10h30 - 13h00      Conservas Portuguesas na Ementa
 
15h00 - 17h30      Doçaria Tradicional Portuguesa
Inscrições limitadas   work@sott.pt   91 700 1802 espaço WORK IT

terça-feira, 17 de Janeiro de 2012

A experiência de fazer iogurte e a vontade de mudança


MUDE

Mude, mas comece devagar,
porque a direção é mais importante que a
velocidade.

Sente-se em outra cadeira, no outro lado da mesa.
Mais tarde, mude de mesa.

Quando sair, procure andar pelo outro lado da rua.
Depois, mude de caminho, ande por outras ruas,
calmamente, observando com
atenção os lugares por onde você passa.

Tome outros ônibus.

Mude por uns tempos o estilo das roupas.
Dê os seus sapatos velhos.
Procure andar descalço alguns dias.
Tire uma tarde inteira para passear livremente na praia,
ou no parque, e ouvir o canto dos passarinhos.

Veja o mundo de outras perspectivas.

Abra e feche as gavetas e portas com a mão esquerda.
Durma no outro lado da cama...
Depois, procure dormir em outras camas
Assista a outros programas de tv,
compre outros jornais... leia outros livros.

Viva outros romances.

Não faça do hábito um estilo de vida.
Ame a novidade.
Durma mais tarde.
Durma mais cedo.

Aprenda uma palavra nova por dia numa outra língua.

Corrija a postura.

Coma um pouco menos, escolha comidas diferentes,
novos temperos, novas cores, novas delícias.

Tente o novo todo dia.
O novo lado, o novo método, o novo sabor,
o novo jeito, o novo prazer, o novo amor.

A nova vida.

Tente.

Busque novos amigos.
Tente novos amores.
Faça novas relações.

Almoce em outros locais,
vá a outros restaurantes,
tome outro tipo de bebida,
compre pão em outra padaria.

Almoce mais cedo,
jante mais tarde ou vice-versa.

Escolha outro mercado... outra marca de sabonete,
outro creme dental...
Tome banho em novos horários.

Use canetas de outras cores.
Vá passear em outros lugares.

Ame muito,
cada vez mais,
de modos diferentes.

Troque de bolsa, de carteira, de malas,
troque de carro, compre novos
óculos, escreva outras poesias.

Jogue os velhos relógios,
quebre delicadamente
esses horrorosos despertadores.

Abra conta em outro banco.

Vá a outros cinemas, outros cabeleireiros,
outros teatros, visite novos museus.

Mude.

Lembre-se de que a Vida é uma só.
E pense seriamente em arrumar um outro emprego,
uma nova ocupação,
um trabalho mais light, mais prazeroso,
mais digno, mais humano.

Se você não encontrar razões para ser livre, invente-as.

Seja criativo.

E aproveite para fazer uma viagem despretensiosa,
longa, se possível sem destino.

Experimente coisas novas.
Troque novamente.
Mude, de novo.
Experimente outra vez.

Você certamente conhecerá coisas melhores
e coisas piores do que as já
conhecidas, mas não é isso o que importa.

O mais importante é a mudança,
o movimento, o dinamismo, a energia.

Só o que está morto não muda !

Repito por pura alegria de viver: a salvação é pelo risco,
sem o qual a vida não vale a pena !!!


Edson Marques

Mudança é sem dúvida uma palavra para o ano de 2012. Mudar é tão importante. Nada de radicalismos, mas gostaria de efetuar mudanças em pequenas coisas da vida. Voltar a ir ao teatro, ler mais poesia, assitir a uma ópera, a um espectáculo de bailado, marcar encontros com os amigos, sorrir mais, passear por Lisboa, olhar menos vezes para o relógio, olhar mais vezes para o céu, contemplar o Tejo, passear no campo, ir aos museus. Comprar uma peça de roupa com uma cor diferente. Sentar-me mais vezes numa esplanada a comer gelado.

