segunda-feira, 14 de junho de 2021

Menu semanal #65

 Os dias de calor pedem refeições mais práticas e, por isso,  esta semana pensei num menu com receitas leves e frescas. Encontram muitas sugestões de saladas e até sardinhas assadas no forno. Espero que gostem e que este menu vos inspire a cozinhar receitas felizes para a família. Boa semana!


Ver também menu semanal #64.

quarta-feira, 9 de junho de 2021

Bolinhas energéticas com tâmaras

As bolinhas energéticas continuam a fazer sucesso junto de quem faz uma alimentação equilibrada. São muito práticas e muito fáceis de fazer. Podemos, até, incluí-las nas pré-preparações para as refeições da semana.

As bolinhas energéticas podem ser um complemento aos pequenos-almoços, podem ser um delicioso snack ou, um miminho doce para servir com o café.

Existem diferentes tipos de bolinhas energéticas. As que costumo fazer têm, normalmente, uma base de tâmaras. As tâmaras são doces o suficiente para que não precise de acrescentar açúcar, mel ou outro adoçante. As tâmaras, para além de adoçarem, dão consistência às bolinhas. Caso, as vossas tâmaras estejam muito secas, coloquem-nas uns minutos em água quente.

As bolinhas energéticas são também conhecidas por trufas ou bolas proteícas. Apesar das diferenças, todas têm em comum, o facto de não serem cozinhadas e terem o mesmo formato, o de pequenas bolas.

Estas bolinhas podem até ser feitas com a ajuda dos mais pequenos. Acho que vão adorar!

Depois de feitas, devem ser conservadas no frigorífico. Espero que gostem!

terça-feira, 8 de junho de 2021

Workshop Cozinha Tailandesa


No domingo, 20 de Junho de 2021, vamos ter o workshop Cozinha Tailandesa, que irá decorrer em Lisboa, no Lisbon Cooking Academy. Terá lugar de manhã, das 10h00 às 13h00.

Iremos preparar 6 receitas tradicionais tailandesas, para partilharem com toda a família, usando produtos típicos da cozinha tailandesa. Aproveitem esta deliciosa oportunidade. Será um workshop muito especial e único. No final, degustaremos tudo o que foi confeccionado.

A Embaixada da Tailândia vai oferecer convites duplos aos leitores do Cinco Quartos de Laranja para o workshop. O convite está feito. Quem quiser participar e viver esta experiência, deverá:

- Levar consigo um exemplar do meu livro O Livro de Petiscos da Isabel;

- Inscrever-se através do preenchimento do formulário a seguir apresentado, até às 24h do dia 15 de Junho de 2021.

Serão seleccionados aleatoriamente 5 convites duplos para o workshop. Os contemplados serão contactados, a partir do dia 16 de Janeiro de 2021. Cada convite é válido para duas pessoas.

Domingo, dia 20 de Junho, vamos viajar pelos sabores da Tailândia? Inscrevam-se! Vai ser uma viagem cheia de sabor!


segunda-feira, 7 de junho de 2021

Menu semanal #64

Quando planeamos e organizamos as refeições da semana, estamos também a escolher fazer uma alimentação mais equilibrada e saudável. No menu desta semana, encontram muitas sugestões para partilharem com a família, nestes dias bonitos de sol que fazem lembrar o Verão. Espero que gostem!


Ver também menu semanal #63.

quarta-feira, 2 de junho de 2021

Mexilhões com molho de tomate e manjericão

Os dias de calor começam a pedir petiscos, comidas mais leves, que nos façam sonhar e viajar. Assim que recebi a revista Continente Magazine de Junho de 2021, decidi que a primeira receita a experimentar seria a de uns apetitosos mexilhões com molho de tomate e manjericão. A receita resultou tão bem! O sabor do manjericão com o mexilhão, surpreendeu e, toda a gente adorou, cá em casa.

Os sabores do mar combinam com os dias quentes a lembrar o Verão. Os petiscos convidam a juntar a família, à volta da mesa, por isso, deixo-vos, hoje, esta receita. Quem vai experimentar?

segunda-feira, 31 de maio de 2021

Menu semanal #63

Tudo o que nos facilite a vida é muito bem-vindo. Se conseguirmos planear e organizar as refeições da semana, vamos ter, por certo, a vida facilitada. Iremos também reduzir as situações de stress, quando chega o momento de colocarmos as refeições para a família, na mesa.

Para vos ajudar, deixo-vos, mais um menu, com sugestões práticas. Espero que gostem!


Ver também menu semanal #62.

sexta-feira, 28 de maio de 2021

10 receitas com ovo para o pequeno-almoço

Os ovos são estrelas VIP na mesa dos pequenos-almoços. São uma excelente fonte de proteína, são baratos e muito versáteis. Podemos fazer ovos cozidos, fritos, escalfados. Podemos fazer omeletes. Podemos fazer ovos no forno.

Os ovos vão bem com tudo, desde o pão aos legumes!

Para vos inspirar a colocar ovos na mesa do pequeno-almoço, deixo-vos as seguintes dez sugestões.

