terça-feira, 15 de dezembro de 2020

Bolo rainha com pepitas de chocolate

Vamos preparar o Natal?

A azáfama já começou. Os presentes com fitas coloridas já estão quase todos junto à árvore de Natal. Mas, cá em casa, ainda se pensam e escolhem alguns doces para fazer e oferecer.

A tradição na família, passa de há uns anos para cá, por ser eu a fazer o bolo-rei ou o bolo-rainha para colocar na mesa de Natal. Costumo fazer dois, um para partilhar com a família de Lisboa e outro para os meus pais, em Santarém. Todos os anos tento surpreender a família com um bolo diferente.

Este ano, iremos ter bolo-rainha com pepitas de chocolate, que fica maravilhosamente bom. A mistura de frutos secos com o chocolate torna-se irresistível. Para a confecção do bolo usei a levedura Activa Vita D que é fermento de padeiro seco. Esta levedura inovadora produz a sua própria vitamina D. Durante a produção a levedura interage com os raios ultravioletas da luz solar de uma forma semelhante à dos humanos – os esteróis naturais na levedura convertem-se em vitamina D, a chamada vitamina do sol.

Como nesta altura do ano não apanhamos a quantidade de sol que deveríamos, ajuda termos um reforço de vitamina D através da nossa alimentação. E as massas lêvedas são uma excelente maneira de o fazermos, para isso, é importante usarmos nas nossas massas a levedura Activa Vita D, que encontram à venda em algumas superfícies comerciais ou em padarias.

Para que este Natal seja ainda mais doce, partilho convosco a receita do bolo-rainha com pepitas de chocolate. Espero que gostem!

Bolo rainha com pepitas de chocolate

Ingredientes:
500 g de farinha de trigo T55
100 g de açúcar
Raspa de 1 laranja
Raspa de 1 limão
11 g de levedura seca Activa Vita D
2 ovos médios
150 g de leite morno
50 g de manteiga sem sal à temperatura ambiente
30 g de vinho do Porto
9 g de sal
250 g de frutos secos (mistura de amêndoas, nozes, caju, pistácio, avelãs)
100 g de pepitas de chocolate de leite
50 g de pepitas de chocolate negro
Gema de ovo para pincelar

Ingredientes para a decoração
Frutos secos q.b.
Açúcar em pó q.b.


1. Numa taça misturar 100 g de farinha com a levedura e 75 g de leite. Formar uma bola com a massa. Tapar. Deixar descansar cerca de 30 minutos.

2. Juntar ao fermento a restante farinha, o açúcar, a raspa de limão e de laranja, os ovos, o restante leite, a manteiga, o vinho do Porto e o sal. Mexer e amassar.

3. Incorporar na massa os frutos secos picados grosseiramente e as pepitas de chocolate. Formar uma bola com a massa. Colocar numa taça. Tapar. Deixar descansar cerca de 1h30, dependendo da temperatura ambiente.

4. Colocar a massa num tabuleiro forrado com um tapete de silicone. Com a ajuda de um pouco de farinha, dar o formato de coroa.

5. Pincelar a massa com a gema de ovo dissolvida previamente num pouco de água. Decorar com frutos secos a gosto. Tapar. Deixar levedar cerca de 35 a 45 minutos, dependendo da temperatura ambiente.

6. Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC durante cerca de 30 minutos.

7. Ao sair do forno, polvilhar com açúcar em pó.

8. Deixar arrefecer em cima de uma rede.

16 comentários :

  1. Ai Isabel, que delícia! Acho que o bolo para a mesa de Natal está escolhido :P Bjinhos e Boas Festas!

    ResponderEliminar
  2. Obrigada Isabel está escolhido o meu bolo beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aurora,
      obrigada. Que bom.
      Espero que gostem.
      Um beijinho.

      Eliminar
  3. Aspeto delicioso que me deixou com água na boca.
    .
    Cumprimentos poéticos

    ResponderEliminar
  4. Vou experimentar. Cá em casa o marido e os filhos detestam passas e frutas cristalizadas pelo que acho que vou experimentar esta receita!

    ResponderEliminar
  5. Que aspeto maravilhoso Isabel!!! Vou experimentar já este fim de semana!!!!!

    ResponderEliminar
  6. Está lindo❤️, no entanto, gostaria de lhe perguntar se substituindo a levedura seca por fermento natural, o resultado será positivo. Gostava de tentar mas caso já o tenha experimentado, queria muito saber a sua opinião. Muito obrigada 😊

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alina,
      obrigada. Não experimentei fazer com fermento natural.
      Mas agora, fiquei com vontade de experimentar! :)

      Eliminar
  7. Que bem saberia agora uma fatia, que lindo.... parabéns

    ResponderEliminar