"Tente o novo todo o dia". Quebrar a rotina. É isso que procuro fazer sempre na minha cozinha e este ano de 2012, ainda mais. Uma das primeiras experiências do ano foi fazer iogurte. Para mim foi uma experiência ótima. Desde que comecei a fazer iogurtes, nunca mais parei. Comecei por fazer uma receita de iogurte cremoso, depois fiz um mais sólido, mas o resultado foi sempre o mesmo. Adorámos e entre uma colherada, duas, colheradas ... eis que o iogurte foi desaparecendo.


Ingredientes:
800ml de leite gordo
1 iogurte natural
2 colheres de sopa de leite em pó
1 colher de sopa de mel
1 pacote de açúcar baunilhado


1. Bater muito bem todos os ingredientes.

2. Colocar o preparado na iogurteira e seguir as indicações do fabricante.


Este iogurte ficou cremoso mas sólido, como os que se compram no supermercado.

Para que o iogurte ficasse cremoso, mas mais líquido, aumentei a quantidade de leite para 1L e acrescentei mais uma colher de leite em pó. A minha máquina de fazer iogurtes é a mesma dos gelados, por isso faço o iogurte num recipiente com capacidade para pouco mais de 1L. Como o recipiente permitiu, depois de sair da iogurteira, voltei a batê-lo e coloquei em copos de iogurte que coloquei no frigorífico. O iogurte depois de feito deve ser consumido no prazo de uma semana. Cá nem lhe demos tempo de chegar ao fim da validade!

Desde que comecei a fazer iogurte, os meus pequenos-almoços mudaram também. Agora os dias começam com cereais e fruta.

Mudar. Experimentar coisas novas. Agora, quero experimentar a fazer iogurte com iogurte grego e banana ... e coco, e com muitas outras coisas, novas.

E vocês? Alguma palavra para 2012? Vontade de mudar alguma coisa?

46 comentários:

  1. Laranjinha,

    A minha palavra para 2012 também é "mudar" e "viver" (muito). Viver a vida aproveitando todos os bocadinhos bons que ela me traz. Mudar, para sorrir mais e viver melhor. Mudar para fazer as coisas que gosto: ler, passear, cozinhar, estar com os amigos e a família, conhecer novos lugares e novos sabores. :)

    O iougurte tem um aspeto ótimo. E as cores? Fantásticas! Também gosto muito de frutos silvestres. Nunca fiz iougurte. Aí está uma "intenção" para 2012. ;))

    Um beijinho,

    Paula

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Paula,
      mudar é muito bom e só cabe a cada um de nós dar o primeiro passo. Mudar para viver mais intensamente, não há nada melhor.

      Vais adorar fazer iogurtes.

      Um beijinho.

      Eliminar
  2. Mudar e melhorar... Acho que 2012 é um ano de olhar para dentro, perceber o que é verdadeiramente importante. É também um ano de grandes desafios. A minha grande mudança vai ser a nível da tão falada "cidadania participativa", quero arregaçar as mangas, fazer alguma coisa pelo outro, pela sociedade, agir mais, participar mais, estar mais informada! Além disso quero fazer tudo mais: ler mais (objectivo de 50 livros), estar mais com os meus amigos e famíla, cozinhar mais, ir mais ao teatro e exposições (para adultos) e aprender algo de novo (costurar é uma hipótese)...E voltar a ter os nossos encontros do À Volta das Letras!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Rute,
      que saudades dos nossos encontros do À volta das Letras, das conversas sobre livros e sobre a vida! Temos mesmo que marcar um encontro.
      Fazer tudo mais, é um bom ponto de partida.

      Um beijinho.

      Eliminar
  3. Os iogurtes são uma das minhas paixões: todas as semana há um sabor diferente. Esta é a semana dos iogurtes de café e de chocolate negro, semana passada foi a vez dos de côco e chocolate negro (sim, tem havido uma replicação de chocolate, lol, fazer o quê?).
    Também já fiz iogurte com base de iogurte grego e sairam bons, espessos e cremosos, são uma boa alternativa à adição do iogurte natural
    Reparei que não usaste, nesta receita, iogurte natural para produzir o novo iogurte. Não sabia que leite e leite em pó davam iogurte na mesma, estou sempre a aprender :)
    Quanto ao leite, gosto mais dos iogurtes feitos com leite gordo mas, por uma questão prática, faço sempre com leite magro pois é o leite que temos em casa (para fazer os meus 6 iogurtes apenas necessito de 700ml de leite, ficaria um pacote a estragar-se).

    Este ano as mudanças desejadas são algumas: ter mais tempo para as experiências culinárias, para experimentar novas combinações de sabores e para fazer algumas receitas que me impõem respeito, ter mais tempo para passear e apreciar os bons momentos na companhia da familia e amigos, ir de férias com o Marco (em 2011 não foi possível conjugar datas), ter mais tempo para ler e ver filmes. No fundo, ter mais tempo para aquilo que é realmente importante (se bem que ter que trabalhar para pagar as contas também o é, mas enfim, não vou iniciar este monólogo infinito...)

    ResponderEliminar
  4. Olá:

    Fiquei com uma dúvida: não se usa iogurte? Nunca tinha visto uma receita sem iogurte?

    beijinhos
    rita

    P.S. a mudança é sempre boa... é sinal que estamos a crescer :)

    ResponderEliminar
  5. Rita Baptista,
    leva, sim. Claro. Já corrigi.
    Obrigada.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  6. Ondina,
    na receita faltava o iogurte natural! :)
    Já corrigi.

    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  7. Uma receita deliciosa para o começo de uma mudança benéfica!!!

    Bjokas
    Rita

    Http://bembons.blogspot.com

    ResponderEliminar
  8. Hmm aspecto apetitoso... o meu 2012 comecou cheio de mudancas, casa nova, roteiros para o trabalho novos, horarios novos.. so a falta de tempo para continuar com o bimboca é que nao muda lol mas vai MUDAR. e sera com iogurtes tambem.. comer saudavel é muito importante. bjinhos.. e espero conseguir mais tempo para visitar os blogues amigos... ai saudades. nao consigo entender porque em portugal se consegue mais tempo lol bom ano 2012 Laranjinha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Bimboca,
      casa nova, novos horários, isso implica muita mudança, mesmo! :)

      Um beijinho.

      Eliminar
  9. Também comecei o ano a fazer iogurtes, trouxe finalmente uma iogurteira de Portugal, aqui n se vendem.
    Estive a pensar, e honestamente, n tenho planos nem quero que nada mude. A vida vai correndo, vamos fazendo tempo para quem o que mais gostamos, com mais ou menos Sol, mais céu ou menos teatro, que importa? Estamos bem, felizes e com saúde, o resto se há-de arranjar.

    bjs e boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ana,
      quando estamos bem, o melhor é que nada mude.
      Eu estou a adorar fazer iogurtes. Começa-se e não se pára.

      Um beijinho.

      Eliminar
  10. Se eu pudesse mudar algo na minha vida seria a nível profissional, mas para já isso não vai ser possivel. Portanto, espero mudar o modo preguicite aguda e começar também a fazer os meus próprios iogurtes, porque meios para isso não me faltam.
    Os teus só podem estar deliciosos a avaliar pelo aspeto!
    Beijos e boa semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Coisas minhas e da cozinha,
      mudar a nível profissional exige uma avaliação muito ponderada. Para mudarmos, é importante irmos mudando para conseguirmos o resultado final que queremos. Pensa no que podes ir mundando a pouco e pouco.
      Fazer iogurtes é um bom começo.
      Um beijinho.

