Próximos Eventos
Albergaria-a-Velha 2 de Junho de 2019
Domingo:
13h00      Workshop Vamos Fazer Pão?
 
 
17h00      Showcooking Receitas com Pão

terça-feira, 8 de janeiro de 2019

Almôndegas de peru com molho de tomate


Cada novo ano traz consigo a possibilidade de fazermos tantas coisas. O trabalho, as rotinas, não podem impor o destino do modo como queremos viver. E para mudar, é preciso força, vontade, persistência, resiliência. Há dias, em que estamos mais motivados e vamos em frente. Há dias, em que paramos e nos questionamos, mas vale mesmo a pena? O importante, em tudo, é não desistir. Por isso, é que eu gosto de definir objectivos e metas, sempre, que um novo ano chega.

Escolho pequenos objectivos, e depois, tento ir realizando-os. Por exemplo, para 2019, quero:

1. Beber cerca de dois litros de água por dia. A hidratação é fundamental. E à medida que vamos envelhecendo, esta deveria ser uma preocupação. Querem que partilhe algumas dicas sobre como podemos ao longo do dia atingir este objectivo?

2. Continuar a tentar incluir mais legumes na minha alimentação;

3. Fazer exercício físico, de forma regular, nem que seja uma caminhada, ao final do dia. Uma das minhas preocupações, em termos de bem-estar físico, é também a flexibilidade;

4. Escrever. Gostava de voltar a ter um diário em papel. Registar frases, pensamentos, coisas que me fizeram feliz. Na última vez que estive em Santarém, folheei o meu diário de 1995. Apeteceu-me voltar a fazer o mesmo. É uma forma de nos descobrirmos, passados uns anos!

5. Fazer pão. Fazer mais vezes pão para partilhar com os que me rodeiam. O pão pode ser um presente tão especial!

6. Ler mais sobre alimentação e sobre educação alimentar. Uma das obras escolhidas para começar a cumprir este objectivo, é o livro Comer Para Não Morrer de Dr. Michael Greger. O ano passado li um outro livro deste autor e adorei;

7. Apanhar sol. A vitamina D é fundamental para a nossa saúde. Sinto que vivo muito dentro de portas. Nas próximas análises ao sangue, peçam para incluir a da vitamina D;

8. Fazer férias com sol e mar. Uma semana de férias na praia ajuda-nos a repor energias. Estive uns anos sem fazer férias na praia e senti imensa falta. O ano passado retomei e este ano não posso deixar de voltar;

9. Fazer uma viagem. Acreditam que comecei o ano a pensar em algumas das minhas viagens e de alguns momentos fabulosos que vivi. Viajar transforma-nos. Ganhamos mundo;

10. Ler romances de autores portugueses. Adoro ler. As leituras fazem parte dos meus dias. Temos um conjunto de jovens escritores portugueses cheios de talento que é importante valorizar;

11. Ler sobre cozinha. Quero aprofundar o tema dos pequenos-almoços, das pré-preparações das refeições da semana. Aprender mais sobre bolos e bolachas;

12. Encontrar tempo para estar mais vezes com aqueles que me ajudam a ser feliz. A família e os amigos, alicerces fundamentais da nossa vida;

E vocês, que objectivos escolheram para realizar em 2019?

Incluir mais legumes nas minhas refeições é, como sabem, um dos meus lemas em termos de alimentação. Por isso, partilho, hoje, convosco, a receita de umas deliciosas almôndegas onde coloquei cenoura ralada e servi com molho de tomate. Tão bom!


Almôndegas de peru com molho de tomate

Ingredientes para 4 pessoas:
800 g de carne de peru picada
2 cebolas pequenas picadas
2 dente de alho
1 ovo médio
2 colheres de sopa de salsa picada
1 colher de sopa de cebolinho picado
50 g de cenoura ralada (finamente)
1 colher de sopa de farinha de linhaça dourada
2 colheres de sopa de pão ralado
600 g de tomate pelado
60 ml de azeite
1 folha de louro
1 talo de aipo
100 ml de vinho branco
Sal e pimenta-branca q.b.


1. Colocar a carne picada numa taça. Adicionar uma cebola picada, um dente de alho espremido, o ovo, a salsa, o cebolinho, a cenoura, a farinha de linhaça e o pão ralado. Temperar com sal e pimenta.

2. Moldar as almôndegas. Colocá-las num tabuleiro e levar ao frigorífico para solidificarem um pouco.

3. Alourar num tacho ou frigideira as almôndegas em 45ml de azeite. Assim que estiverem douradas, retirar e reservar.

4. Na mesma frigideira, adicionar o restante azeite, uma cebola picada, o dente de alho e a folha de louro. Deixar frigir um pouco.

5. Adicionar o tomate pelado, picado, e o talo de aipo cortado em cubinhos. Deixar cozinhar até apurar.

6. Colocar as almôndegas no molho de tomate. Regar com o vinho branco. Rectificar o sal.

7. Deixar cozinhar em lume brando até apurar. Se necessário, acrescentar um pouco de água, caso vejam que o líquido evaporou rapidamente.

A carne de peru piquei-a, em casa, com meu o robot de cozinha. Pica-se num instante!

4 comentários :

  1. Este ano tomei uma decisão drástica.... menos materialista (ainda) e sem grandes objectivos.... o Principal ser Feliz pelo menos uma vez por dia (vai ser um ano difícil).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria,
      ser feliz é o mais importante de tudo. Há uns anos atrás, decidi fazer um exercício. No final do dia escrevia 5 coisas do meu dia que tinham sido boas.
      Mesmo quando à nossa volta haja caos é importante olharmos para o céu, sonhar e não deixar passar um dia sem sorrir.
      Um grande beijinho e que 2019 seja um ano feliz.

      Eliminar
  2. Olá Isabel :) Confesso que nem realizei os 12 desejos à meia-noite... Em anos passados dava por mim a repetir os mesmos desejos de sempre e há coisas q simplesmente não dependem de nós. Quanto a muitos objectivos que apresentaste, mts deles tento pô-los em prática ao longo do ano, pelo q o início do novo ano é só uma continuação :) E como disse a Maria: tentar ser feliz é o essencial! E para isso, cada uma de nós tem q fazer o q achamos ser mais importante para a nossa felicidade, seja na alimentação, no trabalho, na família, nas amizades; lendo, viajando, cozinhando, escrevendo, exercitando, ou seja, tudo o que nos fizer sentirmo-nos melhor connosco mesmas e, por conseguinte, melhores com quem nos rodeia ;) Em relação à receita: mt obrigada, pois já não como carne vermelha e esta é uma alternativa bem saborosa! Bjinhos e boas concretizações :) P.S. - sim, dicas sobre hidratação e alimentação mais consciente, saudável e caseira, são sempre muito bem aceites ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Anjo-de-Mel,
      é verdade, o mais importante sempre é procurarmos sermos felizes. Independentemente da nossa idade, devemos tentar sempre fazer aquilo com nos deixa felizes. E quando não nos sentimos bem com alguma coisa temos que encontrar forças para mudar.
      Ao longo deste ano vou tentar ir dar mais dicas, receitas e sugestões de refeições mais equilibradas.
      Um grande beijinho.

      Eliminar