terça-feira, 18 de Dezembro de 2012

Restaurante Salmoura na Cascais Restaurant Week


No passado dia de São Martinho fui almoçar ao restaurante Salmoura, na zona de Sintra, no âmbito da Cascais Restaurant Week, a convite da organização. O dia estava solarengo, de céu azul e apetecível a um passeio. Aos fins-de-semana sabe tão bem quebrar a rotina e sair de Lisboa. No ar sentia-se o delicioso aroma das castanhas assadas.

Assim que chegámos, o Ricardo e eu, fomos recebidos pela proprietária, Leonor Capote que decidiu abrir este restaurante com o seu marido, em Agosto de 2011. O espaço está dividido em três zonas, bar, sala e uma esplanada. Ao ver as mesas ao ar livre e os pés de alfazema, sonhei com dias de Verão quentes a beber um chá bem gelado enquanto se trocam dois dedos de conversa com os amigos entre uns petiscos, que a casa também serve.

Com música ambiente, o Salmoura é um espaço que nos cativa assim que entramos. A mim, chamou-me logo a atenção os vários relógios que decoram uma das salas, o ar moderno e confortável que transparece em toda a sala de refeições.

Antes de me sentar à mesa, tive a possibilidade de visitar a cozinha, de falar com a chef Ana Magalhães e de a ver confeccionar uma das nossas entradas. Eu adoro visitar as cozinhas dos restaurantes. Ver como funcionam, como tudo está encadeado, como são dadas as ordens, como se confeccionam os pratos e principalmente, como se fazem os empratamentos. Visitar cozinhas é algo que me deixa muito entusiasmada.


Depois de sentir o ambiente e de ver a cozinha em acção, foi hora de nos sentarmos à mesa. Enquanto aguardávamos, fomo-nos entretendo com pão e manteiga, azeitonas, tremoços marinados com poejos - eu não sei se vos disse o quanto eu adoro azeitonas e tremoços! e estes estavam tão bons com o sabor do poejo, erva que me faz sempre lembrar o Alentejo.

Para entradas escolhi carpaccio de bacalhau, puré de grão e mescla de alfaces que tinha visto a chef Ana confeccionar. Uma entrada fresca, leve e em que o puré de grão foi uma boa surpresa O Ricardo optou pelos pastéis de massa tenra de caça estufada em vinte e quatro horas com salada de rúcula e parmesão e não se arrependeu.

Nos pratos principais, optei pela perna de pato confitada com lâminas de batata-doce de Aljezur, espargos verdes e molho de mel e canela. A carne estava tenrinha, tenrinha. Como nestas coisas de escolhas gostamos de ser diferentes, o prato escolhido pelo Ricardo foi filetes de peixe espada preto, bulgur salteado com chouriço e banana caramelizada. Uma combinação fabulosa. Fiquei com vontade de experimentar o bulgur com chouriço, um acompanhamento original para o espada preto que resulta muito bem com a banana.

Para sobremesa escolhemos pão-de-ló húmido, que estava de se perder a cabeça, e um cheesecake de requeijão de ovelha com cobertura de frutos silvestres e doce de abóbora e noz, a que não se conseguiu dizer que não.


Como era dia de São Martinho ainda fomos surpreendidos, no final da refeição, com castanhas assadas e jeropiga.

Senti-me muito bem no Salmoura. Receberam-me de sorriso aberto, o serviço foi cuidado, atencioso e claro, a refeição deixou-nos satisfeitos. Por tudo isto, este restaurante merece uma visita.


Restaurante Salmoura
Rua António dos Reis, 171
2710-302 Linhó
Tel.: 21 923 2170

2 comentários:

  1. Olá como vai ,estou fazendo uma visita e aproveitando
    para desejar boas festas e muito sucesso
    boa semana , até mais

    ResponderEliminar
  2. Alessandra,
    muito obrigada pela visita.

    Votos de um feliz Natal.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar