domingo, 20 de março de 2011

Desafio "Conte-me a sua Receita"


A Rádio Televisão Portuguesa e o Cinco Quartos de Laranja, na semana do lançamento do livro de receitas Conta-me como foi - As receitas da família Lopes, da conhecida série da RTP, Conta-me como foi, promovem um desafio de 21 a 27 de Março.

O desafio intitula-se Conte-me a sua Receita e tem como tema as receitas dos anos 60 e 70. Pretende-se apenas receitas:
  1. alusivas ao tema (anos 60 e 70);
  2. com fotografia;
  3. que nos conte uma história. A história serve para contextualizar a receita, quem a costumava fazer (ex.: avó, tia, mãe, etc.) e onde ou quando era normalmente comida (ex.: festa de anos, Natal, do dia a dia, etc.).
As receitas deverão ser publicadas nos respectivos blogues, com indicação do evento e deverão enviar um eMail com o assunto Conte-me a sua Receita, mencionando o título da receita e o link de publicação. Deverão enviá-lo para:


Quem não tiver blogue e quiser participar poderá fazê-lo através da página no facebook do Cinco Quartos de Laranja. Serão oferecidos três livros e os critérios de seleção são: a receita, a fotografia e a história. Os contemplados serão contactados pela RTP. No dia 1 de Abril publicarei aqui a lista de receitas ordenada pela ordem de chegada.

Resolvi aceitar a divulgação deste desafio porque gosto da série, ajuda a compreender um pouco mais a nossa história recente, o modo de vida dos anos 60 e 70 e como se foram dando algumas alterações. Sinto que esta série tem um bocadinho da vida de todos aqueles que viveram nesses anos.

Nasci nos anos 70 e com este desafio fui-me lembrar da comida da minha infância. As coisas boas que me marcaram, os pratos, os doces e as compotas que a minha mãe fazia. Houve uma altura em que o pão-de-ló fez parte da minha infância. O engraçado, é que actualmente, quando penso em fazer um bolo não me vem à cabeça um pão-de-ló, especialmente agora que se encontram facilmente à venda, fruto da industrialização. No entanto, tenho recordações agradáveis quando penso neste bolo. Lembro-me que a mãe fazia regularmente pão-de-ló, tanto para dias de festa como para o dia-a-dia. Era O Bolo lá de casa! :)

Naquele tempo, tínhamos um galinheiro ao fundo do quintal. Às vezes, íamos tirar os ovos às galinhas e ainda vinham quentinhos. Quando se é criança todas estas pequenas coisas têm imensa graça. E quando encontrávamos ovos com duas gemas? Uma delícia! A minha mãe costumava fazer gemadas e pão-de-ló. Torci sempre o nariz às gemadas, mas em relação ao pão-de-ló, não! Em casa da minha avó Ermelinda, mãe da minha mãe, o bolo de eleição também era o pão-de-ló que ela acompanhava religiosamente com café de cevada. Ainda me lembro do cheiro do café, a que se tinha de deixar assentar a borra. Em homenagem à minha mãe e à minha avó, cujos cozinhados me marcaram, hoje, aqui fica a receita de pão-de-ló.


Ingredientes:
6 ovos
o mesmo peso dos ovos de açúcar
metade do peso dos ovos de farinha

1. Bater os ovos muito bem.

2. Adicionar o açúcar e bater novamente muito bem.

3. Envolver a farinha cuidadosamente.

4. Untar uma forma de buraco com manteiga e levar durante 40 minutos ao forno pré-aquecido a 190ºC.

Servir com chá ou café. Quem preferir também pode bater o pão-de-ló com duas a três casquinhas de limão que deverão ser retiradas antes de colocar o bolo no forno. O pão-de-ló fica excelente se for recheado com compota a gosto.

Ao dinamizar este desafio, a RTP gentilmente ofereceu-me um exemplar do livro de receitas Conta-me como foi - As receitas da família Lopes. E vocês? Aguardo as vossas participações até à meia noite do próximo dia 27 de Março. Participem!

24 comentários:

  1. Olá laranjinha. Este é o o Pão de Ló da nossa casa. Mas aqui comesse quentinho e barrado com manteiga. Sempre foi assim. Este bolo é feito normalmente à noite para o serão, pois é fácil e rápido (agora com bimby muito mais). Fazemos n vezes pois é o que mais se gosta aqui em casa com um bom chocolate quente e a lareira como pano de fundo.
    Beijinhos grandes Margarida e Carolina

    ResponderEliminar
  2. eu adoro pao de lo e a minha ame entao nem se fala.
    assim de repente nao kme lembro de receitas dessa epoca. tnho que ir visistar o livro de receitas da mama:-)
    beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Que pão de ló lindo! Ontém fiz um mas completamente diferente. Este é mesmo bem português e típico :) Eu comi gemada até à adolescência e nada me pegava. Depois de me deixar disso começaram a pipocar doenças he he

    ResponderEliminar
  4. Gosto muito de pão de ló e adorava as gemadas da minha avó, que às escondidas punha um cheirinho de vinho do porto hehehe
    Vou ver o que se arranja dos anos 60/70
    Beijocas

    ResponderEliminar
  5. era exatamente esse pão de ló que a minha mãe fazia.
    e como sou mais velha que tu, ainda me lembro de ela o fazer numa forma própria no fogão e não no forno.

    ResponderEliminar
  6. Isto vai parecer um cópia, mas a verdade é que o Pão-de-Ló, lá de casa era mesmo assim. Naquele tempo, poucos doces se faziam, e andavam sempre à volta do mesmo: Pão-de-Ló, Bolo de Laranja e Ccoquinhos. :)

    ResponderEliminar
  7. Não era bolo usual em minha casa pois a minha mãe não aprecia, mas eu e a minha filha gostamos tanto, e a receita que costumo fazer é essa mesmo.
    Um beijinho e que este desafio corra tão bem como desejas

    ResponderEliminar
  8. Essa é a receita que a minha mãe me ensinou a fazer, eu tb nasci nos anos 70, e esse era o bolinho de eleição lá de casa, vou ver o livro de receitas da minha mãe ver o que arranjo desse tempo!!

    bjs

    ResponderEliminar
  9. Adorei este desafio, assim como adoro a série!
    Cá em casa a hora do Conta-me como Foi, faz-me alegremente e saudosamente lembrar as noites de outrora, quando pais e filhos, nos juntávamos para ver a novela da noite. E a tortura que era esperar até segunda-feira por um novo episódio. Longe vão esses tempos. Mas esta série, fez-me, fez-nos voltar atrás no tempo, e pais e filhos sentamos-nos no sofá a ver.
    Apesar da minha tenra idade, e de nem ser nascida nos anos a que o desafio se reporta, vou indagar junto de familiares e tentar responder, porque gostei muito da ideia.
    Obrigado e um beijinho

    ResponderEliminar
  10. Que belo desafio!!!
    Eu gosto imenso da série que nos traz tão boas recordações. Acho que com menos que existe agora, eramos mais felizes. Que saudades!
    Eu sou da colheita de 75.
    Tambem me lembro da minha avo paterna fazer as gemadas e colocar canela e eu adorava aquilo. Mas o bolo de sempre era o que a minha avo materna fazia. O bolo de iogurte. Que delícia:))
    Vou partilhar no FB ;)
    Boa sorte para o desafio:*

    ResponderEliminar
  11. parabéns pela iniciativa parece-me muito interessante =)

    ResponderEliminar
  12. Que belo desafio!
    E o bolinho tá mesmo a fazer lembrar o da minha mãe claro!
    Bj*

    ResponderEliminar
  13. Olá,
    Esta ideia é super interessante, tenho muitas recordações de receitas que a minha mãe fazia. Não sei se terei tempo para me dedicar à cozinha nos próximos dias, mas certamente estarei aqui, no dia 1 de Abril, para felicitar todos os que partilharam receitas e histórias...
    Um grande abraço

    ResponderEliminar
  14. Margarida e Carolina,
    gostei muito de saber que o pão-de-ló é um dos bolos aí de casa. Realmente com manteiga deve ficar óptimo. Fico a aguardar a vossa participação.