      Eliminar
  11. Fiz de soja recentemente mas sairam uma porcaria... deve ser por o tempo estar muito frio :(

    Agora acho que vou começar a fazer de leite de vaca porque já me decidi a fazer mais vezes um pequeno-almoço ou lanche como o teu. E vou triturar sementes de linhaça e bagas goji para aumentar ainda mais o valor nutricional da coisa :)

    De resto, as mudanças têm acontecido por si, e quero manter o meu sentimento de optimismo que desconfio será o principal para 2012.

    Beijinhos xx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. já fiz com leite de soja e com iogurte normal e fica bom!!e para misturar já cheguei a aproveitar pêras que já tinham lá em casa que já estavam a ficar para o maduro, fiz na mfp no programa do doce e coloquei num frasco e sempre que apetece coloco no iogurte, também fica mt bom!!!

      Eliminar
    2. Olá Paula,
      com leite de sopa ainda não me aventurei.
      As sementes de linhaça e as bagas parecem-me uma excelente sugestão.

      Optimismo é também uma excelente palavra para 2012.

      Um beijinho.

      Eliminar
  12. É muito recompensador fazer o nosso próprio iogurte :)
    Quanto a mudanças, essas são sempre bem vindas, refrescantes, fazem-nos crecer :)
    Boa semana***

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Pammy,
      fazer iogurte tem sido uma boa experiência.
      As mudanças que nos fazem crescer ou ver o mundo de outra forma, são, como dizes, muito bem-vindas.

      Um beijinho.

      Eliminar
  13. Também comecei a fazer os meus iogurtes!!!e cada semana é uma experiência nova!!!:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,

      eu agora que comecei também ando cheia de ideias para novas experiências.

      Um beijinho.

      Eliminar
  14. Olá!!! Feliz Ano Novo!! Paz, saúde e fé!!

    Ah se não fosse a Clarice...!!!Que mulher enigmática, mágica, encantadora....E eu, sua tiete!!!rsrsrs

    Adorei o yogurte!! A xícara e o arranjo com frutas estão 1000!! Bjs, Dy.

    ...degustarleresonhar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Diana,
      eu quando li este poema, gostei tanto que guardei. Nem me lembro já onde o li pela primeira vez. A indicação da autoria estava como sendo da Clarice Lispector e "acreditei". Nunca me passaria pela cabeça que alguém iria colocar um poema com a indicação errada do autor. Só hoje percebi que foi isso que aconteceu, por um comentário do verdadeiro autor.
      Um beijinho.

      Eliminar
  15. Laranjinha, ainda ontem fiz iogurtes, simples e naturais como eu gosto.
    A minha primeira experiência - postado lá pelo meu blog - foi usando um iogurte grego magro muito cremoso que há à venda no El Corte Inglês e consegui uma textura fabulosa. Vamos ver como sairam os que fiz ontem já que usei um iogurte magro normal.
    Quanto a mudanças... bem, queremos sempre mudar tudo para melhor, não é?!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Su,
      sim, mudar que seja para melhor.

      Um beijinho.

      Eliminar
    2. Já agora, aproveito para te dizer que os iogurtes que fiz saíram excelentes. Julgo mesmo que o segredo para uma textura bem cremosa é a quantidade de leite em pó. Entretanto fiz aveia no forno com maçã e cranberries e comi hoje ao pequeno almoço com um dos iogurtes.... divino ;)
      Grande beijoka

      Eliminar
  16. Ficaram muito bonitos.
    Os iogurtes caseiros são uma delicia, além da variedade de sabores.
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Conceição,
      eu só agora comecei no mundo dos iogurtes e já estou encantada.
      Um beijinho.

      Eliminar
  17. Também comecei a fazer iogurtes em casa. Tão fácil e tão bom!
    Este ano, gostava mudar o tamanho da minha família...para maior. Vou comer muitos iogurtes. Pode ser que o cálcio me ajude!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Cláudia,
      espero que este ano consigas essa mudança.
      Os iogurtes ajudam, mas não chega! ;)
      Um beijinho.

