Próximos Eventos
Lisboa 11 de Dezembro de 2016
Domingo:
10h30 - 11h30      Pequeno-almoço no dia de Natal na loja Maria Granel
Lisboa 11 de Dezembro de 2016
Domingo:
16h30 - 17h15      Showcooking bolo coroa de Natal
Lisboa 18 de Dezembro de 2016
Domingo:
10h30 - 12h00      Presentes de Natal na mercearia Morteiro & Santos

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Tigelinhas de bacalhau


É já amanhã, sábado, dia 28 de Fevereiro que chega às bancas com o jornal Correio da Manhã, o primeiro livro da colecção A Mesa dos Portugueses. Esta colecção, como já referi, é distribuída todos os sábados e domingos com o jornal. Os primeiros livros são dedicados ao Bacalhau e a Entradas e Petiscos. Nas semanas seguintes e por ordem de saída, irão chegar os livros de Sopas, Sobremesas, Bolos, Peixe e Marisco, Carne, Pratos Típicos, Peixe, Doces, Carne II, Sopas e Entradas, Bacalhau II e Dias de Festa.

Já tive oportunidade de ver alguns livros da colecção e entre tantas receitas apetitosas, com sabores bem portugueses decidi escolher fazer as Tigelinhas de Bacalhau. Só vos digo, ficam tão boas!


Tigelinhas de bacalhau
( Receita de Miguel Oliveira, pág. 15 do livro Entradas e Petiscos )

Ingredientes para 10 unidade:
250 g de bacalhau demolhado
1 cebola
2 dentes de alho
30 ml de azeite
1 folha de louro
Pimenta-preta q.b.
200 ml natas
20g de amido de milho
1 gema de ovo
300 g de farinha
300 g de margarina para folhados
200 ml de água
Sal q.b.


1. Cozer o bacalhau, reservando o caldo. Fazer um refogado com a cebola cortada em meias luas, os dentes de alho picados e a folha de louro.

2. Acrescentar o bacalhau lascado e sem espinhas, as natas, 200ml do caldo da cozedura do bacalhau. Temperar com pimenta e rectificar de sal.

3. Triturar este preparado muito bem com a varinha. Passar no chinês. Adicionar o amido de milho ao caldo obtido e levar ao lume brando até engrossar um pouco.

4. Depois de arrefecer, juntar uma gema de ovo ligeiramente batida e misturar muito bem no preparado de bacalhau.

5. Para a massa folhada, misture a farinha com o sal e a água e amasse até obter uma massa lisa e uniforme, forme uma bola, envolva em película transparente e deixe repousar cerca de 30 minutos no frigorífico.

6. Numa superfície enfarinhada, forme um rectângulo na massa, coloque a margarina numa metade do rectângulo, faça uma dobra e leve ao frio cerca de 30 minutos.

7. Com a “boca” virada para nós, fazer 2 dobras simples (esquerda para a direita e direita para a esquerda) com um intervalo de 30 minutos (no frio) em cada volta.

8. Esticar a massa o mais fino possível, formar um rolo e cortar em pedaços de 2cm.

9. Forrar as formas com a massa folhada, verter o preparado e levar ao forno pré-aquecido 200ºC durante 20 minutos.


Para esta receita podem optar por fazer a massa folhada ou então usar de compra. Mas não deixem de fazer estas tigelinhas de bacalhau, pois valem mesmo a pena. O sabor a bacalhau é maravilhoso e o pastel fica tão cremoso que é impossível comer um só. Cá em casa, já voltei a repetir a receita. Desaparecem num instante. Sábado, vejam esta e outras receitas na colecção A Mesa dos Portugueses com o jornal Correio da Manhã.

18 comentários :

  1. muito bom aspecto!!!
    http://bloglairdutemps.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Miranda,
      cá em casa já fiz mais duas vezes. Ficam mesmo muito boas.
      Um beijinho.

      Eliminar
  2. lindos essas tigeladas, muito bonitas mesmo e ótimas para levar para o trabalho e assim.


    www.ocantinhodosgulosos.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O cantinho dos Gulosos,

      sim, para levar para o trabalho resultam muito bem.
      Aconselho a experimentar. São muito boas.
      Um beijinho.

      Eliminar
  3. Nos encantan tus recetas y tu blog, has sido un gran descubrimiento para nosotros. Enhorabuena por esta receta, nosotros al no poder comprar el periódico por estar fuera de Portugal, deberemos seguir tus recetas por aquí.
    http://conserveraiberica.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Conservera Ibérica,

      muito obrigada. :)

      Eliminar
  4. Que maravilha, uma receita delicada e suculenta. Parecem pastéis de nata salgados :) Muito bom!
    http://www.paparocadeliciosa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deliciosa Paparoca,
      é mesmo. A primeira impressão é que são pastèis de nata, mas quando provamos, vem o sabor a bacalhau muito cremoso. Muito bom.
      Um beijinho.

      Eliminar
  5. Peço desculpa mas o que é o chinês?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,
      o chinês é um passador/coador em forma de cone.

      Eliminar
  6. Aqui por casa ninguém gosta de natas... É possível substituí-las por leite? Em igual quantidade? Obrigada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dolores,
      pode substituir por leite ou por leite evaporado. Quando levar depois ao lume, é deixar engrossar o creme.
      Espero que goste.
      Um beijinho.

      Eliminar
  7. Nós aqui no trabalho adorámos!!! :-D
    Obrigada Isabel!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sid,
      fico muito contente.
      Obrigada.
      Um beijinho

      Eliminar
  8. Parabéns, têm um óptimo aspecto!
    Não daria para abdicar da massa folhada ou de qualquer tipo de massa a envolver?
    Sem a massa, não ficariam semelhantes às Delícias de Leite, versão salgada?
    Obrigada :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,
      obrigada.
      Parece-me que o recheio não têm consistência para ser cozido sem a massa. Talvez alterando a receita e incluir, em vez da gema, ovos inteiros. Assim, talvez já resulte. Mas nada como experimentar! ;)
      Um beijinho.

      Eliminar
  9. Mais uma receita guardada para experimentar! O bacalhau é de facto um alimento dos mais versáteis que há!
    Beijinhos Isabel :)

    ResponderEliminar
  10. Que rica sugestão!

    Estava a pensar... será que dá pra congelar?

    obrigada!

    ResponderEliminar