Próximos Eventos
Lisboa 11 de Dezembro de 2016
Domingo:
10h30 - 11h30      Pequeno-almoço no dia de Natal na loja Maria Granel
Lisboa 11 de Dezembro de 2016
Domingo:
16h30 - 17h15      Showcooking bolo coroa de Natal
Lisboa 18 de Dezembro de 2016
Domingo:
10h30 - 12h00      Presentes de Natal na mercearia Morteiro & Santos

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Madalenas com mel


Já há algum tempo que queria fazer madalenas. Depois de estar em Paris, para além dos bons momentos que vivi nesta cidade a que quero voltar, trouxe na memória o sabor bom, a mel, de umas madelenas que ali tive o prazer de provar. Quando cheguei a decisão estava tomada. Tinha que encontrar a minha versão.

Existem várias histórias à volta da origem destes bolos que tão bem acompanham um café ou chá, a meio da tarde ou para servir no final de um pequeno-almoço demorado. Uma das mais populares é que o nome Madalena foi atribuído a estes bolinhos por Stanislas Leczinski em 1755, rei deposto da Polónia, exilado em Commercy, França. Segundo a lenda, o rei depois de jantar apercebeu-se que não haveria sobremesa e insistiu que queria uma. Nessa altura, uma das criadas trouxe-lhe uns bolinhos que o rei gostou muito e que depois enviou para a sua filha Maria, casada com Luís XVI, em Versalhes. O nome da criada era Madalena.

O que me intriga nestes bolos é a sua forma de concha. E apesar das muitas estórias existentes, a que eu mais gosto é esta: Madalena, uma jovem rapariga, que queria ajudar os peregrinos que viajavam até Santiago de Compostela, decidiu fazer uns bolinhos para oferecer, mas como não tinha formas, decidiu usar conchas.

Quando se fala em madalenas é inevitável surgir o nome de Marcel Proust autor da obra Em Busca do Tempo Perdido, em sete volumes. Proust descreve no primeiro volume, Do Lado de Swann, que ao tomar um chá com madalenas, esta experiência o fez recordar a sua infância.

No meu caso, o sabor das madalenas vai estar sempre associado a Paris e a uma visita à Torre Eiffel. Estas madalenas são muito tentadoras. Cá por casa, demoram mais tempo a confeccionar do que a desaparecer do prato!



Madalenas com mel

Ingredientes para 12 madalenas:
85 g de farinha
25 g de amido de milho
1 colher de café de fermento em pó
70 g de açúcar
45 g de mel
1 colher de sopa de extracto de baunilha
2 ovos médios
60 g de manteiga sem sal à temperatura ambiente
1 pitada de sal


1. Colocar todos os ingredientes numa taça e com uma vara de arames mexer muito bem.

2. Aquecer o forno a 190ºC.

3. Untar a forma das madalenas com óleo em spray ou manteiga.

4. Distribuir a massa pelas 12 formas de madalenas.

5. Levar ao forno durante 12 minutos.

16 comentários :

  1. Aii Paris Paris ... um sonho que espero concretizar em breve.
    Essas madalenas ficaram lindas, imagino o toque delicioso do mel!
    Beijinho!
    Cláudia L.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cláudia,

      espero que concretizes o teu sonho brevemente. Paris é uma cidade a que quero voltar.
      As madalenas ficam muito boas e fazem-se num abrir e fechar de olhos.
      Um beijinho.

      Eliminar
  2. Ando há anos e busca de formas de madalenas e nada. É bolo de que gosto muito por ser mais pequeno que um queque ou um muffin, e leve.
    http://bloglairdutemps.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Miranda,
      encontras as formas para as madalenas, por exemplo, na loja César & Castro.

      Um beijinho.

      Eliminar
  3. Hmmmm....
    As Madalenas parecem ser deliciosas !!!
    Eu ainda nao tenho as formas próprias, será que dará certo em forminhas de Muffins ou Cupcakes ? Qual a sua opniao?
    Abracos grandes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Helvia,

      sim, pode fazer as madalenas noutro tipo de formas, como as que refere.
      Espero que goste.
      Um beijinho.

      Eliminar
  4. Também gosto muito de madalenas. Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tertúlia,

      estas ficam tão boas, desapareceram num instante! :)

      Um beijinho.

      Eliminar
  5. Pois surgiu-me exactamente a questão das formas mas já li que há formas especiais.
    Têm um aspecto lindo e parece mesmo fácil a receita, por isso vou fazer um destes dias, para adoçar a boca de alguém que gosta muito de madalenas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Senta-te e Prova,

      usei umas formas em forma de concha, encontram-se à venda em lojas com produtos/utensílios para a cozinha.
      Espero que gostem.
      Um beijinho.

      Eliminar
  6. devem ser tao boas!
    Beijinho,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Susana,

      aconselho a experimentar. Fica muito saborosas.
      Um beijinho.

      Eliminar
  7. amo bolachas e essas são dos deuses vou querer fazer e isso é bem loguinho..beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria Izabel,

      aconselho a experimentar esta receita. Ficam tão boas!
      Um beijinho.

      Eliminar
  8. Olá Isabel!
    Sempre visito o seu blog, porém até então eu nunca havia comentado... e não sei o porquê =(
    Mas, creio que antes tarde do que nunca! Pois aqui estou para me redimir rs...
    Que lindas suas madalenas!!! A sua versão de mel está tentadora!
    Obrigada por compartilhar!
    Beijocas,
    Cintya Maria - Blog Cozinhar é Preciso

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Cintya,

      muito obrigada pela visita e pelo comentário.
      Cá em casa adorámos estas madalenas. Desapareceram num instante! :)
      Um beijinho e espero que volte a comentar!

      Eliminar