Próximos Workshops
Lisboa 4 de Dezembro de 2016
Domingo:
10h00 - 13h00      Doces Tradicionais de Natal
Inscrições: escola@istofaz-se.pt   218 078 640 IstoFaz-se
Lisboa 10 de Dezembro de 2016
Sábado:
10h30 - 13h30      Receitas para a Mesa de Natal
 
 
14h30 - 17h30      Presentes de Natal
Inscrições: formacao@acpp.pt   21 362 2705 ACPP

quarta-feira, 15 de junho de 2016

Arroz de pato à portuguesa


O arroz de pato, desde que me lembro, que faz parte da mesa de família. Em ocasiões de festa, quando se juntavam avós, tios, tias e primos de ambas as partes da família o arroz de pato era muitas vezes o prato principal eleito. É um prato que rende e normalmente agrada a pequenos e graúdos.

Existem várias maneiras de fazer o arroz de pato. Aqui no Cinco Quartos de Laranja tenho algumas versões e deixo-vos, hoje, uma outra. Esta com a particularidade de o pato ser assado e de o arroz ir ao forno. Curiosos?


Arroz de pato à portuguesa

Ingredientes para 4 pessoas:
1 pato (pequeno)
1 cenoura
1 alho-francês sem rama
180 ml de vinho branco
2 cebolas
3 dentes de alho
1 folha de louro
100 ml de azeite
300 g de arroz agulha
50 ml de vinho tinto
100 g de bacon
1/2 chouriço
Sal q.b.
2 gemas de ovo para pincelar


1. Colocar o pato inteiro num tabuleiro de forno. polvilhar com sal grosso e levar a assar em forno pré-aquecido a 160ºC durante 2 horas.

2. Depois do pato assado, limpá-lo de peles e ossos. Reservar os ossos e desfiar a carne.

3. Colocar numa assadeira a cebola cortada em meias luas, a cenoura às rodelas e o alho-francês cortado em fatias finas. Regar com 50 ml de azeite e levar ao forno pré-aquecido a 180ºC durante 20 minutos. De seguida juntar os ossos de pato e refrescar com o vinho branco. Levar ao forno durante 40 a 45 minutos ou até os ossos estarem dourados.

4. Colocar a mistura anterior de ossos e legumes numa panela com água e levar ao lume. Deixar ferver durante 45 minutos. Coar 450 ml de caldo.

5. Colocar o caldo num tacho ao lume.

6. Levar um tacho ao lume com 50 ml de azeite, uma cebola e os dentes de alho picados, a folha de louro. Deixar refogar um pouco.

7. Adicionar o bacon cortado em fatias finas (juliana) e o chouriço às rodelas fininhas, deixar refogar um pouco.

8. Adicionar o arroz e deixar fritar um pouco.

9. Refrescar com o vinho tinto e mexer.

10. Adicionar o caldo que deve estar a ferver.

11. Levar o tacho com o arroz ao forno pré-aquecido a 160ºC durante 17 minutos. Ao retirar do forno soltar o arroz mexendo com um garfo. Tapar novamente o tacho e deixar descansar durante 5 minutos.

12. Colocar uma camada de arroz numa assadeira, de seguida uma camada de pato desfiado e terminar com uma camada de arroz.

13. Pincelar a superfície do arroz com gema de ovo. Dispor rodelas de chouriço e tiras de bacon por cima.

14. Levar ao forno a gratinar.


Este é sem dúvida o melhor arroz de pato que comi nos últimos tempos. As quantidades da receita podem ser adaptadas para uma mesa com mais comensais.

12 comentários :

  1. Sim calculo que sim, mas muito trabalhoso e muitas horas ao fogão. Mesmo assim deixou-me curiosa, vou guardar a receita para experimentar no Outuno quando a temperatura tiver mais baixa e apetecer estar no quentinho da cozinha!
    Um abraço
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ana,
      se experimentar depois diga-me se gostou.
      Um beijinho.

      Eliminar
  2. Confesso que arroz de pato não gosto mas aprendi a trocar pelo frango e pronto, como de bom grado. Este está com um aspecto delicioso :)
    Beijinhos ...
    Guloso qb

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carla,
      pode fazer a receita com frango.
      Fica um arroz muito saboroso feito assim.
      um beijinho.

      Eliminar
  3. Nunca fiz mas adoro ! Tenho tantas saudades de comer, posso me servir?? Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Floco D'Aveia,
      adoramos esta versão de arroz de pato.
      A travessa está na mesa é servir-se. ;)
      Um beijinho.

      Eliminar
  4. Ficou maravilhoso dá mesmo vontade de comer, eu troco o pato por frango para satisfazer os gostos de cá de casa!!!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cátia,
      com frango também resulta bem.
      Um beijinho.

      Eliminar
  5. só um aparte, posso? deve ser magnifico , eu faço assim pois é bem mais rapido, logo économico e o arroz fica mais escuro, e super saboroso. Num tacho grande coloco o pato inteiro o chouriço e o bacon, vou deixando o pata ficar tostado e todos os lados , não cozido. quando esta todo douradinho, acrescento agua uma folha de louro um pouco de nóz mostarda, sal e deixo cozer bem o pato. no tacho onde vou cozer o arroz, ( com o caldo do pato, claro)ponho cebola finamente picada e retiro um pouquinho da gordura do pato e faço um leve refogado, sem deixar a cebola escurecer, acrescento o alho e deixo apurar um pouco,junto a agua que do pato que desengordurei, tirando a gordura em excesso para cozer o arroz.Desfio o pato. oloco num prato de ir ao forno e mesa, uma mamada de arroz outra de pato e outra de arroz, enfeito com o chouriço e o bacam fatiado e vai gratinar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Armalu,
      obrigada. Já fiz uma versão de arroz de pato parecida com a sua e também ficou muito boa.
      Obrigada pela partilha.

      Eliminar
  6. Gosto mt de arroz de pato, ainda ontem foi o meu almoço :) Bjinhos.

    ResponderEliminar
  7. Olá Isabel,
    Esta receita de arroz de pato é ótima, verdade que é trabalhosa mas valeu a pena, motivou muitos elogios, obrigada pela partilha,
    beijinhos
    Marta Goulão de Sousa

    ResponderEliminar