    Moranguita,
    espero que encontres uma receita e participes no desafio.

    Ameixinha,
    toca a comer gemadas! Já. :)

    Moira,
    as gemadas com o vinho do Porto deveriam ter outra graça ehehe. Fico a aguardar a tua receita.

    Saltapocinhas.
    que giro ver como uma receita passa de geração em geração.

    Raspas de Laranja,
    é verdade, naqueles tempos não havia a variedade de ingredientes que temos hoje. Também me lembro do bolo de laranja! :)

    Gisela,
    muito obrigada pelo apoio.

    Intrusa na Cozinha,
    a série estava muito bem feita e quem viveu nos anos 60 e 70 diz que era muito fiel. Fico a aguardar a tua receita.

    Pipas,
    muito obrigada pela divulgação do desafio no Forum Bimby. Gostei muito. Fico à espera da receita do bolo de iogurte. :)

    João - Flavors and Senses,
    Muito obrigada. Não queres participar?

    Pami Sami,
    com este desafio descobri que o pão-de-ló era um dos bolos da altura.

    Belocas,
    se quiseres particiar, a tua receita é muito bem-vinda.

    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  15. Também sou da colheita de 75 e, nessa altura, não era muito amante de comida. Daí não ter muitas recordações de comidas de infância: elas andavam lá em casa, eu é que não lhes pegava... Ainda assim, vou ver o que se arranja para tentar participar nesta viagem aos "bons velhos tempos" :-)

    ResponderEliminar
  16. Helena,
    fico a aguardar a sua participação.

    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  17. O bolo está espectacular. Uma delícia!!!
    Fiquei encantada com o blog parece-me magnífico

    ResponderEliminar
  18. Olá:

    Já enviei a receita. Muito obrigada por mais um desafio.

    Este pão-de-ló tem um aspecto delicioso. Tenho que experimentar.

    beijinhos
    rita

    ResponderEliminar
  19. Olá,
    Obrigada pelo comentário, a propósito da minha participação. Esta foi a minha 2ª participação numa iniciativa publicada neste blog, e tem sido muito divertido e entusiasmante participar. Venham mais :)

    ResponderEliminar
  20. Que engraçado foi descobrir que és da geração dos meus filhos! Anos 70 e 73. E não é que o "meu" Pão de Ló (que me foi ensinado pela minha Mãe), é igualzinho ao teu? Apenas com uma diferença no bater da massa: eu junto os ovos co o açúcar e depois é que bato até ficar cremoso, grosso e esbranquiçado; depois, com a ajuda de um passador de rede vou deitando a farinha, em chuva, e envolvo suavemente. Experimenta comer o Pão de Ló com queijo e banana. É dos Deuses. Bjs. Bombom

    ResponderEliminar
  21. Esta é também a receita que herdámos da minha avó - os mesmos ingredientes, mas uma execução um pouco diferente que faz toda a diferença: em vez de bater os ovos inteiros, experimente bater as claras em castelo, depois adicionar o açúcar e bater bem até obter uma massa de suspiro bem brilhante. A seguir, adicione as gemas, batendo bem. A farinha entra no fim, bate-se pouco. Cozer como habitualmente. Experimente esta variante; tenho a certeza que não se vai arrepender!

    ResponderEliminar
  22. Victória, Rita Baptista,

    Muito obrigada pelos vossos comentários.

    Luna Piena,
    muito obrigada pela participação.

    Bombom,
    gostei das indicações. Pão de ló com queijo e banana, a experimentar sem dúvida.

    "Anónimo",
    muito obrigada. Fiquei curiosa com a alteração à receita. Vou experimentar para este Natal.

    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  23. Olá! Testei essa receita e confesso que saiu bem. Acrescentei raspas de meio limão e uma colher de chá de fermento em pó. Uma delícia ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Margarida,

      fico muito contente que tenha saído bem. As raspas de limão devem ter-lhe dado um toque especial.

      Um beijinho.

      Eliminar