Próximos Eventos
Lisboa 8 de Dezembro de 2019
Domingo:
10h30 - 13h30      Workshop Receitas para a Mesa de Natal
 
 
15h30 - 18h30      Workshop Receitas para Presentes de Natal
Inscrições/Vouchers: escola@istofaz-se.pt   218 078 640 IstoFaz-se
Lisboa 14 de Dezembro 2019
Sábado:
16h30 - 19h30      Workshop Bacalhau da Noruega para o Dia-a-dia
Inscrições gratuitas até 24h de 10 Dezembro: www.cincoquartosdelaranja.com

sexta-feira, 28 de dezembro de 2018

Camarão de Moçambique com bacon no forno


Contam-se os dias para a festa da passagem de ano. A chegada de um novo ano significa a possibilidade de novas oportunidades, de mudanças, de sonhos e novos objectivos para concretizar.

Deixar o ano velho e abrir os braços, cheios de esperança, ao que de novo chega, é motivo de festa. É mais uma oportunidade para juntarmos os amigos e a família, à volta da mesa. Nesta altura procuramos ideias de petiscos para servir juntamente com as tábuas de queijos ou de enchidos, com o pão fresco e o vinho.

Por isso, deixo-vos, hoje, uma receita que resulta muito bem para servir nestes momentos de festa, camarão de Moçambique enrolado em bacon no forno e que fica ligeiramente picante. Preparei esta receita para a rubrica Pescanova. De certo que vai brilhar na vossa mesa na passagem de ano!

quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

Bolachas de gengibre e canela


Todos os anos, no Natal, faço bolachas e biscoitos para oferecer. Este ano fiz biscoitos, entre eles, os red velvet, e bolachas com diferentes motivos associados a esta quadra. Uma das bolachas que fiz, foi com a forma do gingenbread man. Tenho um cortador pequeno e acho que as bolachas ficam muito amorosas.

Entre as várias fornadas que fiz, houve uma, que decidi fazer diferente. Lembrei-me de colocar os homenzinhos de gengibre a segurar uma amêndoa, à semelhança de umas bolachas que vi há imenso tempo, mas em forma de ursinho. Só vos digo, as crianças e a família adoraram! E nem imaginam o que me diverti a fazer estas bolachas!

quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

Os workshops Natal com Parmalat, em Lisboa, foram assim ...


Há dias que nos deixam boas recordações. Dias em que nos rimos, falamos, trocamos ideias e aprendemos. Um desses dias, foi no passado dia, 15 de Dezembro, em Lisboa, quando tiveram lugar os workshops Natal com Parmalat. À semelhança do que aconteceu no Porto, aqui em Lisboa, foram também realizados dois workshops, um de manhã e outro à tarde, para grupos diferentes de leitores do Cinco Quartos de Laranja.

Os workshops tiveram lugar no Lisbon Cooking Academy, onde confeccionámos, em cada um deles, seis receitas, todas elas com, pelo menos, um produto Parmalat.


As receitas foram pensadas, de modo a termos um menu, em jeito de refeição, com entradas, pratos de carne, de peixe e sobremesa. Todas as receitas se revelaram muito práticas, de fácil reprodução e perfeitas para partilhar com família, em dias de festa.

Para entrada preparámos um patê de atum com a nata sabores do mar Parmalat. O patê foi servido com tostas feitas, no forno, com fatias de pão regadas com azeite. Ainda para entrada, colocámos na mesa uma tarte de alho-francês com pescada e miolo de camarão, a que juntámos, também, a nata com sabores do mar Parmalat.


A tradição chama o bacalhau e o peru para a mesa de Natal. E com estes dois ingredientes, tão típicos desta quadra festiva, preparámos um bacalhau à Brás com legumes gratinado no forno com o Béchamel Parmalat isento de glúten. Este é um daqueles pratos que toda a gente adora.

Juntámos o peru à nata com caril Parmalat e o resultado foi um delicioso e perfumado prato, que toda a gente adorou e repetiu. Servimos o caril de peru com um cuscuz de Natal. Revelou-se uma combinação muito interessante.


Tivemos dois pratos de carne. Para além do caril de peru, preparámos lombinhos de porco recheados com ameixas, maceradas em vinho do Porto. Os lombinhos foram servidos com um molho feito com a nata três pimentas Parmalat. Esta nata resulta tão bem em pratos de carne!

A sobremesa foi uma musse de chocolate em camadas, com bolacha de cacau triturada e recheio de queijo creme batido com natas. Uma verdadeira delícia. Usámos na sobremesa a nata para bater 0% lactose Parmalat.