      Eliminar
  18. Laranjinha, também já me aventurei pelo mundo fantástico dos iogurtes caseiros. Ficam deliciosos e tenho comprovado isso todas as manhãs. Agora é só continuar, alterando sabores e há uma imensa variiedade que quero experimentar. Os teus ficaram lindos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Regina,
      muito obrigada. Os iogurtes são como os gelados, quando começamos a fazer, nunca mais paramos.

      Um beijinho.

      Eliminar
  19. Que bom que você gostou do meu poema Mude!

    Mude, mas comece devagar, porque a direção é mais importante que a velocidade.

    Que, aliás, não é de Clarice Lispector.

    Se puder, veja o poema todo, assim como o vídeo e o livro Mude, publicado pela Pandabooks e à venda nas maiores livrarias.

    http://www.Mude.blogspot.com



    Abraços!

    Quando puder, favor alterar autoria.

    ResponderEliminar
  20. Olá Edson,
    as minhas sinceras desculpas.
    Situação retificada.

    Atenciosamente.

    ResponderEliminar
  21. E ficou perfeito! E as fotos sempre lindas :) Tenho uma tacinha igual :) Vontade de fazer coisas novas! Mas manter outras que estão bem como estão. Fazer massa fresca que nunca fiz, gelados com sorveteira e experimentar ingredientes novos e desconhecidos, com viagens à mistura :)
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ginja,
      também achei as estas taças tão giras, que não resisti! :)
      A vontade de fazer coisas novas dá-nos imenso alento. Entusiasmo.
      Vais adorar fazer massa fresca. Eu só ainda fiz uma vez, mas adorei e a massa é muito mais saborosa.
      Um beijinho.

      Eliminar
  22. Apesar de gostar de uma certa rotina e de alguma segurança, acho que a vida sem mudança, mesmo que só em pequenos pormenores, não tem piada. Na cozinha gosto imenso de arriscar e experimentar coisas novas. Começar a fazer iogurtes caseiros também é um dos meus objectivos para este ano. Poder adaptá-los ao nosso gosto, variar sabores conforme a vontade do momento parece-me uma experiência óptima. Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rita,
      concordo plenamente, a mudança é importante na vida. E o importante é começarmos pelas pequenas coisas.
      Vais adorar fazer iogurte.
      Um beijinho.

      Eliminar
  23. Um dos desejos para este ano está sem dúvida aventurar-me no mundo dos iogurtes...
    Fiquei fascinada quando descobri que a minha mãe tinha 2 iogurteiras novas em casa... ;)
    "Herdei" logo uma....
    Gostei desta sugestão...
    Obrigado por partilhares...
    Beijinhos e boa semana...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,
      herdar uma iogurteira é muito bom. Vais adorar fazer iogurtes.

      Um beijinho.

      Eliminar
  24. ...traigo
    sangre
    de
    la
    tarde
    herida
    en
    la
    mano
    y
    una
    vela
    de
    mi
    corazón
    para
    invitarte
    y
    darte
    este
    alma
    que
    viene
    para
    compartir
    contigo
    tu
    bello
    blog
    con
    un
    ramillete
    de
    oro
    y
    claveles
    dentro...


    desde mis
    HORAS ROTAS
    Y AULA DE PAZ


    COMPARTIENDO ILUSION
    LARANJINHA

    CON saludos de la luna al
    reflejarse en el mar de la
    poesía...




    ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE SIÉNTEME DE CRIADAS Y SEÑORAS, FLOR DE PASCUA ENEMIGOS PUBLICOS HÁLITO DESAYUNO CON DIAMANTES TIFÓN PULP FICTION, ESTALLIDO MAMMA MIA, TOQUE DE CANELA, STAR WARS,

    José
    Ramón...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. José,

      eu adorei o seu poema. Senti-me lisonjeada!

      Espero que volte.

      Eliminar
  25. Sob os desígnios da mudança... um bom lema para 2012! E, pelo menos no que toca à parte gastronómica, os seus leitores agradecem!
    Babette

    ResponderEliminar