10 receitas com ovo para o pequeno-almoço

quinta-feira, 27 de maio de 2021

Borrego guisado com tomate e batatas

Os pratos de borrego são sempre bem-vindos cá em casa, talvez porque sempre foram muito apreciados em casa dos meus pais.

Carne de borrego assada no forno ou estufada, resulta sempre muito bem. No Verão, adoramos borrego grelhado, principalmente as costeletas. É tão bom!

Mas antes de inaugurarmos aqui no blogue a época dos grelhados, deixo-vos um delicioso borrego guisado com tomate e batatas. Um prato tão simples mas tão bom!

quarta-feira, 26 de maio de 2021

Barra de iogurte congelado com morangos

Os dias quentes começam a pedir snacks frescos e deliciosos. Uma das coisas que adoro ter no congelador, nesta altura do ano, é barras de iogurte congelado. Quando está muito calor, lá dou por mim, a abrir o congelador e a tirar um pedaço de iogurte congelado. Sabe tão bem! Parece gelado e é tão fácil de fazer!

Para estas barras, recomendo que usem iogurte grego, tem menos água, o que para congelar é um pormenor importante. Podem optar por iogurte grego já açúcarado ou podem usar iogurte natural e adoçar ao vosso gosto, com mel ou outro adoçante que costumem usar.

Para os toppings, gosto de usar fruta fresca, como morangos e mirtilos. Gosto também de juntar pepitas de chocolate. Depois de congelado, fica tão bom!

Esta é daquelas receitas que até podem fazer com os mais pequenos. Vão adorar!

terça-feira, 25 de maio de 2021

Granola na frigideira

Em Directo da Minha Cozinha é uma rubrica que tem lugar aos domingos de manhã no Instagram do Cinco Quartos de Laranja. Estes directos ficam gravados na IGTV, caso queiram consultar.

Os temas que trabalho nestes directos são escolhidos pela comunidade de leitores do blogue, através de votação, também no Instagram.

Ao longo das várias semanas, os temas foram variando, desde papas de aveia no tacho, papas de aveia no forno, papas de aveia frias, como fazer pudim de chia, tostas de batata-doce, como fazer panquecas, como fazer noodles de legumes, wraps, wraps da moda, receitas com morangos, quesadillas e, uma receita muito pedida, foi a da granola na frigideira. Para além de ter feito no directo, deixo-vos a receita escrita. Cá em casa, esta granola faz sempre, muito sucesso!

segunda-feira, 24 de maio de 2021

Menu semanal #62

A organização é um dos segredos do sucesso de quem faz pré-preparações para as refeições da semana. E para vos ajudar a pensar e a escolher que receitas preparar, deixo-vos mais um menu. Espero que gostem das sugestões!


Ver também menu semanal #61.

sexta-feira, 21 de maio de 2021

10 sopas para as pré-preparações das refeições da semana

Na passada quarta-feira, no âmbito da iniciativa SOS Cozinha houve directo, no Instagram do Cinco Quartos de Laranja sobre como organizar e planear as refeições da semana, onde partilhei a minha experiência e algumas dicas para quem quer começar a adoptar esta técnica em casa.

As leituras fazem parte dos meus dias e procuro sempre aprender mais. Comecei a ler o livro Eu Decido Cozinhar para Toda a Semana de Sandra Thomann. Fica a sugestão para quem queira saber mais sobre este tema. É um livro com dicas, menus, listas de compras e muitas receitas.

Para vos inspirar e ajudar a preparar as refeições da semana deixo-vos 10 receitas de sopas. A sopa é uma das preparações que procuro fazer todas as semanas.

quinta-feira, 20 de maio de 2021

Tábua para um brunch de domingo

O brunch é um conceito que junta o pequeno-almoço e o almoço na mesma refeição e é, normalmente, servido no final da manhã ou no início da tarde. Por ser muito prático, torna-se uma excelente sugestão para quando queremos fazer uma refeição, em família, aos domingos.

Os domingos são dias em que, normalmente, abrandamos o ritmo, em que a família muitas vezes acorda tarde, em que nem sempre temos disponibilidade emocional para ir para a cozinha. Nestes dias, fazer uma tábua para um brunch pode ser uma excelente ideia, pois podemos juntar preparações que combinam com um almoço leve e ao mesmo tempo com um pequeno-almoço prático, mas sem perder a sofisticação.

A sugestão que partilho convosco exige poucas preparações. Basta fazerem panquecas e cozerem ovos, que podem até preparar de véspera, se preferirem. Depois vejam o que têm no frigorífico e despensa. Arranjem uma tábua com o formato e o tamanho que gostarem e que permita colocar variedade de ingredientes de modo a criar a ideia de fartura. Coloquem os ingredientes na tábua de forma apelativa e levem para a mesa. A família vai adorar!

terça-feira, 18 de maio de 2021

Couve-flor gratinada

Como podemos evitar o desperdício de comida, diariamente, nas nossas casas? - esta é uma questão que tantas vezes fazemos.

Aqui no blogue e no Instagram do Cinco Quartos de Laranja tenho partilhado várias ideias e dicas sobre como podemos rentabilizar as nossas compras e, principalmente, a nossa comida de maneira a reduzirmos o desperdício nas nossas cozinhas.

Para evitar o desperdício, há que dar destino às sobras. Deixo-vos, hoje, uma receita para aproveitarem sobras de couve-flor cozida. Espero que gostem. Fica tão bom!

Massa com camarão e molho cremoso de tomate

« Durante muito tempo o homem poder-se-ia ter contentado em alimentar-se de papas e massas cozidas, mas, diz o ditado italiano, como era inteligente, o homem, inventou o pão, e para além disso, como era um artista, criou o macarrão », diz-nos Alain Ducasse, no seu livro De A a Z Um Dicionário Amoroso da Cozinha Francesa.

Adoro pratos de massa. Adoro o conforto que me trazem. Adoro a felicidade que me fazem sentir.

Numa ida ao supermercado encontramos uma enorme variedade de massas secas, que podemos usar em receitas rápidas ou mais elaboradas, dependendo da nossa disponibilidade. Cá em casa, os pratos de massa são sempre sedutores e muito bem recebidos, assim, que chegam à mesa. Partilho, hoje, convosco uma deliciosa receita de massa para confeccionarem para a família. Fica tão bom!

segunda-feira, 17 de maio de 2021

Menu semanal #61

Planear e preparar as refeições da semana, ajuda-nos a poupar tempo, a rentabilizar a nossa comida, a evitar o desperdício e a comer de forma mais equilibrada. São muitas as vantagens e basta apenas um pouco de organização!

Não queiram fazer tudo num dia! Por exemplo, às quintas-feiras façam as vossas listas de compras, definindo, previamente o que irão cozinhar. Antes de irem às compras, vejam o que têm na despensa, congelador e frigorífico, pois podem ter já alguns dos ingredientes e, por isso, não ser necessário comprar. Na sexta-feira, fazem as compras. No sábado, fazem algumas pré-preparações, como lavar e cortar legumes. No domingo, reservam duas horas e, cozinham para a semana.

Para vos ajudar a preparar as refeições da semana, deixo-vos mais um menu cheio de receitas práticas e deliciosas. Espero que gostem!


Ver também menu semanal #60.

sexta-feira, 14 de maio de 2021

Sandes de fiambre de frango com abacate e ovo estrelado

Os dias bonitos convidam a refeições mais leves e frescas, começando até pelo pequeno-almoço. Sabem que adoro variar os meus pequenos-almoços e tento começar o dia com comida colorida e nutritiva.

Um dos ingredientes que gosto de ter, cá em casa, para os meus pequenos-almoços ou, lanches, é o fiambre de aves, nomeadamente de peru ou de frango da Izidoro, uma marca 100% portuguesa. O fiambre de peito de frango encontra-se, agora, à venda com menos 25% de teor de sal.

Os fiambres de peito de peru e de frango da Izidoro são feitos apenas com carne do peito destas aves. E são fumados de forma natural, com o fumo da lenha, factores que tornam estes fiambres mais saborosos.

Os pequenos-almoços não têm que ser complicados. Tudo aquilo que nos facilite a vida é muito bem-vindo. Para estes dias de regresso às rotinas, com as crianças na escola, deixo-vos uma deliciosa sugestão para a primeira refeição do dia. Podem, também, cofeccionar esta sandes para os pequenos-almoços de domingo, para toda a família. Gostam da sugestão?

quinta-feira, 13 de maio de 2021

Salmão com tomate cereja no forno

No final do mês passado, participei num workshop a convite do Alaska Seafood, onde trabalhámos o bacalhau fresco e o salmão selvagem. Foi uma experiência que adorei.

Se o bacalhau era maravilhoso, o salmão superou as expectativas. Um produto de excelência.

O salmão selvagem tem uma cor diferente do de aquacultura e, a carne é mais firme e menos gorda. Para partilhar com a família, decidi preparar, cá em casa, salmão selvagem para um delicioso almoço. Soube tão bem!

quarta-feira, 12 de maio de 2021

Pasta ou manteiga de coco

O que é pasta ou manteiga de coco?

É uma pasta feita com coco ralado e que podemos usar para barrar no pão, para juntar a uma sobremesa, a batidos ou para servir com as papas de aveia ou com iogurte e granola ao pequeno-almoço. Fica muito saborosa.

Esta pasta encontra-se à venda nos supermercados, normalmente ao lado das manteigas de frutos secos, como a de amendoim ou a de amêndoa. Mas podemos também fazê-la em casa. O processo é idêntico ao das pastas de frutos secos e o segredo é termos um bom processador.

A pasta ou manteiga de coco pode ser guardada à temperatura ambiente, no entanto, irá solidificar. Caso queiram que fique líquida, basta aquecer ligeiramente no microondas. Se for necessário juntem um pouco de óleo de coco. Também poderá separar-se em duas camadas, uma de coco e outra de óleo, que tende a subir. Se isto acontecer, é só misturar bem.

Vamos fazer manteiga de coco?

terça-feira, 11 de maio de 2021

Granola de coco com amêndoa e nozes

A granola é dos ingredientes que gosto de ter, cá em casa, principalmente para os pequenos-almoços ou lanches.