Em dias de festa, há sempre momentos para brindarmos às coisas boas da vida, e por isso, fizemos um licor cremoso, que é uma verdadeira delícia.


A todos os que participaram nos workshops, cá em Lisboa, um muito obrigada. Espero que a vida nos traga mais momentos em que possamos brindar juntos.

À Parmalat, um agradecimento, por nos ter proporcionado estes momentos tão especiais!

segunda-feira, 24 de dezembro de 2018

Mini bolos-rei


O Natal chegou. É tempo de celebrar. É tempo de abraçar toda a gente. É tempo de nos juntarmos, à volta da mesa, e falar, rir, conversar. É tempo de partilhar. De oferecer lembranças, de distribuir carinho, de receber amor.

É tempo de pensarmos nos outros. Naqueles de quem gostamos. Naqueles que precisam de nós. É tempo de pensarmos em todos os que nos acompanham em todas as ocasiões e agradecer. Agradecer o amor dos outros, a empatia, a compaixão. Agradecer a vida.

O Natal chegou. É tempo de celebrar com sonhos, rabanadas, bolo-rei e uma mesa cheia de fraternidade.

Um Santo e Feliz Natal!

sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

Pão recheado no forno com sabores do mar


O Natal é, para mim, uma das épocas mais bonitas do ano. Para além de se enfeitar as casas e as ruas, de tudo ficar mais cintilante e bonito, o espírito de partilha que se vive, nesta quadra, deixa-nos de coração cheio.

Adoro o Natal, não pelos presentes em si, mas porque sei que é a altura do ano em que juntamos a família toda, que quebramos a rotina da nossa azáfama diária e telefonamos àqueles de quem gostamos. Esta é uma das partes boas desta quadra. A outra parte, igualmente boa, é o convívio que se faz à mesa. Pensam-se menus. Trocam-se receitas. Dividem-se tarefas. Colocamos a mesa, com os pratos dos dias de festa, para recebermos aqueles que nos são mais queridos.

Quando a Parmalat me desafiou a preparar uma receita com a sua nata com sabores do mar, para a mesa de Natal, pensei logo, numa entrada. Um pão recheado, confeccionado para colocar no meio da mesa e cada um, entre risos e conversas, ir saboreando. Um pão recheado para partilhar em dias de festa.

quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

Bolachas de laranja e baunilha


Por aqui, já só se pensa no Natal. Este ano, fiz uma playlist de músicas de Natal. Por isso, nestes dias, aqui em casa, só se ouve Jingle Bells, It's Beginning to Look a Lot Like Christmas, Last Christmas, Have Yourself a Little Merry Christmas, Santa Claus Is Coming to Town, Let It Snow, entre outros clássicos, que nos fomos habituando a ouvir, ao longo dos anos, nesta quadra festiva.

A azáfama na minha cozinha, nestes dias, tem sido a preparar bolachas e bolinhos para colocar nos cabazes de Natal deste ano. Deixo-vos, hoje, a receita das bolachas de laranja e baunilha que juntei, para oferecer, em caixas, às de chocolate com amêndoa. Podem ver a caixa que fiz com as duas bolachas no Instagram do Cinco Quartos de Laranja, nas Dicas de Natal #11.

quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Os workshops Natal com Parmalat, no Porto, foram assim ...


Das coisas boas da vida e das quais, a cada dia que passa, me sinto muito grata é poder cozinhar, em grupo, com pessoas diferentes. E foi isso que aconteceu no passado dia 8 de Dezembro, no Porto, onde decorreram dois workshops, um de manhã e outro à tarde, intitulados Natal com Parmalat.

Estes workshops são sempre muito especiais. Este ano, o desafio foi fazer receitas para a mesa de Natal usando algumas das natas da Parmalat, incluindo a nata com sabores do mar que chegou recentemente ao mercado e o seu béchamel isento de glúten.


As receitas foram iguais nos dois workshops. E o menu confeccionado começou com um paté de atum com sabores do mar que foi servido com tostas. As tostas foram feitas a partir de fatias finas de baguete, que antes de irem ao forno, foram regadas com um fio de azeite. Tão fáceis de fazer e resultam muito bem para acompanhar este tipo de entrada.

Ainda nas entradas, preparámos uma tarte bem recheada e muito saborosa onde juntámos pescada cozida, delícias do mar, miolo de camarão e a nata com sabores do mar Parmalat. O resultado agradou a todos os que provaram.


Nos pratos principais, preparámos um bacalhau à Brás com legumes gratinado. Este é um daqueles pratos que sempre que chega à mesa faz muitos sorrisos e no final, não sobra nada. É um verdadeiro sucesso. Aqui usámos o béchamel isento de glúten Parmalat.

Confeccionámos dois pratos de carne. Um perfumado caril de peru, onde usámos a nata com caril Parmalat. Uma nata que adoro e uso imensas vezes. Servimos o caril com um cuscuz de Natal, enriquecido com frutos secos, arandos e bagos de romã. O cuscuz é um excelente acompanhamento para pratos de caril. E para um dia de festa, penso que resulta muito bem em vez do tradicional arroz basmati cozido.


Um dos pratos que fez também muito sucesso neste workshop foi lombinhos de porco recheados com ameixas secas maceradas em vinho do Porto. A técnica de rechear o lombinho foi uma verdadeira surpresa para todos! Acompanhámos os lombinhos com um molho feito a partir de uma redução dos sucos da carne a que misturámos a nata com três pimentas Parmalat. Servimos a carne fatiada com batata-doce assada com azeite, sal e ervas de Provence. Um prato de festa cheio de sabor.

Para sobremesa preparámos uma musse de chocolate e uma musse de chocolate em camadas com bolacha digestiva triturada. Ambas as musses conquistaram os palatos. Usámos, na sobremesa, a nata para bater zero % lactose da Parmalat.


Para o brinde final, e porque nos dias de festa é habitual termos um licor na mesa, preparámos também um licor cremoso que nos aqueceu o corpo e alma. Perfeito para terminar uma refeição ou para acompanhar as conversas num dia frio em frente à lareira.

Cozinhar em grupo é sempre uma verdadeira festa. Conhecem-se novas pessoas. Trocam-se conhecimentos. Constroem-se memórias felizes.

A todos os que participaram nos workshops Natal com Parmalat, realizados no Porto, no WORK espaço criativo, o meu muito obrigada.

À Parmalat, um especial agradecimento por nos proporcionar estes momentos.

terça-feira, 18 de dezembro de 2018

5 ideias de presentes para oferecer neste Natal


O Natal é já para a semana. Já têm todos os presentes? Se forem como eu, há sempre alguém para quem é mais difícil decidir o que oferecer. Para além disso, por vezes, é sempre bom ter mais um ou dois presentes prontos para alguma eventualidade. Mais um primo que aparece. Uma tia. Um amigo que passa pela cidade e nos vai visitar. Para quem anda, ainda, à procura de presentes, deixo-vos, hoje, cinco sugestões ou ideias para presentes:

1. Livros - Os livros são sempre presentes deliciosos para quem gosta de cozinhar ou para quem quer começar. Recomendo a prata da casa:

- Cozinha para Dias Felizes;
- Delicioso Piquenique;
- O Livro de Petiscos da Isabel;
- Petiscos e Miudezas à Portuguesa.


2. Vouchers para um dos meus workshops - Esta é uma forma de oferecer conhecimento ou de proporcionar uma experiência diferente aos amigos ou à família. Estes eventos são também uma forma de convívio. Os próximos workshops:

No Porto, 12 de Janeiro:

- Workshop Pequenos-almoços Rápidos, Práticos, Saudáveis, das 10h30 às 13h30. Este é um dos meus novos workshops para 2019. O pequeno-almoço é uma das mais importantes refeições do dia e neste workshop irão aprender várias receitas para irem variando a primeira refeição do dia;

- Workshop Vamos Fazer Pão?, das 15h30 às 19h30. Quando começamos a fazer pão em casa, com as nossas mãos, a ver a massa crescer, apaixonamo-nos!

Inscrições / aquisição de vouchers através do eMail: work@sott.pt

Em Lisboa, 19 de Janeiro:

- Workshop Pré-preparações e Refeições da Semana, das 10h às 13h. Depois de alguns pedidos, decidi colocar também este tema nos meus novos workshops para 2019. Iremos pensar e definir as refeições da semana a partir de um conjunto de ingredientes pré-preparados;

- Workshop Vamos Fazer Pão?, das 15h às 19h.

Inscrições / aquisição de vouchers através do eMail: escola@istofaz-se.pt


3. Uma horta - Estou muito satisfeita com a minha horta de aromáticas e para quem, como eu, vive num apartamento e gosta de ter sempre ervas frescas, a horta pode ser um presente especial. Podem adquirir as hortas Véritable na loja on line Cook & Lifestyle.


4. Um bolo de chocolate no frasco - Pode ser um presente de última hora ou pode ser incluído nos cabazes de Natal. É daqueles presentes que é tão simples e ao mesmo tempo muito especial. Sempre que ofereço, toda a gente adora. Não se esqueçam de colocar a receita ou o link para quem recebe saber como fazer o bolo.


5. Bolos, bolachas e biscoitos - Os presentes docinhos são sempre bem-vindos. Eu pelo menos, adoro e faço fornadas de bolachas e biscoitos para oferecer. Aqui ficam algumas sugestões:


Embrulhados com um papel bonito ou dentro de uma caixa elegante. Uma etiqueta e qualquer uma destas sugestões será um presente feliz.

segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Biscoitos red velvet


O Natal está quase, quase a chegar. Por cá, dia após dia, vamos terminando algumas das tarefas a que me propus. Decorar a casa. Fazer os embrulhos para os presentes de Natal. Sabem que adoro esta tarefa. Acho que os embrulhos ajudam a tornar os presentes especiais. Cada vez mais dou valor a estas pequenas coisas.

As etiquetas para os presentes também se vão fazendo. Na minha família temos a tradição de fazermos etiquetas para os presentes. Há, até, um pequeno concurso, mas a verdade é, que todos os anos, já sabemos quem é o vencedor. Não conseguimos chegar à perfeição, ao bom gosto, dos primos Tété e Gino.

Nestes dias, tenho feito algumas bolachas e biscoitos para colocar nos cabazes de Natal. Os últimos que fiz, foram uns biscoitos red velvet, ficam vermelhinhos por dentro e muito saborosos. Acho que vão ficar lindos, dentro de um saco ou frasco de vidro e com uma fita bonita. Nem imaginam como me divirto a fazer estas pequenas coisas!

sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Arroz-doce com leite de coco


Adoro os doces de Natal. Nesta altura do ano, faço questão de me deliciar com os sonhos, com as rabanadas, com o Bolo-rei e com o arroz-doce.

Para a mesa de Natal, todos os anos, faço Bolo-rei, para a noite da Consoada que faço com os meus sogros, e para o almoço do dia de Natal, que passo com os meus pais. Para além disso, tento fazer, sempre todos anos, algum doce diferente, mesmo que a base de inspiração seja as receitas tradicionais.

Já há algum tempo, que queria experimentar fazer arroz-doce com leite de coco, por isso, quando a Ayam me desafiou a preparar uma receita, a pensar na mesa de Natal, decidi que estava na altura de experimentar. O resultado é um arroz-doce cremoso e muito bom! A família já aprovou.

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Trifle de musse de chocolate


Os encontros de família são, sempre, momentos de convívio, conversas cruzadas, gargalhadas. Contam-se histórias, falamos disto e daquilo.

A família é sempre o nosso porto seguro. É bom podermos estar com aqueles que nos acompanham e que nos ajudam sempre que é preciso. Um dos valores do Natal é este. É juntarmos a família. Estarmos juntos, nem que seja apenas uma vez, por ano. Partilharmos momentos à mesa. Criarmos memórias. Vivermos esta época com os outros, é mesmo muito importante!

E para os dias de festa que se avizinham, deixo-vos, hoje, uma deliciosa sobremesa, um trifle de musse de chocolate. Fica tão bom!

quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Bolachas de chocolate com amêndoa


O Natal está mesmo, quase, quase a chegar. Gosto tanto desta altura do ano. Se é para mim, uma das épocas mais bonitas do ano, sei que também traz muito stress e preocupações. As compras dos presentes, a escolha dos pratos para a mesa dos dias em que se recebe a família, as sobremesas, a decoração da casa ... São tantas e tantas tarefas a que nos temos que dedicar para que não falte nada.

No Instagram do Cinco Quartos de Laranja, tenho partilhado algumas dicas para vos ajudar a preparar o Natal, de forma mais calma. Dicas que são ideias muito simples, mas que às vezes, com a azáfama do dia-a-dia, nos acabamos por esquecer.

Em relação aos presentes, uma das coisas que faço, há vários anos, é bolachinhas para oferecer. Coloco-as em sacos ou caixas bonitas e o resultado, é um presente especial. Principalmente, porque, na maioria das vezes, não se encontram à venda em lado nenhum.

terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Salada de coelho com quinoa, frutos secos e dióspiro


As saladas fazem parte de muitas refeições, cá em casa, seja Verão ou Inverno. Para além de serem muito práticas, permitem-nos uma grande liberdade. Ou seja, podemos misturar muitos ingredientes de modo a termos uma taça ou travessa muito colorida. A comida cheia de cor é muito mais apelativa e feliz!

No workshop Natal com Coelho, que decorreu, cá, em Lisboa, no passado dia 24 de Novembro, fiz um salada que surpreendeu pela conjugação de ingredientes. Fica muito fresca, crocante e pode ser uma excelente maneira de iniciarmos uma refeição de festa. Já experimentaram usar a carne de coelho em saladas?

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Creme de tapioca com laranja e hortelã


Contam-se os dias, para a chegada do Natal, uma época que adoro. Os presentes, aos poucos e poucos, começam-se a acumular debaixo da árvore de Natal, à espera do dia em que se junta a família e se celebra a partilha e o amor pelos que nos estão mais próximos.

Reunir a família, nestes dias festivos, passa por fazê-lo à volta da mesa. E se a tradição pede o bacalhau ou o polvo, o peru ou o cabrito, as filhoses e o arroz-doce, a verdade, é que gosto sempre de colocar coisas novas na mesa de Natal. Por isso, quando a Tipiak me desafiou a preparar uma receita com a sua tapioca Express, pensei logo numa sobremesa. Uma sobremesa com os sabores do Natal. E o resultado foi simplesmente delicioso! Têm que experimentar.

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Perna de peru recheada com alheira


Tenho partilhado no Instagram do Cinco Quartos de Laranja, algumas dicas que vos podem ajudar a preparar o Natal. Estas dicas são para que possam usufruir, de forma tranquila, desta quadra festiva e que consigam ter tempo para se dedicarem ao que mais importa, que são aqueles de quem mais gostamos, em vez, de andarmos preocupados com os presentes ou com o que colocar na mesa de Natal.

Os dias de festa pedem, sempre, pratos especiais, feitos de forma a podermos partilhar com a família mas que não nos roubem muito tempo. Para mim, os pratos de forno são perfeitos para estas ocasiões. Como sabemos, nesta altura do ano, o peru faz parte de muitos menus. Mas nem toda a gente gosta de servir esta ave assada, inteira. Uma das alternativas é, por exemplo, servir as pernas assadas ou então assá-las recheadas.

Confesso que gosto de servir a perna de peru recheada. A carne fica suculenta e o recheio é sempre um acréscimo de sabor. Perna de peru recheada com alheira é a receita que partilho, hoje, convosco. Espero que seja uma ajuda a quem anda a preparar o Natal.

Vamos preparar o Natal?

quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

Massinha de camarão com sabores do mar


Os pratos simples, práticos e cheios de sabor, são tantas vezes os preferidos, cá em casa. Pratos que reconfortam e que se preparam, num abrir e fechar de olhos. Confesso que para o dia-a-dia é o que procuro fazer.

Quando a Parmalat me desafiou a preparar uma receita com a sua nova nata com sabores do mar, lembrei-me de uma receita que, não faço há anos, e que quando andava na faculdade, adorava. Na altura aprendi a fazer um arroz de lulas com tomate e natas. Simples e muito prático. Ficava um prato tão guloso.

Inspirada por essas minhas memórias, decidi fazer, um destes dias, para o almoço uma massinha com tomate, camarão e a que juntei a nata com sabores do mar Parmalat. Gosto de fazer pratos em que, depois de chegarem à mesa, rapidamente se vê o fundo ao tacho, como foi o caso deste!

terça-feira, 4 de dezembro de 2018

A minha nova horta com aromáticas


Adoro usar ervas aromáticas nos meus pratos. Quando vivia numa casa com quintal, era fácil ter ervas frescas sempre prontas a usar. O cheiro e o sabor das ervas acabadas de colher é fabuloso. Dão vida e sabor aos nossos pratos.

Desde que me mudei para um apartamento, sem varanda, confesso que passei a ter mais dificuldade em cultivar as minhas ervas aromáticas. No início, ainda tentei, mas acabei por desistir. Passei a comprar as aromáticas em molhinhos nos mercados e nos supermercados. Procurei também maneiras de as conservar, frescas, durante mais tempo, porque me custa comprar as ervas e, passados uns dias, ver que começam a murchar e a ficar sem graça. Também cheguei a adquiri-las em pequenos vasos. Quando as compro estão viçosas, mas quando as coloco na janela da cozinha para ir usando, a verdade, é que também não se aguentam durante muito tempo, com uma ou outra excepção. Também vos acontece o mesmo?

