segunda-feira, 30 de Maio de 2011

Salmão em sal com chá de rosas


Há uns anos passou na RTP um dos melhores programas de gastronomia e culinária portugueses, na minha opinião. Feito por José Bento dos Santos e intitulava-se O Sentido do Gosto.

Num dos programas, José Bento dos Santos ensina-nos a fazer lombo de salmão em sal com chá de rosas. O modo como mostrou a receita, o modo como falou dos sabores, da mistura do sal com o chá, deixou-me este tempo todo com água na boca. Foi uma receita que nunca mais esqueci, pela simplicidade e pelo potencial. Aos anos que ando para a experimentar!


Ingredientes:
400g salmão (lombo)
1 colher de flor de sal
3 colheres de chá de chá de rosas
1 colher de chá de açúcar
pimenta preta q.b.
gaze
papel de alumínio
puré de batata
50g de ovas de lumpo (sucedâneo de caviar) ou ovas de salmão


1. De véspera temperar o salmão. Misturar numa taça o sal, açúcar, chá de rosas e pimenta acabada de moer.

2. Envolver o lombo de salmão com a gaze, de modo a que fique embrulhado.

3. Sobre uma folha de alumínio colocar metade da mistura seca da marinada. Por cima colocar o salmão envolvido na gaze. Salpicar o salmão com a restante marinada seca. Fechar a folha de alumínio e reservar no frigorífico. De preferência virar o lombo de salmão de 6 em 6 horas.

4. No dia, retirar o lombo do frigorífico e retirar com cuidado a gaze de modo a que o lombo fique limpo da mistura de sal com o chá.

5. Cortar o lombo de salmão em pequenas tranches. Grelhar o salmão numa frigideira anti- aderente.

6. Servir o salmão com puré de batata e ovas de lumpo.


Para fazer o puré cozi 1 kg de batatas, previamente descascadas e cortadas em cubos, em água temperada com sal. Depois de cozidas, reduzi-as a puré com a ajuda de um passe-vite. Adicionei 50g de manteiga e mexi muito bem. Temperei com pimenta e noz-moscada a gosto. Adicionei 1 dl de leite. Mexi muito bem e servi.

Na receita original, este prato é servido com ovas de salmão, como não consegui encontrar arranjei uma solução alternativa, ovas de lumpo, que se encontram facilmente nas grandes superfícies.

O sentido do gosto é um sentido poderoso, forte. É algo que nos move. Mesmo que esteja adormecido, mais cedo ou mais tarde desperta e manifesta-se. A vontade de querer comer algo, de experimentar um sabor, uma textura, é inquietante. Quando não se satisfaz, fica latente. Como um lobo, quieto, à espera que a presa se mexa.

Pela memória, pelas sensações de ver cozinhar e ouvir falar deste prato, tinha que o experimentar. O salmão em sal, com o toque especial e misterioso do chá de rosas, fica diferente, bom! Sigam, o vosso sentido do gosto! Experimentem ...

6 comentários:

  1. Sei molto brava e il tuo salmone mi piace.Complimenti per il tuo blog che ha sempre dei bellissimi post e delle belle fotografie.
    Ciao

    Rosetta:
    www.ilfogolar.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. Eu não acho chá de rosas por aqui... :(
    o que faço???

    ResponderEliminar
  3. Rosetta,
    muito obrigada. É um prazer receber os seus comentários. Eu adoro a Itália.

    Paula,
    deverá conseguir encontrar numa casa de chás. De certeza. Sem ser o chá de rosas, com o seu aroma tão característico, não lhe consigo dar outra sugestão.

    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  4. Tenho pena de n conhecer o programa de que falas, parece ser tão interessante!
    Salmão com chá de rosas é uma novidade para mim, mas já experimentei com com outros chás e até o delicioso salmão fumado com Lapsang Souchong de Heston Blumenthal, uma delícia.
    Estou realmente curiosa, uso água de rosas frequentemente, mas chá.... aiai e eu com tanto que fazer hoje não posso ir à procura do chazinho..
    um abraço e até breve

    ResponderEliminar
  5. Querida Laranijinha,

    Fabulosa combinação de cores! Ficou um prato provocador... [ as marotas das ovas ]e maravilhoso!

    Adorava esse programa.Mas já não me lembrava dessa receita!Lembro-me duma outra. Um tronco de Natal... A base era um pão de ló simples, que levava gelado por cima e era tudo selado com claras ovos. Depois ia ao forno só para dourar mas , a ciência pode explicar, o gelado não derretia!! Chegava à mesa num flambeado! : )
    Gosto muito de ver e ouvir o José Bento dos Santos...
    Um beijinho,
    Under a Fig Tree

    ResponderEliminar
  6. olá,
    concordo quanto ao programa da rtp. o sr. Bento dos Santos é "uma das maravilhas da gastronomia" um belo par com Maria de Lurdes Modesto. quanto ao salmão parece-me irrepreensível. que aspecto.. bjs

    ResponderEliminar