Próximos Workshops
Lisboa 8 de Dezembro de 2016
5a-feira:
17h00 - 18h00      Entradas e Petiscos para a Ceia de Natal na loja Maria Granel
Lisboa 10 de Dezembro de 2016
Sábado:
10h30 - 13h30      Receitas para a Mesa de Natal
 
 
14h30 - 17h30      Presentes de Natal
Inscrições: formacao@acpp.pt   21 362 2705 ACPP
Lisboa 11 de Dezembro de 2016
Domingo:
10h30 - 11h30      Pequeno-almoço no dia de Natal na loja Maria Granel

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Salada de abóbora assada com arroz integral e ovos escalfados


A viagem de avião tinha sido longa e apetecia-lhe preparar uma refeição leve para o almoço. No dia anterior o Pedro, com quem tinha começado a partilhar a vida, tinha ido às compras e por isso deveria ter por onde escolher. Abriu a porta branca do frigorífico e os seus olhos arregalaram-se de espanto.

Rúcula fresca, um molho de agrião, ovos, mirtilos, framboesas, cerejas, morangos, tomate, tudo com um aspecto fresco e apetitoso. Os legumes separados das frutas. Organizado em caixas, numa outra prateleira, abóbora manteiga assada em fatias e arroz integral cozido, prontos a usar. Nada de embalagens abertas, restos disto e daquilo que acabam por ficar esquecidos, passar o prazo e irem para o lixo. Os iogurtes sólidos meticulosamente arrumados ao lado dos líquidos. Os queijos colocados uns ao lado dos outros. O fatiado para as sandes do dia-a-dia, colocado num recipiente próprio. Tirou para o almoço as caixas com a abóbora assada e o arroz. Olhou para a prateleira dos legumes e agarrou a rúcula e as folhas verdes, viçosas, do agrião. Por fim, escolheu quatro ovos.

O resto da cozinha seguia o princípio de organização do frigorífico. Nem parecia a cozinha que tinha deixado no dia anterior de manhã. As garrafas de azeite organizadas por classificação, virgem, virgem extra e não virgem, os aromatizados com malaguetas, alecrim e pimentas, separados dos restantes. Os vinagres arrumados, os frascos transparentes de arroz com a respectiva etiqueta, as massas separadas por tipo, as farinhas colocadas em recipientes tapados e as leguminosas, feijões, grão e lentilhas, numa única prateleira. Havia uma caixa de madeira para as especiarias. Junto à janela, vasos com ervas frescas, tomilho, alecrim, cebolinho e manjericão, as suas preferidas.

Começou a cortar a abóbora em cubos para uma taça. Juntou o arroz cozido e as folhas verdes. Tostou uma mão cheia de sementes de abóbora. Escalfou os ovos em água com um pouco de vinagre. O segredo dos ovos escalfados é a sua frescura e estes estavam perfeitos. Quando decidiu mudar-se para o apartamento do Pedro sabia que não ia ser fácil conviver com o seu impulso obsessivo pela arrumação. Tudo tinha um lugar. E esse lugar não eram dois centímetros ao lado. A chávena de café tem que ser  sempre servida com um pires, porque ... porque sim, é esse o sentido do Universo! O comando da televisão depois de usado é sempre religiosamente colocado no mesmo sítio.

Gostava de tudo o que aquele homem lhe trazia para a sua vida. Os momentos divertidos, o pensamento positivo sobre as coisas, as viagens, a partilha de conhecimentos. Se o preço a pagar seria começar a ver o mundo com Ordem, que fosse! Não deveria ser difícil manter o frigorífico imaculadamente limpo!?


Salada de abóbora assada com arroz integral e ovo escalfado

Ingredientes para 2 pessoas:
250 g de abóbora assada
200 g de arroz integral cozido
50 g de folhas de agrião
30 g de rúcula
20 g de sementes de abóbora
50 ml de azeite
1 colher de chá de mostarda em grão à antiga
1 colher de sopa de vinagre de vinho tinto
Sal e pimenta-preta q.b.
4 ovos


1. Levar ao lume uma frigideira anti-aderente. Adicionar as sementes de abóbora e tostar um pouco. Reservar.

2. Numa taça misturar a abóbora cortada em cubos, os verdes e o arroz.

3. Numa taça emulsionar o azeite com o vinagre, mostarda, sal e pimenta.

4. Escalfar os ovos.

5. Regar a salada com o molho. Mexer.

6. Servir a salada com os ovos escalfados. Polvilhar com as sementes tostadas.

12 comentários :

  1. Estou mesmo a imaginar a gema desse ovinho a escorrer pela salada! Ui, já estou a salivar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cozinha100segredos,
      fica uma verdadeira delícia!
      Um beijinho.

      Eliminar
  2. Hummm que bom aspecto.

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2015/06/quiche-de-delicias-do-mar-e-espinafres.html

    ResponderEliminar
  3. O prato parece delicioso, mas o texto despertou-me um interesse ainda maior!
    De onde é?
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Maria,
      de vez em quando gosto de escrever histórias à volta das receitas.
      Tenho escrito várias, como por exemplo os Sabores de Lisboa , esta com uma receita de fidalguinhos.
      Espero que goste.
      Um beijinho.

      Eliminar
    2. Olá!
      Apesar de vir com bastante frequência ao blog, não me tinha apercebido dos textos.
      Gosto bastante!
      Continue!
      Beijinho, Maria

      Eliminar
  4. Taoooo booommm!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Uma salada bem apetitosa,...
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    http://strawberrycandymoreira.blogspot.pt/
    https://www.facebook.com/omeurefugioculinario

    ResponderEliminar
  6. A história da receita é divinal!!!
    Podes continuar e escreves 1 livro.... olha que eu leria!! :-)
    beijinhosss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sid,
      obrigada. Nem imaginas como o teu comentário me deixou contente.
      Um beijinho.

      Eliminar