Costumo fazer e, depois, guardo num frasco e vamos usando. Pode ser consumida com iogurte e frutas frescas, podemos juntá-la a uma banana ou a uma maçã com manteiga de amendoim ou outra pasta de frutos secos. Podemos servi-la com os pudins de chia ou até usá-la para polvilhar uma salada. Adoro granola!

A última que fiz, cá em casa, foi de coco com amêndoa e nozes. Deixo-vos, hoje, a receita. Espero que gostem.

segunda-feira, 10 de maio de 2021

Menu semanal #60

Para vos ajudar a organizar e a preparar as refeições da semana, deixo-vos, hoje, mais um menu, cheio de sugestões práticas para toda a família.


Ver também menu semanal #59.

sexta-feira, 7 de maio de 2021

Arroz de polvo

Aos poucos, tentamos voltar às nossas rotinas, os dias bonitos de Primavera têm ajudado. Este mês de Maio, se tudo correr bem, regresso aos workshops no Porto. Já se inscreveram? Vai ser tão bom podermos estar juntos novamente!

Voltei, também a a dinamizar os directos na minha cozinha através do Instagram do Cinco Quartos de Laranja. Para quem quer acompanhar, lembro que os directos são aos Domingos, às 10h da manhã e, os temas vão variando. Nestes directos, cozinho convosco. Depois, às quartas-feiras, temos SOS Cozinha - Maratona de directos com temas relacionados com cozinha e alimentação. Tomem nota:

- 5 de Maio, às 21h30 - Utensílios básicos de cozinha;
- 12 de Maio, as 21h30 - Conservação dos alimentos no frigorífico;
- 19 de Maio, às 21h30 - Planear e organizar as refeiçoes da semana;
- 26 de Maio, às 21h30 - Isabel, help! - Que facas escolher?

Nas minhas pré-preparações, faço, por vezes, polvo cozido. Quando cozo o polvo, guardo o caldo e congelo em caixas separadas. Um destes dias, para dar destino ao polvo cozido e ao seu caldo, decidi fazer este delicioso arroz. Espero que gostem!

quinta-feira, 6 de maio de 2021

Lombinho de porco enrolado com bacon no forno

Vamos variar a nossa alimentação?

Este, é um dos meus lemas, não comer sempre a mesma coisa, nem da mesma forma. Comer é um prazer e fazermos sempre os mesmos pratos ou confecionarmos determinado ingrediente, da mesma maneira, não se torna assim tão interessante para quem gosta de fazer uma alimentação equilibrada.

No dia-a-dia, procuro ter sempre sopa feita e vou intercalando pratos de peixe, com pratos de carne e com uma ou outra receita vegetariana ou de aproveitamentos.

Para irmos variando o modo como preparo os pratos de carne, um destes dias, decidi fazer lombinho de porco enrolado com bacon no forno. Resultou tão bem! Pode até ser uma opção para recebemos visitas em casa ou queremos impressionar a família. Espero que gostem!

quarta-feira, 5 de maio de 2021

Wraps de salmão com espinafres

Há alturas em que temos tempo e disposição para estar na cozinha e, nesses momentos, procuramos fazer pratos elaborados, com vários ingredientes e técnicas mais complexas. Mas quando não temos tempo ou disposição, a situação muda.

Como podemos preparar uma refeição rápida ou uma entrada deliciosa para servir num dia de festa com amigos, sem que percamos muito tempo na cozinha? Para estes dias, deixo-vos uma sugestão muito prática e cheia de sabor, wraps de salmão com espinafres.

terça-feira, 4 de maio de 2021

Omelete crocante com queijo e sementes

Variar os pequenos-almoços é uma alegria. É daquelas coisas que nos ajudam a começar o dia de forma feliz, com mais energia.

Durante anos, os meus pequenos-almoços foram sempre a mesma coisa. Pão com queijo ou queijo e fiambre, torradas e leite com chocolate ou com cevada. Era uma maneira reconfortante de começar o dia. Ao acordar, já sabia o que ia comer. Era sempre, mais ou menos, a mesma coisa.

Mas desde que mudei a minha alimentação que variar os pequenos-almoços quase que se tornou um estilo de vida. E se no início pode parecer estranho, agora, variar é a normalidade.

Cá em casa, adoramos ovos ao pequeno-almoço. São muito práticos até para fazermos refeições rápidas. A sugestão de hoje, para vos ajudar a variar os pequenos-almoços, é uma omelete crocante com queijo e sementes. Gostam da sugestão?

segunda-feira, 3 de maio de 2021

Menu semanal #59

Planearmos as refeições da semana, é uma forma de nos organizarmos e que nos possibilita poupar tempo no momento de cozinhar. Ajuda-nos também a rentabilizar a nossa comida.

Para vos ajudar a pensar e a escolher o que preparar para as refeições da semana, deixo-vos mais uma sugestão de menu. Para sobremesa, esta semana, escolhi fruta. Espero que gostem!


