Próximos Eventos
Lisboa 15 de Dezembro 2018
Sábado:
10h30 - 13h30      Workshop Natal com Parmalat (manhã)
 
 
15h30 - 18h30      Workshop Natal com Parmalat (tarde)
Inscrições Encerradas
Porto 12 de Janeiro de 2019
Sábado:
10h30 - 13h30      Workshop Pequenos-almoços Rápidos, Práticos, Saudáveis
 
 
15h30 - 19h30      Workshop Vamos Fazer Pão?
Inscrições/Vouchers ofertas de Natal: work@sott.pt
Lisboa 19 de Janeiro de 2019
Sábado:
10h00 - 13h00      Workshop Pré-preparações e Refeições da Semana
 
 
15h00 - 19h00      Workshop Vamos Fazer Pão?
Inscrições/Vouchers ofertas de Natal: escola@istofaz-se.pt

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Fatias douradas com calda de vinho do Porto


Há doces e sobremesas que só costumo comer no Natal. E quando chega esta altura, faço questão de as comer, como manda a tradição. Na minha mesa de Natal, não falta o arroz-doce, o bolo-rei - que de há uns anos para cá comecei a fazer para a família mais chegada - os sonhos e as rabanadas. Adoro rabanadas!

A Fula lançou-me o desafio de partilhar convosco uma receita que faça parte da minha mesa de Natal, e depois de me dividir entre os sonhos e as rabanadas, decidi partilhar convosco uma receita que faço há vários anos, rabanadas ou fatias douradas com calda de vinho do Porto, que ficam mesmo muito boas! Escolhi o óleo Fula Alimentar de maneira a minimizar o cheiro a fritos.


Fatias douradas com calda de vinho do Porto

Ingredientes:
10 fatias de pão de forma de véspera
(com aprox. 1,5 cm de espessura cada)
400 ml de leite
4 colheres de sopa de açúcar
1 colher de sopa de manteiga
1 pau de canela
Casca de 1/2 limão
1 pitada de noz moscada
1 pitada de sal
4 ovos
1 gema
Óleo Fula Alimentar q.b. para fritar
Canela em pó q.b.

Ingredientes para a calda de vinho do Porto
150 ml de água
250 g de açúcar
Casca de 1/2 limão
1 pau de canela
50 ml de vinho do Porto


1. Levar ao lume um tacho com o leite, duas colheres de sopa de açúcar, a manteiga, a casca de limão, o pau de canela, a noz moscada e o sal. Deixar levantar fervura.

2. Bater os ovos com a gema.

3. Passar as fatias de pão pelo leite. Colocar numa rede para escorrer algum excesso de leite.

4. Colocar óleo numa frigideira e levar ao lume.

5. Passar as fatias pelo ovo batido e fritar.

6. Ao fritar, deixar alourar de um lado e depois virar.

7. Colocar as fatias em papel absorvente à medida que se fritam.

8. Polvilhar as fatias douradas, e um lado e do outro, com o restante açúcar misturado com a canela em pó, a gosto. Dispor as rabanadas numa travessa de servir.

9. Para a calda: colocar a água num tacho. Adicionar o açúcar, a casca de limão e o pau de canela. Levar ao lume e deixar ferver durante 3 a 4 minutos, se mexer. Juntar o vinho do Porto e deixar ferver mais um a dois minutos. Deixar arrefecer.

10. Servir as fatias douradas regadas com a calda de vinho do Porto.

6 comentários :

  1. Devem ser muito saborosas! Minha mãe fazia-as assim...Obrigada pela partilha!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria Georgina,
      ficam tão boas assim.
      Um beijinho e votos de um Feliz Natal.

      Eliminar
  2. M. Lisete V.Costa25/12/2017, 14:44:00

    Rabanadas com pão de forma, nunca!
    Com cacete,sim! Já experimentou? Totalmente diferentes.
    Bom Ano! E,se possível,com menos publicidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. M. Lisete,
      obrigada.
      Sim, costumo também fazer. Tenho até uma receita aqui no blogue de rabanadas feitas com cacete.
      Um beijinho e bom ano de 2018.

      Eliminar