O ideal para mim, seria poder cultivar as ervas aromáticas, em casa, e ir usando-as frescas, ao meu critério. Mas a minha casa não tem condições de luz que permitam tê-las como eu gostaria. Nunca se desenvolvem como era suposto, por isso, deixei de tentar cultivá-las, da forma tradicional.

Quando queremos muito uma coisa, acabamos por andar à procura de soluções. Questionei-me muitas vezes sobre como é que poderia ter uma pequena horta, na minha casa. E um destes dias, a conversar com um amigo, eis que me surge a solução, as hortas urbanas Véritable.


São hortas inteligentes que nos permitem cultivar as nossas ervas aromáticas, flores comestíveis - como amores perfeitos ou flores de curgete, e legumes baby. Nem imaginam o meu entusiasmo, assim que vi uma.

Estas hortas têm um sistema de leds que se ajustam de forma automática. Ou seja, conseguem perceber as necessidades de luz das nossas plantas e fazer um ajuste de forma automática. Por isso, agora podemos ter uma horta em casa, mesmo que as condições de luz da nossa casa não sejam perfeitas. Isto é maravilhoso!

Para além da luz, as nossas plantas precisam de água. A Véritable tem um reservatório com capacidade para dois litros de água, o que dá para, aproximadamente, uma semana. Podemos ter quatro variedades de aromáticas, ao mesmo tempo, na nossa horta. As variedades são adquiridas em lingotes que vêm com a terra e as respectivas sementes. São recargas naturais prontas a usar, em que as sementes são biológicas, sem pesticidas. Para além disso, são também biodegradáveis. Muito prático, como podem ver:



Depois de colocadas as lingotes na Véritable, é esperar que a magia da vida aconteça. A variedade de sementes disponível é grande. Podemos escolher ter na nossa horta, nas ervas aromáticas, aquelas que usamos com mais frequência como a salsa, os coentros, a hortelã, o cebolinho, o manjericão ou o tomilho. Ou então, podemos optar por experimentar e semear o manjericão anão, o manjericão limão ou até o manjericão canela. Variedades de que nunca tinha ouvido falar e que me deixaram curiosa

E o mesmo acontece nos vegetais. Temos disponíveis lingotes com uma variedade de sementes de plantas que conhecemos como a beterraba, a alface, a mizuna, o agrião e outras, menos usuais, como a sanguisorba e as mostardas verde e vermelha. Nos mini legumes podemos optar pelo tomate cereja, pelos mini pimentos ou pelas malaguetas.

Podem adquirir estas hortas, online, na Cook & LifeStyle. Estão também disponíveis na Worten Marketplace e na Lisbon Cooking Academy. Para quem gosta de cozinhar e quer ter ervas aromáticas, este pode ser um excelente presente de Natal.

Agora já tenho a minha horta de ervas aromáticas!

segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

Workshops Natal com Parmalat, em Lisboa


No sábado, dia 15 de Dezembro de 2018, vamos ter dois workshops com o tema Natal com Parmalat, que irão decorrer em Lisboa, no Lisbon Cooking Academy. O primeiro workshop terá lugar de manhã, das 10h30 às 13h30, e o segundo realizar-se-á à tarde, das 15h30 às 18h30.

Iremos preparar receitas alusivas à quadra festiva que se aproxima, em que cada uma delas terá como ingrediente um produto Parmalat. Vamos preparar um menu a pensar nos dias de festa. Com entradas, pratos principais e sobremesas. Vamos confeccionar cerca de seis receitas que, por certo, irão surpreender. As receitas serão iguais em ambos os workshops.

Aproveitem esta oportunidade. Serão workshops muito especiais, onde para além das receitas, terão também a possibilidade de aprender algumas dicas que vos irão ajudar a preparar as refeições para os dias de festa que se avizinham. No final, degustaremos todos os pratos confeccionados.

A Parmalat vai oferecer convites duplos aos leitores do Cinco Quartos de Laranja para ambos os workshops. O convite está feito. Quem quiser viver esta experiência à volta da mesa, basta:

- Levar consigo um exemplar do meu livro O Livro de Petiscos da Isabel;

- Inscrever-se através do preenchimento do formulário a seguir apresentado, até às 24h do dia 11 de Dezembro de 2018.

Serão seleccionados aleatoriamente 9 convites duplos por workshop. Os contemplados serão contactados, a partir do dia 12 de Dezembro de 2018. Cada convite é válido para duas pessoas.

Sábado, dia 15 de Dezembro, venham cozinhar com Parmalat. Inscrevam-se!