domingo, 24 de fevereiro de 2008

Os melhores livros de cozinha na revista Os Meus Livros

A revista, Os Meus Livros, do mês de Fevereiro traz um artigo sobre quatro mestres da arte de cozinhar no nosso país.

O artigo fala-nos de Chakall, José Avillez, Augusto Gemelli, Vítor Sobral e apresenta-nos várias sugestões de livros de autores nacionais e internacionais. Procurarei deixar aqui um breve resumo do artigo da referida revista, da autoria de Filipe D'Avillez.

Chakall, o chef do turbante, natural da Argentina, reside em Portugal já há alguns anos. Publicou o livro Cozinha Divina (Oficina do Livro) em 2007. Para este chef, o segredo para um bom livro de cozinha reside em «receitas curtas, sem rodeios. As fotografias não são essenciais mas podem ajudar os principiantes». Para se conhecer mais sobre o estilo extravagante deste "viajante apaixonado pela culinária" visitem a sua página em www.cozinhadivina.com.

José Avillez, nascido em 1979 é natural de Cascais. Desde muito cedo que começou a cozinhar, especialmente para a família quando era miúdo. Dos livros da especialidade destaca Isalita, Pantagruel e Cozinha Tradicional Portuguesa de Maria de Lourdes Modesto. Lamenta ainda o facto de não haver disponível uma edição portuguesa do Larousse Gastronomique. Lê livros de grandes cozinheiros como Alain Ducasse, Ferran Adrià, Mugaritz e Andoni.

José Avillez publicou Um Chef em Sua Casa em 2006 e Petiscar com Estilo em 2007, publicados pela Esfera dos Livros.

Augusto Gemelli deixou o seu país natal, Itália, e está há onze anos em Portugal. Em 1988 abriu em Lisboa o restaurante Galeria-Gemelli, com cozinha italiana. Em 2007 publicou o livro A Cozinha Italiana de Augusto Gemelli.

Gemelli destaca as seguintes obras gastronómicas: Il Grande Libro Della Cucina Italiana de Alessandro Molinari Pradelli, Tetsuya de Tetsuya Wakuda, La Cozinha al Vacio de Jean Roca e por fim, La Cuina de Santi Santamaria. Infelizmente, nenhuma delas se encontra traduzida para português.

Vítor Sobral nasceu no Seixal em 1967. Das referências bibliográficas nacionais na área da gastronomia destaca Maria de Lourdes Modesto e a sua obra Cozinha Tradicional Portuguesa, a revista Segredos de Cozinha e os programas da Teleculinária.

Para Vítor Sobral um bom livro gastronómico «é um livro com boas técnicas de apoio, as receitas têm que ser "honestas", ou seja, sinceras sem que o ego do autor se sobreponha ao tema.»

Vítor Sobral publicou A Cozinha de Vítor Sobral e A Que Sabe Esta História.

Destaquei este artigo porque acho importante a nossa imprensa referir a gastronomia e o que por cá se vai publicando ou fazendo. Talvez, os editores percebam que há cada vez mais interessados no mundo gastronómico e que apostar em traduções de obras de referência nesta área pode não ser um mau negócio. A ver vamos!

2 comentários:

  1. Que legal, não conhecia nenhum deles. Acho muito importante a divulgação.
    Bjos, Lú.

    ResponderEliminar
  2. Gostei imenso deste seu resumo. Não conhecia nenhum destes "Chefes" nem a sua obra. Obrigada por ter partilhado connosco! E em maré de partilha, conhece o livro "4 Estações na Casa da Comida" de Jorge Vale? Recebi-o de presente neste Natal e é uma maravilha.É um livro caro e por isso nao acessível a qualquer bolsa, o que é pena.É engraçado que tenho as mesmas referências do Vitor Sobral: Maria de Lurdes Modesto e Chefe Silva, ambos de antigos programas televisivos.Bjs Bombom

    ResponderEliminar