quinta-feira, 17 de Julho de 2008

Salada de cuscuz, maçãs vermelhas e espargos

Várias são as vezes que me sinto tentada a comprar mais livros de culinária ou revistas dedicadas ao tema. Mas ao mesmo tempo a minha consciência lança um alerta laranja e refreio o meu impulso.

São várias as revistas e livros que tenho na minha estante, e dos quais ainda não fiz uma única receita. Quando compro um livro ou revista é para tirar ideias, para pôr em prática alguma das sugestões ou para simplemente para me inspirar. É para usar e não apenas guardar. E é este sentimento que às vezes tenho em relação às minhas revistas, sinto que estão guardadas e que acabo por usá-las pouco.

Como resolução resolvi consultar algumas das revistas e assinalar as receitas que gostaria de fazer brevemente. Esta salada é de uma dessas revistas.

Ingredientes:
2oo g de cuscuz
3,5 dl de água quente ou chá (por exemplo, chá Verde, Laranja com canela, Andalousia)
400 g de espargos
2 maçãs grandes vermelhas
50 ml de azeite
1/2 limão (sumo)
1 pimento vermelho (não usei)
2 fatias de pão de forma sem côdea
50g de amêndoas laminadas
150 g de presunto fatiado
sal & pimenta

1. Preparar os cuscuz. Colocar os cuscuz num tabuleiro e regá-los com o chá ou água quente. Com o auxílio de um garfo, separar os cuscuz.

2. Arranjar os espargos e cozê-los em água temperada com sal. Escorrer os espargos e cortá-los em pedaços.

3. Laminar a maçã.

4. Levar ao lume metade do azeite, juntar-lhe as maçãs e regar com o sumo de limão. Adicionar o pimento em pedaços. Temperar com sal e pimenta.

5. Cortar o pão em cubos e saltear no restante azeite, assim como a amêndoa e o presunto em pedaços. Misturar tudo com os cuscuz e os espargos.


Esta saladinha fica uma delícia. Adorei a combinação de sabores, a maçã, os espargos, o presunto. Embora aqui tenha apresentado a receita original, acabei por confeccionar a salada com algumas pequenas alterações. Não usei pimento, porque simplesmente não tinha em casa. Substitui o pão de forma por croutons e usei chá para cozinhar os cuscuz, dica que aprendi num dos cursos que fiz na Vaqueiro.

P.S. Receita da revista Mulher Moderna na Cozinha, nº 107, Fevereiro de 2005.

11 comentários:

  1. Gostei muito, achei tão original! Tenho o mesmo problema que tu: toneladas de livros e revistas dos quais ainda não saiu uma só receita. Mas acho que vou partilhar o teu pacto e começar a assinalar e a fazer, mesmo, algumas.

    Beijoca *
    Mariana

    ResponderEliminar
  2. Não imagina como a compreendo em relação à literatura culinária.
    Sofro do mesmo mal com uma ligeira diferença porque comigo são livros e não revistas a minha desgraça.

    (e ainda por cima, eu sou alérgico a cumprir receitas!)
    Fados!

    LPontes

    ResponderEliminar
  3. A salada está muito original. Depois de olhar para todos os livros de cozinha que tenho também comecei a assinalar as receitas a fazer. É a única forma de as experimentar e descobrir novas delícias.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. bela sugestão!
    acho q todos sofremos do mesmo mal... hehe
    bjs fofos

    ResponderEliminar
  5. Acontece a todas as pessoas que gostam de cozinhar. Mas sabemos que os livros estão ali prontos a serem pesquisados :)
    A salada ficou fantástica :)

    ResponderEliminar
  6. Gostei do "alerta laranja" da laranja com canela do Cinco quartos de laranja.

    Para que saibas: não estás só nessa batalha, pelo menos deste um passo em frente e esta salada está tentadora.

    Beijo

    P.S. Tb aprendi o truque do chá nas revistas da mesma marca.

    ResponderEliminar
  7. Que maravilha!! Couscous me encanta muito!

    ResponderEliminar
  8. Achei a ideia desta salada muito refrescante e de sabor diferente concerteeza!

    ResponderEliminar
  9. ai ai ai
    nem me fale em peso na consciencia... compro td que vejo na frente sobre culinaria, mas ponho em pratica nem 10 % do que compro rs dai fico com o maior sofrimento das despesas kkkkk mas no fim, tudo vale a pena

    ResponderEliminar
  10. Pois, sou eu com as revistas de culinária e o maridão com os cd's. já não há espaço lá em casa para muito mais, não. É vê-las pela cozinha, quarto, sala, até na casa de banho ihihihih! Mas não resisto, é vício mesmo!

    ResponderEliminar