segunda-feira, 24 de Novembro de 2008

Tajine de borrego com marmelos

Eu sou fã de marmelos. Gosto da cor, do perfume e do sabor especial do marmelo. Quando era miúda adorava comer marmelos assados. Era uma festa sempre que saía do forno a lenha um tabuleiro cheio de marmelos a fumegar. Gostava deles assados ao natural, sem açúcar ou qualquer outro "tempero".

Hoje em dia quando tenho marmelos procuro em primeiro lugar fazer uma receita de marmelada. Não há volta a dar. A marmelada de marmelo é já uma tradição anual cá em casa. Para além disso, também procuro usá-los de maneira diferente. Misturados com carne ficam uma delícia. A primeira vez que experimentei marmelos com carne foi com esta receita, a que depois se seguiu esta e, como tem resultado muito bem, agora experimentei esta tajine, receita do livro "Cozinha Marroquina" de Anne Wilson, apenas com ligeiras alterações. Como era de esperar a tajine também resultou muito bem e, como tal, já estou à procura de mais receitas salgadas em que o marmelo tenha destaque. Sugestões?


Ingredientes:
1 kg de pá de borrego cortada em cubos
2 cebolas
pimenta moida
2 colheres de chá de pimentão doce (colorau)
1 a 2 piripiris picados
sal
água (usei 0,6 L)
1 ramo de coentros frescos picados (50 g)
1 colher de chá de açafrão em pó
gengibre fresco ralado
500 g de marmelos em metades, descascados e sem caroços
60 g de manteiga ou margarina
1 chávena de ameixas secas e sem caroço (150 g)

1. Colocar os cubos de borrego e uma das cebolas picadas num tacho grande. Temperar com sal, o pimentão doce, a pimenta, os piripiris e tapar com água.

2. Juntar os coentros frescos, o açafrão e o gengibre. Deixar levantar fervura, baixar o lume, tapar e deixar cozer em lume brando até que o borrego esteja tenro.

3. Cortar os marmelos em cubos. Numa frigideira refogar os marmelos com a manteiga e a outra cebola picada, até estarem macios.

4. Juntar o preparado de marmelos à carne, juntamente com as ameixas. Mexer e deixar acabar de cozinhar.

O marmelo e as ameixas combinaram divinalmente com a carne. Acompanhei esta tajine com cuscuz.

16 comentários:

  1. A minha avó também costuma assar marmelos no forno, são uma delicia!

    Quanto á receita, adorei! Nunca tinha pensado em misturar os marmelos com carne. Ficou com um aspecto delicioso!

    Bjos

    ResponderEliminar
  2. Cá em casa a Marmelada também é uma tradição. mas curiosamente nunca comi marmelos assados ou cozinhados com carne.
    Esta receita deixou-me com vontade de experimentar.

    ResponderEliminar
  3. Tal como a colher-de-pau, nunca comi marmelos assados ou integrados nas refeições salgadas! Mas acredito que seja delicioso :)

    ResponderEliminar
  4. eu achava que marmelos só serviam pra fazer doces. Ledo engano. Deve ficar ótimo com carne

    boa semana

    ResponderEliminar
  5. os marmelos por aqui só chegam quando importados. agora encontrei uns maduros. Fiz geléia e marmelada. Na próxima quero usar assim, em cozidos salgados.
    bjo

    ResponderEliminar
  6. Até eu que não gosto de borrego não sei se conseguia resistir a esse aspecto fantástico.

    beijinhos =)

    ResponderEliminar
  7. Tudo por aqui continua apetitoso como sempre!

    Bjs.

    ResponderEliminar
  8. Muito bom, realmente! É um dos frutos que melhor se adapta a acompanhamentos, pelo toque acídulo e doçura comedida.
    Às vezes faço-os apenas grelhados na chapa, às rodelas finas e só com um toque de manteiga no prato, para carnes grelhadas.

    ResponderEliminar
  9. Cá em casa apreciamos muito, tanto as maçãs como os marmelos cozidos ou assados, em substituição das tradicionais batatas. Mas nunca os guizei juntos por recear que se desfaçam.Esta refeição ficou muito bonita e completa. Como também ainda tenho alguns marmelos, a pedido do Marido experimentei fritá-los para acompanhar carne e ele gostou.No entanto a ideia do IPontes, parece-me ideal para quem, como eu, tem "maus fígados".
    Bjs. Bombom

    ResponderEliminar
  10. Deve ser uma mistura excepcional!!

    A carne, os marmelos... Nhamy!

    Beijoca*

    ResponderEliminar
  11. Tenho de experimentar borrego com marmelos. Achei fascinante esta combinação...
    Beijocas.

    ResponderEliminar
  12. Querida Laranjinha, a tua marmelada é lendária! o Provador fala nela tantas vezes que a tua orelha (lamento, nunca sei se é a esquerda ou a direita...) deve estar sempre em lume!

    O borreguito dispenso, mas acredito que deve ficar muito bem. :)

    Bj grande

    ResponderEliminar
  13. também gosto muito de marmelos ou pelo menos da marmelada. com carne nunca comi, mas deve combinar muito bem. ;-)

    ResponderEliminar
  14. Os marmelos devem dar um toque especial
    Beijinho

    ResponderEliminar