sábado, 23 de Dezembro de 2006

Sonhos de limão


Ingredientes:
300 g de farinha
7 ovos
80 g de margarina
0,5 L de água
1 pitada de sal
1 pau de canela
casca de 1 limão
açúcar e canela para polvilhar


1. Num tacho colocar, a casca de limão, a água, a margarina e o pau de canela. Levar ao lume e deixar ferver um pouco. Retirar o pau de canela e a casca de limão. Deitar a farinha e mexer bem até formar uma bola. Retirar do lume. Retirar a massa para outro recipiente e deixar arrefecer.

2. Juntar os ovos um a um e bater muito bem entre cada ovo.

3. Fritar às colheradas em óleo bem quente. Não colocar muitos sonhos na frigideira ao mesmo tempo, pois eles crescem bastante.

4. Depois de fritos polvilhar com açúcar e canela a gosto.


Adorei esta receita de sonhos, pois ficam grandes e fofos por dentro. Agradeço ao Sr. Luciano, que amavelmente me passou esta receita.

10 comentários:

  1. Hmmm, que bom aspecto! A minha mãe tb os faz assim.
    Feliz Natal

    ResponderEliminar
  2. Uma receita tipicamente Natalicia!

    Já provei estes sonhos, são deliciosos!

    ResponderEliminar
  3. Lindos.

    Passei aqui para desejar Feliz Natal. :)

    Raquel

    ResponderEliminar
  4. Só para desejar Boas Festas e muitos e deliciosos cozinhados!
    E deixar uma pequena prendinha:

    Poema de Natal

    Para isso fomos feitos:
    Para lembrar e ser lembrados
    Para chorar e fazer chorar
    Para enterrar os nossos mortos —
    Por isso temos braços longos para os adeuses
    Mãos para colher o que foi dado
    Dedos para cavar a terra.
    Assim será nossa vida:
    Uma tarde sempre a esquecer
    Uma estrela a se apagar na treva
    Um caminho entre dois túmulos —
    Por isso precisamos velar
    Falar baixo, pisar leve, ver
    A noite dormir em silêncio.
    Não há muito o que dizer:
    Uma canção sobre um berço
    Um verso, talvez de amor
    Uma prece por quem se vai —
    Mas que essa hora não esqueça
    E por ela os nossos corações
    Se deixem, graves e simples.
    Pois para isso fomos feitos:
    Para a esperança no milagre
    Para a participação da poesia
    Para ver a face da morte —
    De repente nunca mais esperaremos...
    Hoje a noite é jovem; da morte, apenas
    Nascemos, imensamente.

    Vinicius de Moraes (19.10.1913 - 9.07.1980)

    ResponderEliminar
  5. Os meus votos de um óptimo 2007 e, se não te importares, agradece por mim ao Sr. Luciano, já que os meus sonhos este ano foram feitinhos com esta receita e muito apreciados por todos.
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  6. Obrigada, Tareca.
    Também achei esta receita de sonhos maravilhosa.

    ResponderEliminar
  7. A minha mãe sempre fez uns sonhos fabulosos. Talvez por isso nunca me tenha aventurado a fazê-los. A ver se é este ano ;)
    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  8. Gostava de fazer esta receita mas fiquei na dúvida se a farinha era com fermento ou não. Obrigada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carla,
      a farinha é sem fermento.
      Espero que goste.

      Eliminar
    2. Obrigada pela resposta. Vou gostar de certeza! ;)

      Eliminar