terça-feira, 16 de outubro de 2018

Vamos fazer pão: Pão de espelta com sultanas, nozes e arandos


O pão é dos alimentos mais populares no mundo e um dos mais antigos. Versátil, porque para além de ter presença à mesa, é também ingrediente para muitas receitas, tanto salgadas como doces. Comemora-se, hoje, o Dia Mundial do Pão, data instituída em 2000, em Nova York, pela União Internacional de Padeiros e Afins.

O pão fermentado surgiu com os egípcios e o seu consumo foi difundido, na Europa pelos Romanos. Continua, hoje em dia, a ser um alimento presente em muitas casas portuguesas. Cresci a ver a minha mãe a fazer pão, para a família, o que me serviu de inspiração para tentar, hoje em dia, fazer pão em casa. Um hábito que se foi perdendo nos últimos anos devido à facilidade com que se encontra à venda. Mas se o pão de compra, de uma maneira geral, é bom, o feito em casa, pelas nossas mãos, é sem dúvida único e muito especial. Fazer pão em casa é um hábito que, aos poucos e poucos, se vai retomando.

E é esse o desafio que vos deixo. Para comemorar o Dia Mundial do Pão, vamos colocar as mãos na massa? Penso que é uma das melhores formas de homenagear esta data. A receita que partilho, hoje, foi desenvolvida a convite da Fermipan, um pão com mistura de farinhas, enriquecido com nozes e frutas secas. Fermipan é um fermento biológico feito à base de leveduras e não tem glúten. Vamos fazer pão?


Pão de espelta com passas, nozes e arandos

Ingredientes:
1 saqueta de Fermipan
100 g de farinha de espelta
400 g de farinha de trigo
365 g de água morna
8 g de sal fino
70 g de nozes picadas grosseiramente
50 g de sultanas
50 g de sultanas douradas
50 g de arandos


1. Colocar as sultanas e os arandos numa taça. Regar com 15 g de água. Mexer.

2. Colocar as farinhas numa taça com a levedura. Adicionar o sal e a água. Mexer.

3. Amassar durante 7 a 8 minutos. Adicionar as sultanas, os arandos e as nozes.

4. Formar uma bola com a massa e deixar levedar durante 30 a 40 minutos.

5. Retirar a massa para uma superfície polvilhada com farinha. Enrolar um pão redondo. Colocar num cesto de fermentação polvilhado com farinha. Tapar e deixar levedar durante 20 minutos.

6. Aquecer o forno a 230º C com um tacho de ferro fundido lá dentro.

7. Colocar o pão dentro do tacho. Tapar. Deixar cozer durante 30 minutos.

8. Retirar a tampa. Deixar o pão ganhar cor durante 15 a 20 minutos.

9. Retirar o pão dentro do tacho e deixar arrefecer.


Caso não tenham um tacho de ferro fundido podem usar um tacho de barro ou de vidro.

10 comentários :

  1. Que pão maravilhoso! Mais uma receita para apontar e fazer :) Bjinhos e obrigada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anjo-de-Mel,
      fica tão bom!
      Perfeito para os dias em que recebemos amigos e colocamos na mesa uma tábua de queijos.
      Espero que gostes.
      Um beijinho.

      Eliminar
  2. Que pão com um aspecto maravilhoso!

    http://tupperwaredatininha.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Para quem esteve no workshop do último sábado, no Porto, e ainda guarda restos dos cheiros e sabores dos pães maravilhosos que lá foram feitos, este parece que cheira !!.Deve estar muito bom. Quando se faz pão com alegria e competência como a Isabel, sai sempre bem.
    Parabéns.
    Álvaro Rocha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Álvaro,
      muito obrigada pelo carinho das suas palavras.
      Fazer pão é algo mesmo muito especial.
      Um grande beijinho.

      Eliminar
  4. Os teus pães ficam sempre maravilhosos.
    Espero que o próximo workshop já possa estar melhor de finanças para poder ir.

    Beijinhos,
    Clarinha
    https://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.com/2018/10/world-bread-day-e-um-pao-pizza-de.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Clarinha,
      vais adorar.
      Obrigada.
      Um grande beijinho.

      Eliminar
  5. Como é que isto é pão de espelta quando tem 4 vezes mais de farinha de trigo deveria ser pão de trigo com espelta. Para mim para ser de espelta tinha que ser só espelta

    ResponderEliminar