Próximos Eventos
Lisboa 11 de Dezembro de 2016
Domingo:
10h30 - 11h30      Pequeno-almoço no dia de Natal na loja Maria Granel
Lisboa 11 de Dezembro de 2016
Domingo:
16h30 - 17h15      Showcooking bolo coroa de Natal
Lisboa 18 de Dezembro de 2016
Domingo:
10h30 - 12h00      Presentes de Natal na mercearia Morteiro & Santos

quarta-feira, 14 de maio de 2014

Brulhão, uma tradição da Beira Baixa


A cozinha portuguesa é um mundo maravilhoso com tantas coisas boas para descobrir. Cada vez mais tenho curiosidade em perceber algumas das nossas tradições, usar produtos ditos "esquecidos", recuperar muitas coisas boas da nossa cozinha que merecem mais destaque. Foi por isso que aceitei participar num jantar dedicado ao brulhão promovido pelo FestiVales 2014, 5ª edição da Festa da Tradição, da Folia e do Brulhão. Penso que nunca tinha ouvido falar em brulhão. Já tinha experimentado maranhos, bucho recheado que, nas minhas idas a Arganil, trazia algumas vezes, agora brulhão era mesmo uma novidade.

O jantar teve lugar no restaurante Bica, na Lx Factory em Lisboa, e foi confeccionado pelo chef Alexandre Silva. Mas antes de nos sentarmos à mesa tivemos a possibilidade de ver preparar o brulhão.

Primeiro foi colocada a carne de porco cortada num alguidar. De seguida juntaram chouriço picado, cebola, alho, salsa, sal, vinho branco, tomate sem pele e polpa de tomate, colorau, azeite, arroz carolino e as folhas de serpão. As diferenças entre os brulhões e os maranhos, reside na carne usada, que nos maranhos é de cabra ou de ovelha e nas ervas, serpão para o brulhão e hortelã para os maranhos. Depois do recheio preparado, são enchidos e cozidos com linha uns sacos feitos de bucho de cabra ou ovelha, que foram bem lavados e passados por aguardente. Depois de prontos vão para a panela cozer durante uma hora. Existem outras expressões para esta iguaria de Vales do Rio, como brolhão, borulhão, burlhão, burunhão, e todas igualmente válidas.


O serpão é uma espécie de tomilho (Thymus pulegioides) que pode ser usado para aromatizar carnes, entre outros pratos, como o tomilho que usamos normalmente. Dá um sabor fresco aos brulhões. É indispensável, é o que ajuda a definir a personalidade desta iguaria beirã. O serpão comparativamente com o tomilho e com o tomilho limão, tem um cheiro mais intenso, a lembrar o campo, um cheiro a mato.

Para este jantar o chef Alexandre Silva preparou-nos um gaspacho de nêspera com requeijão de Seia, cogumelos, espargos e presunto. Uma combinação que me surpreendeu. A frescura e acidez da nêspera resultou de forma muita agradável com os restantes elementos do prato.


De seguida foi servido a estrela da noite, brulhão com chalotas e puré de beterraba. Um dos primeiros sabores que senti quando levei a primeira garfada da mistura de arroz à boca foi o serpão. Muito bom. Ao conversar com um dos promotores do evento percebi que toda a aldeia de Vales de Rio se envolve para promover esta tradição. Em Fevereiro de cada ano é dado o mote para a grande festa dos brulhões através do cultivo de vasos com serpão que estarão prontos a usar em Maio, altura em que decorre o FestiVales. Uma festa que tem no brulhão a sua iguaria de referência. Quem a quiser provar, pode neste fim-de-semana, de 17 e 18 de Maio, visitar Vales do Rio na bonita região da Covilhã e deliciar-se.

5 comentários :

  1. Muito curioso, Isabel. Confesso que desconhecia em absoluto o brulhão. Há de facto uma riqueza na nossa gastronomia que merece ser divulgada e saboreada! ;)

    Um beijo*

    ResponderEliminar
  2. Que delicia...Vem até ao cantinho participar num passatempo http://entretralhasepanelas.blogspot.pt/2014/05/passatempo-gourmet-com-sabor-meia-duzia.html

    ResponderEliminar
  3. Que bom aspecto fiquei com vontade de provar ;)

    Beijinhos
    food&emotions
    http://fefoodemotions.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  4. Muito interessante conhecer mais a respeito desta rica cozinha.

    ResponderEliminar
  5. Huumm esse Brulhão parece ser muito saboroso! Riqueza da cozinha!

    Abraços,
    www.montealegrerefrigeracao.com

    ResponderEliminar