Próximos Eventos
Porto 12 de Janeiro de 2019
Sábado:
10h30 - 13h30      Workshop Pequenos-almoços Rápidos, Práticos, Saudáveis
 
 
15h30 - 19h30      Workshop Vamos Fazer Pão?
Inscrições/Vouchers ofertas de Natal: work@sott.pt
Lisboa 19 de Janeiro de 2019
Sábado:
10h00 - 13h00      Workshop Pré-preparações e Refeições da Semana
 
 
15h00 - 19h00      Workshop Vamos Fazer Pão?
Inscrições/Vouchers ofertas de Natal: escola@istofaz-se.pt

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Tigelinhas de bacalhau


É já amanhã, sábado, dia 28 de Fevereiro que chega às bancas com o jornal Correio da Manhã, o primeiro livro da colecção A Mesa dos Portugueses. Esta colecção, como já referi, é distribuída todos os sábados e domingos com o jornal. Os primeiros livros são dedicados ao Bacalhau e a Entradas e Petiscos. Nas semanas seguintes e por ordem de saída, irão chegar os livros de Sopas, Sobremesas, Bolos, Peixe e Marisco, Carne, Pratos Típicos, Peixe, Doces, Carne II, Sopas e Entradas, Bacalhau II e Dias de Festa.

Já tive oportunidade de ver alguns livros da colecção e entre tantas receitas apetitosas, com sabores bem portugueses decidi escolher fazer as Tigelinhas de Bacalhau. Só vos digo, ficam tão boas!


Tigelinhas de bacalhau
( Receita de Miguel Oliveira, pág. 15 do livro Entradas e Petiscos )

Ingredientes para 10 unidade:
250 g de bacalhau demolhado
1 cebola
2 dentes de alho
30 ml de azeite
1 folha de louro
Pimenta-preta q.b.
200 ml natas
20g de amido de milho
1 gema de ovo
300 g de farinha
300 g de margarina para folhados
200 ml de água
Sal q.b.


1. Cozer o bacalhau, reservando o caldo. Fazer um refogado com a cebola cortada em meias luas, os dentes de alho picados e a folha de louro.

2. Acrescentar o bacalhau lascado e sem espinhas, as natas, 200ml do caldo da cozedura do bacalhau. Temperar com pimenta e rectificar de sal.

3. Triturar este preparado muito bem com a varinha. Passar no chinês. Adicionar o amido de milho ao caldo obtido e levar ao lume brando até engrossar um pouco.

4. Depois de arrefecer, juntar uma gema de ovo ligeiramente batida e misturar muito bem no preparado de bacalhau.

5. Para a massa folhada, misture a farinha com o sal e a água e amasse até obter uma massa lisa e uniforme, forme uma bola, envolva em película transparente e deixe repousar cerca de 30 minutos no frigorífico.

6. Numa superfície enfarinhada, forme um rectângulo na massa, coloque a margarina numa metade do rectângulo, faça uma dobra e leve ao frio cerca de 30 minutos.

7. Com a “boca” virada para nós, fazer 2 dobras simples (esquerda para a direita e direita para a esquerda) com um intervalo de 30 minutos (no frio) em cada volta.

8. Esticar a massa o mais fino possível, formar um rolo e cortar em pedaços de 2cm.

9. Forrar as formas com a massa folhada, verter o preparado e levar ao forno pré-aquecido 200ºC durante 20 minutos.


Para esta receita podem optar por fazer a massa folhada ou então usar de compra. Mas não deixem de fazer estas tigelinhas de bacalhau, pois valem mesmo a pena. O sabor a bacalhau é maravilhoso e o pastel fica tão cremoso que é impossível comer um só. Cá em casa, já voltei a repetir a receita. Desaparecem num instante. Sábado, vejam esta e outras receitas na colecção A Mesa dos Portugueses com o jornal Correio da Manhã.

18 comentários :

  1. muito bom aspecto!!!
    http://bloglairdutemps.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Miranda,
      cá em casa já fiz mais duas vezes. Ficam mesmo muito boas.
      Um beijinho.

      Eliminar
  2. lindos essas tigeladas, muito bonitas mesmo e ótimas para levar para o trabalho e assim.


    www.ocantinhodosgulosos.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O cantinho dos Gulosos,

      sim, para levar para o trabalho resultam muito bem.
      Aconselho a experimentar. São muito boas.
      Um beijinho.

      Eliminar
  3. Nos encantan tus recetas y tu blog, has sido un gran descubrimiento para nosotros. Enhorabuena por esta receta, nosotros al no poder comprar el periódico por estar fuera de Portugal, deberemos seguir tus recetas por aquí.
    http://conserveraiberica.blogspot.com

    ResponderEliminar
  4. Que maravilha, uma receita delicada e suculenta. Parecem pastéis de nata salgados :) Muito bom!
    http://www.paparocadeliciosa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deliciosa Paparoca,
      é mesmo. A primeira impressão é que são pastèis de nata, mas quando provamos, vem o sabor a bacalhau muito cremoso. Muito bom.
      Um beijinho.

      Eliminar
  5. Peço desculpa mas o que é o chinês?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,
      o chinês é um passador/coador em forma de cone.

      Eliminar
  6. Aqui por casa ninguém gosta de natas... É possível substituí-las por leite? Em igual quantidade? Obrigada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dolores,
      pode substituir por leite ou por leite evaporado. Quando levar depois ao lume, é deixar engrossar o creme.
      Espero que goste.
      Um beijinho.

      Eliminar
  7. Nós aqui no trabalho adorámos!!! :-D
    Obrigada Isabel!!!

    ResponderEliminar
  8. Parabéns, têm um óptimo aspecto!
    Não daria para abdicar da massa folhada ou de qualquer tipo de massa a envolver?
    Sem a massa, não ficariam semelhantes às Delícias de Leite, versão salgada?
    Obrigada :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,
      obrigada.
      Parece-me que o recheio não têm consistência para ser cozido sem a massa. Talvez alterando a receita e incluir, em vez da gema, ovos inteiros. Assim, talvez já resulte. Mas nada como experimentar! ;)
      Um beijinho.

      Eliminar
  9. Mais uma receita guardada para experimentar! O bacalhau é de facto um alimento dos mais versáteis que há!
    Beijinhos Isabel :)

    ResponderEliminar
  10. Que rica sugestão!

    Estava a pensar... será que dá pra congelar?

    obrigada!

    ResponderEliminar