Ver também menu semanal #58.

sexta-feira, 30 de abril de 2021

Torradas com abacate e ovo mexido

Adoro fazer listas. Listas das tarefas domésticas da semana, listas de afazeres relacionados com a gestão da casa e do meu trabalho, listas para as compras no supermercado, listas de livros a comprar, listas de livros a ler, lista das pré-preparações das refeições da semana, lista de presentes de Natal, lista das roupas a levar para férias, entre outras listas de tarefas ou de actividades que quero realizar! As listas facilitam a nossa vida, libertam-nos de algumas preocupações e ajudan-nos a organizar o tempo. O nosso tempo.

Podemos fazer as listas na agenda, em papel ou, de forma virtual. Confesso que adoro o papel. Uso muito a minha agenda para fazer as listas e, caso passem, cá por casa, de certeza que vão encontrar post-its colocados, junto ao teclado do computador, por exemplo!

Dominique Loreau refere no seu livro A Arte das Listas que: « As listas são um suporte indispensável para organizar as tarefas do quotidiano e constituem também um dos meios mais acessíveis, mais divertidos e mais eficazes para se libertar interiormente. »

E para quem cozinha e realiza algumas das refeições em casa, não se esqueçam de incluir os pequenos-almoços nas vossas listas. Pensem como podem variar a primeira refeição do dia, façam uma lista de ingredientes e, depois da ida às compras, planeiem os vossos pequenos-almoços de forma nutritiva e feliz. Variar o que comemos logo de manhã, dá-nos uma energia renovada para começar o dia.

Cá em casa, gosto de ter ovos, pão, iogurte, aveia, frutas e abacate. Adoro abacate ao pequeno-almoço! E para quem quer variar o que come ao pequeno-almoço, deixo-vos, hoje, uma deliciosa sugestão.

quinta-feira, 29 de abril de 2021

Lombinho de porco recheado com farinheira

Há rotinas que mantenho na Primavera. Uma dessas rotinas, é destralhar a casa. Este processo é muito difícil, para mim que tenho apego às coisas e, acho sempre que me podem vir a fazer falta. Mas quando começamos a equacionar a falta de espaço, quando percebemos que temos as gavetas demasiado cheias, é mais do que tempo de rever o que temos e de avaliar se efectivamente precisamos de tanta coisa.

Na Primavera, cá em casa, tentamos destralhar, desde o closet, passando pelas estantes de livros e revistas, e finalizamos na cozinha. O meu critério é, dar destino a roupas e sapatos que estejam gastos, revistas de cozinha com mais de 10 anos, livros que já li e que não são referências. Na cozinha, pratos lascados, chávenas com rachas, utensílios estragados, caixas sem tampas. Assim, pouco a pouco, consigo trabalhar a arte do desapego e arrumar a casa, libertando espaço.

A Primavera traz-nos a vontade de mudar. E fazermos este processo de renovação da nossa casa, no final, é mesmo muito gratificante.

Enquanto se destralha a casa, na cozinha continuamos a fazer pratos a pensar nas refeições, em família. Um destes dias, para um almoço feliz, preparei um lombinho de porco recheado com farinheira. Fica tão bom!

quarta-feira, 28 de abril de 2021

Wraps de presunto com rúcula e queijo creme


Aos poucos, vamos tentando que as nossas vidas voltem à normalidade. Os próximos workshops, no Porto, já estão agendados. Marquem na agenda o dia 22 de Maio de 2021. Desejosa de voltar à vossa companhia. Podem até ser um excelente presente para o Dia da Mãe.

Relembro que aos domingos de manhã, às 10h, temos um directo, no Instagram do Cinco Quartos de Laranja, feito a partir da minha cozinha, onde preparo receitas muito práticas para o dia-a-dia. No próximo domingo, vamos fazer noodles de legumes. Têm acompanhado?

Num destes directos, fiz receitas com wraps. Uma dessas receitas, partilho-a, hoje, convosco. Esta é daquelas sugestões perfeitas para fazer e levar para o trabalho, para um passeio ou, até para preparar em família, num dia em que queiram fazer uma refeição rápida e descomplicada. Espero que gostem.

terça-feira, 27 de abril de 2021

Risotto de cogumelos com espinafres

Há pratos que me ajudam a viajar pelos sabores da memória. Sempre que preparo um risotto, lembro-me de Itália.

Estive em Itália três vezes, duas em trabalho e, uma de férias, com o meu marido e um casal amigo. De todas elas, a comida fez parte da minha agenda.

A minha primeira cidade italiana foi Bolonha. Antes de ir, fiz um roteiro das gelatarias que queria visitar, dos mercados e das lojas de comida. Todos os dias, provei pratos diferentes e experimentei sabores de gelados novos. Para quem gosta de comida, Itália é uma inspiração.

O melhor risotto que tive a possibilidade de comer foi num restaurante em Burano. Mas lembro-me de um outro, pela combinação menos usual de ingredientes, feito com mascarpone e meloa cantaloupe.

Fazermos, em casa, pratos que nos ajudam a viajar é sempre muito gratificante. Para viajarem comigo, deixo-vos, hoje, um delicioso risotto de cogumelos e espinafres. Espero que gostem!

segunda-feira, 26 de abril de 2021

Menu semanal #58

Pensar as refeições da semana exige tempo, disponibilidade e imaginação. Para vos ajudar, deixo-vos mais um menu cheio de sugestões práticas. Espero que gostem!


Ver também menu semanal #57.

sexta-feira, 23 de abril de 2021

Como organizar o frigorífico? - 10 dicas

Quem é que ao guardar as compras de frescos, já pensou: - tenho que arrumar o frigorífico! Quem é que já descobriu uma caixa com sopa estragada, que estava atrás da caixa de cenouras e tinha por cima a caixa dos queijos? Quem é que já procurou um determinado ingrediente, que sabiam que estava no frigorífico, e teve imensa dificuladade em o encontrar? Acho que, de uma maneira geral, estas situações já nos aconteceram a todos. Então, por que não pensar em organizar o frigorífico como pensamos em arrumar a casa?

Armazenarmos a comida no frigorífico de forma eficiente é uma excelente estratégia para reduzirmos o desperdício alimentar e assim rentabilizarmos o que compramos. Já nos aconteceu a todos termos que deitar fora embalagens de comida que ficaram esquecidas ou até mesmo ingredientes frescos que se estragaram porque não os vimos ou não os consumimos no tempo devido. De modo a reduzir o desperdício e para uma gestão mais eficaz das nossas compras, é importante revermos o modo como acondicionamos a comida no frigorífico. Um frigorífico organizado também nos facilita a vida na cozinha no dia-a-dia.

Depois de retirarem tudo do frigorífico e de o lavarem, assim como as respectivas prateleiras e gavetas, está pronto a ser organizado. Vamos a isso?

Como organizar o frigorífico? - 10 dicas:
  1. A temperatura do frigorífico deverá rondar os 4ºC, isto é suficientemente frio para que a comida não se estrague e para evitar que as bactérias se desenvolvam. Mas não demasiado frio que os items que tivermos no frigorífico congelem!

  2. Não armazenar a comida quente. É importante arrefecer rapidamente a comida e só depois então colocar no frigorífico. A comida quente irá alterar a temperatura do frigorífico.

  3. Separar a comida cozinhada de ingredientes crus, principalmente peixe ou carne, para evitar contaminações cruzadas. Coloquem o que estiver a descongelar dentro de um recipiente para conter os líquidos que resultem do processo de descongelação.

  4. Organizar a comida no lugar certo do frigorífico ajuda a manter a frescura. As recomendações são para que se coloque na prateleira superior comida que não precisa de ser cozinhada - sobras, as ervas aromáticas dentro de copos com água e tapadas com um saco, as cenoura em água, etc., na prateleira do meio ingredientes como o leite e os ovos, na última prateleira peixe e carne por cozinhar ou a descongelar. Nas gavetas, numa colocar os vegetais e na outra as frutas. Na porta, podem ficar os alimentos resistentes às variações de temperatura inerentes à abertura e fecho do frigorífico. Aqui podem colocar a água, os sumos, os molhos ou outros condimentos, por exemplo. Mais do que saberem o que colocar em cada prateleira, o que realmente importa é terem prateleiras reservadas para categorias de produtos. Facilita imenso em termos de organização.

  5. Não encher demasiado as prateleiras, é crucial que o ar circule, para ajudar a manter a temperatura constante do frigorífico.

  6. Colocar, de preferência, sempre tudo tapado no frigorífico. « Os alimentos que não estão devidamente guardados ou envolvidos secam, ganham e propagam bactérias e transmitem e absorvem odores para e dos restantes alimentos. »

  7. Podem usar caixas transparentes ou produtos organizadores para arrumarem o frigorífico. Caixas onde colocam os iogurtes, ou os queijos por abrir ou os produtos de charcutaria, por exemplo. Até podem escrever na caixa, usando uma caneta própria, por exemplo, "queijos", para ser mais fácil a identificação e assim, a família também saber onde estão alguns items e, ao servirem-se, não os mudarem de sítio.

  8. Guardar a comida em caixas ou recipientes em que seja possível ver o seu conteúdo. Se ajudar, coloquem etiquetas com a indicação do que contêm. Deste modo, assim que abrirem o frigorífico conseguem ter noção do que têm e do que terá que ser consumido mais ou menos rapidamente. Identificar o que cada recipiente contem ajuda a que não caia no esquecimento.

  9. Colocar uma folha de papel abosrvente, de cozinha, dentro dos recipientes pois ajuda a absorver a humidade das frutas e dos legumes guardados, prolongando assim a sua conservação. Outra estratégia para prolongar a vida das frutas e dos legumes, dentro do frigorífico, é usarem caixas indicadas para esse efeito que permitem ajustar o fluxo de ar.

  10. Fazer uma inspecção semanal ao frigorífico. Ver o que tem que ser consumido com maior brevidade, e dar destino às sobras de legumes ou de outros ingredientes que precisem ou que estejam a terminar o prazo de validade.

