degustamos tudo o que foi preparado, em jeito de festa e com um copo de vinho para brindar. Vamos fazer Risotto?

EUR 45 Inscrições e mais informações:
escola@istofaz-se.pt   218 078 640   IstoFaz-se
( Realização do workshop sujeito a nº mínimo de participantes )

segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Salada de queijo de cabra com pêssego e figos grelhados


E mais uma semana que começa. Sempre que a segunda-feira chega, temos a sensação de recomeço. Mais uma semana, mais uma janela com sete dias com inúmeras possibilidades à nossa espera.

Confesso que olho para o começo da semana sempre com uma energia positiva e penso, o que quero fazer esta semana que me possa deixar feliz?

Gosto de acreditar que somos nós que podemos fazer algumas coisas acontecerem. Somos nós que podemos mudar a nossa vida de maneira a conseguirmos fazer aquelas coisas de que gostamos. Trabalhar, cuidar da casa e da família, são coisas fundamentais, na nossa vida. Mas há semanas, há dias, em que penso que temos que fazer coisas que nos deixem felizes. Ler um romance. Tomar café com amigos. Passear ao final do dia junto ao Tejo. Ir às compras. Podemos pensar em começar um novo hobbie, mesmo que se ache que não se tem tempo. Penso muitas vezes que a vida é tão curta e quando olhamos para trás, as oportunidades, os momentos, já passaram. Por isso, cada semana, é mais um conjunto de dias, de horas, em que podemos fazer muitas coisas que nos deixem felizes.

E uma das coisas que, de há uns tempos para cá, decidi mudar foi a minha alimentação. O modo como comemos também influencia a nossa felicidade. Por isso, quero cada vez mais que os meus pratos sejam coloridos, cheios de vida e que transmitam sorrisos. Deixo-vos, hoje, uma salada deliciosa. Espero que gostem.

quinta-feira, 4 de outubro de 2018

Pescada gratinada com cenoura e queijo


Depois das férias, começamos a regressar, aos poucos e poucos, às nossas rotinas. Organizamos as compras da semana, definimos as refeições a preparar, escolhemos o que devemos colocar nas lancheiras para levar para o trabalho. Pensar na comida que queremos ter no nosso prato é cada vez mais uma preocupação.

Um dos pratos que faço, cá em casa, muitas vezes e que depois de cozinhado congelo para ter pronto a consumir nos dias em que chego a casa tarde, é pescada gratinada com cenoura e queijo. Fica tão bom! Por isso quando, a Parmalat me desafiou a preparar uma receita com o seu béchamel isento de glúten, pensei logo em partilhar convosco, esta receita. É um prato muito prático, e que toda a família adora.

quarta-feira, 3 de outubro de 2018

Tomatada com curgete e ovos


Há dias, em que ando a mil. Reuniões, trabalhos, orçamentos, cursos e formações ao final do dia. Quando chego a casa, muitas vezes, só quero fazer algo muito rápido para colocar na mesa. Procuro ter sempre sopa feita. A sopa é uma boa maneira de iniciarmos uma refeição e há alturas, em que por si só, constitui uma refeição. Aconchega. Reconforta. E a verdade é que depois de comermos um prato de sopa ficamos logo com menos fome.

Um destes dias, para dar destino ao molho de tomate que fiz, decidi usá-lo num prato rápido, mas que fica muito saboroso. Cá em casa, todos adoramos, tomatada com ovos. Como procuro introduzir cada vez mais legumes, nas nossas refeições, acrescentei uma curgete. A curgete fica crocante, muito saborosa porque acaba por absorver os sabores do tomate. Espero que gostem.

terça-feira, 2 de outubro de 2018

Molho de tomate com orégãos


Uma das coisas boas que o Verão nos oferece, para além dos dias bonitos cheios de sol, é o tomate. O tomate, no Verão, chega-nos cheio de sabor. Comer um tomate, nesta altura do ano, apenas polvilhado com uma pitada de flor-de-sal, é uma verdadeira festa de sabor. Adoro tomate!

Uma das coisas que faço todos os anos em que o tomate me chega da horta em abundância, é molho de tomate. Faço uma ou duas panelas. Congelo e depois, durante o ano, vou usando. Durante o ano, é uma maneira de dizer. Penso que só tenho conseguido fazer molho de tomate para seis meses! Uso-o imenso. Em sopas, em assados, refogados, nas pizas, em recheios ... Ter molho de tomate pronto a usar dá imenso jeito!

segunda-feira, 1 de outubro de 2018

Workshop Vamos Fazer Pão? em Outubro, no Porto


O workshop Vamos Fazer Pão? está de volta. Vai ser no sábado, dia 13 de Outubro de 2018, das 15h30 às 19h30, no WORK espaço criativo.

Neste workshop, iremos fazer vários tipos de pão. Pão de trigo, pão de mistura com nozes, pãezinhos tigre, pão com abóbora assada e pão doce, como uns irresistíveis e tentadores rolos de canela.

Fazer pão é sempre uma experiência muito gratificante Para além de colocarmos a mão na massa, iremos falar do processo de fazer pão, das farinhas, das leveduras, da fermentação, dos materiais necessários e dos métodos de cozedura usando os nossos fornos de casa. Depois deste workshop fazer pão em casa vai tornar-se ainda mais fácil!

No final, juntamo-nos à volta da mesa e degustamos tudo o que foi preparado.

Vamos Fazer Pão?

Inscrições e mais informações:
work@sott.pt   WORK espaço criativo
( Realização do workshop sujeito a nº mínimo de participantes )

O workshop Vamos Fazer Pão com Activa Vita D foi assim ...


O pão é vida, é um alimento ancestral que nos conforta o corpo e a alma. Juntar farinha, sal, água e levedura numa taça, amassar com a força das nossas mãos, levar ao forno e colocar na mesa, para a família, um pão feito por nós, é pura felicidade!

E foi isso que fizemos no passado sábado no workshop Vamos Fazer Pão com Activa Vita D, cá em Lisboa, no Lisbon Cooking Academy. Fizemos diferentes tipos de pão para diferentes momentos. Amassámos um pão de mistura com figos e nozes, perfeito para servir com queijos, enchidos, e uma garrafa de vinho num dia feliz.


Colocámos no forno uma foccacia com cebola caramelizada - ideal para servir como entrada num dia de festa ou quando juntamos a família, à volta da mesa. Preparámos, também, uns tentadores pães tigre para as sandes da semana, uns pães de forma de alfarroba para os pequenos-almoços, um tabuleiro de pãezinhos com chouriço que sabem sempre bem e em jeito de sobremesa, uns maravilhosos rolos de canela, que fazem sempre as delícias de quem os prova. Tão bons!

Neste workshop usámos a levedura Activa Vita D, um fermento de padeiro em pó com vitamina D, que encontram à venda nos supermercados. Felizmente, que cada vez mais se fala da importância desta vitamina para a nossa saúde e agora que o Outono chegou devemos estar mais atentos à chamada vitamina do sol. Colocá-la no pão, um alimento do nosso dia-a-dia, não custa nada.


Depois de falarmos de leveduras, dos tempos de fermentação, do uso de diferentes farinhas e de todos os pães cozidos, juntámo-nos à volta da mesa para degustarmos tudo o que foi confeccionado. Houve ainda tempo para um brinde às coisas boas da vida e à felicidade que é fazer pão. O pão, feito por nós, é único.

Obrigada à Lallemand pela oportunidade de realizar este workshop e a todos os que estiveram presentes. Vamos fazer pão?