Próximos Eventos
Porto 28 de Outubro de 2017
Sábado:
10h00 - 13h30      Workshop Vamos Fazer Pão?
 
 
15h30 - 19h00      Workshop Vamos Fazer Pão? [ Esgotado ]
Lisboa 4 de Novembro de 2017
Sábado:
10h00 - 13h00      Workshop Vamos Fazer Risoto?
Inscrições: escola@istofaz-se.pt   218 078 640 IstoFaz-se

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Ronda, em busca da Ponte Nova


De Jerez de la Frontera a Ronda a paisagem é marcada pelo verde e por algumas elevações que cortam o horizonte e nos deixam impressionados.

Chegados a Ronda e depois de fazer o tradicional reconhecimento da cidade de carro, decidimos ir em busca da Ponte Nova, uma ponte construída entre dois penhascos durante o século XVIII e que é a imagem de marca da cidade. A chuva e as nuvens cinzentas no céu fizeram a viagem connosco. De vez em quando faziam sentir a sua presença.


Gostei de Ronda. Achei a cidade romântica, com umas vistas fantásticas. Cativou-me a azáfama das ruas, muitos turistas, cafés, restaurantes e lojas abertas. Não resisti e entrei em algumas lojas. Os queijos, enchidos, presuntos e o azeite estão fortemente representados. Por aqui encontramos lojas que são uma verdadeira promoção aos produtos regionais. Deveríamos aprender um pouco mais com nuestros hermanos nesta matéria.

Depois de um passeio por Ronda que nos levou a ver a Ponte Nova, de frente, passámos por uma loja e não resistimos a uns bolinhos cobertos com açúcar em pó a que deram o nome de Mantecados, feitos com amêndoa e banha de porco. Macios. Uma delícia.


Ao princípio da noite rumámos até ao hotel Cueva del Gato, onde ficámos alojados, a poucos quilómetros da cidade, no meio do campo e em frente à gruta que dá nome ao empreendimento hoteleiro. Como o espaço se revelou muito agradável e o serviço muito atencioso, decidimos jantar no restaurante do hotel.


Começámos a nossa refeição com uma sopa de espargos com ovo escalfado e ovos com espargos e presunto. A sopa estava maravilhosa, que se tiver oportunidade quero replicar. Este ano é sem dúvida nenhuma o ano dos espargos para mim.

De seguida veio para a mesa uma salada de bacalhau com batata e ovo e surpreendentemente rodelas de laranja que ficaram ali muito bem. Não ficando por ali, vieram ainda mais dois pratos, um coelho à D. Elvira cozinhado com pimento e frango com alho, ambos acompanhados com batatas fritas. O vinho escolhido para nos fazer companhia foi um tinto Mures. Uma refeição magnífica.


No dia seguinte, partimos em direcção a Córdoba.

5 comentários :

  1. Ronda é uma cidade lindíssima, já estive lá varias vezes e nunca me canso!

    ResponderEliminar
  2. Não conheço, mas fiquei com muita vontade de visitar. Quanto às especialidades, parecem ser isso mesmo, especias!!

    ResponderEliminar
  3. Os penhascos de Ronda, fizeram-me recordar Cuenca e as suas típicas casas Colgadas. Fico a aguardar impacientemente por Córdoba ;)

    ResponderEliminar
  4. Estive em Ronda o ano passado e adorei , é uma cidade calma mas muito bonita
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  5. aqui está um sítio que eu gostava muito de visitar :)

    ResponderEliminar