Com estas dicas, agora arrumar o frigorífico de modo reduzirmos o desperdício alimentar tornou-se mais fácil. Concordam?

quinta-feira, 22 de abril de 2021

Wraps de ovo com fiambre e abacate

Os wraps são uma excelente alternativa às sandes. São muito versáteis, práticos, aguentam mais recheio e podem ser servidos ao pequeno-almoço, como refeição, aos lanches ou, até, para petiscar num dia de festa.

Agora que os dias estão mais amenos, começa também a apetecer comidas mais leves e frescas e os wraps podem ser uma excelente opção para esta altura do ano.

Antes de enrolarem as tortilhas, podem aquecê-las cerca de 10 a 15 segundos no microondas para que fiquem mais maleáveis. É importante não encherem demasiado os wraps para que os consigam enrolar com ligeireza. Lembrem-se que 1/3 do wrap pode ser de recheio.

Ao servir devem cortar os wraps na diagonal. Há várias maneiras de enrolar um wrap, no passado Domingo, no directo que fiz no Instagram do Cinco Quartos de Laranja, mostrei-vos duas maneiras de o fazerem. Viram?

Para um pequeno-almoço ou, para uma refeição rápida, deixo-vos uns deliciosos wraps de ovo com fiambre e abacate. Espero que gostem!

quarta-feira, 21 de abril de 2021

Robalo assado no forno

Há receitas que faço e que volto a repetir. Uma dessas receitas, é peixe assado no forno que nos faz lembrar os grelhados de Verão.

Cá em casa, adoramos peixe grelhado. Durante anos vivemos numa casa que tinha um quintal. Um segundo-andar com quintal, curioso não é!? E, assim que os dias de Sol chegavam, havia grelhados de peixe, quase todos os fins-de-semana. Que saudades destes tempos!

Hoje em dia, não tendo a possibilidade de fazer grelhados no carvão, passei a assar o peixe no forno. Eu sei que não é a mesma coisa. Mas lembram-se daquele ditado popular que diz « quem não tem cão, caça com gato »? Nesta situação, é isso! Um peixe assado no forno, sem molho, apenas temperado e regado com um pouco de azeite. Um assado que nos faz lembrar os grelhados!

Os pratos de peixe são sempre bem-vindos. O peixe assado inteiro, desta forma no forno fica tão bom!

terça-feira, 20 de abril de 2021

Como fazer tostas de batata-doce?

Como fazer tostas de batata-doce?

É tão fácil. Basta cortar as batatas, levar ao forno e servir com os toppings que preferirem. A batata-doce é um ingrediente que procuro ter, quase sempre, em casa. Uso-a em diversas preparações. Como sabem, uma das coisas que valorizo é começar o dia com comida colorida, onde tento incluir legumes e, de vez em quando, uso as tostas de batata-doce.

Para as tostas, costumo optar pela batata de polpa laranja. Acho esta batata mais suculenta, cremosa e ligeiramente doce. É importante prestarem atenção às batatas que compram. Recomendo que escolham batatas grandes e que sejam uniformes, sem curvas, porque ao cortar irá fazer diferença.

As batatas para as tostas podem ser ou, não, descascadas. Costumo não descascar, mas isso fica ao vosso critério. Na minha opinião, a casca ajuda a suster a tosta. Ao usar a batata com a casca, é importante que as lavem, previamente, muito bem.

Para as tostas, costumo cortar as batatas em fatias, na longitudinal, de preferência, mais ou menos, com a mesma espessura para que cozinhem ao mesmo tempo. Ao cortar as batatas podem usar uma mandolina mas, cá em casa, uso uma faca, bem afiada. Para servir como aperitivo ou, como entrada, costumo cortar as batatas às rodelas e usá-las em substituição das tostas de pão.

Há quem faça as tostas de batata-doce na torradeira. Eu prefiro fazer no forno. Mas caso queiram experimentar, posso dizer-vos que resulta. No entanto, terão que torrar as fatias de batata pelo menos duas a três vezes, para que fiquem no ponto.

As aparas que sobrarem das batatas podem ser usadas em sopas, salteados e, assim, nada se desperdiça.

As tostas de batata-doce costumam fazer parte das minhas pré-preparações das refeições da semana. Uso-as para os pequenos-almoços, lanches e, até para refeições rápidas. Adoro tostas de batata-doce. São muito versáteis e resultam numa forma diferente de servimos esta batata.

Deixo-vos quatro sugestões para fazerem tostas de batata-doce, em casa. Espero que gostem!

segunda-feira, 19 de abril de 2021

Menu semanal #57

Mais uma semana que comçea e para muitas famílias é também tempo de organizar as refeições da semana. Os dias amenos de Primavera convidam a pratos mais leves e coloridos. Espero que gostem das sugestões do menu desta semana.


Ver também menu semanal #56.

sexta-feira, 16 de abril de 2021

10 dicas para escolher e comprar peixe fresco

Quando se fala em comprar peixe fresco, muitas pessoas ficam receosas. Como saber se o peixe é mesmo fresco? E como se amanha? Perante tanta variedade, com formas e tamanhos diferentes, que espécies de peixe escolher?

