quinta-feira, 24 de Abril de 2008

Esparguete com pimento vermelho, rúcula e queijo parmesão


Na sexta-feira passada recebi um convite para ir jantar a um restaurante japonês no Saldanha. Como poderia recusar? Disse logo que sim. O ponto de encontro ficou marcado para a Livraria Almedina no Atrium Saldanha, o primeiro a chegar esperava. Calhou-me a mim esperar.

Entrar em livrarias é sempre uma tentação. Assim que entro numa, vejo o que está em exposição nas novidades, de seguida passo para a ficção e depois paro na secção de gastronomia.

Comparando a secção de gastronomia das nossas livrarias, com livrarias noutras capitais da Europa e não só, temos muito pouco. Na Almedina existem duas prateleiras e pequenas com livros de culinária. Acho tão pouco.

Uma vez na livraria, escolhi dois livros da secção de culinária e sentei-me numa das mesas com vista para a Avenida Fontes Pereira de Melo. Os livros escolhidos foram Do Mercado para a sua Mesa de Joanne Harris e Na cozinha sem Alergias de Alice Sherwood. Neste último vi uma receita que me chamou a atenção. Não tomei nota, mas do que li ficou na minha memória os seguintes ingredientes: esparguete, pimento vermelho, rúcula e queijo parmesão. Esta combinação parecia-me muito interessante.


No domingo, não estive cá com meias medidas e experimentei fazer a receita.

Cozi esparguete, em água temperada com um fio de azeite e sal.

Numa frigideira coloquei um pouco de azeite. Piquei finamente três bons dentes de alho. Levei ao lume e deixei frigir um pouco, mas cuidado para o alho não queimar. De seguida juntei um pimento vermelho pequeno picadinho e deixei cozinhar. De seguida juntei rúcula fresca e mexi.

Por fim, envolvi o esparguete cozido no preparado anterior. Polvilhei com queijo parmesão acabado de ralar e rectifiquei o sal.

Assim que acabei de cozinhar este prato, seguiu logo para a mesa. Uma delícia.

11 comentários:

  1. pois é, andamos pelos mesmos sitios....
    quanto ao esparguete fiquei cá com uma fome...marchava agora!

    ResponderEliminar
  2. Adoro massas e esta ficou linda! Sabe que acabo de ver uma receita muito parecida com o livro que acabo de ganhar e que é de massas. Fiquei com água na boca lá e cá :)
    Gi
    www.coffeeandcoffee.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. um parto de massa assim vai sempre!!!! as fotos ficaram lindas! :-) beijocas

    ResponderEliminar
  4. ps: ainda bem que tiveste que esperar hehehehe

    ResponderEliminar
  5. Uma delicia é este teu blog! Sempre que fazes um novo post, cá estou eu! :-)

    Beijinho

    ResponderEliminar
  6. Ora bem ... só tenho pena só ter encontrado este blog agora. Vai já para a lista dos meus preferidos e dos que subscrevo também ... ah e sendo massas o meu prato preferido (considerava-me até à leitura deste post um especialista nas ditas) claro que vou repetir a receita. Darei notícias do resultado :-)

    ResponderEliminar
  7. É uma combinação interessante e cheia de colorido...
    Beijocas.

    ResponderEliminar
  8. Laranjinha, adorei esta receita de esparguete...

    Por outro lado quando fala das suas deambulações pelas livrarias da zona do Saldanha (zona onde eu trabalhava) fazem-me pensar se algum dia não nos teremos por lá cruzado!... :)

    ResponderEliminar
  9. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar