Próximos Workshops
Lisboa 8 de Dezembro de 2016
5a-feira:
17h00 - 18h00      Entradas e Petiscos para a Ceia de Natal na loja Maria Granel
Lisboa 10 de Dezembro de 2016
Sábado:
10h30 - 13h30      Receitas para a Mesa de Natal
 
 
14h30 - 17h30      Presentes de Natal
Inscrições: formacao@acpp.pt   21 362 2705 ACPP
Lisboa 11 de Dezembro de 2016
Domingo:
10h30 - 11h30      Pequeno-almoço no dia de Natal na loja Maria Granel

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Doce de melão com tomate


Fazer doces traz-me boas memórias. É um processo que me transporta à infância. Aos tempos em que a minha mãe todos os anos fazia doce que íamos comendo ao longo do ano. As frutas preferidas eram o tomate, que trazia da horta e muitas vezes, também o melão. A abóbora escolhida para os doces lá de casa, era a porqueira. Hoje para mim, é a eleita para fazer doce.

Ao longo do ano íamos guardando todos os frascos que conseguíssemos para que quando chegasse a altura de preparar o doce tivéssemos em número suficiente. Uns grandes, outros pequenos, com tampas coloridas, enchiam-se assim que o tacho saia do lume. O cheiro adocicado da fruta com o açúcar amarelo e o aroma doce da canela a invadirem a cozinha durante uma tarde, são inesquecíveis!

Das memórias desse tempo guardo também o sabor do doce de melão com tomate que a minha mãe chegou a fazer várias vezes. Este ano experimentei fazer cá em casa. Comido ao pequeno-almoço com um papo seco fresco e estaladiço é de comer e querer repetir!


Ingredientes
1,500 kg de melão (limpo de casca e sementes)
1,250 kg de tomate (limpo de peles e sementes)
1, 300 kg de açúcar amarelo
2 paus de canela


1. Colocar o melão e o tomate cortados em pedaços numa panela.

2. Juntar o açúcar e os paus de canela.

3. Levar ao lume e deixar ferver, mexendo de vez em quando.

4. Assim que tiver reduzido boa parte do sumo das frutas, retirar os paus de canela e triturar com a varinha mágica.

5. Deixar apurar até obter ponto de estrada.

6. Guardar ainda quente em frascos.


A minha mãe aos anos que já não faz doce. Cabe-me a mim, agora partilhar com ela estes pequenos mimos.

13 comentários :

  1. Que receita deliciosa!!
    Uma perguntita: com estas quantidades, quantos frascos (e a sua capacidade) consegui encher?

    Beijinhos!
    www.portysdiary.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Miss B,
      muito obrigada.Rendeu-me aproximadamente dois frascos grandes (cerca de 700 ml cada). Este ano fiz vários doces que os frascos pequenos foram desaparecendo! ;)
      Um beijinho.

      Eliminar
  2. O meu querdio marido, no inicio da nossa vida de casados fez um doce de melão. Suffice to say que foi o verdadeiro desastre...
    http://bloglairdutemps.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Miranda,
      nada como voltar a experimentar! ;)

      Um beijinho.

      Eliminar
  3. Que doce gostoso, confesso que gostaria de fazer, mas também seria a primeira vez que farei uma compota, como seria o ponto de estrada, como posso saber.
    beijos adoro seu bolg

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria Izabel,
      o truque que uso para saber se o doce está no ponto é colocar um pouco de doce num prato e com uma colher separá-lo, fazendo uma estrada. Se ele não se juntar, é porque está no ponto.
      Espero ter ajudado.
      Um beijinho.

      Eliminar
    2. obrigada, pela dica vou fazer

      Eliminar
  4. Adoro receitas que trazem memórias.... Não era usual o ritual das compotas em pequena. Muito menos de melão, que até acho que nunca provei!... Em todo o caso fizeste-me lembrar das tardes "cheirosas" lá de casa, quando era miúda, em que se faziam rissóis de pescada, rissóis de atum e os croquetes de carne. Isso eram cheiros de bradar aos céus!... Se fechar os olhos ainda os sinto, vê lá tu!
    Beijo
    Babetet

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Babette,

      os cheiros bons da infância acompanham-nos sempre. Trazem-nos recordações tão especiais.
      Um grande beijinho.

      Eliminar
  5. que delicia!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Parece maravilhoso e adorava experimentar essa combinação de sabores.

    ResponderEliminar
  7. Doce de Tomate é muito bom; Doce de Melão é uma delícia; Doce de Tomate e Melão só pode ser uma maravilha. Nunca me tinha lembrado de os juntar! Fica a sugestão e a receita. Obrigada pela partilha das receitas e das memórias. Bjs. Bombom

    ResponderEliminar