Na verdade, são precisos, apenas, alguns conhecimentos e confiança para trazermos peixe, sem ser congelado, para casa. Quando comecei a comprar peixe fresco no mercado, para os almoços de domingo, no tempo em que tinha um quintal, lembro-me de ter pedido ajuda aos meus pais.

Para comprar peixe fresco, deixo-vos 10 dicas:
  1. Escolham uma peixaria, mercado ou supermercado. Caso não conheçam ou não queiram procurar, peçam referências aos amigos ou à família. Passem a fazer as compras regularmente nesse estabelecimento. Um espaço de confiança, faz a diferença.

  2. No momento da compra, peçam conselhos. Não tenham receio de perguntar. Com o tempo, serão os próprios vendedores também a aconselhar-vos. Por vezes, até partilham receitas sobre como devemos cozinhar determinado peixe.

  3. Trazer o peixe amanhado para casa é, sempre, muito prático e poupa-nos trabalho. Peçam para vos arranjarem o peixe. Também lhes podem pedir para o cortarem de acordo com as vossas preferências. Se é para cozer, para assar ou para fritar. Se querem em postas, mais ou menos, grossas, ou, em filetes. O corte deve ser adequado à preparação que irão fazer.

    Por exemplo, costumo comprar o salmão inteiro na peixaria e peço para o filetarem. Em casa, corto os filetes em tranches e congelo de acordo com o destino que lhes pretendo dar. A cabeça e a espinha cozo, retiro-lhe a carne e faço salmão à Brás ou, uso para juntar a legumes salteados ou, a uma tarte. Nada se desperdiça!

  4. Quando forem às compras, não se esqueçam de levar um saco térmico para colocarem o peixe e, assim minimizar as variações de temperatura. Quando chegarem a casa, devem acondicionar o peixe no frigorífico ou, no congelador. O peixe fresco, deve ser consumido, de preferência num intervalo de 24 horas.

  5. Caso, guardem o peixe no frigorífico, podem embrulhá-lo num pano húmido e colocar cubos de gelo, para que ajude a prolongar a frescura. Ao congelar, dividam o peixe em porções e, não se esqueçam, de etiquetar os sacos.

  6. Ao escolherem o peixe, tenham atenção à frescura. O peixe deve cheirar a maresia. Há quem diga que o cheiro do peixe fresco faz lembrar o cheiro do pepino.

  7. O peixe fresco deve ter um aspecto firme e resistente. Caso pareça estar mole e flácido, poderá já não estar muito fresco.

  8. A pele e as escamas do peixe devem estar brilhantes, sem cortes. As barbatanas devem apresentar-se direitas e inteiras.

  9. Os olhos devem ser brilhantes, vivos e, nunca ensaguentados ou opacos.

  10. As guelras devem ser de um vermelho vivo, que indica frescura e, não uma cor desmaiada.

Espero que estas dicas vos ajudem na próxima ida às compras!

quinta-feira, 15 de abril de 2021

Ovos estrelados em cama crocante de queijo parmesão

É curioso como, assim do nada, nos lembramos de poemas ou de passagens de alguns livros. Antes de começar a escrever o apontamento de hoje, fui reler o poema É urgente o Amor de Eugénio de Andradre. A poesia tem a magia de nos encantar, de nos fazer pensar e até de acalmar ou despertar o coração. O poeta diz-nos que:

« (...)
É urgente destruir certas palavras,
ódio, solidão e crueldade,
alguns lamentos,
muitas espadas.

É urgente inventar alegria,
multiplicar os beijos, as searas,
é urgente descobrir rosas e rios
e manhãs claras.
(...) »


Mais do que importante, é urgente, começarmos os dias com alegria, cuidarmos de nós, telefonarmos e falarmos com aqueles de quem gostamos, mesmo que ainda não possamos correr para nos abraçarmos e beijarmos. Mesmo que ainda não possamos estar todos juntos.

É urgente acreditar na esperança de dias melhores. Enquanto o mundo, começa a voltar a si, aos poucos e poucos, por aqui vamos vendo séries, ouvindo músicas, lendo livros com mensagens positivas, fazendo caminhadas e, sobretudo, procurando fazer uma alimentação equilibrada, com comida colorida e feliz. A comida tem o poder de nos alegrar!

E para nos mantermos felizes, nada melhor do que começar o dia com um pequeno-almoço cheio de cor a fazer lembrar os dias bonitos de Primavera.

terça-feira, 13 de abril de 2021

Húmus

A revista Continente Magazine de Abril 2021 já chegou cá a casa. Sabem que é uma das revistas que adoro e com a qual aprendo sempre muito, seja pelas receitas, pelas dicas ou pelos artigos de sustentabilidade ou de organização? Esta é daquelas revistas que vale a pena comprar!

Nesta edição, há um especial sobre o Médio Oriente e, uma das receitas que me chamou logo a atenção, foi a do húmus. Adoro húmus!. É um dos ingredientes que uso em saladas, como acompanhamento e, até, em tostas do pequeno-almoço. Resolvi experimentar a receita e adorámos, cá em casa. Fica uma pasta leve, arejada e muito saborosa! Aconselho-vos a experimentar!